Concurso TST – Publicado Edital – 52 vagas

 

O Tribunal Superior do Trabalho publicou hoje (10-08) edital que anuncia o provimento de 52 vagas imediatas para os cargos de Técnico e Analista Judiciário, além de formação de cadastro reserva.

 

Vagas e Requisitos

 

Dentre outros requisitos especificados em edital, citamos na tabela abaixo os que se referem aos níveis de escolaridade e seus respectivos Registros de Classe, além das vagas distribuídas por cargos:

 

Analista Judiciário – Área Judiciária (AJAJ) Diploma devidamente registrado de curso de ensino superior (licenciatura, bacharelado, tecnólogo) em qualquer área de formação, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). 03
Analista Judiciário – Área Administrativa (AJAA) Diploma devidamente registrado de curso de graduação em Direito, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

 

03
Analista Judiciário – Análise de Sistemas Diploma, devidamente registrado, de Graduação de nível Superior na área de Tecnologia da Informação ou de qualquer outra Graduação de nível Superior com Pós-Graduação na área de Tecnologia da Informação, com carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas-aula, reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

 

01
Analista Judiciário – Contabilidade Diploma devidamente registrado de curso de graduação em Contabilidade, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Registro no Conselho Regional de Contabilidade.

 

01
Analista Judiciário – Suporte em Tecnologia da Informação Diploma, devidamente registrado, de Graduação de nível Superior na área de Tecnologia da Informação ou de qualquer outra Graduação de nível Superior com Pós- Graduação na área de Tecnologia da Informação, com carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas-aula, reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

 

01
Analista Judiciário – Taquigrafia Diploma devidamente registrado, de curso de Ensino Superior em qualquer área de formação, inclusive licenciatura plena, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

 

02
Técnico Judiciário – Área Administrativa Certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau) ou de curso técnico equivalente, devidamente registrado, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

 

22
Técnico Judiciário – Segurança Judiciária Certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau), devidamente registrado, ou de curso técnico equivalente, devidamente registrado, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e carteira nacional de habilitação categoria D ou E.

 

02
Técnico Judiciário – Programação Certificado de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau) devidamente registrado, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) acrescido de curso de programação com, no mínimo, 120 horas/aula, ou curso técnico na área de informática expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

 

17

 

Lotação

 

Após aprovação, os candidatos nomeados serão lotados na sede do Tribunal Superior do Trabalho, que se localiza no Plano Piloto de Brasília, com a possibilidade de realizar, futuramente, permuta com servidores de Tribunais Regionais do Trabalho de outras localidades. Além disso, o TST regulamentou o teletrabalho, e atualmente cerca de 100 servidores já se encontram nesta modalidade, que permite que o trabalho seja realizado da residência do servidor (home-office).

 

Remuneração

 

A remuneração inicial para o cargo de Analista Judiciário é de R$ 10.461,90 e para o cargo de Técnico Judiciário é de R$ 6.376,41, acrescido dos seguintes benefícios e gratificações:

  • Auxílio Alimentação de R$ 884,00;
  • Funções gratificadas e Cargos em Comissão cujos valores variam entre R$1.000,00 e R$7.500,00 por mês;
  • Adicional de qualificação, que pode ir de 1% para quem faz alguns cursos de capacitação a 12,5% para quem tem doutorado. Caso possua nível superior e tomar posse em um cargo de Técnico, fará jus a um adicional de 5%;
  • Auxílio Saúde;
  • Auxílio Creche.

 

Etapas

 

O concurso será composto pelas seguintes etapas:

  • Provas Objetivas, de conhecimentos básicos e específicos, para todos os cargos;
  • Prova Discursiva e/ou Prática, para alguns cargos, conforme especificado em edital.

 

Inscrições

 

As inscrições deverão ser efetuadas por internet, através do endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br, das 10h00 do dia 17 de agosto de 2017 às 14h00 do dia 22 de setembro de 2017.

Deverá ser recolhido por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU), gerada no site da Fundação Carlos Chagas e pagável em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios, o valor referente ao cargo pretendido. Como segue:

  • R$ 120,00 para todas as áreas e especialidades dos cargos de Analista Judiciário;
  • R$ 80,00 para todas as áreas e especialidades dos cargos de Técnico Judiciário.

 

 

 

 

 

[Total: 0    Média: 0/5]