O concurso ALBA, da Assembleia Legislativa da Bahia, já contratou a banca — FGV — e, em breve, deve lançar seu edital. Serão 120 vagas para os cargos de Técnico e Analista, além do novo cargo de Polícia Legislativa.

O cargo recém-criado de Polícia Legislativa tem poder de polícia e busca, segundo a própria Assembleia, modernizar o serviço público de segurança. A guarda ficará responsável pelas áreas internas e externas da Casa, podendo conduzir inquéritos e encaminhar resultados ao Ministério Público.

Interessado?

Então acompanhe este artigo para saber mais sobre as carreiras, suas atribuições, salários, benefícios, chances de crescimento, conteúdo das provas, estilo da banca e dicas de estudo. Uma análise completa para você não perder um só detalhe e começar já a estudar!

Confira já!

Principais informações sobre o Concurso Alba

 

Quais as carreiras e atribuições?

O concurso ALBA ofertará vagas para os cargos de Técnico Legislativo, Analista Legislativo (nas carreiras de Taquígrafo e Procurador Jurídico) e Polícia Legislativa.

Saiba quais as principais atribuições de cada uma delas:

 

Técnico Legislativo

Desenvolver serviços de apoio administrativo em comissões legislativas de acordo com área de atuação, receber e registrar toda documentação encaminhada à instituição; redigir despachos, memorandos, relatórios; autuar processos de compra; auxiliar na organização das sessões solenes da Casa; digitar documentos, agendar compromissos; atualizar o cadastro de autoridades públicas, privadas e de jornalistas, etc.

 

Analista Legislativo

 

Taquígrafo

Executar o apanhamento taquigráfico de sessões e outros eventos da Assembleia Legislativa, incluir as leituras e proceder a revisão; digitar as notas taquigráficas definitivas e conferir com a gravação da sessão; concatenar as notas taquigráficas revisadas, correspondentes ao período de permanência em sessão, ordenando-as segundo a sequência ocorrida; revisar a redação final das notas taquigráficas, conforme correção gramatical, legislação citada, expressões latinas e estrangeiras, nomes de juristas ou autores mencionados na sessão; redigir, digitar e conferir expedientes diversos.

 

Procurador Jurídico

Representar judicial e extrajudicialmente a Assembleia Legislativa; Prestar assessoria à Administração; Pronunciar sobre a legalidade dos atos administrativos; Prestar informações, propor, contestar, formular pedidos e acompanhar ações judiciais em que a Assembleia Legislativa figure como parte; Examinar e dar parecer nas proposições legislativas; Executar outras atividades correlatas. Assistir o Presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa nas Ações Diretas de inconstitucionalidades de normas legais perante os Tribunais; Defender a Assembleia, seus Órgãos e Membros quando atingidos em sua honra e imagem perante a sociedade, em razão do exercício do mandato ou de suas funções institucionais; Assessorar a Mesa Diretora na necessidade de publicidade reparadora, em caso de veiculação de matéria ofensiva à Instituição ou a seus Membros; Prestar assessoramento jurídico à Mesa, à Presidência, aos Deputados, às Comissões Permanentes e Temporárias, à Ouvidoria e às unidades administrativas da Assembleia Legislativa, nas questões de interesse do Legislativo; Orientar sobre a forma de cumprimento de decisões judiciais; Elaborar, quando solicitado, Projetos de Lei, de Decreto Legislativo ou de Resolução de iniciativa da Mesa Diretora ou da Comissão Executiva e opinar sobre sua legalidade; Elaborar Anteprojetos de Leis e de outras proposições legislativas por solicitação dos Deputados.

 

Polícia Legislativa

Prevenir e apurar infrações. Manutenção da vigilância permanente por meio de policiamento ostensivo e sistemas eletrônicos. Segurança do Presidente da Assembleia Legislativa e dos demais membros da Mesa Diretora, sendo fora ou dentro das dependências da Assembleia. Segurança de Deputados Estaduais, Deputados Federais e Senadores sob missão oficial do órgão. Planejamento estratégico de segurança. Entre outras responsabilidades esclarecidas em Lei.

 

Qual o nível de formação exigido?

Para exercer o cargo de Técnico Legislativo e Polícia Legislativa, é necessária formação de Nível Médio. Já para o cargo de Analista Legislativo é preciso ter formação de Nível Superior em qualquer área (para a carreira de Taquígrafo) ou em Direito (para Procurador Jurídico).

Para todos os cargos, é obrigatória a apresentação de diploma ou certificado de conclusão expedido por instituição de ensino credenciada no Ministério da Educação (MEC). Para Procurador é necessário, ainda, ter registro no órgão de classe (OAB).

 

Qual o período de inscrição e valor da taxa?

Ainda não se tem informações consolidadas sobre datas e valores no concurso ALBA.

 

Qual o salário?

O salário para o recém-criado cargo de Polícia Legislativa ainda não foi divulgado.

Veja abaixo a tabela com as remunerações vigentes desde 2017 para os demais cargos:

 

Quais os benefícios?

Os servidores da Assembleia Legislativa da Bahia têm direito à auxílio-refeição, auxílio-transporte e convênio médico.

 

Qual a lotação?

Todos os aprovados no concurso ALBA serão lotados na capital do estado da Bahia, Salvador.

 

Qual a jornada de trabalho?

A jornada de trabalho dos servidores técnicos e analistas da ALBA é de 40 horas semanais (8 horas diárias). Para Polícia Legislativa ainda não foi divulgada a carga horária oficial.

 

Quais as chances de crescimento na carreira?

O crescimento na carreira dos servidores da Assembleia Legislativa da Bahia se dá por classes (são 11 no total, do A ao K). Essa movimentação ocorre por meio da progressão funcional, que é a evolução do servidor público para a referência subsequente a que se encontra, mediante classificação obtida nos processos de avaliação.  

 

Quantas são as vagas?

O concurso ALBA busca preencher 120 vagas — 54 para o cargo de Polícia Legislativa, 38 para o cargo de Técnico Legislativo e 28 para Analista Legislativo nas carreiras de Taquígrafo e Procurador Jurídico.

 

Como foi a concorrência do último concurso?

O último concurso ALBA foi realizado em 2014, quando ofereceu 97 vagas: 48 para cargos de Nível Superior e 49 para Nível Médio/Técnico. Houve um total de 14 mil inscritos. Ou seja, uma média de 144,32 candidatos por vaga. 

No entanto, mais importante do que conhecer os supostos números da concorrência em qualquer concurso público, é estar bem preparado. Esse é o único diferencial possível!

Isso porque apenas entre 8% e 10% dos inscritos estão realmente aptos a disputar uma vaga, tendo se preparado com dedicação e focados no edital. É preciso levar em conta, ainda, os altos índices de abstenção, que podem chegar facilmente a 30% do total de inscritos.

Sendo assim, a concorrência real sempre será muito menor do que os números divulgados.

 

Quais as etapas do edital?

As etapas no concurso ALBA se compõem da seguinte maneira (de acordo com o cargo em disputa):

Polícia Legislativa:

Taquígrafo:

  • Prova objetiva
  • Prova prática

Procurador Jurídico:

  • Prova objetiva
  • Prova discursiva

Técnico Legislativo:

  • Prova objetiva

 

Como são as provas?

As provas escritas objetivas no concurso ALBA serão de múltipla escolha (cinco alternativas e apenas uma correta). Na última seleção, as questões foram divididas da seguinte forma entre as disciplinas:

Nível Médio

Nível Superior

A prova discursiva aplicada para cargo de Procurador Legislativo deve uma peça processual para análise e questões dissertativas sobre os conteúdos programáticos constantes do edital, que devem ser redigidas com, no mínimo,15 linhas, no máximo, 30 linhas.

 

Qual o conteúdo programático?

Como não houve concurso ALBA anterior para o cargo de Polícia Legislativa, ainda não é possível saber quais os conteúdos que serão solicitados.

No entanto, os candidatos podem ter uma ideia a partir do edital do concurso da Assembleia Legislativa de Tocantins, realizado recentemente. Acesse clicando aqui.  

Confira os principais tópicos solicitados na prova de Conhecimentos Básicos para os cargos de Técnico Legislativo e Analista Legislativo, de acordo com o último edital do concurso ALBA.

 

Técnico Legislativo

 

Conhecimentos Básicos

 

Língua Portuguesa

Leitura, compreensão e interpretação de textos. Estruturação do texto e dos parágrafos. Articulação do texto: pronomes e expressões referenciais, nexos, operadores sequenciais. Significação contextual de palavras e expressões. Equivalência e transformação de estruturas. Sintaxe: processos de coordenação e subordinação. Emprego de tempos e modos verbais. Pontuação. Estrutura e formação de palavras. Funções das classes de palavras. Flexão nominal e verbal. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência de crase. Ortografia oficial. Acentuação gráfica.

 

Legislação Institucional

Regimento Interno da ALBA (Resolução nº 1.193/1985, de 17.01.1985). Lei nº 6.677/1994, de 26.09.1994 (Estatuto dos Servidores Públicos da Bahia). Lei nº 8.902/2003, de 18.12.2003. Lei nº 8.971/2004, de 05.01.2004. Ato da Mesa Diretora nº 007/2010, de 24.03.2010.

 

Noções de Informática

Componentes de um computador: hardware e software. Arquitetura básica de computadores: unidade central, memória: tipos e tamanhos. Periféricos: impressoras, drivers de disco fixo (Winchester), disquete, CD-ROM. Uso do teclado, uso do mouse, janelas e seus botões, diretórios e arquivos (uso do Windows Explorer): tipos de arquivos, localização, criação, cópia e remoção de arquivos, cópias de arquivos para outros dispositivos e cópias de segurança, uso da lixeira para remover e recuperar arquivos, uso da ajuda do Windows. Uso do Word for Windows: entrando e corrigindo texto, definindo formato de páginas: margens, orientação, numeração, cabeçalho e rodapé definindo estilo do texto: fonte, tamanho, negrito,itálico e sublinhado, impressão de documentos: visualizando a página a ser impressa, uso do corretor ortográfico, criação de textos em colunas, criação de tabelas, criação e inserção de figuras no texto.

 

Raciocínio Lógico-Matemático

Entendimento da estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios. Problemas de raciocínio: deduzir informações de relações arbitrárias entre objetos, lugares, pessoas e/ou eventos fictícios dados. Compreensão e análise da lógica de uma situação. Raciocínio verbal, raciocínio matemático e raciocínio sequencial. Orientação espacial e temporal. Formação de conceitos e discriminação de elementos. Diagramas lógicos, tabelas e gráficos.

 

Analista Legislativo

 

Língua Portuguesa

Leitura, compreensão e interpretação de textos. Estruturação do texto e dos parágrafos. Articulação do texto: pronomes e expressões referenciais, nexos, operadores sequenciais. Significação contextual de palavras e expressões. Equivalência e transformação de estruturas. Sintaxe: processos de coordenação e subordinação. Emprego de tempos e modos verbais. Pontuação. Estrutura e formação de palavras. Funções das classes de palavras. Flexão nominal e verbal. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ortografia oficial. Acentuação gráfica.

 

Conhecimentos Gerais

Meio ambiente e sociedade: problemas, políticas públicas, organizações não governamentais, aspectos locais e aspectos globais. Descobertas e inovações científicas na atualidade e seus impactos na sociedade contemporânea. Mundo Contemporâneo: elementos de política internacional e brasileira. Cultura internacional e cultura brasileira (música, literatura, artes, arquitetura, rádio, cinema, teatro, jornais, revistas e televisão). Elementos de economia internacional contemporânea. Panorama da economia nacional.

 

Raciocínio Lógico-Matemático

Lógica: proposições, valor-verdade negação, conjunção, disjunção, implicação, equivalência, proposições compostas. Equivalências lógicas. Problemas de raciocínio: deduzir informações de relações arbitrárias entre objetos, lugares, pessoas e/ou eventos fictícios dados. Diagramas lógicos, tabelas e gráficos. Conjuntos e suas operações. Números naturais, inteiros, racionais, reais e suas operações. Representação na reta. Unidades de medida: distância, massa e tempo. Representação de pontos no plano cartesiano. Álgebra básica: equações, sistemas e problemas do primeiro grau. Porcentagem e proporcionalidade direta e inversa. Sequências, reconhecimento de padrões, progressões aritmética e geométrica. Juros. Geometria básica: distâncias e ângulos, polígonos, circunferência, perímetro e área. Semelhança e relações métricas no triângulo retângulo. Medidas de comprimento, área, volume.  Princípios de contagem e noção de probabilidade.

 

Legislação Institucional

Regimento Interno da ALBA (Resolução nº 1.193/1985, de 17.01.1985). Lei nº 6.677/1994, de 26.09.1994 (Estatuto dos Servidores Públicos da Bahia). Lei nº 8.902/2003, de 18.12.2003. Lei nº 8.971/2004, de 05.01.2004. Ato da Mesa Diretora nº 007/2010, de 24.03.2010. Constituição do Estado da Bahia: Título IV – Da Organização dos Poderes, Capítulo I – Do Poder Legislativo; Título V – Da Tributação e do Orçamento, Capítulo I – Do Sistema Tributário, Capítulo II – Das Finanças Públicas, Capítulo III – Dos Orçamentos

 

Como funciona a avaliação física?

A avaliação física no concurso ALBA será exigida apenas para o cargo de Polícia Legislativa. Ainda não se sabe quais exercícios irão compor a prova. Entretanto, você já pode ir se movimentando: aproveite para ler o post Como se preparar para o TAF – Teste de Aptidão Física.

 

Como funciona a prova prática?

A prova prática no concurso ALBA será exigida apenas para o cargo de Taquígrafo. A avaliação deve consistir em apanhamento taquigráfico, (transcrição de texto ditado com tempo e velocidade pré-determinados, seguido de tradução digitada em computador).

 

Qual a data da prova objetiva?

Ainda não se tem informações consolidadas sobre datas e valores no concurso ALBA.

 

Qual a banca?

Um dos passos mais importantes para o candidato durante a preparação é conhecer o perfil da banca examinadora. Isso porque não são todas iguais e cada uma tem suas particularidades. Estando por dentro do estilo da banca responsável pela prova do concurso que você vai participar é possível direcionar melhor seus estudos e torná-los mais efetivos.

A  banca organizadora do concurso ALBA será a Fundação Getúlio Vargas, que é considerada uma das bancas examinadoras mais difíceis do país, com um alto grau de exigência em todas as disciplinas. Entre os processos seletivos organizados pela FGV estão os da Polícia Civil de vários estados, do Senado Federal, Forças Armadas, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e até mesmo o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Para ler a análise completa da instituição, acesse nosso post com 7 dicas para detonar a banca FGV.

 

Como se preparar?

A preparação é a parte mais importante da jornada até a aprovação em um concurso público. É preciso ter em mente que são horas e mais horas de estudos, leituras, exercícios e revisão. Para obter bons resultados, só com muita disciplina e foco.

O primeiro passo, é obter todas as informações sobre o concurso (prazos, disciplinas pedidas, banca examinadora, etc) lendo com muita atenção o edital. Depois, é fundamental planejar seus estudos da forma que melhor funcione com você.

Para lhe ajudar nesse caminho, temos o post como montar um cronograma de estudos perfeito para sua rotina.

 

Quais as melhores apostilas?

Há pessoas que obtêm ótimos resultados estudando sozinhas, outras precisam de ajuda e investem em um curso preparatório. Se você optou por um voo solo, saiba que as apostilas serão suas melhores amigas. Por isso, é fundamental saber quais as mais conceituadas disponíveis no mercado. Se forem específicas para o concurso pretendido, tanto melhor!

Uma das mais completas é do Estratégia Concursos, que é também um dos melhores cursos do país. A apostila do Estratégia é direcionada para o concurso ALBA, com todos os conteúdos solicitados em todas as disciplinas.

Outra ótima opção é o Gran Cursos Online. Igualmente, tem material vasto para download, totalmente direcionado para o concurso ALBA. No Gran você ainda pode contratar um plano de assinatura que dá acesso a todos os mais de 7 mil cursos disponíveis na plataforma.

Muitas pessoas acreditam que estudar por apostila não é tão efetivo, mas as que indicamos aqui são realmente boas. No entanto, claro, tudo vai depender do quanto você se dedicar aos estudos. Pode ser um desafio ainda maior, mas é possível ser aprovado estudando por apostilas!

Confira também nosso post completo sobre as melhores apostilas para concursos.

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. É sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a sua área de atuação.

O  Estratégia Concursos, por exemplo, tem um curso direcionado para o concurso ALBA. Além disso, o Estratégia tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, conta com um material de qualidade e professores renomados.

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. Da mesma forma, tem material completo, com videoaulas, e professores de primeira linha.

Ainda tem dúvidas? Aproveite para conferir nosso ranking completo com os melhores cursos preparatórios para concursos.

Curso Estratégia concurso ALBACurso Gran concurso ALBA

 

Quais as melhores técnicas para estudar?

Há diversas técnicas que podem potencializar seu aprendizado, como a pomodoro e a de ciclo de estudos. Você também pode estudar com flash cards ou mapas mentais. O ideal é experimentar cada uma delas e ver com qual se adapta melhor.

Para lhe ajudar na escolha, reunimos todas as informações no post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

 

Como estudar por questões?

De todas as técnicas, a mais utilizada pelos concurseiros é, com certeza, a de estudo por questões. O método ajuda revisar a matéria e fixar o conteúdo. Com isso, também torna o estudo mais efetivo e acelera a aprovação!

Para saber como funciona a técnica e aplicá-la na sua preparação, acesse o post completo que fizemos sobre o assunto.

Provas anteriores concurso ALBAEdital anteriores concurso ALBA

 

Qual a previsão de próximo concurso?

Para acompanhar a evolução do edital do concurso ALBA, acesse nossa seção de concursos previstos. E para ler as notícias sobre os principais editais do país em andamento, fique de olho na seção de concursos abertos.

Não perca sua chance!

 

Checklist do candidato

Para saber se você tem mesmo o perfil do candidato para o concurso ALBA, faça uma rápida checklist:

  • Ter formação de Nível Médio ou Nível Superior.
  • Ter empenho e determinação.
  • Buscar estabilidade financeira e profissional.

Com a banca já escolhida, muito em breve deve haver o lançamento do edital do concurso ALBA. Por isso, fique de olho nas novidades para não perder a chance de se inscrever!

Acompanhe as notícias do mundo dos concursos também nas nossa redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Conte com a gente e bons estudos!