Se você precisa saber tudo sobre o concurso do TRT (Tribunal Regional do Trabalho), está no lugar certo! Mas antes, é importante conhecer um pouco mais sobre esse órgão que tem grande responsabilidade jurídica com as causas trabalhistas no país.

O TRT faz parte da Justiça do Trabalho Brasileira e corresponde à segunda instância da tramitação judicial trabalhista, tendo função de julgamento de recursos e agravos na área. Seu certame é muito conhecido e disputado, já que os candidatos terão a chance de fazer carreira em uma das instituições mais sérias e estáveis da União.

Neste artigo você encontra detalhes sobre o concurso do TRT: vagas, remunerações, benefícios e, claro, informações sobre as provas. Aproveite!


Concurso do Tribunal Regional do Trabalho - Tudo que você precisa saber (6)

Concurso do TRT – Carreiras

Sendo um órgão público de âmbito federal, as vagas do concurso do TRT são preenchidas por meio de certame público, oferecendo carreiras tanto para Ensino Médio quanto para Ensino Superior. Conheça as principais carreiras, de acordo com o nível de formação exigido.

Nível médio

O principal cargo de nível médio no concurso do TRT é de Técnico Judiciário, que tem remuneração base de R$ 6.309,79, correspondente ao vencimento + Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ).

Nível superior

Já para o nível superior, as principais carreiras do concurso do TRT são de Analista Judiciário (Área Jurídica) e Analista Judiciário (Área Administrativa). Ambas têm remuneração base de R$ 9.747,84, correspondente ao vencimento + Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ).

Concurso do Tribunal Regional do Trabalho - Tudo que você precisa saber (5)

Saiba mais sobre as carreiras de nível médio

Você confere agora mais detalhes sobre a remuneração, a jornada de trabalho, os benefícios, os requisitos de cada área de atuação e também as atribuições básicas para a carreira de Técnico Judiciário do concurso do TRT.

Técnico Judiciário (Área Administrativa)

Requisitos e formação exigida: formação certificada no Ensino Médio ou equivalente.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração inicial: base de R$ 6.309,79, correspondente ao vencimento + Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ).

Atribuições básicas: execução de atividades de nível intermediário de responsabilidade, relacionadas às funções administrativas de recursos humanos, patrimoniais e materiais, orçamentários e financeiros; controle interno; desenvolvimento organizacional; suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Lotação: varas do TRT nos estados e no Distrito Federal.

Saiba mais sobre as carreiras de nível superior

As carreiras de nível superior englobam os diversos cargos e especialidades na atuação de Analista Judiciário. Cada uma das áreas de atuação tem requisitos, funções e rotinas distintas, de acordo com a formação exigida. Veja detalhes sobre a remuneração, a jornada de trabalho, os benefícios e aas atribuições básicas para cada uma.

Analista Judiciário (Área Judiciária)

Requisitos e formação exigida: formação de nível superior em Direito.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração: base de R$ 9.747,84, correspondente ao vencimento + Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ).

Atribuições básicas: execução de atividades privativas de bacharel em Direito relacionadas ao processamento de feitos e apoio a julgamentos do TRT; planejamento, organização, coordenação e supervisão técnica de atividades da área judiciária do Tribunal Regional do Trabalho.

Lotação: varas do TRT nos estados e no Distrito Federal.

Analista Judiciário (Área Administrativa)

Requisitos e formação exigida: formação de nível superior em qualquer curso de graduação superior, exceto Licenciatura curta.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração: mesma remuneração da carreira de Analista Judiciário (Área Judiciária).

Atribuições básicas: execução de atividades de nível superior de responsabilidade, relacionadas às funções administrativas de recursos humanos, patrimoniais e materiais, orçamentários e financeiros; controle interno; desenvolvimento organizacional; suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Lotação: varas do TRT nos estados e no Distrito Federal.

Detalhes do concurso do TRT

Concurso do Tribunal Regional do Trabalho - Tudo que você precisa saber (4)

Qual o melhor curso preparatório para o concurso do TRT?

Como vocês sabem, há inúmeros cursos preparatórios para concursos. E temos a certeza de que vários são realmente bons. No entanto, baseados em nossa experiência de mais de 15 anos na área de certames públicos, selecionamos aqueles que entendemos ser os melhores.

Os critérios que usamos foram: histórico de aprovados, qualidade dos professores, reputação e depoimento de aprovados, avaliação no Ebit e no Reclame Aqui (a análise completa você pode conferir no Ranking dos melhores cursos preparatórios para concursos).

Dessa forma, entendemos que os cursos que melhor preparam para o concurso do TRT são:

Estratégia Concursos

Estrategia Concursos

Os professores são extremamente qualificados e o curso tem excelente índice da aprovação nos últimos concursos (confira aqui). Tem ótima reputação no Ebit e Reclame Aqui. Além disso, oferece 30 dias para testar (entenda como funciona – clique no topo da página) e eles oferecem várias possibilidade de descontos (saiba mais aqui).

Concurso Virtual

melhor-curso-para-a-banca-esaf

Apesar de não ter a mesma quantidade de professores renomados do Estratégia, mantém ótimos profissionais em seu quadro (veja a lista). Também oferece bons preços e descontos (veja aqui).

Vagas e número de inscritos

As vagas do concurso estão distribuídas de acordo com as atribuições e buscam suprir vagas em aberto no momento da elaboração do edital, além de realizar a formação de cadastro de reserva. Isso quer dizer que, apesar do número de vagas, os candidatos habilitados poderão ser chamados e empossados durante a vigência do concurso.

É sempre importante ressaltar que mesmo o grande número de candidatos por vaga não é impedimento para o candidato bem preparado, já que muitos acabam não comparecendo ao certame ou não se preparam com afinco para as provas.

Listamos abaixo os dados do último certame (2015) para cada um dos cargos: o número de vagas, de inscritos e a relação de candidatos por vaga de cada um deles. 

Carreira: Técnico Judiciário (Área Administrativa)

Vagas: cadastro de reserva

Inscritos: 17213 inscritos

 

Carreira: Analista Judiciário (Área Judiciária)

Vagas: cadastro de Reserva

Inscritos: 5629 inscritos

 

Carreira: Analista Judiciário (Área Administrativa)

Vagas: cadastro de reserva

Inscritos: 3246 inscritos

Composição das provas

Provas de nível médio

 Concurso do Tribunal Regional do Trabalho - Tudo que você precisa saber (3)

Provas de nível superior

 Concurso do Tribunal Regional do Trabalho - Tudo que você precisa saber (2)

Banca Organizadora 

O concurso do TRT é realizado pela Cespe/UnB, uma das mais exigentes e complexas, segundo a opinião de professores de cursos preparatórios. Por isso mesmo, pede muito comprometimento dos candidatos.

Editais dos últimos concursos 

Os últimos editais dos concursos do TRT estão disponíveis no site do órgão ou no link: Edital 2015

O concurso do TRT é para mim?

Antes de começar a estudar para o concurso do TRT, faça um pequeno checklist mental e analise se tem os requisitos necessários para esse concurso, que são:

  • Ser esforçado e estudioso.
  • Ter dedicação e empenho.
  • Ter desejo de crescimento pessoal.
  • Desejar estabilidade financeira e profissional.
  • Estar decidido a dar um passo rumo à qualidade de vida.
  • Não ter medo de conquistar o sucesso profissional e pessoal.

Lembre-se: seu esforço é que vai garantir a aprovação no concurso do TRT. E para otimizar as leituras, sugerimos conferir nosso artigo sobre Flash cards.

Acredite no seu potencial e bons estudos! 

BLACK FRIDAY DOS SONHOS

CLIQUE AQUI PARA PEGAR SEU CUPOM

You have Successfully Subscribed!