proximos concursos

Concurso Nacional Unificado: 6.640 Vagas e Mais de 2 Milhões de Inscritos! Novo Cronograma

Concurso Fernandópolis SP

O Ministério da Gestão e da Inovação anunciou o novo cronograma do Concurso Nacional Unificado (CNU), popularmente conhecido como o “ENEM dos Concursos”.

Com 6.640 vagas distribuídas em 21 órgãos da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, o concurso atraiu 2.113.385 inscritos.

Datas Importantes e Locais de Prova

As provas serão realizadas em todo o país no dia 18 de agosto de 2024, em 228 cidades, totalizando 3.665 endereços para aplicação.

O novo cronograma define as principais datas:

  • 7 de agosto: Disponibilização dos Cartões de Confirmação
  • 18 de agosto: Aplicação das provas e divulgação dos cadernos de provas (PDFs disponíveis após às 20h)
  • 20 de agosto: Divulgação preliminar dos gabaritos das provas objetivas
  • 20 e 21 de agosto: Prazo para interposição de recursos quanto às questões e/ou gabaritos
  • 10 de setembro: Disponibilização da imagem do Cartão-Resposta
  • 8 de outubro: Divulgação das notas finais das provas objetivas e da nota preliminar da discursiva
  • 21 de novembro: Divulgação final dos resultados
  • Janeiro de 2025: Início da convocação para posse e cursos de formação

Vagas por Bloco Temático

As 6.640 vagas estão distribuídas em oito blocos temáticos:

  1. Infraestrutura, Exatas e Engenharias: 727 vagas (121.838 inscritos)
  2. Tecnologia, Dados e Informação: 597 vagas (77.943 inscritos)
  3. Ambiental, Agrário e Biológicas: 530 vagas (102.922 inscritos)
  4. Trabalho e Saúde do Servidor: 971 vagas (336.284 inscritos)
  5. Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos: 1.016 vagas (300.766 inscritos)
  6. Setores Econômicos e Regulação: 359 vagas (74.283 inscritos)
  7. Gestão Governamental e Administração Pública: 1.748 vagas (429.370 inscritos)
  8. Nível Intermediário: 692 vagas (701.029 inscritos)

Etapas do Concurso

Os candidatos passarão pelas seguintes etapas:

  1. Provas Objetivas e Dissertativas: Serão realizadas em dois turnos, com questões de múltipla escolha e prova discursiva.
  2. Perícia Médica: Avaliação biopsicossocial para candidatos que se declararem com deficiência.
  3. Verificação de Condição Declarada: Confirmação para candidatos que concorrerem às vagas reservadas para negros e indígenas (somente FUNAI).
  4. Prova de Títulos: Análise das titulações para cargos de nível superior.
  5. Curso de Formação: Treinamento técnico e prático necessário para o exercício das atividades.

Provas Extraordinárias

Em caso de eventos excepcionais e imprevisíveis, como desastres naturais, que afetem pelo menos 0,5% dos inscritos, uma prova extraordinária poderá ser aplicada para essas pessoas, com concorrência a vagas suplementares.

Informações Adicionais

Os cinco cargos com maior procura no Concurso Nacional Unificado são:

  1. Técnico em Indigenismo (FUNAI) – Nível Médio: 323.250 inscritos
  2. Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas (IBGE) – Região Nordeste – Nível Médio: 316.543 inscritos
  3. Auditor-Fiscal do Trabalho (MTE): 315.899 inscritos
  4. Analista Técnico-Administrativo (AGU) – Graduação em qualquer área de conhecimento: 297.114 inscritos
  5. Analista Técnico-Administrativo (MGI) – Graduação em qualquer área de conhecimento: 288.859 inscritos

Importância da Preparação para o Concurso Nacional Unificado

A preparação para o Concurso Nacional Unificado (CNU) é fundamental devido à sua abrangência e ao elevado número de concorrentes. Com mais de 2 milhões de inscritos disputando 6.640 vagas, a concorrência é acirrada, e a preparação adequada pode ser o diferencial entre a aprovação e a reprovação.

1. Extensa Matriz de Conhecimentos

As provas do CNU são estruturadas para avaliar uma ampla gama de conhecimentos, incluindo disciplinas básicas como Língua Portuguesa, Noções de Gestão, Noções de Direito Administrativo, Legislação, Integridade Pública, Atualidades e Informática, além de conhecimentos específicos para cada bloco temático. Portanto, uma preparação robusta que aborde todos esses tópicos é crucial.

2. Competitividade Elevada

Com uma concorrência que ainda conta com mais de 2 milhões de inscritos, é vital se destacar. O nível de exigência é alto, e somente os candidatos mais bem preparados conseguirão alcançar as pontuações necessárias para avançar nas etapas do concurso.

3. Provas Objetivas e Discursivas

O concurso inclui tanto provas objetivas quanto discursivas. Enquanto as provas objetivas testam o conhecimento direto do candidato, as provas discursivas avaliam a capacidade de expressão escrita, argumentação e aplicação prática dos conhecimentos. Preparar-se para ambos os tipos de prova é essencial para obter um desempenho equilibrado e competitivo.

4. Análise de Títulos

Para os cargos de nível superior, a prova de títulos é uma etapa que pode adicionar pontos importantes à nota final do candidato. Possuir títulos acadêmicos, como especializações, mestrados e doutorados, e comprovar experiências profissionais relevantes pode ser um diferencial significativo.

5. Curso de Formação

A última etapa do concurso, o curso de formação, é crucial para consolidar os conhecimentos e habilidades necessárias para o exercício das funções. Estar bem preparado desde o início facilita a adaptação e o desempenho durante o curso, aumentando as chances de uma boa colocação final.

6. Planejamento e Disciplina

Uma preparação bem-sucedida requer planejamento e disciplina. Estabelecer um cronograma de estudos, definir metas diárias e semanais, revisar constantemente o material e fazer simulados são práticas que ajudam a manter o foco e medir o progresso.

7. Recursos Educacionais

Aproveitar recursos educacionais, como cursos preparatórios, materiais didáticos específicos, grupos de estudo e ferramentas online, pode enriquecer a preparação. Esses recursos fornecem suporte adicional, esclarecem dúvidas e oferecem oportunidades para praticar e revisar o conteúdo.

8. Saúde Mental e Física

Manter uma boa saúde mental e física também é essencial durante a preparação. O estresse e a ansiedade podem impactar negativamente o desempenho, portanto, é importante equilibrar os estudos com atividades que promovam o bem-estar, como exercícios físicos, alimentação saudável e momentos de lazer.

Conclusão

A preparação para o Concurso Nacional Unificado é uma jornada que exige dedicação, planejamento e esforço contínuo. Diante da alta competitividade e das exigências do certame, investir tempo e recursos na preparação pode garantir não apenas a aprovação, mas também uma posição destacada entre os concorrentes. Estar bem preparado é a chave para transformar essa oportunidade em uma carreira bem-sucedida na administração pública federal.

Fique atento às datas e prepare-se para o “ENEM dos Concursos”!

E para continuar acompanhando essa e outras notícias do universo concurseiro, nos siga também nas redes sociais. Estamos no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Quer descontos em cursos preparatórios? Nós temos! basta clicar aqui e ir direto para o artigo.

Bons estudos e boa sorte!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acompanhe o melhor canal com vídeos com dicas de estudos e notícias sobre concursos públicos.

plugins premium WordPress