fbpx

concurso da ansQuer saber tudo sobre o concurso da ANS?

Trazemos todas as informações sobre o concurso da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Confira!

Para aqueles que desejam seguir carreira no setor público federal, a ANS é um dos maiores objetivos.

Isso porque é um dos órgãos com melhores salários e reputação dentro do âmbito federal, é possível garantir ótimos salários e benefícios.

Bastante interessante, não é mesmo?

Desde 2018 a ANS tem protocolada uma solicitação para abertura de concurso público para seu quadro de servidores.

Porém, ainda não houve movimentação no documento.

De qualquer maneira, se você está buscando uma oportunidade em concurso federal, aguardar o novo concurso da ANS é uma ótima chance de garantir seu sonho.

E sendo uma das seleções mais concorridas do país,  exige ótima preparação e estudos.

No entanto, não é impossível conquistar uma vaga!

Com preparação adequada e dedicação, é possível garantir um ótimo cargo e excelente salário.

Que tal se preparar agora mesmo e ser um dos novos aprovados?

Neste artigo, você conferirá os detalhes sobre as principais carreiras do concurso da ANS.

Também iremos falar do processo seletivo; das disciplinas exigidas para cada carreira; dos cargos dentro da Agência Nacional de Saúde Suplementar; e também dos salários que você pode conquistar com a aprovação.

Você confere agora todas as informações para se preparar para o concurso da ANS.

Aproveite!

 

Principais informações sobre o concurso da ANS

Quais as carreiras e atribuições?

Saiba quais são as carreiras da ANS e suas principais atribuições:

Analista Administrativo

  • Atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo da ANS, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades;
  • Implementação e execução de planos, programas e projetos relativos às atividades de regulação.

Especialista em Regulação de Saúde Suplementar

  • Atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da assistência suplementar à Saúde, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades;
  • Formulação e avaliação de planos, programas e projetos relativos às atividades de regulação;
  • Elaboração de normas para regulação do mercado;
  • Planejamento e coordenação de ações de fiscalização de alta complexidade;
  • Gerenciamento, coordenação e orientação de equipes de pesquisa e de planejamento de cenários estratégicos;
  • Gestão de informações de mercado de caráter sigiloso;
  • Fiscalização do cumprimento das regras pelos agentes do mercado regulado;
  • Orientação aos agentes do mercado regulado e ao público em geral.

Técnico Administrativo

  • Atividades administrativas e logísticas de nível intermediário relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo da ANS, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades;
  • Implementação e execução de planos, programas e projetos relativos às atividades de regulação.

Técnico em Regulação de Saúde Suplementar

  • Suporte e apoio técnico especializado às atividades de regulação, inspeção, fiscalização e controle da assistência suplementar à Saúde, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades;
  • Fiscalização do cumprimento das regras pelos agentes do mercado regulado;
  • Orientação aos agentes do mercado regulado e ao público em geral;
  • Implementação e execução de planos, programas e projetos relativos às atividades de regulação.

Qual o nível de formação exigido?

formaçaoA formação exigida para cada uma das carreiras da ANs é a seguinte:

  • Analista Administrativo: exigência de Nível Superior em qualquer área de formação. 
  • Especialista em Regulação de Saúde Suplementar: exigência de Nível Superior em qualquer área de formação. 
  • Técnico Administrativo: exigência de Nível Médio.
  • Técnico em Regulação de Saúde Suplementar: exigência de Nível Médio.

Qual o salário?

salario money dinheiroO salário inicial para cada uma das carreiras da ANS o seguinte:

  • Analista Administrativo: inicial de R$ 13.807,57
  • Especialista em Regulação de Saúde Suplementar: inicial de R$ 15.058,12
  • Técnico em Regulação de Saúde Suplementar: inicial de  R$ 7.388,37
  • Técnico Administrativo: inicial de R$ 7.016,67

Qual a lotação?

Os candidatos aprovados no concurso da ANS serão lotados nas unidades para as quais foram disponibilizadas vagas (indicadas no edital), conforme demanda do órgão. 

Qual a jornada de trabalho?

A jornada de trabalho dos servidores da ANS é de 40 horas semanais (8 horas diárias).

Quais as chances de crescimento na carreira?

Os servidores da ANS podem se desenvolver na carreiras em classes (A, B e Especial). As classes A e B têm, cada uma, cinco níveis. A classe Especial tem apenas três níveis. A movimentação se dá por meio de progressão ou promoção;

A progressão funcional é a movimentação do servidor de um nível para o seguinte dentro de uma mesma classe, respeitando um período mínimo e conforme critérios fixados em regulamento e com o resultado de avaliação formal de desempenho.

A promoção é a movimentação do servidor do último nível de uma classe para o primeiro da classe seguinte, respeitando um período mínimo e conforme resultado de avaliação formal de desempenho e da participação em curso de aperfeiçoamento ou em ação ou programa de capacitação.

Como foi a concorrência do último concurso?

O último concurso ANS foi realizado em 2015, quando foram oferecidas 102 vagas para os cargos de Técnico Administrativo (66) e Técnico em Regulação de Saúde Suplementar (36). Na ocasião, houve um total de 60.588‬ inscritos — com maioria para o cargo de Técnico Administrativo, que teve 46.131 inscrições, em uma média de 698 candidatos por vaga.

Quais as etapas do edital?

O último concurso da ANS com vagas para Nível Superior foi dividido nas seguintes etapas (para cargos de Nível Médio considera-se apenas as duas primeiras etapas):

  • Provas Objetivas, para todos os cargos (eliminatório e classificatório);
  • Prova Discursiva, para todos os cargos (eliminatório e classificatório);
  • Avaliação de títulos, somente para Especialista em Regulação de Saúde Suplementar (classificatório);
  • Curso de Formação, somente para Especialista em Regulação de Saúde Suplementar (eliminatório e classificatório).

Como são as provas?

Técnicos

A prova objetiva para os cargos de Técnico Administrativo e Técnico em Regulação de Saúde Suplementar foi composta por 60 questões de de múltipla nas seguintes disciplinas: 

Técnico Administrativo

  • Língua Portuguesa 
  • Raciocínio Lógico 
  • Ética e Conduta no Serviço Público
  • Noções de Direito Constitucional 
  • Agências Reguladoras e Legislação Básica 
  • Noções de Direito Administrativo 
  • Noções de Administração 
  • Noções de Arquivologia 
  • Noções de Orçamento Público 

Técnico em Regulação de Saúde Suplementar

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico 
  • Ética e Conduta no Serviço Público
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Arquivologia 
  • Noções de Direito Administrativo 
  • Noções de Administração 
  • Agências Reguladoras 
  • Legislação Relativa à ANS 

Os candidatos passaram também por uma prova discursiva, constituída de redação de texto dissertativo, sobre tema constante do caderno de questões.  

Analistas

A prova objetiva para os cargos de Analista Administrativo e Especialista em regulação de Saúde Suplementar foi composta por 120 questões de de múltipla nas seguintes disciplinas:

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa
  • Língua Inglesa
  • Raciocínio Lógico
  • Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo (exceto para Analista Administrativo)
  • Legislação Aplicada à Regulação em Saúde (exceto para Especialista em Regulação de Saúde Suplementar)

Analista Administrativo

  • Administração Geral
  • Direito Administrativo
  • Contabilidade Governamental

Especialista em regulação de Saúde Suplementar

  • Legislação Aplicada à Regulação em Saúde
  • Regulação Econômica e Agências Reguladoras
  • Defesa da Concorrência
  • Direito do Consumidor
  • Contabilidade Geral

Os candidatos passaram também por uma prova discursiva, constituída de redação de texto dissertativo, sobre tema constante do caderno de questões, e avaliação de títulos.

Por fim, cargos de Nível Superior participam de um curso de formação com carga horária de até 160 horas presenciais, em tempo integral, com atividades em turnos diurno e noturno, inclusive sábados, domingos e feriados. A formação é realizada na cidade de Rio de Janeiro (RJ), em período e local divulgados no edital de convocação para essa etapa.

 Provas anteriores Concurso ANS

 Editais anteriores Concurso ANS

Qual o conteúdo programático?

Técnicos

Técnico Administrativo 

Conhecimentos Básicos 

LÍNGUA PORTUGUESA

LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de textos. Tipologia textual. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Emprego das classes de palavras. Emprego/correlação de tempos e modos verbais Emprego do sinal indicativo de crase. Sintaxe da oração e do período. Pontuação. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Significação das palavras. Redação de Correspondências oficiais (Conforme Manual de Redação da Presidência da República). Adequação da linguagem ao tipo de documento. Adequação do formato do texto ao gênero.

RACIOCÍNIO LÓGICO

RACIOCÍNIO LÓGICO: Estruturas lógicas. Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. Lógica sentencial (ou proposicional). Proposições simples e compostas. Tabelas verdade. Equivalências. Leis de Morgan. Diagramas lógicos. Lógica de primeira ordem. Princípios de contagem e probabilidade. Operações com conjuntos. Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais.

ÉTICA E CONDUTA NO SERVIÇO PÚBLICO

ÉTICA E CONDUTA NO SERVIÇO PÚBLICO: Ética e moral. Ética, princípios e valores. Ética e democracia: exercício da cidadania. Ética e função pública. Ética no Setor Público. Constituição Federal de 1988, Títulos I e II, Artigos do 1º ao 16º; Capítulo VII, Artigos 37 ao 41; Título VIII, Artigos 193 a 232. Lei nº 8.112/1990 e alterações: Título IV regime disciplinar (deveres, proibições, acumulação, responsabilidades e penalidades). Lei nº 8.429/92 – lei de Improbidade Administrativa. Decreto nº 1.171/1994 (Código de Ética Profissional do Servidor 27 Público Civil do Poder Executivo Federal). Lei nº 1.079/50 – lei dos Crimes de Responsabilidade; artigos 6º, 74 a 79. Código Penal: Artigos. 312 a 326, que tratam dos crimes cometidos por funcionário público contra a Administração Pública. Responsabilidade sêxtupla dos servidores públicos. Lei nº 12.527/11 – lei de Acesso à Informação. NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: Constituição: conceito, classificações, princípios fundamentais. Direitos e garantias fundamentais. Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, nacionalidade, cidadania, direitos políticos, partidos políticos. Organização político-administrativa. União, estados, Distrito Federal, municípios e territórios. Administração pública. Disposições gerais, servidores públicos. Poder Legislativo. Congresso Nacional, Câmara dos Deputados, Senado Federal, deputados e senadores. Poder Executivo. atribuições do Presidente da República e dos Ministros de Estado. Poder Judiciário. Disposições gerais. Órgãos do Poder judiciário. Competências. Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Composição e competências. Funções essenciais à Justiça. Ministério público, advocacia e defensoria públicas.

AGÊNCIAS REGULADORAS E LEGISLAÇÃO BÁSICA

AGÊNCIAS REGULADORAS E LEGISLAÇÃO BÁSICA: As agências reguladoras e o princípio da legalidade. Órgãos reguladores no Brasil: histórico e característica das autarquias. Lei nº 9.656/1998 – Regulamentação do setor de planos de saúde. Lei 9.961/2000 – Criação da ANS. Lei nº 10.871/2004 e suas alterações – Dispõe sobre a criação de carreiras e organização de cargos efetivos das autarquias especiais denominadas Agências Reguladoras, e dá outras providências.

Conhecimentos Específicos

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: Noções de organização administrativa. Administração direta e indireta, centralizada e descentralizada. Ato administrativo: conceito, requisitos, atributos, classificação e espécies. Agentes públicos. Espécies e classificação. Cargo, emprego e função públicos. Poderes administrativos. Hierárquico, disciplinar, regulamentar e de polícia. Uso e abuso do poder. Controle e responsabilização da administração. Controles administrativo, judicial e legislativo. Responsabilidade civil do Estado. Lei nº 8.112/1990 e suas alterações (Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, das Autarquias e das Fundações Federais). Noções de licitação pública: Lei nº 8.666/1993 – Lei de Licitações e Contratos da Administração Pública. Lei nº 10.520/2002 – Lei do Pregão. IN MPOG/SLTI 02/2008 e suas alterações e IN MPOG/SLTI 04/2010, Decreto nº 5.450/2005 (Pregão Eletrônico), Decreto nº 2.271/1997 (Contratação de serviços pela Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional). Modalidades, dispensa e inexigibilidade. Contratos e compras. Convênios e termos similares.

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO: Funções da administração: planejamento, organização, direção e controle. Estrutura organizacional. Cultura organizacional. Gestão de pessoas. Equilíbrio organizacional. Objetivos, desafios e características da gestão de pessoas. Comportamento organizacional: relações indivíduo/organização, motivação, liderança, desempenho. Gestão da qualidade e modelo de excelência 30 gerencial. Principais teóricos e suas contribuições para a gestão da qualidade. Ciclo PDCA. Ferramentas de gestão da qualidade. Modelo do gespublica. Noções de gestão de processos: técnicas de mapeamento, análise e melhoria de processos. Noções de administração de recursos materiais. 28

NOÇÕES DE ARQUIVOLOGIA

NOÇÕES DE ARQUIVOLOGIA: Arquivística: princípios e conceitos. Legislação arquivística. Gestão de documentos. Protocolos: recebimento, registro, distribuição, tramitação e expedição de documentos. Classificação de documentos de arquivo. Arquivamento e ordenação de documentos de arquivo. Tabela de temporalidade de documentos de arquivo. Acondicionamento e armazenamento de documentos de arquivo. Preservação e conservação de documentos de arquivo.

NOÇÕES DE ORÇAMENTO PÚBLICO

NOÇÕES DE ORÇAMENTO PÚBLICO: Princípios orçamentários. Diretrizes orçamentárias. Processo orçamentário. Métodos, técnicas e instrumentos do orçamento público; normas legais aplicáveis. Receita pública: categorias, fontes, estágios; dívida ativa. Despesa pública: categorias, estágios. Suprimento de fundos. Restos a pagar. Despesas de exercícios anteriores. A conta única do Tesouro. Definição e tipos de tributos, tarifas, contribuições fiscais e parafiscais.

Técnico em Regulação de Saúde Suplementar 

Conhecimentos Básicos

LÍNGUA PORTUGUESA

LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de textos. Tipologia textual. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Emprego das classes de palavras. Emprego/correlação de tempos e modos verbais Emprego do sinal indicativo de crase. Sintaxe da oração e do período. Pontuação. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Significação das palavras. Redação de Correspondências oficiais (Conforme Manual de Redação da Presidência da República). Adequação da linguagem ao tipo de documento. Adequação do formato do texto ao gênero.

RACIOCÍNIO LÓGICO

RACIOCÍNIO LÓGICO: Estruturas lógicas. Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. Lógica sentencial (ou proposicional). Proposições simples e compostas. Tabelas verdade. Equivalências. Leis de Morgan. Diagramas lógicos. Lógica de primeira ordem. Princípios de contagem e probabilidade. Operações com conjuntos. Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais.

ÉTICA E CONDUTA NO SERVIÇO PÚBLICO

ÉTICA E CONDUTA NO SERVIÇO PÚBLICO: Ética e moral. Ética, princípios e valores. Ética e democracia: exercício da cidadania. Ética e função pública. Ética no Setor Público. Constituição Federal de 1988, Títulos I e II, Artigos do 1º ao 16º; Capítulo VII, Artigos 37 ao 41; Título VIII, Artigos 193 a 232. Lei nº 8.112/1990 e alterações: Título IV regime disciplinar (deveres, proibições, acumulação, responsabilidades e penalidades). Lei nº 8.429/92 – lei de Improbidade Administrativa. Decreto nº 1.171/1994 (Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal). Lei nº 1.079/50 – lei dos Crimes de Responsabilidade; artigos 6º, 74 a 79. Código Penal: Artigos. 312 a 326, que tratam dos crimes cometidos por funcionário público contra a Administração Pública. Responsabilidade sêxtupla dos servidores públicos. Lei nº 12.527/11 – lei de Acesso à Informação.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: Constituição: conceito, classificações, princípios fundamentais. Direitos e garantias fundamentais. Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, nacionalidade, cidadania, direitos políticos, partidos políticos. Organização político-administrativa. 29 União, estados, Distrito Federal, municípios e territórios. Administração pública. Disposições gerais, servidores públicos. Poder Legislativo. Congresso Nacional, Câmara dos Deputados, Senado Federal, deputados e senadores. Poder Executivo. atribuições do Presidente da República e dos Ministros de Estado. Poder Judiciário. Disposições gerais. Órgãos do Poder judiciário. Competências. Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Composição e competências. Funções essenciais à Justiça. Ministério público, advocacia e defensoria públicas.

NOÇÕES DE ARQUIVOLOGIA Arquivística

NOÇÕES DE ARQUIVOLOGIA Arquivística: princípios e conceitos. Legislação arquivística. Gestão de documentos. Protocolos: recebimento, registro, distribuição, tramitação e expedição de documentos. Classificação de documentos de arquivo. Arquivamento e ordenação de documentos de arquivo. Tabela de temporalidade de documentos de arquivo. Acondicionamento e armazenamento de documentos de arquivo. Preservação e conservação de documentos de arquivo.

Conhecimentos Específicos

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: Noções de organização administrativa. Administração direta e indireta, centralizada e descentralizada. Ato administrativo: conceito, requisitos, atributos, classificação e espécies. Agentes públicos. Espécies e classificação. Cargo, emprego e função públicos. Poderes administrativos. Hierárquico, disciplinar, regulamentar e de polícia. Uso e abuso do poder. Licitação. Princípios, dispensa e inexigibilidade. Modalidades. Controle e responsabilização da administração. Controles administrativo, judicial e legislativo. Responsabilidade civil do Estado. Lei nº 8.112/1990 e suas alterações (Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, das Autarquias e das Fundações Federais).

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO: Noções de administração. Abordagens clássica, burocrática e sistêmica da administração. Evolução da administração pública no Brasil após 1930; reformas administrativas; a nova gestão pública. Processo administrativo. Funções da administração: planejamento, organização, direção e controle. Estrutura organizacional. Cultura organizacional. Gestão de pessoas. Equilíbrio organizacional. Objetivos, desafios e características da gestão de pessoas. Comportamento organizacional: relações indivíduo/organização, motivação, liderança, desempenho. Gestão da qualidade e modelo de excelência gerencial. Principais teóricos e suas contribuições para a gestão da qualidade. Ciclo PDCA. Ferramentas de gestão da qualidade. Modelo do gespublica. Noções de gestão de processos: técnicas de mapeamento, análise e melhoria de processos. Noções de administração de recursos materiais.

AGÊNCIAS REGULADORAS

AGÊNCIAS REGULADORAS: As agências reguladoras e o princípio da legalidade. Órgãos reguladores no Brasil: histórico e característica das autarquias. Abordagens: teoria econômica da regulação, teoria da captura, teoria do agente principal. Formas de regulação: regulação de preço; regulação de entrada; regulação de qualidade. Regulação setorial: regulação do setor de saúde suplementar no Brasil. Boas práticas regulatórias: análise do impacto regulatório.

LEGISLAÇÃO RELATIVA À ANS

LEGISLAÇÃO RELATIVA À ANS: Constituição Brasileira, do art. 196 ao 200. Lei nº 8.080/1990 e Lei nº 8.142/1990 (Sistema Único de Saúde – SUS). Lei nº 9.656/1998 (Regulamentação do setor de planos de saúde). Lei 9.961/2000 (Criação da ANS). Decreto nº 3.327/2000 (Regulamentação da ANS). Lei nº 10.185/2001 (Especialização das sociedades 30 seguradoras em planos privados de assistência à saúde). Lei nº 10.871/2004 e suas alterações (Dispõe sobre a criação de carreiras e organização de cargos efetivos das autarquias especiais denominadas Agências Reguladoras, e dá outras providências). Lei nº 8.078/1990 (Código de defesa do consumidor).
 

Analistas

Conhecimentos Básicos

LÍNGUA PORTUGUESA

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 3.1 Emprego das letras. 3.2 Emprego da acentuação gráfica. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego/correlação de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.2 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Emprego dos sinais de pontuação. 5.4 Concordância verbal e nominal. 5.5 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.6 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescritura de frases e parágrafos do texto. 6.1 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.2 Retextualização de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.2 Adequação do formato do texto ao gênero.

LÍNGUA INGLESA

LÍNGUA INGLESA: 1. Compreensão de textos escritos em língua inglesa e itens gramaticais relevantes para o entendimento dos sentidos dos textos.

RACIOCÍNIO LÓGICO

RACIOCÍNIO LÓGICO: 1 Estruturas lógicas. 2 Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. 3 Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1 Proposições simples e compostas. 3.2 Tabelas-verdade. 3.3 Equivalências. 3.4 Leis de De Morgan. 3.5 Diagramas lógicos. 4 Lógica de primeira ordem. 5 Princípios de contagem e probabilidade. 6 Operações com conjuntos. 7 Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais.

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL: 1 Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. 1.1 Princípios fundamentais. 2 Aplicabilidade das normas constitucionais. 2.1 Normas de eficácia plena, contida e limitada. 2.2 Normas programáticas. 3 Direitos e garantias fundamentais. 3.1 Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, direitos de nacionalidade, direitos políticos, partidos políticos. 4 Organização político-administrativa do Estado. 4.1 Estado federal brasileiro, União, estados, Distrito Federal, municípios e territórios. 5 Administração pública. 5.1 Disposições gerais, servidores públicos. 6 Poder Executivo. 6.1 Atribuições e responsabilidades do Presidente da República. 7 Poder Legislativo. 7.1 Estrutura. 7.2 Funcionamento e atribuições. 7.3 Processo legislativo. 7.4 Fiscalização contábil, financeira e orçamentária. 7.5 Comissões parlamentares de inquérito. 8 Poder Judiciário. 8.1 Disposições gerais. 8.2 Órgãos do Poder Judiciário. 8.2.1 Composição e competências. 8.2.2 Conselho Nacional de Justiça (CNJ): organização e competências. 9 Funções essenciais à Justiça. 9.1 Ministério público, advocacia pública. 9.2 Defensoria pública.

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO (EXCETO PARA O CARGO ANALISTA ADMINISTRATIVO)

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO (EXCETO PARA O CARGO ANALISTA ADMINISTRATIVO): 1 Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes, natureza, fins e princípios. 2 Direito administrativo: conceito, fontes e princípios. 3 Ato administrativo. 3.1 Conceito, requisitos, atributos, classificação e espécies. 3.2 Invalidação, anulação e revogação. 3.3 Prescrição. 4 Agentes administrativos. 4.1 Investidura e exercício da função pública. 4.2 Direitos e deveres dos funcionários públicos; regimes jurídicos. 4.3 Processo administrativo: conceito, princípios, fases e modalidades. 4.4 Lei nº 8.112/1990 e alterações. 5 Poderes da administração: vinculado, discricionário, hierárquico, disciplinar e regulamentar. 6 Princípios básicos da administração. 6.1 Responsabilidade civil da administração: evolução doutrinária e reparação do dano. 6.2 Enriquecimento ilícito e uso e abuso de poder. 6.3 Lei nº 8.429/1992 e alterações ( improbidade administrativa: sanções penais e civis). 7 Serviços públicos: conceito, classificação, regulamentação, formas e competência de prestação. 8 Organização administrativa. 8.1 Administração direta e indireta, centralizada e descentralizada. 8.2 Autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades 26 de economia mista. 9 Controle e responsabilização da administração. 9.1 Controle administrativo. 9.2 Controle judicial. 9.3 Controle legislativo. 9.4 Responsabilidade civil do Estado.

LEGISLAÇÃO APLICADA À REGULAÇÃO EM SAÚDE: (EXCETO PARA O CARGO DE ESPECIALISTA EM REGULAÇÃO DE SAÚDE SUPLEMENTAR)

LEGISLAÇÃO APLICADA À REGULAÇÃO EM SAÚDE: (EXCETO PARA O CARGO DE ESPECIALISTA EM REGULAÇÃO DE SAÚDE SUPLEMENTAR): 1 Constituição Brasileira, art. 196 ao art. 200. 2 Lei nº 8.080/1990 e Lei nº 8.142/1990 (Sistema Único de Saúde – SUS). 3 Lei nº 9.656/1998 (Regulamentação do setor de planos de saúde). 4 Lei 9.961/2000 (Criação da ANS). 5 Decreto nº 3.327/2000 (Regulamentação da ANS). 6 Lei nº 10.185/2001 (Especialização das sociedades seguradoras em planos privados de assistência à saúde). 7 Lei nº 10.871/2004 e alterações (Dispõe sobre a criação de carreiras e organização de cargos efetivos das autarquias especiais denominadas Agências Reguladoras, e dá outras providências).
 

Conhecimentos Específicos 

Especialista em Regulação de Saúde Suplementar

LEGISLAÇÃO APLICADA À REGULAÇÃO EM SAÚDE

LEGISLAÇÃO APLICADA À REGULAÇÃO EM SAÚDE: 1 Constituição Brasileira, do art. 196 ao 200. 2 Lei nº 8.080/1990 e Lei nº 8.142/1990 (Sistema Único de Saúde – SUS). 3 Lei nº 9.656/1998 (Regulamentação do setor de planos de saúde). 4 Lei 9.961/2000 (Criação da ANS). 5 Decreto nº 3.327/2000 (Regulamentação da ANS). 6 Lei nº 10.185/2001 (Especialização das sociedades seguradoras em planos privados de assistência à saúde). 7. Lei nº 10.871/2004 e suas alterações (Dispõe sobre a criação de carreiras e organização de cargos efetivos das autarquias especiais denominadas Agências Reguladoras e de outras providências).

REGULAÇÃO ECONÔMICA E AGÊNCIAS REGULADORAS

REGULAÇÃO ECONÔMICA E AGÊNCIAS REGULADORAS: 1 Introdução geral aos problemas econômicos: escassez e escolha. 1.1 Curva de possibilidade de produção, fatores de produção, oferta, demanda e equilíbrio de mercado. 2 Conceitos básicos: eficiência econômica, externalidades, bens públicos, assimetria de informação (risco moral, seleção adversa e anti-seleção). 3 Diversificação industrial e integração vertical. 4 Estrutura de mercado: mercados perfeitos e imperfeitos, falha de mercado. 5 As agências reguladoras e o princípio da legalidade. 6 Órgãos reguladores no Brasil: histórico e característica das autarquias. 7 Abordagens: teoria econômica da regulação, teoria da captura, teoria do agente principal. 8 Formas de regulação: regulação de preço; regulação de entrada; regulação de qualidade. 9 Regulação setorial: regulação do setor de saúde suplementar no Brasil. 10 Boas práticas regulatórias: análise do impacto regulatório.

DEFESA DA CONCORRÊNCIA

DEFESA DA CONCORRÊNCIA: 1 Lei nº 8.884/1994 e suas alterações (Dispõe sobre a prevenção e a repressão às infrações contra a ordem econômica e dá outras providências). 2 Lei nº 12.529/2011 (Estrutura o Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência) 3 Abordagens: escolas de Harvard e Chicago; as regras per se e de razão; o modelo de estrutura-conduta-desempenho; a abordagem dos custos de transação. 4 Poder de mercado. 5 Mercados relevantes. 6 Práticas anticompetitivas horizontais e verticais. 7 Práticas anticoncorrenciais no setor de saúde suplementar. 8 Políticas de defesa da concorrência. 9 Instituições de defesa da concorrência no Brasil. 10 Interação entre as agências reguladoras e órgãos de defesa da concorrência no Brasil.

DIREITO DO CONSUMIDOR

DIREITO DO CONSUMIDOR: 1 Direito do consumidor. 1.1 Natureza e fonte de suas regras. 1.2 Características e princípios do Código de Defesa do Consumidor. 1.3 Integrantes e objeto da relação de consumo. 1.4 Política Nacional de Relações de Consumo: objetivos e princípios. 1.5 Direitos básicos do consumidor. 1.6 Qualidade de produtos e serviços, prevenção e reparação de danos. 1.6.1 Proteção à saúde e segurança. 1.6.2 Responsabilidade pelo fato do produto e do serviço. 1.6.3 Responsabilidade por vício do produto e do serviço. 1.6.4 Decadência e prescrição. 1.6.5 Desconsideração da personalidade jurídica. 1.7 Práticas comerciais. 1.7.1 Oferta e efeito vinculante da oferta publicitária. 1.7.2 Publicidade. 1.7.3 Práticas abusivas. 1.7.4 Cobrança de dívidas. 1.7.5 Bancos de dados e cadastros de consumidores. 1.8 Proteção 27 contratual. 1.8.1 Princípios basilares dos contratos de consumo. 1.8.2. Cláusulas abusivas. 1.8.3 Contratos de adesão. 1.9 Sanções administrativas. 2 Sistema nacional de defesa do consumidor.

CONTABILIDADE GERAL

CONTABILIDADE GERAL: 1 Lei nº 6.404/1976, suas alterações e legislação complementar. 1.1 Pronunciamentos do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). 2 Princípios fundamentais de contabilidade (aprovados pelo Conselho Federal de Contabilidade por meio da Resolução do CFC nº 750/1993, atualizada pela Resolução CFC nº 1.282/2010). 3 Patrimônio: componentes patrimoniais (ativo, passivo e patrimônio líquido). 4 Fatos contábeis e respectivas variações patrimoniais. 5 Contas patrimoniais e de resultado. 6 Análise econômico-financeira. 6.1 Indicadores de liquidez. 6.2 Indicadores de rentabilidade. 6.3 Indicadores de lucratividade. 6.4 Análise vertical e horizontal. 7 Avaliação e contabilização de itens patrimoniais e de resultado de investimentos societários no país. 8 Destinação de resultado. 9 Estudo da relação custo versus volume versus lucro. 10 Elaboração de demonstrações. 10.1 Demonstração dos fluxos de caixa (métodos direto e indireto). 10.2 Balanço patrimonial. 10.3 Demonstração do resultado do exercício. 10.4 Demonstração do valor adicionado. 11 Fusão, cisão e incorporação de empresas.
 

Analista Administrativo

 

ADMINISTRAÇÃO GERAL

ADMINISTRAÇÃO GERAL:1 Funções de administração: planejamento, organização, direção e controle. 2 Processo de planejamento. 2.1 Planejamento estratégico: visão, missão e análise SWOT. 2.2 Análise competitiva e estratégias genéricas. 2.3 Redes e alianças. 2.4 Planejamento tático. 2.5 Planejamento operacional. 2.6 Administração por objetivos. 2.7 Balanced scorecard. 2.8 Processo decisório. 3 Organização. 3.1 Estrutura organizacional. 3.2 Tipos de departamentalização: características, vantagens e desvantagens de cada tipo. 3.3 Organização informal. 3.4 Cultura organizacional. 4 Direção. 4.1 Motivação e liderança. 4.2 Comunicação. 4.3 Descentralização e delegação. 5 Controle. 5.1 Características. 5.2 Tipos, vantagens e desvantagens. 5.3 Sistema de medição de desempenho organizacional. 6 Gestão de pessoas. 6.1 Equilíbrio organizacional. 6.2 Objetivos, desafios e características da gestão de pessoas. 6.3 Recrutamento e seleção de pessoas. 6.4 Análise e descrição de cargos. 6.5 Capacitação de pessoas. 6.6 Gestão de desempenho. 7 Gestão da qualidade e modelo de excelência gerencial. 7.1 Principais teóricos e suas contribuições para a gestão da qualidade. 7.2 Ferramentas de gestão da qualidade. 7.3 Modelo da fundação nacional da qualidade. 7.4 Modelo do gespublica. 8 Gestão de projetos. 8.1 Elaboração, análise e avaliação de projetos. 8.2 Principais características dos modelos de gestão de projetos. 8.3 Projetos e suas etapas. 9 Gestão de processos. 9.1 Conceitos da abordagem por processos. 9.2 Técnicas de mapeamento, análise e melhoria de processos.

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO: 1 Lei nº 9.784/1999 (Processo administrativo no âmbito da Administração Pública). 2 Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes, natureza, fins e princípios. 3 Direito administrativo: conceito, fontes e princípios. 4 Ato administrativo. 4.1 Conceito, requisitos, atributos, classificação e espécies. 4.2 Invalidação, anulação e revogação. 4.3 Prescrição. 5 Agentes administrativos. 5.1 Investidura e exercício da função pública. 5.2 Direitos e deveres dos funcionários públicos; regimes jurídicos. 5.3 Processo administrativo: conceito, princípios, fases e modalidades. 5.4 Lei nº 8.112/1990 e alterações. 6 Poderes da administração: vinculado, discricionário, hierárquico, disciplinar e regulamentar. 7 Princípios básicos da administração. 7.1 Responsabilidade civil da administração: evolução doutrinária e reparação do dano. 7.2 Enriquecimento ilícito e uso e abuso de poder. 7.3 Improbidade administrativa: sanções penais e civis — Lei nº 8.429/1992 e alterações. 8 Serviços públicos: conceito, classificação, regulamentação, formas e competência de prestação. 9 Organização administrativa. 9.1 Administração direta e indireta, centralizada e descentralizada. 9.2 Autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista. 10 Controle e responsabilização da administração. 10.1 Controle administrativo. 10.2 Controle judicial. 10.3 Controle legislativo. 10.4 28 Responsabilidade civil do Estado. 11 Licitação pública: Lei nº 8.666/1993, IN MPOG/SLTI 02/2008 com suas alterações e IN MPOG/SLTI 04/2010, Decreto nº 5.450/2005 (Pregão Eletrônico), Decreto nº 2.271/1997 (Contratação de serviços pela Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional). 11.1 Modalidades, dispensa e inexigibilidade. 11.2 Pregão. 11.3 Contratos e compras. 11.4 Convênios e termos similares. 12 Ética no serviço público. 12.1 Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal (Decreto nº 1.171/1994). 12.2 Comportamento profissional; atitudes no serviço; organização do trabalho; prioridade em serviço.

CONTABILIDADE GOVERNAMENTAL

CONTABILIDADE GOVERNAMENTAL: 1 Princípios de contabilidade sob a perspectiva do setor público. 2 Sistema de Contabilidade Federal. 3 Conceituação, objeto e campo de aplicação. 4 Patrimônio, variações e sistemas contábeis. 5 Transações no setor público. 6. Registro contábil. 7 Demonstrações contábeis segundo a lei nº 4.320/1964. 8 Despesa pública: conceito, etapas, estágios e categorias econômicas. 9 Receita pública: conceito, etapas, estágios e categorias econômicas. 10 Orçamento público. 10.1 Princípios orçamentários. 10.2 Diretrizes orçamentárias. 10.3 Processo orçamentário. 10.4 Métodos, técnicas e instrumentos do orçamento público; normas legais aplicáveis. 10.5 SIDOR e SIAFI. 11 Sistema de informações de custos no setor público. 12 Plano de contas aplicado ao setor público. 13 Regime Contábil. 14 Conta Única do Tesouro Nacional. 15 Sistema Integrado de Administração Financeira: conceitos básicos, objetivos, características, instrumentos de segurança e principais documentos de entrada. 16 Suprimento de Fundos.
 

Qual a banca?

Um dos passos mais importantes para o candidato durante a preparação é conhecer o perfil da banca examinadora. Isso porque não são todas iguais e cada uma tem suas particularidades. Estando por dentro do estilo da banca responsável pela prova do concurso que você vai participar é possível direcionar melhor seus estudos e torná-los mais efetivos.

O último concurso da ANS, em 2015, foi organizado pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab). Contudo, ainda não se sabe qual será a banca do próximo.

Aproveite para conferir as análises completas que fizemos das mais importantes instituições do país. Clique no nome de cada uma e saiba mais:

Quais as melhores técnicas para estudar?

A preparação para um concurso costuma, de fato, ser exaustiva. Mas para facilitar um pouco a sua vida, há técnicas que potencializam o aprendizado e, assim, podem agilizar a aprovação.

Entre as técnicas conhecidas estão a pomodoro e a de ciclo de estudos. Além disso, você pode estudar com flash cards ou mapas mentais.  No entanto, de todas as técnicas, a mais utilizada pelos concurseiros é, com certeza, a de estudo por questões.

O estudo por questões ajuda a reter a informações e revisar a matéria, tornando o processo de memorização do conteúdo mais simples e efetivo. Alguns cursos preparatórios oferecem material com questões comentadas pelos professores, o que facilita ainda mais.

Contudo, ressaltamos que o ideal é experimentar cada uma das técnicas e ver com qual você se adapta melhor. Por isso, confira também nosso post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

E se você está em busca de dicas que lhe ajudem a manter a energia em alta no período de preparação, não deixe de acessar nosso post com as 5 melhores técnicas de motivação.

Quais os melhores cursos preparatórios?

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. Afinal, é sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a área ou cargo pretendido.

Desse modo, veja algumas opções realmente boas:

 O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. De fato, tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Assim, se você quer um curso com bom histórico de aprovação, e a possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 Curso Gran – Concurso ANS

 Estratégia ConcursosO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, pois conta com um material de qualidade e professores renomados. Ou seja, se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e, além disso, não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é, com efeito, sua melhor opção.

 Curso Estratégia – Concurso ANS

 O Exponencial é mais uma excelente alternativa. Igualmente aos demais cursos, é voltado para o aprendizado acelerado, mas oferece ainda o interessante serviço de coaching 100% especializado.

Clique aqui para conhecer o Exponencial Concursos

Checklist do candidato

Agora que você chegou ao fim do post, é hora de retomar alguns pontos e fazer uma checklist para confirmar se o concurso da ANS é mesmo para você:

  • Ter formação de Nível Médio e Superior, de acordo com o cargo pretendido;
  • Ter dedicação e empenho;
  • Desejar estabilidade financeira e profissional. 

O que você achou de saber mais sobre o concurso da ANS? os salários e exigências de cada um dos cargos, e também a expectativa de vagas para os próximos concursos? Não deixe de comentar abaixo e conferir o conteúdo que o Próximos Concursos preparou para você!

Aproveite também para seguir o Próximos Concursos nas redes sociais:  Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.  Por lá você vai encontrar tudo sobre o universo concurseiro, discussões de qualidade, troca de experiências e dicas imbatíveis.

E lembre-se: conte com a gente na caminhada até a aprovação!

Bons estudos!

Planilha de Estudos

Planilha de Estudos

Com essa planilha você vai poder calcular automaticamente seu tempo ideal de estudos.

Ela foi criada com base no Método PQF para calcular o quanto você tem que estudar, levando em conta o peso de cada matéria, quantidade de horas necessárias e facilidade que você tem sobre cada uma.

Abra seu e-mail e baixe agora mesmo sua planilha (não esqueça de procurar no SPAM).