Como manter a concentração e foco nos estudos para concursos

 

Concentração e foco nos estudos são pontos fundamentais para qualquer concurseiro. 

Por isso, é sempre importante voltar ao assunto.  

Você já chegou ao final do dia supercansado, com aquela sensação de que passou muito tempo estudando para o concurso público mas não produziu nada, não avançou?

Já teve a sensação de que por mais que você estude mais e mais tempo a qualidade do aprendizado está bem baixa?

Caso sim, para você há uma notícia ruim e uma notícia boa.

A ruim é que provavelmente você está com dificuldade de concentração e foco nos estudos ou trabalho.

A notícia boa é que você não está sozinho nessa, pois é algo absolutamente normal, e com alguns ajustes na rotina você pode mudar esse panorama!

 

Uma coisa bem importante é entender que,neste contexto, o sono tem papel de destaque.

 

Mas o que tem o sono a ver com o a falta de concentração? Muita coisa!

De maneira geral, a origem de ambos é a mesma, ou muito parecidas. E solução também pode ser.

Sendo assim, nós aqui do Próximos Concursos vamos lhe passar algumas dicas e ferramentas poderosas para te ajudar a acabar com o sono e a falta de concentração nos estudos. Dessa forma, também vai agilizar sua aprovação.

 

Vamos lá?

 

Concentração nos estudos: o que pode influenciar?

 

Tanto o sono quanto a falta de concentração nos estudos têm, de maneira geral, quatro origens possíveis: fatores ambientais, fatores físicos, fatores técnicos e fatores emocionais.

 

Fatores ambientais

 

 

Têm a ver com o local de estudos, com a situação em que você está estudando.

 

Temperatura

O Brasil é um país tropical e a maior parte dele encara temperaturas bem altas em todas as estações. Com isso, o calor se torna um fator relevante, pois causa letargia e sono. De maneira geral, a temperatura ideal para lugares fechados (com ar-condicionado) é em torno de 23°C ou 24°C.

Claro, nem todo mundo pode adquirir um equipamento climatizador. Nesses casos, vale testar algumas opções, como estudar em bibliotecas (universidades públicas, por lei, devem permitir acesso do público em geral), cafés e até a praça de alimentação do shopping pode funcionar. em última instância, o bom e velho ventilador, no local mais fresquinho da casa pode servir.

 

Relaxamento

Ao contrário do que se possa imaginar, ficar relaxado demais pode afetar negativamente a concentração nos estudos. Nesse sentido, estudar no sofá, quase deitado, de pijama, tomando chá de camomila pode não ser a melhor estratégia. Ou seja, é preciso um certo nível de alerta durante esses momentos, para não acabar ficando com sono.

De maneira geral, os ambientes mais relaxados funcionam bem em atividades criativas, quando você vai criar ou escrever algo novo, por exemplo. Porém, em atividades de memorização de longo prazo, com conteúdo complexo e extenso, o melhor é manter o ambiente confortável, mas alerta.

 

Iluminação

Muita gente acha que é uma bobagem, mas a iluminação é um fator superimportante. O ideal é se manter próximo de uma luz natural, da janela ou de outra fonte externa. Porém, por conta especialmente do horário de trabalho, nem todo mundo pode estudar durante o dia.

Assim, para os estudos à noite a recomendação é que use uma lâmpada potente de luz branca. Isso porque esta iluminação é a mais confortável para a visão e o que ajuda o cérebro a entender que é preciso atenção. Uma luz amarela, por exemplo, costuma ser mais relaxante, quase levando ao sono. Evite luminárias, pois a escuridão ao redor também pode ser cansativa.

 

Distrações externas

Boa parte dos concurseiros moram com outras pessoas e, assim, é comum que, enquanto estudam, haja movimentação ao redor, nos demais cômodos. Além disso, o mundo não para, não é mesmo? O vizinho corta a grama, tem a furadeira da obra, os carros passando. São muitos os barulhos externos! Mesmo os mais focados, podem acabar prejudicados. As opções mais simples para esses casos são: o uso de fones abafadores de ruídos ou protetores auriculares.

Já para interrupções diretas, quando alguém quer falar com você, o jeito é dizer que não pode mesmo e explicar que aquele momento é sagrado. Quanto às distrações digitais, é preciso disciplina para se manter longe de celulares e redes sociais. Desative as notificações para evitar a tentação de dar aquela conferida, que pode virar uma hora de bate-papo.

 

Fatores físicos

 

saude meditaçao yoga

 

Têm a ver como o corpo e a mente e como você tem tratado essa relação.

 

Sono

Este fator é o mais óbvio: é fundamental dormir bem, ao menos 7 ou 8 horas por dia. Mas, tem gente que simplesmente ignora essa questão, achando que é melhor ficar acordado estudando para aproveitar melhor o tempo. Porém, ao contrário, esse comportamento traz mais desvantagens que benefícios.

Quando se fala em “dormir bem” não é apenas deitar e ter aquela soneca superficial. É importante ter um relaxamento profundo para manter o organismo saudável. Claro, há exceções, pessoas que se sentem ótimas com 2 ou 3 horas de sono. Mas são poucas, a maioria precisa de um período maior para que esse cansaço não se acumule e impacte a concentração nos estudos.

 

Água

Outro ponto básico, mas que merece destaque é a hidratação. É bem comum pessoas que simplesmente se esquecem de tomar água. Contudo, beber pelo menos 2 litros de água por dia é muito, muito importante, pois ela é praticamente um “lubrificante” cerebral. Sem essa ingestão, o cérebro não funciona bem, com boa oxigenação e capacidade cognitiva plena.

Assim, beber água precisa se tornar um hábito, algo que você faça com frequência e que se torne parte da sua rotina sem esforço. Para isso, tente deixar uma garrafa ao seu lado na mesa, por exemplo. É uma estratégia simples e que costuma funcionar.

 

Alimentação

Há alimentos que favorecem o estado de alerta e a concentração nos estudos e há aqueles que não são vantajosos nesse sentido. De maneira geral, açúcares e ultraprocessados não são boas opções para quem precisa manter a disposição. O mesmo vale para substâncias popularmente conhecidas como energéticas, como a cafeína ou o guaraná. O excesso delas pode ser muito prejudicial e desregular seu organismo.

Então, o melhor é mesmo uma alimentação mais natural possível (vegetais, legumes, carnes magras etc), bem equilibrada na maior parte do tempo. Isso vale para a vida, mas na fase de preparação para o concurso você vai ver os resultados quase que imediatos.

 

Horário de estudo

Cada pessoa tem seu relógio biológico, com momentos mais e menos produtivos durante o dia. O ideal, claro, é estudar justamente naquele horário que você se sente mais produtivo, mais alerta. Com isso, seu rendimento será superior, com certeza.

Nem sempre é possível estudar nesses momentos, especialmente aqueles que cumprem expediente. Mas verifique sempre a possibilidade de ajustar seu cronograma. Talvez trocando o horário de algumas atividades, fazendo pequenos ajustes, você já alcance resultados superiores.

 

Fatores técnicos

 

metodo tecnica estudar

 

Têm a ver com o modo como você está estudando, há maneiras que ajudam no processo e outras que só atrapalham.

 

Estudo ativo

Boa parte das pessoas não consegue um bom nível de concentração nos estudos porque não pratica um estudo ativo. Estudo ativo é, em uma simplificação, quando você não fica apenas ouvindo o professor ou lendo a apostila, mas faz anotações, perguntas, exercícios mentais. Quanto mais ativo, melhor será a fixação do conteúdo (e menos sono você terá).

Há diversas técnicas de estudo ativo, como autoexplicação, resumos, mapas mentais, flashcards. quanto mais trabalho você der para o seu cérebro, quanto mais o exercitar, melhores resultados terá.

 

Pausas

As pausas são vitais no processo de aprendizado e favorecem uma melhor concentração nos estudos. Fazer pequenos intervalos, de 10 a 15 minutos, entre as disciplinas, por exemplo, pode ser excelente para fixação de conteúdo.

Imagine o cérebro como uma máquina trabalhando sem descanso. Uma hora ele vai superaquecer e pifar. Então essas pausas servem para oxigenação e relaxamento. O método pomodoro é excelente nesse sentido, ajudando a ter ciclos de estudo mais produtivos.

 

Metodologia

Se você tem sentido muita dificuldade em manter a concentração nos estudos, talvez seu método não esteja sendo eficiente. Há muitas técnicas que podem ser colocadas em prática, porém, nem tudo vai funcionar para todo mundo. É preciso fazer um teste e descobrir o que cai melhor na sua rotina, no seu perfil de estudantes.

Uma boa opção é intercalar o estudo das disciplinas. Esse formato é, comprovadamente, mais efetivo do que passar horas em uma mesma matéria. Outras técnicas simples são: ler em voz alta o conteúdo e estudar de pé. Por mais estranho que possa parecer (ou até engraçado), ajudam a manter o foco, especialmente quando bate o cansaço. Lavar o rosto, fazer meditação, ouvir músicas de 50 a 60 bpm também podem ajudar.

 

Fatores emocionais

 

como conciliar trabalho e estudo

 

São os fatores mais complexos e têm a ver com gatilhos e padrões mentais.

 

Medo

O medo prejudica a concentração nos estudos quando está focado em não cumprir expectativas, sejam suas ou de terceiros. Esses temores mais superficiais podem ser superados com  mudanças de ordem prática.

Pense no pior cenário a enfrentar: não ser aprovado no concurso. Agora pense que, apesar de ser um resultado ruim, haverá outras oportunidades para mudar esse resultado. E que, apesar disso, a vida segue e você continuará a ser amado, a ter valor, a ser capaz. Além disso, é importante ter um plano B ou C, pois saber que há outros caminhos ajuda a manter o medo sob controle.

Entretanto, os temores podem ser, ainda, de fundo psicológico. E para questões psicológicas mais profundas, é essencial buscar ajuda profissional, de um psicólogo ou psiquiatra qualificado.

 

Não acreditar no potencial

Este é um dos fatores mais limitantes na vida em geral. Em concursos, as pessoas se sabotam acreditando em mentiras que alimentaram a vida inteira, como não ser inteligente, não ter capacidade, não ser bom o suficiente. Não acredite nisso! Qualquer pessoa pode ser aprovada em um bom concurso público, se esse for seu desejo.

Mesmo que você tenha um problema, de fato, de dificuldade de aprendizado, é perfeitamente possível. Concurso é muito mais sobre força bruta que capacidade, é persistir e tentar quantas vezes forem necessárias (e às vezes são muitas mesmo). Ou seja, não leve para o lado pessoal. É difícil mesmo, o que faz diferença é a insistência.

 

Concentração nos estudos: o que fazer?

 

Embora os tempos modernos nos façam acreditar, não somos multitarefas.

Você até pode mais de uma coisa ao mesmo tempo, mas, com certeza, uma (ou mais) delas vai perder em qualidade, vai deixar a desejar (causando, até mesmo, certa frustração).

Então, se você é daqueles que durante os estudos volta e meia dá uma olhadinha em redes sociais, ou se abre milhares de abas no seu navegador, pode acreditar que está perdendo o foco no mais importante.

Isso porque seu cérebro não funciona com um botão de liga e desliga. Tanta informação cruzada vai deixá-lo confuso, pois nossa mente tem dificuldade em mudar de contextos com tanta rapidez.  Ou seja, cada vez que você muda o contexto é como se você o forçasse a se readaptar e isso é cansativo.

Assim, quanto menos mudanças, quanto mais tempo você focar em uma única informação, em uma só tarefa, menos desgaste terá e mais produtivo será o seu tempo de estudo.

Como diz o guru Tony Robbins, “energy flows where attention goes“. Ou seja, em uma tradução livre para a Língua Porufguesa: “a energia flui para onde a atenção está”. Ou seja, onde está o seu foco toda sua energia cerebral e emocional vai estar fluindo também.

 

3 dicas para ter mais concentração nos estudos para concurso público

 

Tendo em mente que você não é multitarefa, mas pode desempenhar melhor cada uma das suas atividades, tirando mais proveito delas, confira agora algumas ferramentas práticas e objetivas para manter a concentração e foco nos estudos.

 

Vale ressaltar que cada uma delas deve ser adaptada ao seu perfil e sua realidade, sua rotina. Teste, arrisque e veja o que traz resultados mais positivos e efetivos no seu aprendizado.

1 – Tenha clareza no que vai estudar

 

 

Como dito antes, o cérebro humano tem dificuldade de mudar de contexto. Ou seja, se você está estudando uma coisa e de repente muda para outra, ele já perde aproveitamento.

 

Então, antes de iniciar o período de estudos, tenha em mente qual será sua meta daquele dia.

 

Qual será o tema dentro de uma disciplina? Quais serão os capítulos lidos? Quais serão os exercícios? Seja o mais específico possível em cada uma dessas respostas. Saiba exatamente onde colocará sua energia naquele momento.

 

Também é fundamental manter na mente o por quê desse esforço. Ou seja, as razões pelas quais vovê esá encarando esse desafio. Quais são suas metas? Ser aprovado, claro, é a maior delas. Mas o que mais? Ter um bom salário? Comprar uma casa? Viajar o mundo?

 

Com essas informações na cabeça, seu cérebro dará um contexto a tudo que está sendo feito e erá mais fácil manter o foco e a motivação.

 

Precisa de ajuda? Leia também nosso post sobre como montar o cronograma ideal, clicando aqui.

 

2 – Anote pendências

 

write escrever

 

Para evitar as distrações da internet, uma estratégia bem simples e antiga, mas que funciona, é manter uma folha em branco com uma caneta ao seu lado na mesa. Durante os estudos, tudo que vier à mente que você precisa fazer, anote nesse papel. Seja qual for a tarefa, anote. Desde a mais simples (“comprar pão”) até as mais importantes (“marcar médico”).

Assim o seu cérebro faz a leitura de que aquilo já está encaminhado e você ficará mais tranquilo. Quando terminar os estudos, poderá dar atenção ao que estava pendente. Nunca pare os estudos para resolver essas questões.

 

Evite fazer essas anotações em uma plataforma digital, pois pode acabar funcionando ao contrário, como um atalho para a distração no computador. Prefira fazer  à moda antiga, usando papel e caneta mesmo.

 

3 – Use aplicativos

 

cel redes sociais apps aplicativos

 

Aplicativos podem ser excelentes ferramentas para manter a concentração e foco nos estudos.

 

Um bom exemplo é o app Forest, que funciona como um jogo no qual seu celular será bloqueado por um tempo pré-determinado. Durante esse período, vão “crescer” árvores na sua floresta. Se você não mexer no celular durante aquele tempo, mais árvores terá no final.

 

Parece bobo, mas esse pequeno game é divertido e pode estimular os estudos, uma vez que pequenas recompensas funcionam como fator motivacional.

 

Além disso, é bem divertido. De qualquer maneira, há outros aplicativos bloqueadores de celular ou de acesso à Internet que você pode testar. Busque essas alternativas e teste se esses aplicativos funcionam com você.

 

3 dicas para ter mais concentração e foco nos estudos para concurso público

 

  1. Tenha clareza do que vai estudar
  2. Anote pendências
  3. Use aplicativos

 

 

Quer dicas para passar em Concurso Público?

 

Para otimizar ou iniciar sua preparação, indicamos a nossa Seção de Dicas para passar em Concurso Público. Nela você encontrará artigos com valiosas dicas para colocá-lo mais próximo da sua aprovação, como por exemplo:

 

Prefere dicas em vídeo? Acesse nossa seção com dicas de concursos, melhores cursos preparatórios, guia do primeiro concurso e muito mais!

 

 

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. Afinal, é sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a área ou cargo pretendido.

Desse modo, veja algumas opções realmente boas:

 

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. De fato, tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Assim, se você quer um curso com bom histórico de aprovação, e a possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 

Estratégia ConcursosO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, pois conta com um material de qualidade e professores renomados. Ou seja, se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e, além disso, não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é, com efeito, sua melhor opção.

 

O Exponencial é mais uma excelente alternativa. Igualmente aos demais cursos, é voltado para o aprendizado acelerado, mas oferece ainda o interessante serviço de coaching 100% especializado.

 

 

Quer conhecer outras opções? Confira no link a seguir:

 

Melhores Cursos Online para Agilizar sua Aprovação!

 

Tenha acesso a outras notícias e artigos. Curta nosso site no FacebookTwitterInstagram e Youtube!

 

 

You have Successfully Subscribed!