Foi publicado o tão esperado edital do Concurso Polícia Federal 2018!

Por essa razão você deve estar em busca de maiores informações sobre o cargo e concurso, não é mesmo?

Você chegou ao lugar certo!

 

Quer saber por quê?

 

Reunimos, nesse artigo, todas as informações necessárias para aumentar suas chances de se tornar um Delegado da Polícia Federal.

 

Sabe o que encontrará aqui?

 

As principais informações referentes ao cargo, como as funções, salários, jornada de trabalho, dentre várias outras coisas.
E é claro, tudo que você precisa saber sobre o concurso, bem como perfil da banca organizadora, quais matérias estudar, o que é cobrado na prova discursiva e muito mais.

 

Então vamos lá!

Para aqueles que estão interessados apenas em um tópico específico, basta clicar no assunto de seu interesse:

 

Quais as atribuições de um Delegado Federal?

 

Um Delegado Federal é responsável por instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação, orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais, participar do planejamento de operações de segurança e investigações, supervisionar e executar missões de caráter sigiloso, participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o Órgão na consecução dos seus fins.

 

Qual o salário de um delegado da Polícia Federal?

 

Recentemente, através da lei nº 13.371 de 14 de dezembro de 2016, o salário de delegado federal passou por um reajuste.

Sendo assim, a remuneração inicial é de R$ 22.672,48 em janeiro de 2018, devendo atingir o valor de R$ 23.692,74 em janeiro de 2019.

Ao atingir a classe especial, última da categoria, o delegado federal conta com uma remuneração de R$ 28.262,24.

 

Quais os requisitos exigidos?

 

Dentre outros requisitos especificados em edital, para candidatar-se é necessário ter:

  • Nível Superior em Direito
  • Três anos de atividade jurídica ou policial na data da posse.
  • CNH na categoria B ou superior
  • 18 anos completos na data de matrícula do Curso de Formação do Concurso Polícia Federal

 

Quais os benefícios da carreira?

 

O delegado federal conta com um plano de saúde, auxílio-alimentação de R$ 480,00 e assistência pré-escolar fixado no valor máximo de R$ 321,00.

 

Qual a jornada de trabalho de um delegado da PF?

 

Um delegado federal trabalha 40 horas semanais. O regime adotado depende da unidade, sendo que em alguns casos se trabalha em escala de serviço e outros com jornada fixa de 8 horas semanais.

Independente da carga horária adotada, a Polícia Federal não trabalha com hora extra, sendo que, mediante a necessidade de ultrapassar as horas semanais, ocorre o acúmulo em um banco de horas que posteriormente será compensado com folga.

 

Como é a lotação inicial e qual a possibilidade de remoção?

 

Após a conclusão do curso de Formação Profissional, de acordo com a ordem classificatória, é feita uma convocação para a escolha da unidade de lotação, dentre as disponíveis.

As unidades apenas são disponíveis para lotação inicial após um concurso interno de remoção.

O que exatamente isso quer dizer?

Significa que somente após todas as unidades disponíveis serem disponibilizadas aos delegados já no exercício da profissão é que os formandos do Curso de Formação terão possibilidade de escolher a lotação inicial.

De outra maneira, podemos dizer que as unidades de lotação inicial são as que nenhum delegado no exercício deseja lotar.

Por isso é comum que a lotação inicial ocorra em fronteiras e algumas capitais de estados específicos, como Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima.

Isso não é uma regra, mas em geral são unidades com um índice de preferência menor.

 

A única forma de remoção é mediante a abertura de um novo concurso?

 

Na verdade, a Polícia Federal apresenta uma grande rotatividade, sendo que em diversas ocasiões ocorrem concursos internos de remoção.

Ou seja, chegar ao seu objetivo pode ser mais rápido do que você imagina.

 

Qual o nível de formação exigido?

 

Para se tornar delegado federal é necessário ser bacharel em Direito, com prática jurídica ou policial de pelo menos três anos, comprovadas no ato da matrícula do Curso de Formação Profissional.

 

Qual o plano de carreira de um Delegado da Polícia Federal?

 

O cargo de delegado federal, assim como os demais da Polícia Federal, é constituído por quatro classes: Classe 1, Classe 2, Classe 3 e Classe Especial.

Ao tomar posse, o novo delegado ingressa na Classe 3 e, após avaliações internas bem-sucedidas em um determinado período de tempo, é possível avançar para a classe posterior.

Depois de alguns anos, passando de classe em classe, é possível chegar a Classe Especial, ou seja, ao cargo máximo dentro da carreira federal.

 

Existe diferença das funções entre cada classe?

 

É o que explicaremos agora.

 

Como é o trabalho de um delegado federal?

 

As atribuições diárias de um delegado federal estão diretamente ligadas às áreas de atuação do órgão de lotação, ou seja, com o decorrer do tempo, você pode direcionar sua carreira para a área que mais se identifica, como por exemplo analítica ou operacional.

Além disso, algumas funções são atribuídas de acordo com a classe pertencente. Pela extensa lista de atribuições, aconselhamos que você acesse a página da FENAPEF para um melhor entendimento sobre essas atribuições.

Caso tenha interesse, clique aqui para acessar a página e obter informações sobre todas as atribuições possíveis para um Delegado da Polícia Federal.

 

Qual o perfil de um Delegado da Polícia Federal?

 

  • Possuir prática na área jurídica ou policial, além do Bacharelado em Direito;
  • Ser perseverante e dedicado para obter êxito no processo seletivo;
  • Apresentar espírito de liderança e facilidade de comunicação para lidar de forma satisfatória com sua equipe;
  • Conseguir agir e pensar sob pressão, para lidar com as mais diversas situações do cotidiano de um delegado;
  • Ser comprometido com a justiça e apresentar imparcialidade em prol da sociedade.

 

A profissão de delegado federal é muito arriscada?

 

Qualquer função policial é constituída de riscos constantes, além de uma imensa carga de estresse.

Mas todo delegado federal é extremamente treinado para amenizar o máximo possível todos os riscos, incluindo sua equipe e terceiros.

 

Qual a quantidade de vagas do último concurso?

 

O último concurso ocorreu em 2012, com 46.633 inscritos para a oferta de 150 vagas, ou seja, 310,9 candidatos por vaga.

 

Quantas vagas estão sendo disponibilizadas no Concurso Polícia Federal 2018?

 

Estão sendo ofertadas 150 vagas para delegado da Polícia Federal.

Como amplamente difundido, o concurso para delegado da PF é extremamente concorrido e, com toda certeza, não será diferente no próximo concurso.

Mas isso não deve se tonar um fator desanimador, mas uma razão para você se dedicar ao máximo possível aos seus estudos.

É possível conquistar uma vaga, mas não há espaço para amadores. Então, se esse é seu sonho, comece desde de já a lutar para conquistá-lo.

Cada candidato possui sua própria estratégia de estudo, mas aconselhamos fortemente que, independente da estratégia adotada, ela seja acompanhada por professores qualificados, ou seja, que você faça um curso preparatório.

É possível estudar sozinho?

Não é impossível, mas exigirá um tempo de preparação consideravelmente maior, ou seja, será necessário que o candidato já esteja há muito tempo nessa jornada.

Isso porque, ao escolher trilhar esse caminho sozinho, você não terá ninguém para te guiar no que realmente deve ser estudado e acabará dividindo seu tempo entre o que é importante e o que é desnecessário.

 

Quais matérias devo estudar?

 

As disciplinas tradicionais, como português e raciocínio lógico não são mais cobradas, ou seja, a prova é totalmente voltada para a área jurídica.

 

Em 2010 houve uma mudança no perfil das provas para delegado federal, sendo que agora o objetivo é conseguir os candidatos mais preparados juridicamente.

O que isso significa?

Apesar do grande peso de Processo Penal e Processual Penal, possuir um conhecimento amplo apenas nessas duas matérias não são suficientes para garantir a aprovação.

É necessário incluir, sem exceções, todas as áreas cobradas no edital.

Acesse provas anteriores do concurso Polícia Federal – Delegado

 

Qual banca será responsável pelo concurso da Polícia Federal?

 

Como é de praxe nos concursos da Polícia Federal, a banca escolhida é o Cespe / Cebraspe. Confira a análise que preparamos com todas as características dessa banca.

Essa banca apresenta uma prova bem elaborada e um auto grau de dificuldade.

A prova objetiva é composta por longos textos, com as opções de verdadeiro e falso, onde uma resposta errada anula uma certa. Logo, optar por chutar é uma estratégia arriscada.

No último concurso a prova dissertativa constou com 3 questões, além da elaboração de uma peça profissional. Nessa fase, são cobradas apenas quatro matérias: Direito Penal, Processual Penal, Constitucional e Administrativo.

 

Quais as demais etapas do concurso?

 

O concurso é composto pelas seguintes etapas:

 

 

Como funciona o TAF – Teste de Aptidão Física?

 

Como a carreira policial envolve atividades de esforço físico, os concursos da área exigem a realização do Teste de Aptidão Física (TAF). De maneira geral, ele envolve:

 

  • Exercícios em barra fixa (tempo e número de repetições variados, diferentes para homens e mulheres)
  • Exercícios de flexão abdominal  (tempo e número de repetições variados, diferentes para homens e mulheres)
  • Corrida 
  • Natação 

 

Apesar de simples, o TAF é o terror de muitos candidatos em concursos policiais. Vários, inclusive, desistem do sonho por não se acharem aptos a essa avaliação.

No entanto, não é preciso pânico!

Se você é totalmente sedentário, claro que não será da noite para o dia que conseguirá um bom desempenho. Por isso, é fundamental uma preparação prévia. O ideal é começar de forma gradual, no mínimo quatro meses antes, com o acompanhamento de um profissional da Educação Física.

Da mesma forma, é importante ficar atento à alimentação, que tem grande influência na performance durante o exercício e no condicionamento físico. Por isso, fique de olho no que coloca no prato, tome muita água e, caso sinta necessidade, procure um nutricionista esportivo, que é profissional certo para orientar sua dieta nesse período.

Com esforço e disciplina, é perfeitamente possível ser aprovado no TAF!

Para saber ainda mais sobre o assunto, acesse o post Como se preparar para o TAF – Teste de Aptidão Física.

 

Quais as etapas do concurso?

 

As seleções compreendem provas objetivas e discursivas, exame de aptidão física, exame médico, avaliação psicológica, prova prática de digitação (apenas escrivão), avaliação de títulos, prova oral (apenas delegado) e curso de formação profissional. As avaliações são aplicadas em todas as capitais.

Os candidatos aprovados na primeira etapa e não eliminados pela investigação social serão convocados para se matricular no Curso de Formação Profissional, de acordo com a ordem de classificação e número de vagas.

 

Onde encontrar o edital do Concurso Polícia Federal 2018?

 

Acesse o edital do concurso da Polícia Federal

 

Como me preparar para esse concurso?

 

A preparação é a parte mais importante da jornada até a aprovação em um concurso público. É preciso ter em mente que são horas e mais horas de estudos, leituras, exercícios e revisão. Para obter bons resultados, só com muita disciplina e foco.

O primeiro passo, é obter todas as informações sobre o concurso (prazos, disciplinas pedidas, banca examinadora, etc) lendo com muita atenção o edital. Depois, é fundamental planejar seus estudos da forma que melhor funcione com você.

 

Para lhe ajudar nesse caminho, temos o post como montar um cronograma de estudos perfeito para sua rotina.

 

Como escolher o melhor curso preparatório?

 

Sempre reforçamos que, se você tem tempo e dinheiro para investir em um curso preparatório, isso pode turbinar o aprendizado e agilizar sua aprovação.

E se essa foi sua escolha, é muito importante conhecer os melhores cursos preparatórios disponíveis no mercado. Fique de olho no material, para saber se atende as suas necessidades, e também na equipe de professores, para saber se os profissionais têm experiência em concursos. A partir da nossa própria experiência de mais de 15 anos na área, temos confiança em indicar o Estratégia Concursos, que tem ótimos índices de aprovação nos principais processos seletivos do país. Outra excelente opção é o Gran Cursos, igualmente bem avaliado e com ótimo material de estudo.

Veja os cursos específicos que eles oferecem:

Acesse o curso para Delegado do Estratégia Acesse o curso para Delegado do Gran Cursos

 

Para saber mais sobre cada um dos cursos indicados e ainda outras boas opções, confira nosso ranking completo com os melhores cursos preparatórios para concursos.

 

 

Quais as melhores técnicas para estudar?

 

Há diversas técnicas que podem potencializar seu aprendizado, como a pomodoro e a de ciclo de estudos. Você também pode estudar com flash cards ou mapas mentais. O ideal é experimentar cada uma delas e ver com qual se adapta melhor. Para lhe ajudar na escolha, reunimos todas as informações no post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

 

Aproveite para seguir o Próximos Concursos nas redes sociais:  Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

 

E lembre-se: conte com a gente na caminhada até a aprovação!

 

Bons estudos!

Planilha de Estudos

Inscreva-se agora para baixar gratuitamente a Planilha definitiva de Estudos!

Confirme seu e-mail e baixe a planilha!

DESCONTO de 30% no Gran Cursos Online

É só CLICAR AQUI para ATIVAR SEU DESCONTO.

E se quiser receber outras dicas de concurso, é só assinar nossa newsletter abaixo:

Você acabou de se inscrever em nossa lista.