proximos concursos

Concurso MAPA: Edital publicado com 520 vagas com salário de até R$ 15.897,33

Concurso ISS Porto Alegre

Sumário

Tem interesse no Concurso MAPA?

 

Então pode comemorar e acelerar os estudos!

Foi publicado o edital do Concurso Nacional Unificado (o ENEM dos Concursos), que abrange os concursos dos órgãos federais.

E para o MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento estão sendo ofertadas 440 vagas para cargos de níveis médio e superior, com salário de até R$ 15.897,33.

Fique por aqui para conferir as principais informações dessa excelente oportunidade:

 

  • Vagas: 520 vagas
  • Cargos:
    • Agente de Atividades Agropecuárias
    • Agente de Inspeção Sanitária e Industrial de Produtos de Origem Animal
    • Técnico de Laboratório
    • Auditor Fiscal Federal Agropecuário
    • Analista em Ciência e Tecnologia
    • Tecnologista
  • Formação: níveis médio e superior
  • Salário inicial: De R$ 5.211,48 a R$ 15.897,33
  • Inscrições: de 19/1/2024 a 9/2/2024
  • Taxa: R$ 60,00 (nível médio) e R$ 90,00 (nível superior)
  • Provas: 5/5/2024
  • Banca: Cesgranrio

 

Qual o passo a passo para participar?

 

  • – Escolher o bloco temático
  • 2º – Escolher os cargos
  • 3º – Ordenar preferência entre os cargos
  • 4º – Ordenar preferência das especialidades

O candidato poderá concorrer a todos os cargos dentro do bloco temático.

 

Como se inscrever?

 

Os interessados poderão se inscrever do dia 19 de janeiro ao dia 09 de fevereiro de 2024.

Para isso é necessário acessar sua conta na plataforma Gov.br, em seguida preencher os formulários e anexar os documentos exigidos no edital.

No momento da inscrição, o candidato fará a escolha pelas carreiras, que estarão divididas em oito blocos temáticos.

Cada bloco reúne as carreiras que possuem semelhanças entre si.

As inscrições devem feitas pelo próprio candidato e apenas pela plataforma Gov.br. Serão aceitos todos os níveis de conta na plataforma Gov.br (ouro, prata ou bronze).

A taxa de inscrição é de R$ 60,00 para cargos de nível médio e R$ 90,00 para cargos de nível superior.

Isenção da taxa de inscrição:

  • Candidatos que integram o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico)
  • Aqueles que cursam ou cursaram faculdade pelo Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) ou pelo Programa Universidade para Todos (ProUni)
  • Aqueles que realizaram transplante de medula óssea

 

Quais as vagas?

 

As vagas estão distribuídas entre os seguintes cargos:

No bloco 1 serão disponibilizadas 2 vagas para o cargo de Analista em Ciência e Tecnologia; no bloco 2 serão 20 vagas para Analista de Ciência e Tecnologia; no bloco 3 serão 200 vagas para Auditor Fiscal Federal Agropecuário; no bloco 7 serão 18 vagas para Analista em Ciência e Tecnologia; e no bloco 8 serão disponibilizadas 240 vagas para nível médio e técnico para agentes de atividades agropecuárias, inspeção sanitárias e técnicos de laboratório. Ainda, para o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), órgão vinculado ao Mapa, serão disponibilizadas 40 vagas no bloco 3 para Tecnologista.

 

Qual o salário?

 

O salário inicial para os cargos ofertados é de:

 

Agente de Atividades Agropecuárias R$ 7.436,29
Agente de Inspeção Sanitária e Industrial de Produtos de Origem Animal R$ 7.436,29
Técnico de Laboratório R$ 7.436,29

 

Auditor Fiscal Federal Agropecuário R$ 15.897,33
Analista em Ciência e Tecnologia R$ 6.662,68 (Bloco 2)

R$ 5.211,48 (Bloco 7)

Tecnologista R$ 5.211,48

Onde serão aplicadas as provas?

 

As provas serão aplicadas no dia 05 de maio em todas as Unidades da Federação, totalizando 220 cidades.

 

Concurso Nacional Unificado  Municípios
Região Norte 40 municípios
Região Nordeste 60 municípios
Região Centro-oeste 22 municípios
Região Sudeste 68 municípios
Região Sul 27 municípios

 

Quais os municípios?

 

Região Sul

  • Paraná: Cascavel, Curitiba, Guarapuava, Londrina, Maringá, Paranaguá, Ponta Grossa, Umuarama e São José dos Pinhais;
  • Rio Grande do Sul: Bagé, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santo Ângelo, Uruguaiana e Farroupilha;
  • Santa Catarina: Caçador, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e São José.

Região Sudeste

  • Espírito Santo: Cachoeira do Itapemirim, Colatina, São Mateus, Vitória, Vila Velha e Serra Velha;
  • Minas Gerais: Almenara, Araçuaí, Araxá, Belo Horizonte, Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Ituiutaba, Janaúba, Januária, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Muriaé, Paracatu, Passos, Patos de Minas, Pirapora, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia, Betim e Contagem;
  • Rio de Janeiro: Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Volta Redonda, Niterói, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, São Gonçalo, São João de Meriti e Belford Roxo;
  • São Paulo: Araçatuba, Bauru, Campinas, Itapeva, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Caçapava, Guarulhos, Hortolândia, Jacarei, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Paulinia, Santo Andrá, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Taboão da Serra, Valinhos e Vinhedo.

Região Centro-Oeste

  • Distrito Federal: Brasília;
  • Goiás: Catalão, Goianésia, Goiânia, Iporá, Itumbiara, Mineiros, Porangatu, Rio Verde e Aparecida de Goiânia;
  • Mato Grosso do Sul: Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas;
  • Mato Grosso: Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra e Várzea Grande.

Região Nordeste

  • Alagoas: Arapiraca e Maceió;
  • Bahia: Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Brumado, Eunápolis, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Jacobina, Jequié, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista, Lauro de Freitas e Camaçari;
  • Ceará: Crateús, Fortaleza, Iguatu, Juazeiro do Norte, Quixadá, Sobral, Caucaia e Maracanau;
  • Maranhão: Bacabal, Balsas, Caxias, Chapadinha, Imperatriz, Pinheiro, Presidente Dutra, Santa Inês e São Luís;
  • Paraíba: Campina Grande, João Pessoa, Patos e Sousa;
  • Pernambuco: Caruaru, Garanhuns, Petrolina, Recife, Serra Talhada, Olinda e Jaboatão dos Guararapes;
  • Piauí: Bom Jesus, Corrente, Floriano, Parnaíba, Picos, São Raimundo Nonato e Teresina;
  • Rio Grande do Norte: Caicó, Mossoró, Parnamirim e Natal;
  • Sergipe: Aracaju e Itabaiana.

Região Norte

  • Acre: Cruzeiro do Sul e Rio Branco;
  • Rondônia: Ariquemes, Ji-Paraná, Porto Velho e Vilhena;
  • Roraima: Boa Vista; e Rorainópolis;
  • Amapá: Laranjal do Jari, Macapá e Oiapoque;
  • Tocantins: Araguaína, Gurupi e Palmas;
  • Amazonas: Coari, Itacoatiara, Lábrea, Manaus, Manicoré, Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga, e Tefé;
  • Pará: Altamira, Belém, Bragança, Breves, Cametá, Itaituba, Marabá, Monte Alegre, Oriximiná, Paragominas, Parauapebas, Redenção, Santana do Araguaia, Santarém, São Félix do Xingu, Tucuruí e Ananindeua.

 

Como serão as provas?

 

As provas serão compostas pelas

 

Turno matutino (2h30 de prova)

  • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimento específico do bloco;
  • Nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação.

Turno vespertino (3h30 de prova)

  • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões);
  • Nível médio: provas objetivas (40 questões).

 

Cronograma Completo

 

 

Acesse os editais completos:

 

Edital bloco temático 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias

Edital bloco temático 2 – Tecnologia, Dados e Informação

Edital bloco temático 3 – Ambiental, Agrário e Biológicas

Edital bloco temático 4 – Trabalho e Saúde do Servidor

Edital bloco temático 5 – Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos

Edital bloco temático 6 – Setores Econômicos e Regulação

Edital bloco temático 7 – Gestão Governamental e Administração Pública

Edital bloco temático 8 – Nível Intermediário

 

 

 

 

 

 

 

Concursos e Processos Seletivos Anteriores – MAPA

 

Estão encerradas as inscrições do Processo Seletivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Estão sendo ofertadas 79 vagas imediatas + 237 para formação de cadastro de reserva para cargos de níveis fundamental, médio e superior.

As provas estão previstas para o dia 10 de dezembro de 2023.

 

Vagas: 316

Cargos: Diversos

Formação: Níveis fundamental, médio/técnico e superior

Salário:De R$ 4.000,00 a R$ 6.130,00

Inscrições: De 08 a 17 de novembro de 2023 (encerradas)

Taxa de inscrição: De R$ 80,00 a R$ 110,00

Provas: 10/12/2023

Banca: Instituto Verbena

 

Tem interesse? Fique por aqui e confira as principais informações dessa excelente oportunidade:

 

Quais as vagas?

 

As vagas estão distribuídas entre os seguintes cargos:

 

 

Quais as etapas?

 

Os candidatos serão avaliados através das seguintes etapas:

 

Concurso MAPA

 

Como são as provas?

Análise Curricular

 

Atividades

  • Experiência de trabalho na área laboratorial (mínimo 1 ano): Valor – 15 (Área Laboratorial em Saúde Animal), 10 (Outras Áreas)
  • Estágio ou Monitoria (mínimo 1 ano): Valor – 10 (Área Laboratorial em Saúde Animal), 5 (Outras Áreas)
  • Participação em Seminários, Palestras, Jornadas, Encontros e Congressos (mínimo 03 participações): Valor – 5 (Área Laboratorial em Saúde Animal), 2.5 (Outras Áreas)

Formação

  • Curso de Boas Práticas Laboratoriais: Valor – 15 (Área Laboratorial em Saúde Animal), 10 (Outras Áreas)
  • Curso Técnico da área de Biotecnologia, Análises Clínicas, Farmácia, Laboratório de Ciências da Natureza ou Agropecuária: Valor – 20 (igual/superior a 1 ano). Não pontua.
  • Capacitação na Norma ISO/IEC 17025: Valor – 15 (Área Laboratorial em Saúde Animal), 10 (Outras Áreas)
  • Capacitação área laboratorial biocontida: Valor – 20 (Área Laboratorial em Saúde Animal), 10 (Outras Áreas)
  • Curso de Auxiliar de Laboratório ou Auxiliar de Análise Clínicas: Valor – 20 (igual/superior a 1 ano). Não pontua.

 

Prova Objetiva

 

As provas serão compostas pelas seguintes matérias / disciplinas:

  • Língua Portuguesa: 10 questões
  • Matemática: 5 questões
  • Língua Inglesa: 5 questões
  • Legislação Geral: 10 questões
  • Conhecimentos Específicos de acordo com a área pretendida: 35 questões

 

Acesse o edital completo:

 

 

O último edital foi publicado em 2022 e ofertou 60 vagas temporárias imediatas + 300 para formação de cadastro reserva destinadas às áreas de Atividades Técnicas de Complexidade Gerencial, de Tecnologia da Informação e Engenharia Sênior, todas com exigência de nível superior e salário inicial de R$ 8.300,00.

As vagas estão distribuídas entre os seguintes cargos e áreas:

  • Analista de Dados – 9 + 45 CR
  • Especialista em Governança de Dados – 2 + 10 CR
  • Analista em Business Intelligence – 5 + 25 CR
  • Cientista de Dados – 2 + 10 CR
  • Especialista em BigData – 2 + 10 CR
  • Engenheiro de IA – 2 + 10 CR
  • Analista em Interoperabilidade – 9 + 45 CR
  • Arquiteto em Soluções – 3 + 15 CR
  • Especialista em DevOps – 2 + 10 CR
  • Analista de Infraestrutura de TIC – 6 + 30 CR
  • Analista de Processo – 1 + 5 CR
  • Analista de Negócios (Gerente de Projetos de Soluções de TIC) – 14 + 70 CR
  • Analista de Segurança da Informação – 3 + 15 CR

 

Acesse o edital completo no site da banca:

 

 

Concurso MAPA 2017

 

No ano de 2017 foram realizados 2 concursos, ofertando um total de 600 vagas para Auditor Fiscal Federal Agropecuário – Médico Veterinário, sendo 300 temporárias e 300 efetivas. A banca organizadora foi a ESAF.

Quais os requisitos exigidos nos últimos concursos?

 

Dentre outros requisitos especificados em edital, foi exigido dos candidatos nível superior completo em Medicina Veterinária, bem como registro ativo nos Conselhos Regionais ou Federal de Medicina Veterinária (CRMV ou CFMV).

 

Qual a remuneração?

 

As remunerações iniciais foram de:

 

  • Vagas temporárias (Profissionais de Inspeção Veterinária): R$ 6.710,58, para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.
  • Vagas efetivas (Auditor Fiscal Federal Agropecuário – Médico Veterinário): R$ 14.584,71, para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Quais as atribuições do cargo?

 

Auditor Fiscal Federal Agropecuário – Médico Veterinário

Atuar nas áreas de auditoria e fiscalização, desde a fabricação de insumos, como vacinas, rações, sementes, fertilizantes, agrotóxicos etc., até o produto final, como sucos, refrigerantes, bebidas alcoólicas, produtos vegetais (arroz, feijão, óleos, azeites etc.), laticínios, ovos, mel e carnes.

 

Profissionais de Inspeção Veterinária – Médico Veterinário

Realização de inspeção ante e post mortem em animais das diferentes espécies de açougue e de caça, que envolvem avaliação documental, do comportamento, e do aspecto do animal e dos sintomas de doenças de interesse de saúde animal e saúde pública, podendo ainda envolver exame clínico, necropsia ou outros procedimentos visando sua destinação. Compreende, ainda, a observação, palpação, incisão e olfação de carcaças e suas partes, visando sua destinação, bem como deslocamento em plataformas altas e baixas em fluxo contínuo de produção e a necessidade de comunicação entre pares em local com alto nível de ruído. Emitir a documentação correlata exclusivamente às atividades de inspeção ante e post mortem.

 

Quais as etapas do concurso?

 

Os candidatos foram avaliados através das seguintes etapas:

  • Prova Objetiva de conhecimentos específicos, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Análise de Títulos e Experiência Profissional, de caráter classificatório.

 

Qual foi a lotação?

 

As vagas foram distribuídas entre os seguintes Estados: Acre, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Tocantins e Distrito Federal.

 

 

Quais as matérias / disciplinas que caíram nas provas?

 

  • Assuntos Específicos

Inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal:

  1. Inspeção industrial e sanitária dos produtos de origem animal (Lei nº 1.283, de 18 de dezembro de 1950 e Lei nº 7.889, de 23 de novembro de 1989).
  2. Regulamentação da Lei nº 1.283, de 18 de dezembro de 1950 e Lei nº 7.889, de 23 de novembro de 1989 (Decreto nº 9.013 de 29 de março de 2017 e alteração introduzida pelo Decreto nº 9.069 de 31 de maio de 2017).
  3. Normas técnicas de instalações e equipamentos para abate e industrialização de suínos (Portaria 711 de 1° de novembro de 1995).
  4. Regulamento Técnico da Inspeção Tecnológica e Higiênico-Sanitária de Carne de Aves (Portaria n° 210 de 10 de novembro de 1998).
  5. Controle e monitoramento de Salmonella spp. nos estabelecimentos avícolas comerciais de frangos e perus de corte e nos estabelecimentos de abate de frangos, galinhas, perus de corte e reprodução, registrados no Serviço de Inspeção Federal (Instrução Normativa nº 20 de 21 de outubro de 2016).
  6. Procedimentos de Controle da Listeria monocytogenes em produtos de origem animal prontos para o consumo (Instrução Normativa nº 09, de 08 de abril de 2009).
  7. Regulamento Técnico sobre as condições Higiênico-Sanitárias e de Boas Práticas de Fabricação para Estabelecimentos Elaboradores/Industrializadores de Alimentos (Portaria nº 368, de 04 de setembro de 1997).
  8. Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle – APPCC a ser implantado, gradativamente, nas indústrias de produtos de origem animal sob o regime do Serviço de Inspeção Federal – SIF (Portaria nº 46, 10 de fevereiro de 1998).
  9. Patógenos de interesse de saúde pública implicados em surtos alimentares por consumo de produtos de origem animal.
  10. Regulamento Técnico de métodos de insensibilização para o abate humanitário de animais de açougue (Instrução Normativa n° 03, de 17 de janeiro de 2000).

 

  • Conhecimentos Básicos

Português

1.Compreensão textual. 2. Ortografia. 3. Semântica. 4. Morfologia. 5. Sintaxe. 6. Pontuação. 7. Manual de Redação Oficial da Presidência da República.

Inglês ou Espanhol

  1. Gramática. 2. Intepretação de texto técnico de inspeção de produtos de origem animal.

 

Direito Constitucional

  1. Direitos e garantias fundamentais. 1.1. Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, direitos de nacionalidade, direitos políticos, partidos políticos. 2. Organização político-administrativa do Estado. 2.1. Federalismo brasileiro: União, Estados, Distrito Federal, Municípios e Territórios Federais. Administração pública. 3.1. Disposições gerais, servidores públicos.4.Poder Executivo.

 

Direito Administrativo

  1. Regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais (Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990). 2. Processo administrativo no âmbito da Administração Pública Federal (Lei nº 9.784, de 29 de janeiro 1999). 3. Prazo de prescrição para o exercício de ação punitiva pela Administração Pública Federal (Lei nº 9.873, de 23 de novembro de 1999).}  Sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional. (Lei nº 8.429, de 02 de junho de 1992). 5. Normas de conduta dos servidores públicos civis da União (Lei n° 8.027 de 12 de abril de 1990).

 

Ética Pública

  1. Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal (Decreto nº 1.171 de 22 de junho de 1994).

 

Informática Básica

  1. Sistema operacional: ambientes Windows. 2. Conceitos de Internet e Intranet. 2.1. Utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a Internet e Intranet. 3. Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de busca e pesquisa. 4. Aplicativos para edição de textos e planilhas, geração de material escrito e multimídia (BrOffice e Microsoft Office). 5. Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas.

 

Provas e Editais

 

 

 

Quer dicas para passar em Concurso Público?

 

Para otimizar ou iniciar sua preparação, indicamos a nossa Seção de Dicas para passar em Concurso Público. Nela você encontrará artigos com valiosas dicas para colocá-lo mais próximo da sua aprovação, como por exemplo:

 

Prefere dicas em vídeo? Acesse nossa seção com dicas de concursos, melhores cursos preparatórios, guia do primeiro concurso e muito mais!

 

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. Afinal, é sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a área ou cargo pretendido.

Desse modo, veja algumas opções realmente boas:

 

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. De fato, tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Assim, se você quer um curso com bom histórico de aprovação, e a possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 

Estratégia ConcursosO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, pois conta com um material de qualidade e professores renomados. Ou seja, se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e, além disso, não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é, com efeito, sua melhor opção.

 

Quer conhecer outras opções? Confira no link a seguir:

 

Tenha acesso a outras notícias e artigos. Curta nosso site no FacebookTwitterInstagram e Youtube!

Conte com a gente e bons estudos!!!

Fique bem informado

Acompanhe o melhor canal com vídeos com dicas de estudos e notícias sobre concursos públicos.

Veja nossos Web Stories

Motivação: O Segredo para a Aprovação em Concursos Públicos

plugins premium WordPress