fbpx

Exercício físico para concurso públicoVocê deve estar se perguntando “como assim Exercício Físico para Concurso Público?

Nós explicamos: estamos falando dos benefícios que a prática de uma atividade pode trazer para a sua preparação. Pode acreditar, mandar o sedentarismo às favas vai influenciar positivamente o seu desempenho nos estudos.

Isso porque a atividade física tem tudo a ver com qualidade de vida e produtividade.

Não é de hoje que pesquisas sérias traçam um paralelo entre as duas coisas e comprovam que quem mexe o corpo com regularidade obtém melhores resultados na vida profissional (e na pessoal também!)

Saiba mais sobre exercício físico para concurso público!  

 

Quais os benefícios do exercício físico para concurso público?

 

1 – Aumenta a atividade cerebral

 

A preparação para um concurso público exige muito do candidato.

São muitas e muitas horas de leituras, exercícios, simulados, etc.

Isso tudo deixa o cérebro sobrecarregado.

Por isso, a prática de exercício físico é uma aliada, já que melhora a cognição, aumentando a neurogênese na região do hipocampo.

O que isso quer dizer? Que a prática de atividade física ajuda a produzir novos neurônios e aumenta a atividade cerebral, o que é vital para o aprendizado.

2 – Melhora a memória

 

Como seu cérebro vai estar a milhão, produzindo novos neurônios e funcionando melhor, também vai estar mais preparado para receber e fixar informações.

Ou seja, com exercícios físicos você melhora a sua memória e capacidade de aprendizado.

 

3 – Melhora a concentração

 

Outro aspecto muito positivo da prática de exercícios físicos na preparação para concursos é o fato de que, comprovadamente, ajuda na concentração.

Um estudo realizado com mais de mil crianças pela Universidade de Leeds, na Inglaterra, apontou que apenas 15 minutos por dia de exercícios são capazes de melhorar a performance em testes de cognição.

Embora não pudessem determinar os mecanismos cerebrais envolvidos no processo, os resultados da pesquisa comprovam melhora na concentração e, consequentemente, no desempenho escolar ou acadêmico.

 

4 – Melhora o sono

 

Um sono de qualidade também é muito importante para o concurseiro.

Sem preciosas horas de descanso, seu cérebro começará a falhar e, claro, prejudicará o desempenho nos estudos.

Aqui também a prática de exercícios físicos é uma grande aliada, pois ajuda a combater a insônia e até mesmo a apneia e o ronco, já que favorece o sistema respiratório.

 

5 – Traz mais energia

 

Quando nos exercitamos, nosso cérebro libera um importante neuro-hormônio: a endorfina.

Ela tem uma ação analgésica que dá a sensação de bem-estar e alegria.

Com isso, ficamos mais motivados, dispostos e felizes.

Três condições fundamentais para quem está estudando para um concurso público, não é mesmo?

 

6 – Controla o estresse

 

Muitas vezes, quando temos um dia difícil, queremos mais é ficar quietos e descansar. Mas nem sempre essa é melhor decisão!

Praticar exercícios é uma ótima válvula de escape para lidar com o estresse.

Com a atividade física, além de liberar hormônios do bem-estar, você “desliga” sua mente dos problemas por algumas horas.

 

7 – Ajuda na preparação para o TAF

 

Um benefício imediato da prática de exercícios físicos é o auxílio na preparação para o Teste de Aptidão Física.

Muitos concursos, especialmente da área policial, exigem rendimento mínimo em avaliações físicas para a aprovação do candidato.

Faz todo sentido, uma vez que são carreiras que envolvem atividades de esforço físico em diversos níveis.

Um erro bastante comum do candidato é começar a preparação apenas depois do lançamento do edital.  Ao contrário, uma prática regular irá render resultado muito melhores e sem sofrimento.

 

8 – Ajuda a lidar com as frustrações

 

O exercício físico também ajuda a lidar melhor com as frustrações. além dos benefícios fisiológicos já muito discutidos e comprovados, diversas pesquisas no mundo todo apontam para os benefícios psicológicos da prática regular.

Por conta da liberação de serotonina e endorfina, os chamados “hormônios do bem-estar”, há mais disposição emocional diante dos problemas da vida de maneira geral.

Dessa forma, a prática regular de exercícios físicos é também um medida de prevenção a doenças mentais e uma excelente ferramenta de apoio no desenvolvimento da autoestima e da confiança.

 

9 – Evita dores no corpo

 

Qual concurseiro nunca reclamou de dor nas costas ou nas pernas após passar horas estudando sentado na mesma posição, não é mesmo?

Nesse contexto, os exercícios físicos também ajudam a evitar esses desconfortos, fortalecendo e ativando os músculos.

A prática regular auxilia na resistência a períodos maiores de inatividade.

 

 

10 – Pode ser feito em qualquer lugar

 

Uma excelente vantagem da prática de exercícios físicos é que, dependendo da escolha, ela pode ser feita em praticamente qualquer lugar.

Dependendo do seu objetivo, não é necessário gastar com academia, ou investir em roupas e equipamentos caros.

Uma boa caminhada no parque pode ser o que você precisa para garantir um melhor preparo, mais fôlego.

Da mesma forma, uma corrida leve.

Vôlei, futebol e basquete são esportes que rendem um ótimo condicionamento e podem ser também um lazer, na quadra do bairro ou em algum outro espaço público.

Outra opção, para quem já tem alguma intimidade com exercícios aeróbicos ou de musculação, por exemplo, é acompanhar tutoriais em vídeo, replicando os movimentos em casa.  Só cuidado para não exagerar e acabar se machucando.

 

Qual o melhor exercício físico para concurso público?

 

A escolha do exercício físico para quem está se preparando para concurso público é muito pessoal.

Você precisa ter prazer na atividade, ou será um sacrifício se dedicar a ela.

Dessa forma, o ideal é que vá fazendo testes até encontrar a sua. O importante é não deixar o corpo parado!

De maneira geral, os exercícios aeróbicos são os mais indicados, como caminhada, corrida, bicicleta e natação.

Esse tipo de atividade física antes ou depois de estudar trabalha a atividade cerebral como um todo, melhorando também a coordenação motora e a capacidade de concentração.

O ideal é que você se dedique a alguma atividade física de duas a três vezes por semana, durante pelo menos uma hora.

Vale lembrar, ainda, que muitos concursos, especialmente os da Polícia Militar e Forças Armadas, solicitam o chamado Teste de Aptidão Física (TAF). Nele você precisa cumprir uma série de exercícios dentro de um tempo determinado.

Pode parecer simples, mas cerca de 30% dos candidatos acabam reprovados no exame.

Sendo assim, praticar atividades físicas com regularidade vai tornar a tarefa muito mais fácil e você não será pego de surpresa com um resultado abaixo do esperado.

Como vimos, exercício físico para concurso público é algo para se levar muito a sério e que você deve incluir no seu cronograma de preparação. Não pense que pausar os estudos para se exercitar é perda de tempo. Ao contrário, esse pequeno movimento pode fazer toda a difença no caminho da aprovação.

E com certeza você terá muito mais qualidade de vida!

Ficou com alguma dúvida?

Deixe um comentário que vamos lhe ajudar!

02E aproveite para acessar nossas redes sociais e ficar por dentro de todas as novidades e dicas da área de concursos públicos. Estamos no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube

Bons estudos!

ASSINATURA ILIMITADA DO GRANCOM MAIS DE 80% DE DESCONTO
(pouco tempo!)

CLIQUE AQUI PARA PEGAR SEU CUPOM

Prontinho, agora você tem acesso a todo material grátis.