concurso sefaz sc

concurso sefaz sc

Concurso SEFAZ SC

Saiu o tão esperado edital do Concurso da Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina!

Foi publicado o edital do Concurso SEFAZ SC 2018, ofertando 90 vagas imediatas + formação de cadastro reserva para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual.

Ficou interessado?

Então veja abaixo informações sobre a carreira de Auditor Fiscal da Receita Estadual e as principais informações sobre o Concurso Sefaz SC 2018.

Vamos lá?

 

 

Informações sobre a carreira de Auditor Fiscal da Receita Estadual

 

Veja abaixo as informações sobre a carreira do Auditor Fiscal da Receita Estadual de Santa Catarina.

 

Qual o salário do cargo de Auditor?

 

O salário inicial para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual é de R$ 22.853,33.

Extremamente atrativo, não é mesmo?

Mas conforme você pode conferir no site da Transparência, alguns auditores chegam a ganhar quase R$ 50.000! Isso mesmo!

Confira aqui:

 

 

Lotação inicial

 

Conforme informado no edital do concurso anterior, os candidatos poderão escolher onde serão lotados, seguindo a ordem de classificação final do concurso e de acordo com as vagas disponíveis no momento da nomeação.

Depois que o primeiro candidato classificado escolhesse sua vaga, o próximo candidato a escolher seria obrigatoriamente da outra área. E, assim, sucessivamente o candidato com a maior pontuação de cada área poderia escolher sua vaga.

Isso até o momento que a área de Tecnologia da Informação (que contava com 20 vagas) fosse esgotada e, depois disso, todas as vagas seriam preenchidas pelos candidatos à área de Fiscalização e Tributação.

 

Qual o nível de escolaridade exigido?

 

O cargo de Auditor Fiscal exige formação em Nível Superior em qualquer área, o que também é outro atrativo deste concurso.

 

Quais as atribuições do cargo de Auditor Fiscal?

 

Área de Conhecimento Auditoria e Fiscalização

  • Executar as atividades concernentes à fiscalização dos tributos estaduais, inclusive sobre os contribuintes estabelecidos em outras unidades da Federação, procedendo ações de monitoramento, de acompanhamento ou de auditoria da escrita fiscal e contábil do sujeito passivo e a realização de outros procedimentos de fiscalização, inclusive vistorias no estabelecimento, com a finalidade de verificar o cumprimento das obrigações tributárias.
  • Apreender bens e documentos e nomear depositário, nas hipóteses previstas na legislação tributária. Executar procedimentos de fiscalização em relação às mercadorias em trânsito ou à prestação de serviço de transporte.
  • Requisitar informações que se relacionem a bens, negócios ou atividades de terceiros, às pessoas e entidades legalmente obrigadas. Constituir o crédito tributário, mediante procedimento administrativo de lançamento dos tributos de competência do Estado, bem como a homologação dos procedimentos adotados pelo sujeito passivo, conforme disposto nos arts. 142, 147, e 150 da Lei Federal nº 5.172, de 25 de outubro de 1966.
  • Impor a penalidade por infração de obrigação tributária principal ou acessória.
  • Realizar plantão de atendimento fazendário, plantão em postos fiscais, volante ou em pontos fixos, conforme escalas preestabelecidas.
  • Executar as ações de fiscalização dos tributos estaduais na circulação física de mercadorias fora do estabelecimento do contribuinte, inclusive quando armazenadas em depósitos ou estabelecimentos de transportadoras.
  • Executar os programas operacionais de fiscalização dos Grupos Especialistas Setoriais – GES, dos Grupos Regionais
    de Ação Fiscal – GRAF e demais unidades organizacionais da estrutura da Diretoria de Administração Tributária – DIAT.
  • Propor medidas visando dinamizar o desenvolvimento da ação fiscal no Estado.
  • Realizar pesquisas sobre a ocorrência de fraudes fiscais, bem como propor procedimentos de auditoria e de fiscalização para prevenção da evasão fiscal.
  • Coordenar a cobrança administrativa e os trabalhos de recuperação de créditos tributários, de forma articulada com as demais unidades organizacionais da DIAT.
  • Auxiliar na implantação de métodos e sistemas operacionais mais adequados ao aperfeiçoamento da área de administração tributária.
  • Sugerir a elaboração de normas, formulários, manuais de procedimentos e rotinas, visando disciplinar, padronizar e aperfeiçoar as atividades desenvolvidas no âmbito da administração tributária.
  • Efetuar extrações de dados de equipamentos Emissores de Cupom Fiscal (ECF) e inspecionar aplicativos e outros equipamentos utilizados em pontos de vendas.
  • Sugerir a elaboração de normas e métodos de trabalho para as atividades relacionadas com a auditoria fiscal.
  • Executar os trabalhos de fiscalização nos termos de convênios e protocolos firmados com outras unidades da Federação.
  • Estudar novos procedimentos de fiscalização de tributos desenvolvidos por outras administrações tributárias, visando sua implantação no Estado.
  • Exercer outras atividades determinadas pelo Diretor de Administração Tributária.

 

Área de Conhecimento Gestão Tributária

 

  • Coordenar, programar, organizar, executar e controlar as atividades relativas à política tributária estadual e ao desenvolvimento de estudos necessários a elaboração, aprimoramento, interpretação, publicação e implementação de normas de natureza tributária.
  • Estudar, analisar e apresentar proposições sobre assuntos tributários a serem discutidas em eventos de que participe a Secretaria de Estado da Fazenda – SEF. Fazer os estudos necessários e preparar os documentos relativos a convênios, ajustes e protocolos sobre matéria tributária a serem firmados pelo Estado. Representar o Estado de Santa Catarina junto à COTEPE – Comissão Técnica Permanente do CONFAZ – Conselho de Política Fazendária.
  • Apoiar as atividades relacionadas à Comissão Técnica Permanente do ICMS – COTEPE, acompanhando os assuntos pertinentes às atividades do Conselho de Política Fazendária – CONFAZ.
  • Compatibilizar a legislação tributária estadual com as diretrizes da política tributária adotada pelo Governo do Estado, com a legislação complementar federal que trate de normas gerais de direito tributário e com os convênios, ajustes e protocolos firmados com outros Estados.
  • Analisar e orientar as unidades organizacionais da estrutura da DIAT sobre a correta interpretação e aplicação da legislação tributária nas atividades de fiscalização, arrecadação de tributos, bem como no procedimento de constituição de créditos tributários, propondo, quando cabível, medidas de ajustes.
  • Realizar plantão de atendimento fazendário conforme escalas preestabelecidas. Coordenar a elaboração da legislação tributária relacionada à substituição tributária.
  • Proferir pareceres sobre matéria tributária. Fornecer o suporte técnico necessário à análise de consultas formuladas por sujeito passivo à Comissão Permanente de Assuntos Tributários – COPAT, sobre interpretação e aplicação de dispositivos da legislação tributária estadual.
  • Realizar estudos sobre matéria jurídico-tributária, avaliar sua aplicação, impacto e eficácia e propor as alterações necessárias
    ao aperfeiçoamento da legislação tributária estadual.
  • Fornecer informações para subsidiar a Procuradoria Geral do Estado na defesa dos interesses do Estado, nas ações judiciais que envolvam matéria tributária propostas contra atos do Governador do Estado, do Secretário da Fazenda e do Diretor de Administração Tributária.
  • Apoiar tecnicamente o Diretor de Administração Tributária na tomada de decisões que envolvam matéria tributária.
  • Desenvolver outras atividades determinadas pelo Diretor de Administração Tributária

 

Área de Conhecimento Tecnologia da Informação

  • Desenvolver, implantar e gerenciar aplicações dos sistemas da administração tributária.
  • Gerenciar bancos de dados e informações econômicas, tributárias e do cadastro de contribuintes, escrita fiscal digital, escrita contábil digital e notas fiscais eletrônicas.
  • Desenvolver, programar, implantar e gerenciar aplicações nos ambientes de teste e homologação, visando instalar e manter aplicações e sistemas gerenciadores de banco de dados da administração tributária.
  • Realizar plantão de atendimento fazendário conforme escalas preestabelecidas.
  • Propor políticas para a área de sistemas de informações tributárias, visando a melhoria constante das informações fiscais.
  • Administrar, no âmbito do Estado, os sistemas integrados nacionais das fazendas estaduais e promover o intercâmbio de informações com as demais administrações tributárias da Federação.
  • Coordenar a implantação e manutenção de infraestrutura de informática adequada às necessidades da Diretoria de Administração Tributária – DIAT. Administrar a estrutura física e virtual do Sistema de Administração Tributária – SAT.
  • Apresentar conceitos, características, limites e potencialidades da mineração de dados, incluindo indicação de ferramentas
    disponíveis, relações com a inteligência artificial e implicações de seu uso na área de business intelligence.
  • Analisar demandas e necessidades da administração tributária, levantar requisitos, definir escopo e avaliar os seus processos de negócios.
  • Desenvolver análises exploratórias, relatórios e produtos analíticos dentro da estrutura de dados da Administração Tributária de Santa Catarina.
  • Exercer outras atividades determinadas pelo Diretor de Administração Tributária.

 

Confira o edital do Concurso SEFAZ SC 2018:

Concurso Sefaz SC 2018

 

Quantas vagas estão sendo ofertadas?

 

Estão sendo ofertadas 90 vagas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual, distribuídas da seguinte forma:

 

Qual é a banca organizadora?

 

A banca escolhida para organizar o  Concurso SEFAZ SC 2018 é a FCC – Fundação Carlos Chagas. Preparamos uma análise completa com todas as suas características. Acesse aqui.

 

Quais as etapas do Concurso?

O concurso será composto pelas seguintes etapas:

As provas estão previstas para os dias 17 e 18 de novembro.

Aproveite para acessar as provas do concurso anterior.

 

Concurso Sefaz SC 2010

 

O último concurso Sefaz foi realizado no ano de 2010. Confira abaixo as informações mais importantes:

 

Quantas vagas foram abertas?

 

No último concurso Sefaz, foram abertas inicialmente 65 vagas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual. Estas vagas estavam distribuídas em duas áreas, sendo 45 vagas para a área de Tributação e Fiscalização e 20 vagas para a área de Tecnologia da Informação.

 

Como foi a prova?

 

A prova do último concurso, realizado em 2010, foi composta de 3 etapas, sendo que a primeira delas foi realizada num sábado e as duas outras no domingo, sendo uma pela manhã e a outra pela tarde.

A primeira prova foi composta de questões distribuídas da seguinte forma: 15 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Informática, 10 questões de Economia e Aspectos da Economia Catarinense, 15 questões de Direito Civil, Penal e Empresarial e 35 questões de Legislação Tributária de Santa Catarina. Contendo no total 100 questões.

A segunda prova, por sua vez, foi composta de: 15 questões de Direito Constitucional, 10 questões de Direito Administrativo, 15 questões de Direito Tributário I, 20 questões de Contabilidade, totalizando 60 questões.

A terceira prova, por sua vez, foi dividida com matérias específicas para cada uma das áreas disponíveis.

Na área de Tributação e Fiscalização, a prova foi composta de 25 questões de Direito Tributário II, 25 questões de Contabilidade Avançada e 10 questões de Auditoria.

Na área de Tecnologia da Informação, por sua vez, a prova foi composta também de 60 questões, mas todas elas sobre a disciplina de Tecnologia da Informação.

Como se pode observar, o concurso para Auditor Fiscal é bastante cansativo e exige muita preparação do candidato para que ele aguente todas essas etapas e deixe a concorrência para trás.

 

Qual o melhor curso preparatório para o concurso Sefaz SC 2018?

 

Como você sabe, há inúmeros cursos preparatórios para concursos. E temos a certeza de que vários são realmente bons. No entanto, baseados em nossa experiência de mais de 15 anos na área de certames públicos, selecionamos aqueles que entendemos ser os melhores.

Os critérios que usamos foram: histórico de aprovados, qualidade dos professores, reputação e depoimento de aprovados, avaliação no Ebit e no Reclame Aqui (a análise completa você pode conferir no Ranking dos melhores cursos preparatórios para concursos).

Dessa forma, entendemos que os cursos que melhor preparam para o concurso Sefaz SC 2018 são:

 

Estratégia Concursos

 

Os professores são extremamente qualificados e o curso tem excelente índice da aprovação nos últimos concursos (confira aqui). Tem ótima reputação no Ebit e Reclame Aqui. Além disso, oferece 30 dias para testar (entenda como funciona – clique no topo da página) e eles oferecem várias possibilidade de descontos (saiba mais aqui).

 

Gran Cursos Online

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. Da mesma forma, tem material completo, com videoaulas, e professores de primeira linha. 

 

Como passar no concurso Sefaz 2018 mais rápido?

 

Passar em um concurso não é tarefa fácil.

 

Conquistar a tão sonhada vaga exige disciplina, motivação, técnica e horas de estudo. Muitos desanimam no caminho e só alguns poucos guerreiros conseguem vencer essa batalha.

 

Mas, Você está com certeza será um desses guerreiros vencedores e é possível ser aprovado de uma maneira mais rápida se você aprender as técnicas e o pensamento adequado.

 

Então, é importante que você saiba que se você quer passar mais rapidamente em qualquer concurso, você precisa aprender a descobrir o que estudar, quando estudar, como estudar e como fazer as provas.

 

Fizemos um artigo especial tratando exatamente  sobre como passar em concursos públicos. Veja:

 

O concurso do Sefaz SC 2018 é para mim?

 

E se você ainda não tem certeza, mas quer saber se esse é o concurso perfeito para você, veja abaixo nosso checlist:

  • Você tem interesse em concorrer a uma das carreiras com um dos maiores salários do país?
  • Você se interessa por morar ou já mora em Santa Catarina?
  • Você está preparado ou pretende se preparar para deixar a concorrência para trás?
  • Você tem formação superior?
  • Você está disposto a se preparar para enfrentar uma prova que poderá ser bastante cansativa como a do último concurso?
  • Você está interessado em conquistar sua estabilidade financeira e muito mais qualidade de vida?

 

Se você respondeu que sim a estas questões, tenha certeza de que esse é o concurso certo para você!

Agora já sabe, não é mesmo? É só começar a se preparar para conquistar sua vaga!

Espero que você tenha gostado de nosso artigo, não esqueça de curtir nosso site no Face, Youtube e Twitter!

Bons estudos e boa sorte!

 

 

Planilha de Estudos

Planilha de Estudos

Com essa planilha você vai poder calcular automaticamente seu tempo ideal de estudos.

Ela foi criada com base no Método PQF para calcular o quanto você tem que estudar, levando em conta o peso de cada matéria, quantidade de horas necessárias e facilidade que você tem sobre cada uma.

Parabéns! agora você tem acesso a Planilha de Estudos!