fbpx

Concursos militaresO ano de 2019 vem movimentando a área de concursos militares!

Algumas seleções já encerraram suas inscrições, mas muitas outras ainda estão previstas.

São aguardadas milhares de vagas para Exército, Marinha e Aeronáutica, para níveis Fundamental, Médio e Superior, com ganhos até R$ 8 mil.

Interessou?

Neste artigo você vai saber detalhes de todos os concursos militares.

Leia já e saia na frente da concorrência!

 

 

Concursos Militares – Marinha

 

Nada menos do que 10 seleções estão agendadas em 2019 para a Marinha. Conheça os detalhes:

 

Colégio Naval

 

A seleção para o colégio Naval é para candidatos com formação de Nível Fundamental que desejam completar a formação de Nível Médio. A proposta é preparar os alunos para ingressarem na Escola Naval, instituição de Ensino Superior onde são formados oficiais da Marinha. Essa seleção é válida apenas para candidatos do sexo masculino.

 

Provas e Curso de Formação

 

São cobradas 20 questões de Matemática e 20 de Inglês na primeira fase. A segunda fase conta com 20 questões de Língua Portuguesa, 12 de Estudos Sociais, 18 de Ciências e uma redação entre 20 e 30 linhas contínuas.

Há também o Teste de Aptidão Física, na qual o candidato precisa alcançar um número mínimo de repetições de determinados exercícios em um tempo máximo.

Caso aprovado nas etapas anteriores, o candidato entra no período de adaptação, em regime de internato, com duração de três semanas. Terminada essa etapa, recebe platina de alunos do Colégio Naval. Passada a Adaptação, é iniciado o Curso de Preparação de Aspirantes, com duração de três anos, nos quais o aluno estuda em regime de internato as disciplinas do Ensino Médio e recebem bolsa-auxílio de R$989, além de diversos benefícios.

Inscrições: edital deve ser lançado na 2ª quinzena de abril de 2019.

Previsão de prova: 1ª quinzena de agosto de 2019.

Número de vagas: ainda não divulgado.

 

Corpo de Engenheiros da Marinha (CEM)

 

A seleção é para candidatos de ambos os sexos com formação Superior nas seguintes áreas:

  • Engenharia Cartográfica
  • Engenharia Civil
  • Engenharia de Materiais
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia de Sistemas de Computação
  • Engenharia Eletrônica
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia de Telecomunicações
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Naval
  • Engenharia Química

 

Provas e Curso de Formação

 

Os candidatos passam por uma prova de Conhecimentos Profissionais composta de duas partes: a primeira com 20 questões objetivas e a segunda com 10 questões discursivas, além de uma redação e a tradução de texto de inglês técnico. Também há prova de títulos.

Os aprovados e classificados dentro do número de vagas realizam o Curso de Formação de Oficiais no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), que tem duração de 39 semanas. Durante esse período,  o aluno é nomeado Guarda-Marinha e recebe R$6.625,00, além de benefícios. Além disso, deve fazer um estágio de até seis semanas em Organizações Militares (OM) de qualquer unidade federativa.

Inscrições: até 1º de abril.

Previsão de prova: 2ª quinzena de maio (1ª fase) e 2ª quinzena de julho de 2019 (2ª fase).

Número de vagas: 54.

 

Escolas de Aprendizes-Marinheiros

 

A seleção das Escolas de Aprendizes-Marinheiros exige o Ensino Médio para que os aprovados tenham formação técnica dentro da Marinha. Essa seleção é exclusiva para candidatos do sexo masculino.

 

Provas e Curso de Formação

 

Os candidatos passam por uma prova escrita com 50 questões de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências. Os aprovados passam a integrar o curso de formação, que tem duração de 48 semanas sob regime de semi-internato. Durante esse período, recebem ajuda de custo de cerca de R$ 900 mensais. Ao final do curso, o aluno é incorporado ao Corpo de Praças da Armada (CPA).

Lançamento do edital: divulgado dia 22 de janeiro de 2019.

Previsão de prova: 1ª quinzena de abril de 2019.

Número de vagas: 1000 vagas.

 

Corpo de Saúde (apenas Medicina)

 

Os oficiais do Quadro de Médicos do Corpo de Saúde da Marinha (CSM) atuam na medicina assistencial (ambulatórios, policlínicas e hospitais navais), medicina operativa (navios e tropas), medicina pericial (juntas de saúde) e pesquisas médicas (em instituto de pesquisas biomédicas). A seleção é para ambos os sexos.

Para se candidatar é preciso ter formação Superior em Medicina.

 

Provas e Curso de Formação

 

Os candidatos passam por prova específica da área de acordo com o programa de bibliografia do edital, prova de redação e de títulos.

Os aprovados e classificados dentro do número de vagas realizam o Curso de Formação de Oficiais no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), que tem duração de 39 semanas. Durante esse período,  o aluno é nomeado Guarda-Marinha e recebe R$6.993,00, além de benefícios. Além disso, deve fazer um estágio de até seis semanas em Organizações Militares (OM) de qualquer unidade federativa.

Lançamento do edital: 2ª quinzena de abril de 2019.

Previsão de prova: 2ª quinzena de julho de 2019.

Número de vagas: ainda não divulgado.

 

Escola Naval

 

A Escola Naval é a instituição de ensino superior da Marinha do Brasil, sendo a mais antiga do país, com o objetivo de formar oficiais para os postos iniciais das carreiras dos Corpos da Armada (CA), Fuzileiros Navais (CFN) e Intendentes da Marinha (CIM). A seleção é para ambos os sexos.

 

Para se candidatar é preciso ter formação de Nível Médio.

 

Provas e Curso de Formação

 

Os candidatos passam por prova escrita com 20 questões de Matemática, 20 de Física, 20 de Língua Portuguesa e 20 de Língua Inglesa, além de redação. Há também Teste de Aptidão Física com um número mínimo de exercícios em um máximo de tempo.

Os aprovados passam, ainda, pelo período de adaptação com cerca de três semanas. A Escola Naval tem um ciclo escolar de quatro anos e um ciclo pós-escolar de um ano. Nos quatro primeiros anos, os alunos são aspirantes ao oficialato em regime de semi-internato. Ao fim do ciclo escolar, os Aspirantes passam à função de Guarda-Marinha.

Lançamento do edital: 2ª quinzena de maio de 2019.

Previsão de prova: 2ª quinzena de agosto de 2019.

Número de vagas: ainda não divulgado.

 

Quadro Técnico do Corpo Auxiliar

 

O Quadro Técnico do Corpo Auxiliar da Marinha é formado por profissionais de diversas áreas que dão apoio técnico às atividades gerenciais e administrativas. A seleção é para ambos os sexos.

 

Para se candidatar é preciso ter formação Superior em algumas das seguintes áreas:

 

  • Arqueologia
  • Arquivologia e Gestão de Documentos
  • Biblioteconomia
  • Ciências Biológicas – Biologia Marinha
  • Ciências Biológicas – Biotecnologia Marinha
  • Ciências Biológicas – Genética
  • Ciência da Computação
  • Ciências Náuticas
  • Comunicação Social
  • Desenho Industrial
  • Direito
  • Educação Física
  • Estatística
  • Física – Licenciatura
  • História
  • Geologia/Geofísica
  • Informática
  • Letras Português – Licenciatura
  • Matemática – Licenciatura
  • Meteorologia
  • Museologia
  • Música
  • Oceanografia
  • Pedagogia
  • Psicologia
  • Serviço Social
  • Segurança do Tráfego Aquaviário

 

Provas e Curso de Formação

 

Os candidatos são submetidos à prova objetiva com 50 questões de conhecimentos específicos da área de atuação, redação e prova de títulos.

Os aprovados e classificados dentro do número de vagas realizam o Curso de Formação de Oficiais no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), que tem duração de 39 semanas. Durante esse período,  o aluno é nomeado Guarda-Marinha e recebe R$6.625,00, além de benefícios. Além disso, deve fazer um estágio de até seis semanas em Organizações Militares (OM) de qualquer unidade federativa.

Inscrições: até 12 de abril.

Previsão de prova: 2ª quinzena de junho e 2ª quinzena de outubro de 2019 (discursiva de Direito).

Número de vagas: 28.

 

Corpo Auxiliar de Praças

 

O Corpo Auxiliar de Praças (CAP) destina-se a executar e apoiar,  em nível técnico, as gestões Administrativa, Operativa e de Saúde da Marinha, exercendo atividades nas organizações militares em terra ou embarcados em navios de acordo com a necessidade do serviço. A seleção é para ambos os sexos.

 

Para ingressar no CAP é preciso ter Ensino Técnico de nível Médio completo e são oferecidas as seguintes especializações:

 

  • Administração
  • Administração Hospitalar
  • Contabilidade
  • Desenho de Arquitetura;
  • Desenho Mecânico
  • Edificações
  • Eletrônica
  • Eletrotécnica
  • Enfermagem
  • Estatística
  • Estruturas Navais
  • Geodésia e Cartografia
  • Gráfica
  • Higiene Dental
  • Marcenaria
  • Mecânica
  • Metalurgia
  • Meteorologia
  • Motores
  • Nutrição e Dietética
  • Patologia Clínica
  • Processamento de Dados
  • Prótese Dentária
  • Química
  • Radiologia Médica
  • Secretariado
  • Telecomunicações

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por prova objetiva com 50 questões de Conhecimentos Profissionais da área de atuação e uma redação.

O candidato aprovado e classificado dentro do número de vagas é convocado ao curso de formação, com duração de 17 semanas.  O aluno é matriculado como Praça Especial, no grau hierárquico de Grumete e recebe bolsa-auxílio de cerca de R$900. Ao final do curso é nomeado Cabo do CAP e passa a receber R$3.388,83.

Lançamento do edital: 2ª quinzena de julho de 2019.

Previsão de prova: 2ª quinzena de outubro de 2019.

Número de vagas: ainda não divulgado.

 

Quadro Técnico de Praças da Armada (QTPA)

 

Os integrantes do QTPA são responsáveis pela operação e manutenção de equipamentos e sistemas os navios de superfície, submarinos e aeronaves. As Praças do QTPA ingressam na Marinha com o ensino técnico de nível médio completo, obtido no meio civil, e realizam curso de formação militar naval que as capacita para exercer suas atividades profissionais, inicialmente como Terceiro-Sargento, dentro de uma especialidade para a qual concorreram e em que são capacitadas. A seleção é exclusiva para homens.

 

Para ingressar no QTPA é preciso ter Ensino Técnico de nível Médio completo e são oferecidas as seguintes especializações:

 

Área Técnica – Eletroeletrônica:

 

  • Técnico em Automação Industrial
  • Técnico em Eletroeletrônica
  • Técnico em Eletromecânica
  • Técnico em Eletrônica
  • Técnico em Eletrotécnica
  • Técnico em Eletrotécnica Naval
  • Técnico em Mecatrônica

 

Área Técnica – Mecânica:

 

  • Técnico em Manutenção Automotiva
  • Técnico em Mecânica
  • Técnico em Mecânica Naval
  • Técnico em Mecatrônica
  • Técnico em Refrigeração e Climatização
  • Técnico em Manutenção de Máquinas Pesadas
  • Técnico em Mecânica da Precisão

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por prova escrita de Conhecimentos Profissionais para cada área de atuação e uma prova de redação.

Os aprovados passam por um período de adaptação de cerca quatro semanas. Após esse período,  ingressam no Curso de Formação de Sargentos (C-FSG), eliminatório e classificatório, composto por dois módulos. Os alunos aprovados no C-FSG são matriculados no Curso de Subespecialização de Submarinos para Praças (C-Subespec-SB), com duração de cerca de 24 semanas no Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché (CIAMA). Ao longo do curso, os alunos ocupam a graduação de Cabo e recebem R$2.627 de auxílio.

Lançamento do edital: 1ª quinzena de maio de 2019.

Previsão de prova: 2ª quinzena de setembro de 2019.

Número de vagas: ainda não divulgado.

 

Quadro de Capelães Navais

 

Para se candidatar a uma vaga no Quadro de Capelães Navais (CN), cujas atividades são  de apoio técnico, gerenciais e administrativas em geral, é preciso ter formação de Nível Superior em Teologia e ser, reconhecido pela autoridade eclesiástica de sua religião. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos são submetidos à prova objetiva com 50 questões de Conhecimentos Profissionais, uma redação e prova de títulos

Os aprovados e classificados dentro do número de vagas realizam o Curso de Formação de Oficiais no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), que tem duração de 39 semanas. Durante esse período,  o aluno é nomeado Guarda-Marinha e recebe R$6.625,00, além de benefícios. Além disso, deve fazer um estágio de até seis semanas em Organizações Militares (OM) de qualquer unidade federativa.

Lançamento do edital: 2ª quinzena de abril de 2019.

Previsão de prova: 2ª quinzena de julho de 2019.

Número de vagas: ainda não divulgado.

 

Quadros Complementares de Oficiais Fuzileiros Navais e do Corpo da Armada

 

O Corpo de Oficiais conduz, opera e mantém os navios de guerra, de pesquisa e de apoio, além de executar funções administrativas e operativas em organizações militares de terra. A seleção é exclusiva para homens.

 

Para se candidatar a uma vaga é preciso ter formação Superior em uma das seguintes áreas:

 

  • Ciências Náuticas (Área de Náutica)
  • Engenharia de Computação
  • Engenharia de Controle e Automação
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Eletrônica
  • Engenharia de Telecomunicações
  • Ciências Náuticas (Área de Máquinas)
  • Engenharia Aeronáutica
  • Engenharia de Ambiental e Sanitária
  • Engenharia Civil
  • Engenharia de Bioprocessos
  • Engenharia Cartográfica e de Agrimensura
  • Engenharia de Controle e Automação
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia de Fortificação e Construção
  • Engenharia de Materiais
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Mecânica de Veículos Militares
  • Engenharia Metalúrgica
  • Engenharia de Minas
  • Engenharia Naval
  • Engenharia Nuclear
  • Engenharia de Petróleo
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia Química
  • Concentração em Sistemas de Armas
  • Ciências Náuticas (Área de Náutica)
  • Engenharia de Computação
  • Engenharia de Controle e Automação
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Eletrônica
  • Engenharia de Mecânica de Armamentos
  • Engenharia de Telecomunicações

 

Provas e Curso de Formação

 

Os candidatos passam por prova objetiva com 50 questões de Conhecimentos Profissionais, inglês, redação e prova de títulos

Os aprovados e classificados dentro do número de vagas realizam o Curso de Formação de Oficiais no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), que tem duração de 39 semanas. Durante esse período,  o aluno é nomeado Guarda-Marinha e recebe R$6.625,00, além de benefícios. Além disso, deve fazer um estágio de até seis semanas em Organizações Militares (OM) de qualquer unidade federativa.

Inscrições: abertas até 12 de abril.

Previsão de prova: 2ª quinzena de junho de 2019.

Número de vagas: 7.

 

 

Consulte as provas dos concursos anteriores para turbinar sua preparação:

 

Provas anteriores – Marinha

 

Quer saber mais sobre os Concursos da Marinha? Clique no link abaixo:

 

Concursos Marinha do Brasil

 

Concursos Militares – Aeronáutica

Veja quais as oportunidades para ingressar na Aeronáutica em 2019:

Curso de Adaptação de Dentistas da Aeronáutica (CADAR)

Para se candidatar a uma vaga no CADAR é preciso ter formação de Nível Superior em Odontologia. A seleção é para ambos os sexos.

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Especializados, além de redação e Teste de Aptidão Física (TAF). Há também uma prova prática-oral.

O curso de formação é ministrado no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica, em Belo Horizonte (MG), e tem duração de 17 semanas.

Inscrições: encerradas.

Número de vagas: 11.

Remuneração depois de formado: R$ 8.877,60.

 

Curso de Adaptação de Farmacêuticos da Aeronáutica (CAFAR)

 

Para se candidatar a uma vaga no CAFAR é preciso ter formação de Nível Superior em Farmácia. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Especializados, além de redação e Teste de Aptidão Física (TAF). Há também uma prova prática-oral.

O curso de formação é ministrado no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica, em Belo Horizonte (MG), e tem duração de 17 semanas.

Inscrições: encerradas.

Número de vagas: 5.

Remuneração depois de formado: não divulgado.

 

Curso de Adaptação de Médicos da Aeronáutica (CAMAR)

 

Para se candidatar a uma vaga no CAMAR é preciso ter formação de Nível Superior em Medicina. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Especializados, além de redação e Teste de Aptidão Física (TAF). Há também uma prova prática-oral.

O curso de formação é ministrado no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica, em Belo Horizonte (MG), e tem duração de 17 semanas.

Inscrições: previstas para maio.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 8.877,60.

 

Curso de Formação de Oficiais Aviadores da Aeronáutica (CFOAV)

 

Para se candidatar a uma vaga no CFOAV é preciso ter formação de Nível Médio. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Física, além de redação, Teste de Aptidão Física (TAF) e Teste de Aptidão à Pilotagem Militar (TAPMIL).

O curso de formação é ministrado na  Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP), e tem duração de 4 anos.

Inscrições: previstas para abril e maio..

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 6.993,00.

 

Curso de Formação de Oficiais de Infantaria da Aeronáutica (CFOINF)

 

Para se candidatar a uma vaga no CFOINF é preciso ter formação de Nível Médio. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Física, além de redação e Teste de Aptidão Física (TAF).

O curso de formação é ministrado na  Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP), e tem duração de 4 anos.

Inscrições: previstas para abril.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 6.993,00.

 

Curso de Formação de Oficiais Intendentes da Aeronáutica (CFOINT)

 

Para se candidatar a uma vaga no CFOINT é preciso ter formação de Nível Médio. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Física, além de redação e Teste de Aptidão Física (TAF).

O curso de formação é ministrado na  Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP), e tem duração de 4 anos.

Inscrições: previstas para abril.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 6.993,00.

 

Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS)

 

Para se candidatar a uma vaga no CFS é preciso ter formação de Nível Médio. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Física, além de Teste de Aptidão Física (TAF).

O curso de formação é ministrado na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP), e tem duração de 2 anos.

Inscrições: previstas para agosto.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 3.825,00.

Provas anteriores –  CFS

 

Curso Preparatório de Cadetes do Ar (CPCAR)

 

Para se candidatar a uma vaga no CPCAR é preciso ter formação de Nível Fundamental. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Física, além de redação e Teste de Aptidão Física (TAF).

O curso de formação é ministrado na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), em Barbacena (MG), e tem duração de 3 anos.

Inscrições: previstas para maio.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração: não divulgada.

 

Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica (EAGS)

 

Para se candidatar a uma vaga no EAGS é preciso ter formação de Nível Médio. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Especializados, além de Teste de Aptidão Física (TAF).

O curso de formação é ministrado na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP), e tem duração de 48 semanas.

Inscrições: encerradas.

Número de vagas: 183.

Remuneração depois de formado: R$ 3.825,00.

 

Estágio de Instrução e Adaptação de Capelães da Aeronáutica (EIAC)

 

Para se candidatar a uma vaga no EIAC é preciso ter formação Superior em Teologia e ser devidamente ordenado pela religião. A seleção é para ambos os sexos (exceto para os capelães católicos).

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Especializados, além de redação e Teste de Aptidão Física (TAF).

O curso de formação é ministrado no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) em Belo Horizonte (MG), e tem duração de 17 semanas.

Inscrições: encerradas.

Número de vagas: 2.

Remuneração depois de formado: R$ 5.469,00

 

Estágio de Adaptação de Oficiais de Apoio da Aeronáutica (EAOAP)

 

Para se candidatar a uma vaga no EAOAP é preciso ter formação de Nível Médio. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Especializados, além de redação e Teste de Aptidão Física (TAF).

O curso de formação é ministrado no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte (MG), e tem duração de 17 semanas.

Inscrições: encerradas.

Número de vagas: 17.

Remuneração depois de formado: R$ 8.877,60.

 

Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica (EAOEAR)

 

Para se candidatar a uma vaga no EAOEAR é preciso ter formação de Nível Superior em Engenharia. A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Especializados, além de redação e Teste de Aptidão Física (TAF).

O curso de formação é ministrado no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte (MG), e tem duração de 18 semanas.

Inscrições: previstas para abril.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 8.877,60.

 

Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA)

 

Para se candidatar a uma vaga no ITA é preciso ter Nível Médio completo. A seleção é para ambos os sexos e oferece formação nas seguintes áreas:

 

  • Engenharia Aeronáutica
  • Engenharia Eletrônica
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia de Infraestrutura Aeronáutica (Civil)
  • Engenharia de Computação

 

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa Língua Inglesa, Matemática, Química e Física, além de redação e Teste de Aptidão Física (TAF).

O curso de formação, de Nível Superior, é ministrado na sede do ITA em São José dos Campos (SP) e tem duração de 5 anos.

Inscrições: previstas para agosto.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 8.245,00.

 

Quadro de Oficiais Temporários (QOCOn)

 

Para se candidatar a uma vaga de Oficial Temporário é preciso ter formação de acordo com as exigências das vagas disponibilizadas (níveis Médio e Superior). A seleção é para ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam apenas por uma avaliação curricular.

O curso de formação é ministrado no Serviços de Recrutamento e Preparo de Pessoal da Aeronáutica (SEREP) e Organizações Militares localizadas nas respectivas áreas geográficas de atuação e tem duração de 12 meses (divididos em três fases).

Inscrições: a data varia de ano para ano.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: variável conforme área e nível de escolaridade.

 

Provas anteriores – Aeronáutica

 

Consulte as provas dos concursos anteriores para turbinar sua preparação:

 

Provas anteriores – Aeronáutica

 

Quer saber mais sobre os Concursos da Aeronáutica? Clique no link abaixo:

 

Concursos Força Aérea Brasileira

 

Concursos Militares – Exército

O Exército também tem uma séries de seleções para diversas áreas. Confira se você está apto a se candidatar a uma delas:

Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx)

Para se candidatar a uma vaga na EsPCExP é preciso ter concluído o Ensino Médio ou estar cursando o 3º ano do Ensino Médio. A seleção é apenas para candidatos do sexo masculino.

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas com cerca de 100 questões de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Química, Física, Matemática, Geografia e História, além de redação e Teste de Aptidão Física.

O curso de formação, de Nível Superior, é ministrado na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), na cidade de Resende-RJ, e tem duração de 5 anos. Ao final do período, o aluno é  declarado Aspirante-a-Oficial (Asp) do Exército Brasileiro e recebe a graduação de Bacharel em Ciências Militares.

Inscrições: previstas para maio.

Número de vagas: 445.

Remuneração depois de formado: R$ 6.268,00.

Provas anteriores – EsPCEx

 

Escola de Sargentos das Armas (ESA)

 

Para se candidatar a uma vaga na ESA é preciso ter concluído o Ensino Médio ou estar cursando o 3º ano do Ensino Médio. A seleção é para candidatos do sexo masculino e feminino.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática, Geografia e História, além de redação e Teste de Aptidão Física.

O curso de formação, de Nível Superior, pode ser ministrado em Três Corações (MG), Rio de Janeiro (RJ) ou Taubaté (SP), de acordo com a área de atuação escolhida pelo candidato. A duração é de 2 anos.

Inscrições: encerradas em março.

Número de vagas: 1100.

Remuneração depois de formado: R$ 3.825,00

 

Escola de Sargentos de Logística (EsLog)

 

Para se candidatar a uma vaga de Sargento na EsLog é  preciso ter concluído o Ensino Médio ou ter curso de Técnico de Enfermagem ou ser músico. A seleção é para candidatos de ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática, Geografia e História, além de redação e Teste de Aptidão Física.

O curso de formação é realizado em dois períodos: básico e de qualificação. O básico, com duração de 34 semanas, é realizado em uma Organização Militar de Tropa. No período de qualificação, realizado na sede da EsLog, no Rio de Janeiro, as disciplinas variam conforme a especialização escolhida pelo aluno.

Inscrições: ainda sem previsão.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 3.825,00.

 

Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx)

 

Para se candidatar a uma vaga de Sargento na EsFCEx é  preciso ter curso superior nas áreas que serão divulgadas no edital.  A seleção é para candidatos de ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de  Conhecimentos Específicos e Língua Portuguesa, além de uma redação e Teste de Aptidão Física.

O candidato aprovado passa a ser Primeiro-Tenente Aluno e dá início ao curso de formação em ums das sedes da EsFCEx, em Salvador ou no Rio de Janeiro, de acordo com a formação escolhida. O curso tem duração de 37 semanas e abrange a formação comum, formação específica e pós-graduação.

Inscrições: previstas para junho.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 8.245,00.

 

Instituto Militar de Engenharia (IME)

 

Para se candidatar a uma vaga no IME é preciso ter formação de Nível Médio. A seleção é para ambos os sexos e são oferecidas vagas nas seguintes áreas da Engenharia:

 

  • Fortificação e Construção (Civil)
  • Eletrônica
  • Comunicações
  • Elétrica
  • Mecânica e de Armamento
  • Mecânica e de Automóveis
  • Materiais
  • Química
  • Cartográfica
  • Computação

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Matemática, Física e Química, além de provas discursivas da mesmas disciplinas, com conteúdo específico da área escolhida. Também são aplicadas duas provas mistas (com questões objetivas e/ou discursivas) de Língua Portuguesa e Língua Inglesa e uma prova de redação. Há, ainda, o Teste de Aptidão Física.

Os aprovados serão inscritos no curso de formação, de Nível Superior, que é ministrado no Rio de Janeiro (RJ) e tem duração de 5 anos, sendo dividido em duas possibilidades:

– Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Ativa do Quadro de Engenheiros Militares, que é destinado aos candidatos que desejam seguir a carreira militar.

– Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Reserva de 2ª Classe do Quadro de Engenheiros Militares, que é destinado aos candidatos que não desejam seguir a carreira militar.

Inscrições: previstas para julho.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 8.245,00.

 

Curso de Formação de Oficiais do Quadro de Engenheiros Militares

 

Para se candidatar a uma vaga no o Quadro de Engenheiros Militares (QEM) é preciso ter formação de Nível Superior em Engenharia Civil. A seleção é para candidatos de ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Conhecimentos Específicos (referente à especialidade de Engenharia de Fortificação e Construção/Engenharia Civil), duas provas mistas(com questões objetivas e/ou discursivas) de Língua Portuguesa e Língua Inglesa e uma prova de redação. Há também o Teste de Aptidão Física.

O curso de formação é ministrado no Rio de Janeiro e tem duração de um ano. Ao término do curso, o aluno aprovado é nomeado oficial da ativa do QEM,passando gradativamente pelos postos de Primeiro-Tenente, Capitão e, caso curse a Escola de Aperfeiçoamento, Major, Tenente-Coronel e Coronel, podendo, ainda, chegar a General-de-Brigada e General-de-Divisão.

Inscrições: previstas para julho.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 8.245,00.

 

Escola de Saúde do Exército (EsSEx)

 

Para se candidatar a uma vaga na EsSEx é preciso ter formação de Nível Superior em  Medicina, Farmácia ou Odontologia. A seleção é para candidatos de ambos os sexos.

 

Provas e Curso de Formação

Os candidatos passam por provas objetivas de Conhecimentos Gerais (assuntos básicos e generalistas dentro da graduação de formação do candidato) e Conhecimentos Específicos (assuntos da especialização ou habilitação escolhida pelo candidato dentro do exercício da profissão), além de Exames de Aptidão Física.

O curso de formação é ministrado no Rio de Janeiro e tem duração de 37 semanas. Abrange formação comum, formação específica e pós-graduação. O aluno matriculado é designado Primeiro-Tenente Aluno do CFO/S . Após concluir o curso com aproveitamento, é nomeado Oficial do Exército Brasileiro (EB), no posto de Primeiro-Tenente do Serviço de Saúde.

Inscrições: previstas para julho.

Número de vagas: ainda não divulgado.

Remuneração depois de formado: R$ 8.245,00.

 

Consulte as provas dos concursos anteriores para turbinar sua preparação:

 

Provas anteriores – Exército Brasileiro

 

Quer saber mais sobre os Concursos do Exército? Clique no link abaixo:

 

Concursos Exército Brasileiro

 

 

Quer dicas para passar em Concurso Público?

 

Para otimizar ou iniciar sua preparação, indicamos a nossa Seção de Dicas para passar em Concurso Público. Nela você encontrará artigos com valiosas dicas para colocá-lo mais próximo da sua aprovação, como por exemplo:

 

 

Prefere dicas em vídeo? Acesse nossa seção com dicas de concursos, melhores cursos preparatórios, guia do primeiro concurso e muito mais!

 

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. É sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a sua área de atuação. Veja algumas opções realmente boas:

 

Concursos EstratégiaO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, conta com um material de qualidade e professores renomados. Se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é certamente sua melhor opção.

 

 

Gran Cursos onlineO Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. Tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Se você quer um curso com bom histórico de aprovação, além da possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 

Concurso Exponencial

O Exponencial é mais uma excelente opção. O curso é voltado para o aprendizado acelerado e também oferece serviço de coaching 100% especializado.

 

Quer conhecer outras opções? Confira no link a seguir:

 

Melhores Cursos Online para Agilizar sua Aprovação!

 

Agora que você já sabe tudo sobre os concursos militares 2019, é hora de dar aquele gás na sua preparação. Para mais dicas e análises, acompanhe também as nossas redes  sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

 

Bons estudos!

Gostou do artigo?
[Total: 1 Average: 5]


Planilha de Estudos

Inscreva-se agora para baixar gratuitamente a Planilha definitiva de Estudos!

Confirme seu e-mail e baixe a planilha!