fbpx

Policial Rodoviário FederalEstá aguardando um Concurso para Policial Rodoviário Federal? A expectativa é de que em 2020 haja novidades a esse respeito, uma vez que um pedido de seleção com mais de 4 mil vagas está no Ministério da Economia desde 2019.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem a finalidade de buscar a segurança nacional em rodovias e estradas do país.

Sendo um órgão federal, conta com concurso público para preencher seus quadros.

Confira a seguir um resumo da carreira de Policial Rodoviário Federal.

 

 

Principais informações sobre o concurso para Policial Rodoviário Federal

 

Quais as atribuições?

 

O próximo concurso da PRF deve oferecer vagas para Policial Rodoviário Federal e Agente Administrativo.

 

Veja quais as principais atribuições da carreira:

 

Policial Rodoviário Federal:

  • Classe especial: atividades de natureza policial e administrativa, envolvendo direção, planejamento, coordenação, supervisão, controle e avaliação administrativa e operacional, coordenação e direção das atividades de corregedoria, inteligência e ensino, bem como a articulação e o intercâmbio com outras organizações e corporações policiais, em âmbito nacional e internacional, além das atribuições da Primeira Classe
  • Primeira classe: atividades de natureza policial, envolvendo planejamento, coordenação, capacitação, controle e execução administrativa e operacional, bem como articulação e intercâmbio com outras organizações policiais, em âmbito nacional, além das atribuições da Segunda Classe
  • Segunda classe: atividades de natureza policial envolvendo a execução e controle administrativo e operacional das atividades inerentes ao cargo, além das atribuições da Terceira Classe
  • Terceira classe: atividades de natureza policial envolvendo a fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

 

Quantas são as vagas?

 

No total, o concurso da PRF deve oferecer 4.435 vagas.

Segundo a própria corporação, 4.360 vagas serão destinadas ao cargo de Policial Rodoviário Federal.

 

Qual o nível de formação exigido?

 

Para se candidatar ao cargo de Policial Rodoviário Federal é exigida formação de Nível Superior em qualquer área.

Além de ter Carteira Nacional de Habilitação ou permissão para conduzir veículos automotores de, no mínimo, categoria B.

 

Quais as demais exigências?

 

Além da formação, alguns outros quesitos são exigidos dos candidatos no concurso da PRF.

Veja quais são eles:

  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal;
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais.
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.

 

Qual o salário?

 

No início de carreira, o Policial Rodoviário Federal recebe R$ 9.899,98.

 

 

Quais os benefícios?

 

Os servidores da PRF, de maneira geral, recebem auxílio-alimentação, auxílio-transporte. auxílio-creche (para filhos até 6 anos) e auxílio-saúde.

Policiais em regiões de fronteira recebem, ainda, benefícios extras.

 

Qual a lotação?

 

Os aprovados no concurso da PRF podem ser lotados em qualquer unidade da corporação no território nacional, conforme disponibilidade de vagas publicada em edital e mediante escolha no momento da inscrição.

O ocupante do cargo permanecerá preferencialmente no local de sua primeira lotação por um período mínimo de três anos, sendo sua remoção condicionada a concurso de remoção, permuta ou ao interesse da administração.

De qualquer maneira, ainda não se sabe quais estados terão vagas na próxima seleção da PRF.

 

Qual a jornada de trabalho?

 

Os servidores da PRF têm jornada de trabalho de 40 horas semanais (8 horas diárias).

 

 

Quais as chances de crescimento na carreira?

 

Os servidores da PRF podem se desenvolver na carreira em classes e padrões. São quatro classes (terceira, segunda, primeira e especial) e até seis padrões (I, II, III, IV, V e VI).

A movimentação do servidor se dá por meio de progressão funcional  baseada no avaliação anual de desempenho.

 O tempo mínimo para a primeira progressão é de três anos (contando o estágio probatório).

Após esse período, a progressão dentro da mesma classe podem ser realizadas entre 12 e 18 meses. Já a mudança de padrão ocorre anualmente.

 

Como foi a concorrência do último concurso?

 

concorrencia

A última seleção para Policial Rodoviário Federal teve edital lançado em 2018, com provas objetivas no início de 2019. Foram oferecidas 500 vagas em todo o país e houve um total de 129.152 inscritos. Ou seja, uma média nacional de 258 candidatos por vagas.

Confira a relação de inscritos por estado:

  • Acre: 1.990 inscritos
  • Amazonas: 3.818 inscritos
  • Amapá: 3.111 inscritos
  • Bahia: 1.1328 inscritos
  • Goiás: 1.2605 inscritos
  • Maranhão: 4.130 inscritos
  • Minas Gerais: 9.510 inscritos
  • Mato Grosso do Sul: 8.374 inscritos
  • Mato Grosso: 11.194 inscritos
  • Pará: 12.700 inscritos
  • Piauí: 6.726 inscritos
  • Rio de Janeiro: 8.918 inscritos
  • Rondônia: 8.202 inscritos
  • Roraima: 2.155 inscritos
  • Rio Grande do Sul: 11.559 inscritos
  • São Paulo: 8.709 inscritos
  • Tocantins: 4.123 inscritos

 

 

Quais as etapas do edital?

 

 

1ª etapa:

  •  Provas objetiva e discursiva
  • Exame de Capacidade Física
  • Avaliação de saúde
  • Avaliação psicológica
  • Avaliação de títulos
  • Investigação social

 

2ª etapa:

  • Curso de Formação Profissional.

 

Como são as provas do concurso da PRF?

 

Saiba mais sobre cada uma das provas do concurso da PRF a seguir.

 

 

Policial Rodoviário Federal

 

Prova escrita

A prova escrita do último concurso da PRF para policiais foi dividida em Conhecimentos Básicos e Conhecimentos Específicos, com 50 e 70 questões, respectivamente.  E foi constituída de itens para julgamento com CERTO (C) e ERRADO (E) de acordo com os comandos do enunciado.

A prova de Conhecimentos Básicos versou sobre as seguintes disciplinas:

 

Já a prova de Conhecimentos Específicos tratou das disciplinas de:

 

Prova Discursiva

 

A prova discursiva do concurso da PRF foi constituída de um texto dissertativo de, no máximo, 30 linhas sobre um dos temas constantes do conteúdo programático específico.

Exame de Capacidade Física

O Exame de Capacidade Física foi aplicado a todos os candidatos, de ambos os sexos, com os seguintes exercícios:

  • Flexão em barra fixa
  • Flexão abdominal
  • Impulsão horizontal
  • Corrida de 12 minutos

 

Contudo, houve diferença de tempo mínimo e número de repetições entre homens e mulheres, conforme tabelas abaixo:

 

Avaliação de títulos

 

A avaliação de títulos no concurso da PRF se dá conforme a tabela a seguir:

 

Curso de Formação Profissional

 

O Curso de Formação Profissional (para candidatos aprovados na primeira etapa e não eliminados na investigação social) será realizado em local e período a ser indicado na convocação para a etapa, em edital específico. no entanto, sabe-se de antemão que é exigindo-se do aluno tempo integral com frequência obrigatória e dedicação exclusiva. As atividades poderão ser desenvolvidas nos turnos diurno e noturno, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

O candidato regularmente matriculado no curso terá direito apenas ao auxílio-financeiro de 50% do subsídio da classe inicial do cargo de Policial Rodoviário Federal (despesas com estadia, locomoção, saúde e alimentação serão por conta do candidato).

As avaliações realizadas terão pontuação máxima de 10 pontos. O candidato que não obtiver, no mínimo, 6 pontos em cada avaliação e 7 pontos na média geral das disciplinas, ou que não obtiver frequência integral, será reprovado. Não serão oferecidas condições diferenciadas a candidatos com deficiência.

 

Provas anteriores Concurso PRF

Editais anteriores Concurso PRF

 

Qual o conteúdo programático?

 

Policial Rodoviário Federal

 

Conhecimentos Básicos

Língua Portuguesa

Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. Domínio da ortografia oficial.  Domínio dos mecanismos de coesão textual. Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. Emprego de tempos e modos verbais. Domínio da estrutura morfossintática do período. Emprego das classes de palavras.  Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. Emprego dos sinais de pontuação. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Emprego do sinal indicativo de crase. Colocação dos pronomes átonos.  Reescrita de frases e parágrafos do texto. Significação das palavras. Substituição de palavras ou de trechos de texto. Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República).

Raciocínio Lógico-matemático

Modelagem de situações-problema por meio de equações do 1º e 2º graus e sistemas lineares.  Noção de função. Análise gráfica. Funções afim, quadrática, exponencial e logarítmica. Aplicações.  Taxas de variação de grandezas. Razão e proporção com aplicações. Regra de três simples e composta. Porcentagem. Regularidades e padrões em sequências. Sequências numéricas.  Progressão aritmética e progressão geométrica. Noções básicas de contagem e probabilidade. Descrição e análise de dados. Leitura e interpretação de tabelas e gráficos apresentados em diferentes linguagens e representações. Cálculo de médias e análise de desvios de conjuntos de dados. Noções básicas de teoria dos conjuntos. Análise e interpretação de diferentes representações de figuras planas, como desenhos, mapas e plantas. Utilização de escalas.  Visualização de figuras espaciais em diferentes posições. Representações bidimensionais de projeções, planificações e cortes. Métrica. Áreas e volumes. Estimativas. Aplicações.

Informática

Conceito de internet e intranet.  Conceitos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a internet/intranet. Ferramentas e aplicativos comerciais de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca, de pesquisa e de redes sociais. Noções de sistema operacional (ambiente Linux e Windows). Acesso a distância a computadores, transferência de informação e arquivos, aplicativos de áudio, vídeo e multimídia. Redes de computadores. Conceitos de proteção e segurança. Noções de vírus, worms e pragas virtuais. Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, anti-spyware etc.). Computação na nuvem (cloud computing).

Noções de Física

Cinemática escalar, cinemática vetorial. Movimento circular. Leis de Newton e suas aplicações.  Trabalho. Potência. Energia cinética, energia potencial, atrito. Conservação de energia e suas transformações. Quantidade de movimento e conservação da quantidade de movimento, impulso.  Colisões.

Ética no Serviço Público

Ética e moral.  Ética, princípios e valores.  Ética e democracia: exercício da cidadania.  Ética e função pública. Ética no setor público.  Decreto nº 1.171/ 1994 (Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal).

História da PRF

O Brasil político: nação e território. Organização do Estado Brasileiro. A divisão inter-regional do trabalho e da produção no Brasil. A estrutura urbana brasileira e as grandes metrópoles. Distribuição espacial da população no Brasil e movimentos migratórios internos. A evolução da estrutura fundiária e problemas demográficos no campo. Integração entre indústria e estrutura urbana, rede de transportes e setor agrícola no Brasil. Geografia e gestão ambiental. Macrodivisão natural do espaço brasileiro: biomas, domínios e ecossistemas. Política e gestão ambiental no Brasil. 6 O Brasil e a questão cultural. A integração do Brasil ao processo de internacionalização da economia. O século XX: urbanização da sociedade e cultura de massas.

História da PRF

(Disponível no endereço https://www.prf.gov.br/agencia/policia-rodoviaria-federalhistoria-em-detalhes/): Polícia Rodoviária Federal: história em detalhes. Grandes eventos esportivos. Atualidade. Tecnologia. Trânsito. Capacitação. Ação especializada. Áreas especializadas.

Legislação de Trânsito

Lei nº 9.503/1997 e suas alterações (institui o Código de Trânsito Brasileiro — CTB). Decreto nº 4.711/2003(dispõe sobre a Coordenação do Sistema Nacional de Trânsito — SNT). Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) e suas alterações: 04/1998; 14/1998; 24/1998; 26/1998; 32/1998; 36/1998; 92/1999; 110/2000; 160/2004; 197/2006; 205/2006; 210/2006; 211/2006; 216/2006; 227/2007 (exceto os seus anexos); 231/2007; 242/2007; 253/2007; 254/2007; 258/2007; 268/2008; 273/2008; 277/2008; 289/2008; 290/2008; 292/2008; 349/2010; 356/2010; 360/2010; 371/2010 (exceto as fichas); 396/2011; 432/2013; 441/2013; 453/2013; 471/2013; 508/2014; 520/2015; 525/2015; 552/2015; 561/2015 (exceto as fichas); 573/2015; 598/2016; 619/2016; 624/2016; 643/2016; 720/2017; 723/2018; 735/2018.

 

Conhecimentos Específicos

Noções de Direito Administrativo

Noções de organização administrativa. Centralização, descentralização, concentração e desconcentração. Administração direta e indireta. Autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista.  Ato administrativo. Conceito,requisitos, atributos, classificação e espécies. Agentes públicos. Legislação pertinente. Lei nº 8.112/1990 e suas alterações. Disposições constitucionais aplicáveis. Disposições doutrinárias. Conceito. Espécies. Cargo, emprego e função pública.  Poderes administrativos. Hierárquico, disciplinar, regulamentar e de polícia. Uso e abuso do poder. Licitação. Princípios. Contratação direta: dispensa e inexigibilidade. Modalidades. Tipos. Procedimento. Controle da Administração Pública. Controle exercido pela Administração Pública. Controle judicial. Controle legislativo. Responsabilidade civil do Estado. Responsabilidade civil do Estado no direito brasileiro. Responsabilidade por ato comissivo do Estado. Responsabilidade por omissão do Estado. Requisitos para a demonstração da responsabilidade do Estado. Causas excludentes e atenuantes da responsabilidade do Estado. 8 Regime jurídico-administrativo. Conceito. Princípios expressos e implícitos da Administração Pública.

Noções de Direito Constitucional

Direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania e direitos políticos; partidos políticos; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos. Poder Executivo: forma e sistema de governo; chefia de Estado e chefia de governo. Defesa do Estado e das instituições democráticas: segurança pública; organização da segurança pública. Ordem social: base e objetivos da ordem social; seguridade social; meio ambiente; família, criança, adolescente, idoso, índio.

Legislação Especial

Princípios básicos. Aplicação da lei penal.  A lei penal no tempo e no espaço. Tempo e lugar do crime. Territorialidade e extraterritorialidade da lei penal.  O fato típico e seus elementos. Crime consumado e tentado. Ilicitude e causas de exclusão. Excesso punível. Crimes contra a pessoa.  Crimes contra o patrimônio. Crimes contra a fé pública. Crimes contra a Administração Pública. Inquérito policial. Histórico, natureza, conceito, finalidade, características, fundamento, titularidade, grau de cognição, valor probatório, formas de instauração, notitia criminis, delatio criminis, procedimentos investigativos, indiciamento, garantias do investigado; conclusão. Prova.  Preservação de local de crime. Requisitos e ônus da prova. Nulidade da prova. Documentos de prova. Reconhecimento de pessoas e coisas. Acareação. Indícios. Busca e apreensão. Prisão em flagrante.

Legislação Especial

Lei nº 10.826/2003 e suas alterações (Estatuto do Desarmamento). Lei nº 5.553/1968 (apresentação e uso de documentos de identificação pessoal). Lei nº 4.898/1965 (direito de representação e processo de responsabilidade administrativa, civil e penal, nos casos de abuso de autoridade). Lei nº 9.455/1997 (definição dos crimes de tortura). Lei nº 8.069/1990 e suas alterações (Estatuto da Criança e do Adolescente): Título II, Capítulos I e II, Título III, Capítulo II, Seção III, Título V e Título VII.  Lei nº 11.343/2006 (Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas). Lei nº 9.605/1998 e suas alterações (Lei dos Crimes contra o Meio Ambiente): Capítulos III e V. Decretos nº 5.948/2006, nº 6.347/2008 e nº 7901/2013 (tráfico de pessoas).

Direitos Humanos e Cidadania

Teoria geral dos direitos humanos. Conceito, terminologia, estrutura normativa, fundamentação. Afirmação histórica dos direitos humanos.  Direitos humanos e responsabilidade do Estado. Direitos humanos na Constituição Federal. Política Nacional de Direitos Humanos. 6 A Constituição brasileira e os tratados internacionais de direitos humanos.

 

Qual a banca?

 

Um dos passos mais importantes para o candidato durante a preparação é conhecer o perfil da banca examinadora. Isso porque não são todas iguais e cada uma tem suas particularidades. Estando por dentro do estilo da banca responsável pela prova do concurso que você vai participar é possível direcionar melhor seus estudos e torná-los mais efetivos.

Os concursos da PRF costumam ser organizados pela Cespe/Cebraspe, que é uma banca fácil. O maior pesadelo dos concurseiros quando se trata dessa instituição é seu modelo em que uma resposta errada anula uma correta.

Para saber todos os detalhes da Cespe/Cebraspe, acesse a análise completa que fizemos clicando aqui.

Para as demais bancas, clique no nome da instituição:

 

 

Quais as melhores técnicas para estudar?

 

A preparação para um concurso costuma, de fato, ser exaustiva. Mas para facilitar um pouco a sua vida, há técnicas que potencializam o aprendizado e, assim, podem agilizar a aprovação.

Entre as técnicas conhecidas estão a pomodoro e a de ciclo de estudos. Além disso, você pode estudar com flash cards ou mapas mentais.  No entanto, de todas as técnicas, a mais utilizada pelos concurseiros é, com certeza, a de estudo por questões.

O estudo por questões ajuda a reter a informações e revisar a matéria, tornando o processo de memorização do conteúdo mais simples e efetivo. Alguns cursos preparatórios oferecem material com questões comentadas pelos professores, o que facilita ainda mais.

Contudo, ressaltamos que o ideal é experimentar cada uma das técnicas e ver com qual você se adapta melhor. Por isso, confira também nosso post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

E se você está em busca de dicas que lhe ajudem a manter a energia em alta no período de preparação, não deixe de acessar nosso post com as 5 melhores técnicas de motivação.

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. Afinal, é sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a área ou cargo pretendido.

Desse modo, veja algumas opções realmente boas:

Estratégia ConcursosO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, pois conta com um material de qualidade e professores renomados. Ou seja, se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e, além disso, não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é, com efeito, sua melhor opção.

 Curso Estratégia – PRF

 

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. De fato, tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Assim, se você quer um curso com bom histórico de aprovação, e a possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 Curso Gran – PRF

 

O Exponencial é mais uma excelente alternativa. Igualmente aos demais cursos, é voltado para o aprendizado acelerado, mas oferece ainda o interessante serviço de coaching 100% especializado.

 

Clique aqui para conhecer o Exponencial Concursos

Se o seu sonho é participar de um concurso para Policial Rodoviário Federal, fique de olho nas novidade!

Acompanhe todas as notícias nas nossas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Bons estudos e boa sorte!