fbpx

Guia rápido para o concurseiro inicianteVocê, concurseiro iniciante, quer ser aprovado em um concurso público para espantar o fantasma do desemprego ou a essa insegurança financeira? 

A gente sabe como é! 

Sabemos também que, às vezes, é bem complicado mesmo saber por onde começar. 

Talvez você até já esteja estudando, mas anda meio perdido, quer saber se está mesmo no caminho certo.

Para lhe ajudar nesse sentido, preparamos uma checklist de competências emocionais e técnicas que você precisa ter.

Além disso, falaremos sobre a maneira certa de executar o seu plano para ser aprovado em um concurso público.

Quer saber mais?

Vamos lá!

 

 

 

Confira o guia rápido para o concurseiro iniciante

 

Como dito anteriormente, é preciso que o concurseiro iniciante tenha algumas competências emocionais e técnicas para ser aprovado. 

Para isso, é preciso ser realista.

Assim, você deve decidir em que time quer jogar: o time dos 90% que não têm coragem ou determinação para mudar ou dos 10% que vão dar tudo si, com muita determinação.

Se você decidiu que será do time dos 10%, muito bem! Mas saiba que não é um caminho fácil.

É importante fazer uma análise profunda de sua rotina, seus hábitos, de si próprio. 

Mas, definido o rumo, você estará cada dia mais próximo da sonhada vaga no serviço público!

Acompanhe o post para saber como!

 

Competências emocionais

 

Essas são as competências mais delicadas, aquelas que as pessoas, em geral, não gostam de encarar, porque têm medo do que virá à tona. 

Vamos a elas!

 

Aprender a perder

 

A primeira competência para ser aprovado em um concurso público é aprender a perder. 

Isso mesmo!

O concurso é uma competição, e não uma competição com outro jogador ou com outro time de 10, 11 jogadores.

Na verdade, é uma competição entre você e 50, 60 mil “jogadores”. 

Nos esportes as pessoas aceitam que perder é normal, que faz parte.

Mas nos concursos, encaram como se fosse a pior coisa do mundo, algo horrível e irremediável.

Contudo, é justamente aprendendo a perder, a ser reprovado, que você vai conseguir se reavaliar e, muito provavelmente, em pouco tempo você vai conseguir ser aprovado.

Então, você entender que está  em uma competição e que “perder” faz parte é uma competência emocional que exige muita maturidade, mas que pode ser desenvolvida.

 

Ter confiança na sua capacidade de aprendizado

 

Essa é uma competência essencial para ser aprovado.

Isso porque quando você está aprendendo conteúdo novo — e estudando para concurso você aprende muita coisa nova sempre! — pode haver muita confusão, parece que você nunca vai entender, nunca vai “entrar” na sua cabeça. 

Assim, muitas pessoas acabam se achando burras, incapazes.

Mas você precisa entender que essa é fase é de confusão mesmo, não só para você, mas para todo mundo.

E sentir a autoestima baixa é parte do processo.

O importante é não deixar de trabalhar e trabalhar o seu emocional para aceitar esse momento turbulento.

Certamente, muito em breve as informações estarão internalizadas e você vai conseguir compreender o conteúdo. 

 

Aprender a lidar com as expectativas e as críticas

 

Lidar com críticas e as expectativas dos outros é muito difícil, não só para o concurseiro iniciante, mas para qualquer pessoa.

Então, você vai ter que entender que você vai ter parente ou conhecido, que vai questionar se isso mesmo que você quer fazer da sua vida ou se você tem capacidade para tanto.

Dessa forma, você vai ter que simplesmente parar de se importar com a opinião dessas pessoas. É estranho, mas é a saída para não ficar sofrendo.

Não é preciso ter vergonha de uma reprovação!

Muita gente fica neurótica pensando nas desculpas que vai dar para não “decepcionar” ou não ficar com uma imagem ruim. 

Mas entenda que a maioria das pessoas que você tem vergonha de falar de uma reprovação são pessoas que não se importam realmente com você e você simplesmente está imaginando coisas que não existem.

Então, aprenda a não dar tanta importância para o que pensam de você e apenas siga seu caminho tranquilamente.

 

Afastar-se de “sugadores de energia”

 

No processo de estudos para o concurso, outra competência será saber criar escudos contra “sugadores de energia”.

O que é isso?

Bem, são pessoas que, por suas características pessoais e emocionais, acabam não lhe incentivando, mas apenas trazendo informações ruins, maus sentimentos e dúvidas.

A sugestão aqui é: se essa pessoa não é sua amiga, não é importante para sua vida, apenas se afaste.

Se é alguém que você ama, que você gosta (sim, isso acontece muito!), crie escudos para que aquela negatividade não atrapalhe seu desempenho.

 

Desenvolver a automotivação

 

O estudo para concurso é cansativo, longo e, muitas vezes, você vai pensar que isso não é para você. E é nesses momentos que você precisa se lembrar de porquê começou a estudar e qual é o seu sonho, o que você deseja.

É preciso buscar sua própria motivação: é a estabilidade financeira? Você faz planos de viajar? Quer casar? Comprar uma casa? 

Enfim, é preciso ter em mente, com clareza, o que levou você a desejar a estabilidade do concurso público. Ou seja, quando estiver desanimado, quase desistindo, vai ter que achar mecanismo que lhe motivem. 

Pode ser, ainda, um livro de autoajuda ou um vídeo motivacional, seja o que for.

Encontre seus meios para se manter firme na luta.

 

Ter equilíbrio

 

Manter o equilíbrio é fundamental, então você vai ter que descobrir a sua maneira de conciliar estudos com a sua saúde física, mental e emocional.

Nesse pacote, claro, há muitas coisas: boa alimentação, exercícios físicos regulares, um sono de qualidade, um tempo com os amigos e a família.

Enfim, não dá para parar toda a sua vida.

Claro, após o lançamento do edital, próximo às provas, a rotina fica mais puxada e a dedicação é quase exclusiva.

Porém, afora esse período, é preciso buscar formas de equilíbrio, ou seu organismo não irá suportar. 

Equilíbrio exige esforço, porque as pessoas, normalmente, costumam querer compensar os estudos com o excesso de alguma outra coisa. 

 

Acabar com medos e frustrações

 

Muitas pessoas acabam achando que nada dá certo pra elas, que elas são vítimas de tudo, que todo mundo nasceu voltado pra lua menos elas.

Se você tiver essa mentalidade, você não vai conseguir  estudar para concurso, pois vai achar que também não vai dar certo.

Então, você vai ter que criar maneiras para acabar com essa pena de si mesmo.

Tudo bem, eventualmente essas coisas acontecem com todo mundo, quando algo dá errado, mas não podem ser tornar recorrentes.

Se lamentar e achar um coitado o tempo todo não vai levar você a lugar algum.

É preciso mudar essa mentalidade emocional.

 

Aprender a lidar com a procrastinação

 

O concurseiro iniciante também vai ter que desenvolver uma capacidade de lidar com a procrastinação.

Ou seja, aquele sentimento de quando você não quer estudar, não fazer as coisas não porque está com preguiça, mas porque tem algo emocional impedindo.

Ou você imagina que você não merece aprovado em concurso público ou no fundo você acha que não tem capacidade, você tem medo de decepcionar as pessoas. Enfim, os motivos variam, mas em geral são de fundo emocional.

Assim, você vai empurrando com a barriga aquela decisão, aquela atividade, gerando culpa, virando uma bola de neve. 

Nesse contexto, é preciso encontrar uma maneira de lidar com essas emoções e buscar a resposta para esse problema dentro de você. Encare  suas emoções de frente!

 

Separar sua identidade da sua competência da aprovação

 

Você também vai ter que entender que ser aprovado em concurso público não é um certificado de inteligência, de capacidade, e não tem relação com a sua identidade como pessoa. 

Você ser uma pessoa boa, inteligente, de sucesso, não tem nada a ver com ser aprovado.

Sua identidade, aquilo que é enquanto ser humano, é que lhe define e o que importa.

Então, acabe com essa mentalidade de que o concurso público vai ser um carimbo de sucesso. Com isso, irá até mesmo tirar um peso das suas costas e facilitar o processo. 

 

Entender projetos de longo prazo

 

Vivemos em um mundo imediatista, em que tudo está muito resumido. Então essa é uma capacidade das mais difíceis de desenvolver.

Contudo, um concurso nunca é um projeto rápido, ao contrário, é bastante longo. Você não será aprovado vendo vídeos de um minuto ou em tempo recorde. Você terá que se dedicar por um longo período para alcançar o êxito. Vai ter que ler textos longos, fazer muitos exercícios, provas antigas, ver várias videoaulas. 

Para você ter uma ideia, há estimativas de que para você ser aprovado em um concurso com salário acima de R$ 10 mil é preciso estudar entre 1300 e 2000 horas. Ou seja, são anos de estudos!

Se considerar alguém que tem entre 25 e 40 horas livre por semana para estudar, a aprovação pode vir em cerca de um ano. Porém, essa não é a realidade da maioria das pessoas.

Claro, concursos com salários menores, como de prefeituras, não requerem tanto esforço. Mas se você pretende ter um salário melhor, mais robusto, essa é a realidade.

Então, você vai ter que desenvolver a capacidade emocional de entender que o concurso público é um projeto de longo prazo.

De qualquer maneira, tudo que envolve emoções é mais delicado.

Caso você esteja com muita dificuldade em algum aspecto, considere procurar a ajuda de um profissional. Seja psiquiatra, psicólogo, coach, mentor, o que fizer sentido e funcione para você. 

A preparação para concurso público é mesmo um caminho difícil e você não precisa trilhá-lo sozinho.

 

Capacidades técnicas 

 

Agora confira algumas capacidades técnicas, que você pode desenvolver com a prática. Muitas delas necessitam de testes para que você encontre seu perfil e o que funciona melhor no seu dia a dia.

Saiba quais são!

 

Aprender a aprender 

 

A maioria das pessoas, inclusive concurseiros mais experientes, não sabe realmente o que é aprender.

Muitos acham que apenas ler no PDF e fazer grifos e alguns resumos e revisões é o suficiente para aprender.

Entretanto, aprender exige algo muito mais complexo.

A sugestão aqui é que, antes de começar a estudar para concurso público, dedique um tempo para conhecer e testar algumas técnicas de estudo acelerado e entender como funciona a memória.

Quando você entender como tirar a  informação da memória de curto prazo e colocar na memória de longo prazo, vai ter um avanço muito grande. Lembrando que cada pessoa é diferente, e uma técnica que funciona pra uma pode não ser tão eficiente para outra.

 

Conhecer a sua carreira dos sonhos

 

Quando você escolhe estudar para concurso público, precisa escolher uma área, porque se não o fizer, vai ficar muito perdido, uma vez que o estudo fica muito abrangente. 

Pode ser a área fiscal, área jurídica se você é formado em Direito, uma área administrativa ou, ainda, militar. Enfim, são muitas as opções e você precisa entender como funcionam aquelas carreiras, porque às vezes a gente imagina uma coisa e a carreira é totalmente diferente.

Você imagina que um fiscal da Receita desempenha determinada função, mas descobre que no dia a dia não é bem assim. Ou que um policial tem um dia a dia cheio de emoção e, na verdade, ele passa o dia inteiro no escritório.

Então, a sugestão é buscar informação em diversas fontes: leia entrevistas de profissionais, assista vídeos sobre a área. Aqui mesmo no Próximo Concursos temos sempre manuais que explicam um pouco as atribuições de cada carreira. 

 

Fazer revisões de concurso 

 

Outra competência importante para concurseiros iniciantes é aprender a fazer revisão, que já é uma técnica de estudo e um dos pilares dos aprovados.

Nesse sentido, é importante também que você aprenda  a técnica de resolução de questões de concursos anteriores. Isso porque se você estudar provas anteriores de concurso com inteligência, o seu aprendizado irá acelerar muito.

Porém, lembre-se que será preciso dedicar um tempo ao entendimento de como funcionam essas técnicas. Não basta responder as questões, você precisa entender o enunciado e, se errou, saber onde precisa melhorar.

 

Aprender a organizar e planejar 

 

planejamento concurso publico

Na preparação para o concurso você vai ter muito material de estudo e será preciso organizá-lo de acordo com o seu tempo disponível. Sendo assim, é essencial encontrar um método de controle.

Você pode usar planilhas ou algum programa de computador para anotações (como evernote, por exemplo).

Há também aplicativos ou, quem sabe, até mesmo um método mais tradicional, com uma agenda. 

Você pode testar a técnica pomodoro ou ciclo de estudos para gerenciar melhor o tempo e otimizar o seu cronograma. 

Enfim, é importante dar atenção ao planejamento e organização dos estudos. Esse tempo que você vai “perder”, ganhará de volta estudando com mais qualidade.

 

Aprender a estudar com estratégia

 

É fundamental estudar com estratégia.

Então, se você é concurseiro iniciante, não comece estudando todas as matérias. 

Vá com calma, comece estudando Língua Portuguesa, Matemática, Raciocínio Lógico, Informática, enfim, aquelas disciplinas comuns a todos os concursos e que são básicas.

Depois que você dominou as matérias básicas, passe, então, para as específicas ou mais complexas, aprofundando conhecimentos em Direito, Administração etc. 

Uma vez dominadas as matérias básicas, você vai ampliar seu leque de possibilidades e vai estudando conforme os concursos vão aparecendo, fazendo pequenos ajustes na preparação. 

 

Escolher um bom material

 

Neste quesito podemos lhe ajudar diretamente! Isso porque anualmente fazemos o ranking dos melhores cursos preparatórios. Você vai saber como cada um funciona e escolher o que se adequa aos seu bolso e suas necessidades.

Também é importante entender qual o seu perfil de estudante: gosta mais de leituras ou vídeos? Tem um melhor entendimento com apostilas ou aulas expositivas? Enfim, é preciso analisar seu desempenho e as opções disponíveis com a qualidade e que você precisa para dar o “match”.

Você agora já sabe quais as competências emocionais e técnicas que precisa, é essencial pensar em como você vai executar todo esse plano para conseguir ser aprovado no concurso.  

Aqui é importante reforçar que talvez o que funciona com seu colega não necessariamente trará bons resultados para vocês. 

Uma pessoa pode achar um livro excelente para aprender matemática, mas você só consegue aprender com uma videoaula. Talvez alguém consiga gravar todo o conteúdo fazendo um resumo em forma de tópicos, mas você só consegue aprender com outra técnica. Um método de organização que funciona para A não funciona para B.

Enfim, você necessariamente deverá fazer testes, em um exercício de autoconhecimento para descobrir o que funciona para você, descobrir o seu jeito de estudar, se organizar e planejar..

Lembre também de encontrar o seu jeito de se organizar emocionalmente. Não tenha medo de buscar ajuda se precisar, seja de um profissional da Saúde, um coaching, um amigo para desabafar, um livro de autoajuda, etc.

Tente ainda fazer metas semanais de produtividade. Não comece planejando um mês inteiro, vá aos pouco, com as ferramentas que achar melhor.

Atente à saúde física e mental e, de tempos em tempos, reavalie a sua caminhada.

Veja onde está acertando e errando para fazer os ajustes necessários. Sempre que entender que algo não está funcionando, elimine e recomece.

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. Afinal, é sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a área ou cargo pretendido.

Desse modo, veja algumas opções realmente boas:

 

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. De fato, tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Assim, se você quer um curso com bom histórico de aprovação, e a possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 

Estratégia ConcursosO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, pois conta com um material de qualidade e professores renomados. Ou seja, se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e, além disso, não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é, com efeito, sua melhor opção.

 

O Exponencial é mais uma excelente alternativa. Igualmente aos demais cursos, é voltado para o aprendizado acelerado, mas oferece ainda o interessante serviço de coaching 100% especializado.

 

Quer conhecer outras opções? Confira no link a seguir:

 

Melhores Cursos Online para Agilizar sua Aprovação!

 

Se você é concurseiro iniciante e precisa de ajuda na preparação, confira outras dicas, ferramentas, orientações, manuais e novidades também nas nossas redes sociais. Estamos no Facebook, Twitter e Instagram.

Acesse também o vídeo completo que fizemos sobre o assunto no nosso canal do Youtube, clicando aqui.

Bons estudos e boa sorte!

Planilha de Estudos

Planilha de Estudos

Com essa planilha você vai poder calcular automaticamente seu tempo ideal de estudos.

Ela foi criada com base no Método PQF para calcular o quanto você tem que estudar, levando em conta o peso de cada matéria, quantidade de horas necessárias e facilidade que você tem sobre cada uma.

Abra seu e-mail e baixe agora mesmo sua planilha (não esqueça de procurar no SPAM).