09/10/2018

Atenção concurseiros que estavam acompanhando os trâmites para o novo concurso do Tribunal Regional do Trabalho do estado da Bahia…

A expectativa de um novo concurso TRT BA vinha movimentando o universo concurseiro do Nordeste do país. Em andamento desde o início do ano, quando teve sua comissão formada, a previsão era de edital lançado ainda neste segundo semestre de 2018.

Ontem foi divulgada pelo Tribunal Regional do Trabalho em suas redes sociais, a informação de que não haverá abertura de concurso público neste ano de 2018, conforme era previsto e esperado por muitos concurseiros.

Segundo o Tribunal, a realização de um novo concurso resultaria em um aumento significativo de despesas, comprometendo a manutenção do Tribunal.

No concurso previsto, esperava-se a oferta de vagas para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário em diversas áreas. As carreiras exigem, respectivamente, formação de Nível Superior e Nível Médio.

O concurso não será lançado no prazo previsto, mas ao invés de desanimar, que tal dar aquele gás nos estudos e aproveitar esse prazo maior para intensificar sua preparação?

Antes, acompanhe este artigo para saber tudo sobre o órgão, as carreiras, as provas e as melhores dicas para agilizar sua aprovação.

Confira já!

Principais informações sobre o Concurso TRT BA

 

Validade do último concurso

 

A validade do último concurso do órgão, realizado em 2013, foi prorrogada para o cargo de Analista OJAF e Medicina do Trabalho até fevereiro de 2019, porém para os demais cargos foi expirado em abril desse ano:

 

Quais as carreiras e atribuições?

No concurso TRT BA, estima-se que serão ofertadas vagas para analistas e técnicos em várias áreas de atuação — tanto Jurídica quanto Administrativa e de apoio especializado. Confira as atribuições gerais de cada carreira no órgão:

 

Técnico Judiciário – Área Administrativa

Apoio técnico e administrativo de Nível Médio pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária conforme área de atuação específica; arquivar documentos; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos; atender ao público interno e externo; classificar e autuar processos; realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado

Atividades de apoio técnico à área jurídica conforme área de atuação específica de Nível Médio; executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Analista Judiciário – Área Judiciária

Analisar petições e processos, confeccionar minutas de votos, emitir informações e pareceres; proceder a estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina pertinente para fundamentar a análise de processo e emissão de parecer; fornecer suporte técnico e administrativo aos magistrados, órgãos julgadores e unidades do Tribunal; inserir, atualizar e consultar informações em base de dados; verificar prazos processuais; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Analista Judiciário – Área Administrativa

Tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria; emitir informações e pareceres; elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos; elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação; elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado

Atividades de apoio especializado à área jurídica conforme área de atuação específica de Nível Superior; executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Oficial de Justiça Avaliador Federal

Executar citações, notificações, intimações e demais ordens judiciais, certificando no mandado o ocorrido; executar penhoras, avaliações, arrematações, praças e hastas públicas, remissões, adjudicações, arrestos, sequestros, buscas e apreensões, lavrando no local o respectivo auto circunstanciado; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Qual o nível de formação exigido?

Para se candidatar a uma vaga de Analista Judiciário no concurso TRT BA 2018, é preciso ter formação de Nível Superior, com certificado expedido por instituição de ensino credenciada no Ministério da Educação (MEC), em uma das seguintes áreas:

  • Administração
  • Arquivologia
  • Contabilidade
  • Direito
  • Tecnologia da Informação

Já para tentar a vaga de Técnico Judiciário, é preciso ter formação de Nível Médio, também com certificado de instituição credenciada no MEC, nas seguintes áreas:

  • Administração
  • Segurança
  • Tecnologia da Informação.

 

Qual o período de inscrição e valor da taxa?

Ainda não há informações consolidadas sobre datas e valores do concurso TRT BA 2018.

 

Qual o salário?

O salário inicial de um Analista Judiciário (em toda as especialidades) é de R$ 11.007,00. Já para o cargo de Técnico Judiciário (em toda as áreas), a remuneração é de R$ 6.709, 00.

 

Quais os benefícios?

Além da remuneração mensal fixa, os aprovados no concurso TRT BA terão direito aos seguintes benefícios:

  • Auxílio-alimentação
  • Auxílio-saúde
  • Auxílio-natalidade
  • Adicional de qualificação
  • Adicional de capacitação

 

Qual a lotação?

A lotação dos aprovados no concurso TRT BA poderá ocorrer para qualquer uma das 32 unidades judiciárias do estado da Bahia, conforme demanda do órgão e classificação do candidato.

 

Qual a jornada de trabalho?

A jornada de trabalho dos servidores do TRT BA é de 40 horas semanais (8 horas diárias)

 

Quais as chances de crescimento na carreira?

O plano de carreira do TRT BA envolve classes e padrões. São três classes (A, B e C) e 13 padrões (I ao XIII). Ao ser aprovado no concurso, o servidor ingressa no órgão na classe A, padrão I.

O crescimento se dá por progressão funcional ou por promoção.

Na progressão funcional o servidor muda de padrão dentro de uma mesma classe no período de um ano, desde que atenda pré-requisitos estabelecidos por área.

Na promoção o servidor passa do último padrão de uma classe para a outra, respeitando o período mínimo de um ano desde a última mudança de padrão. Nesse caso, são considerados os resultados da avaliação formal de desempenho e a participação em cursos de capacitação profissional.

 

Quantas são as vagas?

Ainda não há informações consolidadas sobre vagas no concurso TRT BA 2018. No entanto, espera-se que sejam oferecidas cerca de 10 oportunidades em diversas áreas de atuação para técnicos e analistas judiciários.

 

Como foi a concorrência do último concurso?

O último concurso TRT BA foi realizado em 2013, quando ofertou 14 vagas imediatas (mais cadastro reserva) de níveis Médio e Superior para técnicos e analistas, respectivamente, em diversas áreas de atuação.

Na ocasião, houve um total de 72.084 inscritos — apenas o cargo de Técnico Judiciário da área Administrativa teve 32.505 inscritos. O que sugere a relação de mais de 5 mil candidatos por vaga.

Um número realmente alto!

No entanto, mais importante do que conhecer os supostos números da concorrência em qualquer concurso público, é estar bem preparado. Esse é o único diferencial possível!

Isso porque apenas entre 8% e 10% dos inscritos estão realmente aptos a disputar uma vaga, tendo se preparado com dedicação e focados no edital. É preciso levar em conta, ainda, os altos índices de abstenção, que podem chegar facilmente a 30% do total de inscritos.

Sendo assim, a concorrência real sempre será muito menor do que os números divulgados.

 

Quais as etapas do edital?

O edital do último concurso TRT BA, em 2013, contou com provas escritas objetivas e prova discursiva (redação).

 

Como são as provas?

No último concurso TRT BA, as provas objetivas foram de múltipla escolha e divididas em Conhecimentos Gerais (20 questões para analistas e 30 questões para técnicos) e Conhecimentos Específicos (40 questões para analistas e 30 para técnicos).

Em Conhecimentos Gerais, para todos os cargos, as disciplinas são:

Na prova de Conhecimentos Específicos, o conteúdo programático aborda temas da área de atuação de cada uma das carreiras.

Já a prova discursiva solicita a produção de uma redação a partir de um tema de interesse geral proposto pela banca. O texto deverá ter entre 20 e 30 linhas e seguir critérios pré-estabelecidos em edital.

Todas as provas têm caráter eliminatório e classificatório.

 

Qual o conteúdo programático?

Confira os principais tópicos solicitados em cada uma das disciplinas da prova de Conhecimentos Gerais, que é comum a todos os cargos.

Língua Portuguesa

Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. Conjunção. Emprego de tempos e modos verbais. Vozes do verbo. Concordância nominal e verbal. Flexão nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência de crase. Pontuação. Redação: confronto e reconhecimento de frases corretas e incorretas. Intelecção de texto.

Raciocínio Lógico-matemático

Raciocínio lógico-matemático: Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. 2 Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio sequencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos. 3 Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas.

Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União (Lei N° 8.112/90). Processo Administrativo (Lei Nº 9.784/99). Regimento Interno do TRT 5ª Região

Do Tribunal: Das Disposições Preliminares; Da Organização do Tribunal; Da Administração do Tribunal; Do Tribunal Pleno; Do Órgão Especial; Da Presidência do Tribunal; Da Vice-Presidência; Da Corregedoria Regional; Da Vice-Corregedoria Regional; Da Direção do Foro.  

 

Qual a data da prova objetiva?

Ainda não há informações consolidadas sobre datas e provas do concurso TRT BA 2018.

 

Qual a banca?

Um dos passos mais importantes para o candidato durante a preparação é conhecer o perfil da banca examinadora. Isso porque não são todas iguais e cada uma tem suas particularidades. Estando por dentro do estilo da banca responsável pela prova do concurso que você vai participar é possível direcionar melhor seus estudos e torná-los mais efetivos.

Ainda não se sabe qual será a banca que irá organizar o concurso TRT BA. A Fundação Carlos Chagas (FCC) foi quem esteve à frente da última seleção do órgão, realizada em 2013.

Aqui no Próximos Concursos há análises completas das mais importantes do país. Clique no nome da instituição e saiba mais:

 

Como se preparar?

A preparação é a parte mais importante da jornada até a aprovação em um concurso público. É preciso ter em mente que são horas e mais horas de estudos, leituras, exercícios e revisão. Para obter bons resultados, só com muita disciplina e foco.

O primeiro passo, é obter todas as informações sobre o concurso (prazos, disciplinas pedidas, banca examinadora, etc) lendo com muita atenção o edital. Depois, é fundamental planejar seus estudos da forma que melhor funcione com você.

Para lhe ajudar nesse caminho, temos o post como montar um cronograma de estudos perfeito para sua rotina.

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. É sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a sua área de atuação.

O  Estratégia Concursos, por exemplo, tem um curso direcionado para o concurso TRT BA. Além disso, o Estratégia tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, conta com um material de qualidade e professores renomados.

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. Da mesma forma, tem material completo, com videoaulas, e professores de primeira linha.

Ainda tem dúvidas? Aproveite para conferir nosso ranking completo com os melhores cursos preparatórios para concursos.

 

Quais as melhores técnicas para estudar?

Há diversas técnicas que podem potencializar seu aprendizado, como a pomodoro e a de ciclo de estudos. Você também pode estudar com flash cards ou mapas mentais. O ideal é experimentar cada uma delas e ver com qual se adapta melhor.

Para lhe ajudar na escolha, reunimos todas as informações no post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

 

Como estudar por questões?

De todas as técnicas, a mais utilizada pelos concurseiros é, com certeza, a de estudo por questões. O método ajuda revisar a matéria e fixar o conteúdo. Com isso, também torna o estudo mais efetivo e acelera a aprovação!

Para saber como funciona a técnica e aplicá-la na sua preparação, acesse o post completo que fizemos sobre o assunto.

Acesse provas anteriores do concurso TRT BAAcesse edital anterior do concurso TRT BA

 

Checklist do candidato

Para saber se você tem mesmo o perfil do candidato para o concurso TRT BA, faça uma rápida checklist:

  • Ter formação de Nível Médio ou Nível Superior nas áreas ofertadas.
  • Ter disponibilidade para mudar de cidade.
  • Ter empenho e determinação.
  • Buscar estabilidade financeira e profissional.

Está interessado em participar do concurso TRT BA? Fique de olho nas novidades, pois em breve o edital será lançado! Até á, acompanhe nossas redes sociais para saber tudo sobre o universo concurseiro: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Conte com a gente e bons estudos!