Quer saber mais detalhes do concurso da Universidade Federal Fluminense? O concurso da UFF acontecerá em 2017 e trará 113 vagas. Confira os detalhes!

Olá, tudo bem com você? Esperamos que sim!

A Universidade Federal Fluminense (UFF) é uma das universidades públicas federais mais renomadas do país. Por contar com um grande número de alunos e de ter alguns dos melhores cursos, a UFF costuma ser um ótimo local para aqueles que desejam ingressar nos concursos.

Por ser um órgão federal, a UFF conta com concurso público para preenchimento de seu quadro. Dentre as vagas confirmadas para o concurso da Universidade Federal Fluminense para 2017, estão confirmadas vagas de nível fundamental; nível médio; e também nível superior.

Vagas confirmadas no concurso da Universidade Federal Fluminense

Segundo o edital divulgado pela universidade, o concurso da UFF 2017 terá 113 vagas, divididas em cargos de nível fundamental; de nível médio; e de nível superior. O salário inicial do concurso é de R$ 2.292,69 e pode chegar a R$ 4.326,21. Confira os detalhes das vagas do concurso da Universidade Federal Fluminense:

  • Auxiliar em Administração – Salário de R$ 2.292,69 – Nível Fundamental -Exige experiência de um ano na área administrativa. (11 vagas)
  • Assistente em Administração – Salário de R$ 2.752,81 -Nível Médio – Exige experiência de um ano na área administrativa ou Técnico em Administração. (77 vagas e 99 cadastros de reserva)
  • Cargos de Nível Superior – Salário de R$ 4.326,21 – Diversos cursos de graduação em nível superior. (25 vagas)
  • concurso da universidade federal fluminense

    Concurso da Universidade Federal Fluminense

Como me preparar para o concurso da UFF?

Para se preparar para o concurso da Universidade Federal Fluminense, é fundamental conferir o edital e também buscar estudar as matérias mais cobradas em provas anteriores. Listamos as principais disciplinas cobradas nas últimas disciplinas e listadas no edital. Confira:

  • Português
  • Matemática
  • Ética no serviço público
  • Informática
  • Noções de administração pública

Abaixo você confere a lista completa das disciplinas exigidas para o concurso da Universidade Federal Fluminense, conforme o edital:

Lista Completa de Disciplinas

CONHECIMENTOS BÁSICOS LÍNGUA PORTUGUESA

(Para auxiliar administrativo): Compreensão e estruturação de textos. Coesão e coerência textual. Semântica: sinônimos e antônimos. Vocábulos homônimos e parônimos. Sistema ortográfico em vigor: emprego das letras e acentuação gráfica. Formação de palavras: prefixos e sufixos. Flexão nominal de gênero e número. Flexão verbal: verbos regulares e irregulares. Vozes verbais. Pronomes pessoais e formas de tratamento. Pronome relativo. Conjunções e preposições. Noções de concordância nominal e verbal. Noções de regência nominal e verbal. Emprego do acento da crase. Sinais de pontuação. Sugestões Bibliográficas: ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS. Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa. 5 Ed. Rio de Janeiro: Global Editora, 2009. BECHARA, Evanildo. Gramática escolar da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Lucerna. CARNEIRO, Agostinho Dias. Texto em construção; interpretação de texto. São Paulo: Editora Moderna. CUNHA, Celso; CINTRA, Luís Lindley. Nova gramática do português contemporâneo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. INSTITUTO ANTÔNIO Houaiss. Dicionário Houaiss Sinônimos e Antônimos. Rio de Janeiro: Editora Objetiva.

LÍNGUA PORTUGUESA (Para assistente administrativo):

Compreensão e estruturação de textos. Coesão e coerência textual. Semântica: sinônimos, antônimos, polissemia. Vocábulos homônimos e parônimos. Denotação e conotação. Sentido figurado. Sistema ortográfico em vigor: emprego das letras e acentuação gráfica. Formação de palavras: prefixos e sufixos. Flexão nominal de gênero e número. Flexão verbal: verbos regulares e irregulares. Vozes verbais. Emprego dos modos e tempos verbais. Emprego dos pronomes pessoais e das formas de tratamento. Emprego do pronome relativo. Emprego das conjunções e das preposições. Sintaxe de colocação. Colocação pronominal. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Emprego do acento da crase.

Continua

Nexos semânticos e sintáticos entre as orações, na construção do período. Emprego dos sinais de pontuação. Sugestões Bibliográficas: ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS. Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa. 5 Ed. Rio de Janeiro: Global Editora, 2009. BECHARA, Evanildo. Gramática escolar da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Lucerna. CARNEIRO, Agostinho Dias. Redação em construção; a escritura do texto. São Paulo: Editora Moderna. CARNEIRO, Agostinho Dias. Texto em construção; interpretação de texto. São Paulo: Editora Moderna. CUNHA, Celso; CINTRA, Luís Lindley. Nova gramática do português contemporâneo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. FIORIN. J. Luiz & SAVIOLI, F. Platão. Lições de texto: leitura e redação. São Paulo: Editora Ática. INSTITUTO ANTÔNIO Houaiss. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Editora Objetiva. INSTITUTO ANTÔNIO Houaiss. Dicionário Houaiss Sinônimos e Antônimos. Rio de Janeiro: Editora Objetiva. GARCIA, Othon M. Comunicação em prosa moderna. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas.

NOÇÕES BÁSICAS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: Administração Pública: Noções de Planejamento, Orçamento e Finanças públicas. PPA, LDO, LOA e LRF. Princípios orçamentários. Aspectos gerais da legislação. Proposta e dotação orçamentária. Créditos adicionais. Receitas e despesas públicas. Racionalização do gasto público. Diárias, passagens e ajuda de custo. Execução Orçamentária. Processo Administrativo. Licitações e Contratos. Convênios. Sugestões Bibliográficas: • Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993 (Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências). • Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho de 2002 (o Institui, no âmbito da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências); • Instrução Normativa STN nº 001, de 15 de janeiro de 1997 (http://www.conveniosfederais.com.br/IN/in0197final.htm). (Disciplina a celebração de convênios de natureza financeira que tenham por objeto a execução de projetos ou realização de eventos e dá outras providências). • Decreto Federal nº 7.641, de 12 de dezembro de 2011 (Altera o Decreto nº 6.170, de 25 de julho de 2007, que dispõe sobre as normas relativas às transferências de recursos da União mediante convênios e contratos de repasse; altera o Decreto nº 7.568, de 16 de setembro de 2011; e estabelece prazos para implantação de funcionalidades no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse – SICONV). •

Continua

Lei Federal nº 4.320, de 17 de março de 1964 (Estatui Normas Gerais de Direito Financeiro para elaboração e contrôle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal). • Decreto-Lei Federal nº 93.872, de 23 de dezembro de 1986 (Dispõe sobre a unificação dos recursos de caixa do Tesouro Nacional, atualiza e consolida a legislação pertinente e dá outras providências). • Lei Federal nº 9.784, de 29 de janeiro de 1999 (Regula o processo administrativo no âmbito da Administração Pública Federal). • Decreto Federal 8.539, de 8 de outubro de 2015 (Dispõe sobre o uso do meio eletrônico para a realização do processo administrativo no âmbito dos órgãos e das entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional). • Lei Federal nº 13.249, de 13 de janeiro de 2016 (Institui o Plano Plurianual da União para o período de 2016 a 2019. • Plano Plurianual (http://www.planejamento.gov.br/assuntos/planejamento-e-investimentos/planoplurianual). • Decreto Federal nº 8.540, de 09 de outubro de 2015 (Estabelece, no âmbito da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, medidas de racionalização do gasto público nas contratações para aquisição de bens e prestação de serviços e na utilização de telefones celulares corporativos e outros dispositivos). • Lei de Diretrizes Orçamentárias vigente (2017 – a ser aprovada até o final do ano). • Lei Orçamentária Anual vigente (2017 – a ser aprovada até o final do ano). • Decreto Federal nº 5.992, de 19 de dezembro de 2006 (Dispõe sobre a concessão de diárias no âmbito da administração federal direta, autárquica e fundacional, e dá outras providências). • Portaria MPOG nº 98, de 16 de julho de 2003 (Dispõe sobre viagens a serviço, concessão de diárias e emissão de bilhetes de passagens aéreas no âmbito da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional e dá outras providências. • CHIAVENATO, Idalberto. Administração geral e pública: provas e concursos. 2016. (Noções de Planejamento, Orçamento e Finanças públicas. PPA, LDO, LOA e LRF. Princípios orçamentários). • PALUDO, Augustinho. Administração Pública. 2013 (Noções de Planejamento, Orçamento e Finanças públicas. PPA, LDO, LOA e LRF. Princípios orçamentários)

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

1. Normas constitucionais sobre a Administração Pública; 2. Administração geral: evolução das teorias da administração, idéias e conceitos fundamentais. Organização do trabalho: departamentalização, planejamento, tomada de decisão, objetivos, gráficos de organização, controle, ambiente externo. Relações humanas no trabalho: motivação, comunicação, chefia e liderança, grupos e equipes a organização formal e informal. Gestão de Pessoas. 3. Noções de direito administrativo: estrutura e princípios da administração pública, ato administrativo. 4. Comunicação e redação Oficial: aspectos gerais; 5. Arquivos: noção geral de arquivamento, organização e administração de arquivos, gestão de documentos, arquivos permanentes, arquivos intermediários, Classificação de documentos, correspondências, Política Nacional de Arquivos; 6. Administração de material: classificação de materiais, especificação, estoques, pedidos, compra, cadastro, almoxarifado, inventários. 7. Regime Jurídico Único e Seguridade Social do Servidor Público; 8. Estruturação do Plano de Carreiras da Administração Pública dos Cargos Técnico – Administrativos em Educação, no âmbito das Instituições Federais de Ensino vinculadas ao Ministério da Educação; 9. Ética na Administração Pública; 10. Lei de Acesso à informação; 11. Improbidade administrativa e Crimes contra a administração pública; 12. Estatuto e Regimento Geral da Universidade Federal Fluminense. Sugestões Bibliográficas: • Constituição da República Federativa do Brasil (1988). Título I; Título II; Título III -Cap. I, II, V (Seção I e II); • Manual de Redação da Presidência da República

Continua

(http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/manual/manual.htm); • Instrução Normativa nº 205, de 08/04/1988, da Secretaria de Administração Pública da Presidência da República (http://www.comprasnet.gov.br/legislacao/in/in205_88.htm). (Objetivo de racionalizar com minimização de custos o uso de material no âmbito do SISG através de técnicas modernas que atualizam e enriquecem essa gestão com as desejáveis condições de operacionalidade, no emprego do material nas diversas atividades); • Lei Federal nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 (Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais); • Lei Federal nº 8.429, de 2 de junho de 1992 (Dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências). • Decreto Federal nº 1.171, de 22 de junho de 1994 (Aprova o Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal); • Decreto – Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Código Penal. Artigos 312 a 337 – Crimes contra a Administração Pública (Título XI – Capítulo I – Dos crimes praticados por Funcionário Público contra a Administração em Geral – Art. 312 a 327; Título XI – Capítulo II – Dos crimes praticados por Particular contra a Administração em Geral – Art. 328 a 337); • Lei Federal nº 8.159, de 08 de janeiro de 1991. (Dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências; • Lei Federal nº 11.091, de 12 de janeiro de 2005 (Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação, no âmbito das Instituições Federais de Ensino vinculadas ao Ministério da Educação, e dá outras providências); • Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 (Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5o , no inciso II do § 3o do art. 37 e no § 2o do art. 216 da Constituição Federal; altera a Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei no 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei no 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências); • Estatuto e Regimento Geral da Universidade Federal Fluminense (http://www.noticias.uff.br/arquivos/estatuto/estatuto-regimento-uff.pdf); • CHIAVENATO, Idalberto. Administração geral e pública: provas e concursos. 4ª edição. BarueriSP: Manole, 2016; • PALUDO, Augustinho. Administração Pública. 3ª edição, Elsevier, 2013; • MARTINS, Petrônio Garcia. Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais. 3ª edição, Saraiva, 2011; • DRUCKER, Peter Ferdinand. Introdução à Administração. 1984; • OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças. Teoria Geral da Administração. 2ª edição, Atlas, 2013; • PAES, Marilena Leite. Arquivo: teoria e prática – 3ª edição – Rio de Janeiro. FGV, 2004; • REIS, Leonardo. Arquivologia facilitada. Leonardo Reis e João Santos – 2ª edição. Rio de Janeiro. Elsevier, 2012..

AUXILIAR EM ADMINISTRAÇÃO

1. Normas constitucionais sobre a Administração Pública; 2. Administração geral: noções gerais de administração. Idéias e conceitos fundamentais. Organização do trabalho: departamentalização, planejamento, controle, ambiente externo. Relações humanas no trabalho: motivação, comunicação, chefia e liderança, grupos e equipes a organização formal e informal. 3. Comunicação e redação Oficial: aspectos gerais; 4. Arquivos: noção geral de arquivamento, organização e administração de arquivos, gestão de documentos, arquivos permanentes, arquivos especiais; 5. Administração de material: classificação de materiais, especificação, estoques, pedidos, compra, cadastro, almoxarifado, inventários. 6. Regime Jurídico Único e Seguridade Social do Servidor Público; 7. Estruturação do Plano de Carreiras da Administração Pública dos Cargos Técnico – Administrativos em Educação, no âmbito das Instituições Federais de Ensino vinculadas ao Ministério da Educação; 8. Ética na Administração Pública; 9. Improbidade administrativa e Crimes contra a administração pública; 10. Estatuto e Regimento Geral da Universidade Federal Fluminense. Sugestões Bibliográficas: • Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (Título I; Título II; Título III -Cap. I, II, V <Seção I e II>); • Manual de Redação da Presidência da República (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/manual/manual.htm); • Instrução Normativa nº 205, de 08/04/1988, da Secretaria de Administração Pública da Presidência da República <http://www.comprasnet.gov.br/legislacao/in/in205_88.htm> (Objetivo de racionalizar com minimização de custos o uso de material no âmbito do SISG através de técnicas modernas que atualizam e enriquecem essa gestão com as desejáveis condições de operacionalidade, no emprego do material nas diversas atividades; • Lei Federal nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 (Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais); • Lei Federal nº 8.429, de 2 de junho de 1992 (Dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências); • Decreto Federal nº 1.171, de 22 de junho de 1994 (Aprova o Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal); • Decreto – Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Código Penal. Artigos 312 a 337 – Crimes contra a Administração Pública (Título XI – Capítulo I – Dos crimes praticados por Funcionário Público contra a Administração em Geral – Art. 312 a 327; Título XI – Capítulo II – Dos crimes praticados por Particular contra a Administração em Geral – Art. 328 a 337); • Lei Federal nº 11.091, de 12 de janeiro de 2005 (Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação, no âmbito das Instituições Federais de Ensino vinculadas ao Ministério da Educação, e dá outras providências); • Estatuto e Regimento Geral da Universidade Federal Fluminense (http://www.noticias.uff.br/arquivos/estatuto/estatuto-regimento-uff.pdf); • CHIAVENATO, Idalberto. Administração geral e pública: provas e concursos. 4ª edição. BarueriSP: Manole, 2016; • MARTINS, Petrônio Garcia. Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais. 3ª edição, Saraiva, 2011; • OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças. Teoria Geral da Administração. 2ª edição, Atlas, 2013; • PAES, Marilena Leite. Arquivo: teoria e prática – 3ª edição – Rio de Janeiro. FGV, 2004; • REIS, Leonardo. Arquivologia facilitada. Leonardo Reis e João Santos – 2ª edição. Rio de Janeiro. Elsevier, 2012.

Fique ligado no Próximos Concursos para conferir todas as novidades e segredos para se preparar para o concurso da Universidade Federal Fluminense. Até a próxima!

 

Planilha de Estudos

Inscreva-se agora para baixar gratuitamente a Planilha definitiva de Estudos!

Confirme seu e-mail e baixe a planilha!

Desconto de 30% no Gran Cursos Online

É só CLICAR AQUI para receber o desconto

E se quiser receber outras dicas de concurso, é só assinar nossa newsletter abaixo:

Você acabou de se inscrever em nossa lista.