último Concurso INSSSe você está em busca de informações sobre o último concurso INSS, chegou ao lugar certo!

Neste artigo reunimos todas as informações que o concurseiro precisa para saber sobre a seleção do Instituto Nacional de Seguro Social brasileiro.

O próximo edital do órgão deve ser lançado em 2019, então é bom ir se preparando.

Turbine seus estudos ao ficar por dentro do conteúdo das provas, estilo das bancas, modelo de questões, disciplinas e muito mais!

Confira agora!

 

Principais informações sobre o último concurso INSS

 

Quais as carreiras e atribuições?

 

O último concurso INSS, em 2015, ofertou vagas para as carreiras de Técnico do Seguro Social e Analista do Seguro Social. Já o concurso anterior, em 2012, ofereceu oportunidades para Perito Médico.

Veja as principais atribuições de cada um dos cargos:

 

Técnico do Seguro Social

Realizar atividades internas e externas relacionadas ao planejamento, à organização e à execução de tarefas de competências constitucionais e legais do INSS que não demandem formação profissional específica; coletar informações, executar pesquisas, levantamentos e controles, emitir relatórios e pareceres; e exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS. Atender ao público; assessorar os superiores hierárquicos em processos administrativos; realizar atividades inerentes ao reconhecimento de direitos previdenciários, direitos vinculados à Lei nº 8.742/1993 e outros sob a responsabilidade do INSS; realizar atividades inerentes à instrução, tramitação e movimentação de processos e documentos; realizar estudos, pesquisas e levantamentos de informações; elaborar minutas de editais, contratos, convênios e demais atos administrativos e normativos; avaliar processos administrativos, oferecendo subsídios à gestão nos aspectos preventivos e para as tomadas de decisão; participar do planejamento estratégico institucional, de comissões, grupos e equipes de trabalho e dos planos de sua unidade de lotação; atuar na gestão de contratos, quando formalmente designado; controlar dados e informações, bem como executar a atualização em sistemas; executar atividades de orientação, informação e conscientização previdenciária; realizar atividades de gestão do patrimônio do INSS; subsidiar os superiores hierárquicos com dados e informações relacionadas à sua área de atuação, atuar no acompanhamento e avaliação da eficácia das ações desenvolvidas e na identificação e proposição de soluções para o aprimoramento dos processos de trabalho desenvolvidos; e atuar em atividades de planejamento, supervisão e coordenação de projetos e programas de natureza técnica e administrativa.

Analista do Seguro Social

Prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS nas Agências da Previdência Social – APS e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de Serviço Social e Reabilitação Profissional; supervisionar e homologar os programas profissionais realizados por terceiros ou instituições conveniadas; realizar avaliação social para fins de concessão de direitos previdenciários e benefícios assistenciais; promover estudos sociais e socioeconômicos, pesquisa e levantamento de informações visando à emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários e benefícios assistenciais, bem como à decisão médico pericial; e exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS. Atender ao público; assessorar os superiores hierárquicos em processos administrativos; realizar atividades inerentes ao reconhecimento de direitos previdenciários, direitos vinculados à Lei nº 8.742/1993 e outros sob a responsabilidade do INSS; realizar atividades inerentes à instrução, tramitação e movimentação de processos e documentos; realizar estudos, pesquisas e levantamentos de informações; elaborar minutas de editais, contratos, convênios e demais atos administrativos e normativos; avaliar processos administrativos, oferecendo subsídios à gestão nos aspectos preventivos e para as tomadas de decisão; participar do planejamento estratégico institucional, de comissões, grupos e equipes de trabalho e dos planos de sua unidade de lotação; atuar na gestão de contratos, quando formalmente designado; controlar dados e informações, bem como executar a atualização em sistemas; executar atividades de orientação, informação e conscientização previdenciária; realizar atividades de gestão do patrimônio do INSS; subsidiar os superiores hierárquicos com dados e informações relacionadas à sua área de atuação, atuar no acompanhamento e avaliação da eficácia das ações desenvolvidas e na identificação e proposição de soluções para o aprimoramento dos processos de trabalho desenvolvidos; e atuar em atividades de planejamento, supervisão e coordenação de projetos e programas de natureza técnica e administrativa.

Perito Médico

Exercer, privativamente, no âmbito do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e do Ministério da Previdência Social (MPS), as atividades Médico-Periciais inerentes ao Regime Geral da Previdência Social de que tratam as Leis nº 8.212, de 24 de julho de 1991, e nº 8.213, de 24 de julho de 1991, e à Lei nº 8.742, de 7 de dezembro de 1993, e, em especial a: I – emissão de parecer conclusivo quanto à capacidade laboral para fins previdenciários; II – inspeção de ambientes de trabalho para fins previdenciários; III – caracterização da invalidez para benefícios previdenciários e assistenciais; e IV – execução das demais atividades definidas em regulamento. Os ocupantes do cargo de Perito Médico Previdenciário poderão executar, ainda, nos termos do regulamento, as atividades Médico-Periciais relativas à aplicação da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

Confira as leis que tratam do Regime Geral da Previdência Social:

Lei 8121: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8212cons.htm

Lei 8213: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8213cons.htm

Lei 8742: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8742.htm

 

Qual o nível de formação exigido?

 

Para concorrer aos cargos no concurso INSS, dentre outros requisitos, era necessário que o candidato tivesse a seguinte formação:

Técnico do Seguro Social Nível Médio
Analista do Seguro Social Nível Superior completo em Serviço Social
Perito Médico Nível Superior em Medicina e Registro no Conselho Regional de Classe

 

Qual o salário?

 

Os salários iniciais para os cargos previstos no concurso INSS (já atualizados) são:

Técnico do Seguro Social R$ 5.344,87
Analista do Seguro Social R$ 7.954,09
Perito Médico R$ 10.616,14

 

Quais os benefícios?

 

Além da remuneração mensal, os servidores do INSS têm direito a uma série de benefícios, entre eles auxílio-alimentação, no valor de R$ 458,00 e auxílio-saúde, no valor de R$ 210,00.

 

Qual a lotação?

 

Por se tratar de um concurso federal, as possíveis lotações de um concurso INSS abrangem todos os estados brasileiros. Portanto, para se saber em que estados e cidades haverá vagas é preciso esperar a liberação do edital. No último edital, em 2015, foram contemplados os estados de

  1. São Paulo
  2. Minas Gerais
  3. Rio de Janeiro
  4. Santa Catarina
  5. Rio Grande do Sul
  6. Paraná
  7. Sergipe
  8. Bahia
  9. Paraíba
  10. Ceará
  11. Pernambuco
  12. Alagoas
  13. Maranhão
  14. Goiás
  15. Mato Grosso do Sul
  16. Roraima
  17. Distrito Federal
  18. Amapá
  19. Tocantins
  20. Rondônia
  21. Pará
  22. Acre

O processo de lotação ocorre da seguinte forma: no ato da inscrição os candidatos deverão escolher a Gerência-Executiva em que pretendem ser lotados. Sendo que ao ser convocado o candidato deverá escolher uma Agência da Previdência Social que faça parte da Gerência-Executiva escolhida.

 

Qual a jornada de trabalho?

 

A jornada de trabalho dos servidores do INSS é de 40 horas semanais (8 horas diárias).

 

Como é o dia a dia da função?

 

A rotina dos servidores do INSS é, via de regra, bastante corrida, uma vez que as agências têm um fluxo intenso de atendimentos diários. As atividades desenvolvidas são muito importantes para a população, pois são referentes aos benefícios previdenciários, como aposentadoria, salário-maternidade, auxílio-doença, seguro-desemprego, etc.

De maneira, geral, analistas têm um trabalho mais burocrático, focado em cálculos e processos previdenciários. Enquanto técnicos e peritos, cada qual em sua área, atuam mais próximos do público. Técnicos ficam a cargo da orientação aos segurados e andamento dos recursos. Já os peritos realizam exames e emitem laudos.

 

Quais as chances de crescimento na carreira?

 

Os servidores de Nível Médio e Superior do INSS podem se desenvolver na carreira por cinco classes (A, B, C , D e Especial) e quatro  padrões (I, II, III e IV) — para cargos de Auxiliar são apenas uma classe e três padrões.

O crescimento ocorre por meio da progressão funcional ou promoção.

A progressão funcional é é a passagem do servidor para o padrão de vencimento imediatamente superior dentro de uma mesma classe. Já a promoção é a passagem do servidor do último padrão de uma classe para o primeiro padrão da classe imediatamente superior.

Essa mudança é realizada mediante alguns critérios pré-estabelecidos, como tempo mínimo de permanência em cada uma das classes ou padrões, avaliação de desempenho e capacitações.

 

Como foi a concorrência do último concurso?

 

Saiba todos os detalhes sobre número de vagas, inscritos e nomeações dos dois últimos concursos do INSS:

 

Concurso INSS 2015

 

No último concurso INSS, em 2015, foram abertas 800 vagas para o cargo de Técnico do Serviço Social e 150 vagas para o cargo de Analista do Serviço Social.

Na ocasião, foram inscritos 43.982 candidatos para o cargo de Analista (aproximadamente 293 candidatos por vaga) e 1.043.807 candidatos para o cargo de Técnico (aproximadamente 1.304 candidatos por vaga) — o que tornou esta seleção uma das maiores dos últimos anos no país.

Para conferir a relação completa de vagas e inscritos para cada Gerência-Executiva, você pode clicar aqui:

Concurso INSS 2015

Todos os 950 candidatos aprovados foram nomeados, conforme cronograma abaixo:

  • 07/11/16​: nomeados 150 candidatos (100 técnicos e 50 analistas)
  • 30/11/16​: nomeados 150 candidatos (100 técnicos e 50 analistas)
  • 09/12/16​: nomeados 150 candidatos (100 técnicos e 50 analistas)
  • 13/04/17​: nomeados 200 candidatos (técnicos)
  • 29/16/17: nomeados 100 candidatos (técnicos)
  • 25/10/17​: nomeados 100 candidatos (técnicos)
  • 21/11/17​: nomeados 100 candidatos (técnicos)

 

Concurso INSS 2012

 

O concurso de 2012 contou com 375 vagas para o cargo de Perito Médico e 1.500 vagas para o cargo de Técnico do Seguro Social. O número de inscritos para o cargo de Perito Médico foi de 11.760, já para o cargo de Técnico foi de 903.515 candidatos.

No entanto, é preciso destacar que o número de inscritos para cada Agência da Previdência Social variou bastante. Por isso, para conferir a quantidade de inscritos em cada uma delas, basta clicar aqui:

Concurso INSS 2012

Neste concurso, no entanto, foram nomeados mais de 5.000 candidatos, o é um número bastante expressivo.

 

Concorrência real

 

Além disso, é muito importante lembrar que a concorrência real é muito diferente do número de inscritos. Isso porque é sabido que apenas cerca de 10% dos candidatos estão, de fato, aptos a disputar uma vaga, tendo se preparado de acordo, com foco no edital.

Há também que se considerar o índice de abstenções, que pode chegar a 30%! Portanto, não desanime com a concorrência, o importante é investir na sua preparação desde já para sair na frente dos outros candidatos.

 

Como são as provas?

 

A prova do último concurso INSS foi composta de 50 questões de Conhecimentos Básicos e 70 questões de Conhecimentos Específicos para ambos os cargos.

Técnico do Seguro Social

Para o cargo de Técnico do Seguro Social, as questões de Conhecimentos Básicos estavam distribuídas entre as disciplinas de:

  • Ética no Serviço Público
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo
  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico
  • Noções de Informática

Já a prova de Conhecimentos Específicos foi composta de questões na disciplina de:

  • Seguridade Social

Analista do Seguro Social

Para o cargo de Analista do Seguro Social, a prova de Conhecimentos Básicos foi composta de questões nas disciplinas de:

  • Língua Portuguesa
  • Questões de Informática
  • Raciocínio Lógico
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Legislação Previdenciária
  • Legislação da Assistência Social, Saúde do Trabalhador e da Pessoa com Deficiência

Já a prova de Conhecimentos Específicos, foi composta de questões na disciplina de:

  • Serviço Social

Perito Médico

O último concurso que contou com vagas para o cargo de Perito Médico foi realizado em 2012. As provas foram compostas pelas seguintes disciplinas:

A prova contou com 30 questões de Conhecimentos Gerais, distribuídas nas disciplinas de:

  • Língua Portuguesa
  • Ética no Serviço Público
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo

 

Além de 50 questões de Conhecimentos Específicos, distribuídas entre as disciplinas de:

  • Medicina Geral
  • Legislação Referente ao SUS
  • Medicina do Trabalho
  • Legislação do Trabalho
  • Legislação de Assistência Social
  • Legislação Previdenciária

Por último, houve também prova de títulos para avaliar os candidatos.

As provas do último concurso INSS foram aplicadas em todos os estados brasileiros mais o distrito Federal. Na maioria dos estados, em mais de uma cidade.

 

Qual foi banca?

 

Um dos passos mais importantes para o candidato durante a preparação é conhecer o perfil da banca examinadora. Isso porque não são todas iguais e cada uma tem suas particularidades. Estando por dentro do estilo da banca responsável pela prova do concurso que você vai participar é possível direcionar melhor seus estudos e torná-los mais efetivos.

A banca organizadora do último concurso, em 2015, foi o Cebraspe/Cespe, cujo estilo de prova único costuma assustar os candidatos de primeira viagem, sendo uma das bancas mais difíceis. Famosa por organizar alguns dos principais concursos federais, a banca Cespe/Cebraspe é considerada difícil. Isso porque seu método de avaliação exige que o candidato esteja muito seguro do conteúdo estudado, já que uma resposta errada anula uma certa. Ou seja, se você acertou duas questões, mas errou duas, sua pontuação é quase nula.

O concurso anterior, realizado em 2012, por sua vez, teve a Fundação Carlos Chagas (FCC) como organizadora. Também sendo uma das bancas mais conhecidas do Brasil. A FCC é conhecida pela evolução do seu perfil. Antes tida como uma instituição que priorizava o “decoreba”, agora traz enunciados mais complexos, que exigem raciocínio e interpretação para sua resolução. As questões são de múltipla escolha, com cinco alternativas e apenas uma correta. As provas, em todas as disciplinas, costumam cobrar a maior parte do edital.

No entanto, ainda não se sabe qual será a organizadora do próximo concurso do INSS.

Confira os artigos que preparamos com a análise das principais bancas do país:

 

Como se preparar?

 

A preparação é a parte mais importante da jornada até a aprovação em um concurso público. É preciso ter em mente que são horas e mais horas de estudos, leituras, exercícios e revisão. Para obter bons resultados, só com muita disciplina e foco.

O primeiro passo, é obter todas as informações sobre o concurso (prazos, disciplinas pedidas, banca examinadora, etc) lendo com muita atenção o edital. Depois, é fundamental planejar seus estudos da forma que melhor funcione com você.

Para lhe ajudar nesse caminho, temos o post como montar um cronograma de estudos perfeito para sua rotina.

 

Quais as melhores apostilas?

 

Há pessoas que obtêm ótimos resultados estudando sozinhas, outras precisam de ajuda e investem em um curso preparatório. Se você optou por um voo solo, saiba que as apostilas serão suas melhores amigas. Por isso, é fundamental saber quais as mais conceituadas disponíveis no mercado. Se forem específicas para o concurso pretendido, tanto melhor!

Uma das mais completas é do Estratégia Concursos, que é também um dos melhores cursos do país. A apostila do Estratégia é direcionada para o concurso INSS, com todos os conteúdos solicitados em todas as disciplinas.

Outras ótimas opções sã o Gran Cursos Online e o Exponencial, ambos  também com material vasto para download, totalmente voltado para o concurso escolhido.

Muitas pessoas acreditam que estudar por apostila não é tão efetivo, mas as que indicamos aqui são realmente boas. No entanto, claro, tudo vai depender do quanto você se dedicar aos estudos. Pode ser um desafio ainda maior, mas é possível ser aprovado estudando por apostilas!

Confira também nosso post completo sobre as melhores apostilas para concursos.

 

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. É sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a sua área de atuação.

Temos três opções interessantes para você:

  • O  Estratégia Concursos, por exemplo, tem um curso direcionado para o concurso que você escolher. Além disso, o Estratégia tem os melhores índices de aprovação nos principais concursos do país, conta com um material de qualidade e professores renomados.

 Curso Estratégia concurso INSS  

  • O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. Da mesma forma, tem material completo, com videoaulas, e professores de primeira linha.  No Gran você ainda pode contratar um plano de assinatura que dá acesso a todos os mais de 7 mil cursos disponíveis na plataforma, o que o torna um excelente custo/benefício para os concurseiros.

 Curso Gran concurso INSS  

  • O Exponencial é um curso voltado para o aprendizado acelerado, que ainda oferece serviço de coaching 100% especializado. 

Curso Exponencial concurso INSS  

 

Ainda tem dúvidas? Aproveite para conferir nosso ranking completo com os melhores cursos preparatórios para concursos.

Melhores cursos preparatórios para concursos

Quais as melhores técnicas para estudar?

 

Há diversas técnicas que podem potencializar seu aprendizado, como a pomodoro e a de ciclo de estudos. Você também pode estudar com flash cards ou mapas mentais. O ideal é experimentar cada uma delas e ver com qual se adapta melhor.

Para lhe ajudar na escolha, reunimos todas as informações no post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

 

Como estudar por questões?

 

De todas as técnicas, a mais utilizada pelos concurseiros é, com certeza, a de estudo por questões. O método ajuda revisar a matéria e fixar o conteúdo. Com isso, também torna o estudo mais efetivo e acelera a aprovação!

Para saber como funciona a técnica e aplicá-la na sua preparação, acesse o post completo que fizemos sobre o assunto.

 

Quando sai o próximo concurso INSS?

 

Para acompanhar a evolução do edital do concurso INSS, acesse nossa seção de concursos previstos. E para ler as notícias sobre os principais editais do país em andamento, fique de olho na seção de concursos abertos.

Não perca sua chance!

 

Checklist do candidato

 

Para saber se você tem mesmo o perfil do candidato para o concurso INSS, faça uma rápida checklist:

  • Ter formação de Nível Médio ou Superior.
  • Ter disponibilidade para mudar de cidade.
  • Ter afinidade com a área da Previdência.
  • Ter empenho e determinação.
  • Buscar estabilidade financeira e profissional.

 

Agora que você já conhece todas as informações do último concurso INSS, não perca mais tempo e comece agora a se preparar para o próximo.

Para mais informações do mundo do concursos, notícias quentes, conteúdo de qualidade, dicas de estudo, manuais e tudo o que é importante para agilizar a aprovação, acesse também nossas redes sociais.

Estamos no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Conte com a gente e bons estudos!

Planilha de Estudos

Planilha de Estudos

Com essa planilha você vai poder calcular automaticamente seu tempo ideal de estudos.

Ela foi criada com base no Método PQF para calcular o quanto você tem que estudar, levando em conta o peso de cada matéria, quantidade de horas necessárias e facilidade que você tem sobre cada uma.

Parabéns! agora você tem acesso a Planilha de Estudos!