fbpx

revisão para concursosPor vezes negligenciada por quem estuda, a revisão para concursos é parte fundamental da preparação.

Isso porque é nessa etapa que nosso cérebro registra as informações na memória de longo prazo. Ou seja, que a gente internaliza, de fato, o conteúdo.

Revisar o material faz com que as informações sejam fixadas na mente e, assim, você possa driblar a chamada “curva do esquecimento”.

Segundo essa teoria, se você não revisar, daqui a dois meses só vai lembrar cerca de 10% do que aprendeu.

Isso mesmo: apenas 20 minutos depois de ter lido algo, seu cérebro já esqueceu por volta de 42% das informações. Em 24 horas, esse percentual sobre para 67%. Em um mês, 79%. Em dois meses, já se forma 90% das informações!

Mas há algumas maneiras de potencializar suas revisões para concursos e conseguir ainda melhores resultados.

Quer saber como? Fica aqui com a gente e segue o post!


Confira 5 melhores dicas de revisão para concursos

1 – Organize a sua revisão

Para que uma revisão para concursos seja efetiva, ela precisa também ser periódica. De nada vai adiantar revisar uma única vez, alguns dias antes da prova, por exemplo. Portanto, crie um cronograma que faça sentido dentro da sua rotina para as revisões.

O ideal é que você faça a chamada repetição espaçada, que pode ser assim:

  • Uma primeira revisão em torno de 24 horas depois de ter estudado um conteúdo.
  • A segunda revisão pode ficar para cerca de uma semana depois.
  • A terceira pode ser feita depois de um mês.
  • A partir daí, o intervalo pode ser fixo.

Contudo, é preciso avaliar como você se sai, aumentando ou diminuindo esses períodos, pois não há uma regra fixa nesse sentido. O mais importante é, a cada revisão, verificar o que pode sair da sua lista e o que deve permanecer.

2 – Faça bons resumos

Os resumos são a sintetização e consolidação do seu aprendizado a longo prazo. E, claro, servirão de apoio nas revisões, podendo ser utilizado outras vezes, em concursos futuros, por exemplo. Sendo bem feitos, são apoios muito mais interessantes que simples anotações, que são apenas destaques, sem um contexto elaborado por trás.

É importante que o resumo traga anotações feitas com suas próprias palavras, uma vez que isso ajuda a ativar links mentais que vão facilitar a memorização. Sintetize  o conteúdo em arquivos físicos (em fichas, por exemplo) ou virtuais (em pastas no computador) ajuda a deixar o material facilmente disponível para leitura e futuros apontamentos.

3 – Aprenda a grifar o texto

escrever resumo marca texto grifarPode parecer muito básico, ou até mesmo simplório, falar sobre aprender a grifar textos. Contudo, muita gente perde a mão nesse processo e acaba destacando muito mais do que deveria, prejudicando o material e a memorização. Por isso, até nessa ação tão simples é preciso critérios.

De nada adianta uma página do livro riscada de cima a baixo se nada daquilo faz sentido, nem vai efetivamente entrar na sua memória de longo prazo. Para tanto, toda vez que for grifar um trecho do conteúdo, pergunte-se por que ele é importante e como você o explicaria com suas palavras.

Apenas depois disso comece a grifar. E tente fazê-lo apenas em palavras que acionem mecanismos da sua memória, palavras-chave que vão ajudá-lo a se lembrar do conteúdo.

4 – Teste várias técnicas

Além dos resumos, que são ferramentas essenciais e as mais comuns, há diversas técnicas que ajudam o estudante a revisar. Lembre-se que você deve testar e escolher aquela que melhor funciona no seu ritmo, na sua rotina.

Entre os métodos mais conhecidos estão:

  • Mapas mentais: que são desenhos com os principais conceitos de um assunto. O ideal é que você mesmo o faça,  mas há algumas ferramentas virtuais que podem ser utilizadas para isso.

  • Flashcards: consistem em cartões com uma pergunta de um lado e sua respectiva resposta do outro. Você vai testando seus conhecimentos e retirando os cartões com informações que já estão bem solidificadas na sua mente. Aqui também é importante que eles sejam feitos de forma manual para fixação da informação.

  • Resolução de questões: é também uma forma de revisar o conteúdo, afinal, testa o seu nível de conhecimento sobre cada uma das matérias que são importantes para aquela seleção. E ajuda a identificar onde precisa investir mais tempo de preparação e onde já está seguro.

5 – Atente ao tempo da revisão

tempo jornadaQuanto ao tempo necessário para uma boa revisão, isso pode variar. No entanto, de maneira geral, pode ser feita entre 10 e 20 minutos para cada matéria. A ideia é, de fato, que se gaste menos tempo a cada revisão, uma vez que, se ela estiver sendo eficiente, haverá pouca coisa que você não sabe até o dia da prova.

Por isso, nada de virar também o maluco das revisões, que revisa absolutamente tudo e passa horas nesse processo. Isso ao invés de ajudar, atrapalha seu aprendizado. Em se tratando de revisões, a quantidade não é o mais importante, mas a qualidade da informação que você assimilou.

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. Afinal, é sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a área ou cargo pretendido.

Desse modo, veja algumas opções realmente boas:

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. De fato, tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Assim, se você quer um curso com bom histórico de aprovação, e a possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

Estratégia ConcursosO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, pois conta com um material de qualidade e professores renomados. Ou seja, se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e, além disso, não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é, com efeito, sua melhor opção.

O Exponencial é mais uma excelente alternativa. Igualmente aos demais cursos, é voltado para o aprendizado acelerado, mas oferece ainda o interessante serviço de coaching 100% especializado.

As 5 melhores dicas de revisão para concursos

  1. Organize a sua revisão
  2. Faça bons resumos
  3. Aprenda a grifar o texto
  4. Teste várias técnicas
  5. Atente ao tempo da revisão

Você tem alguma outra dica de revisão para concursos? Compartilhe com a gente nos comentários!

Aproveite também para curtir e acompanhar nossas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube. Por lá você encontra material de estudo, ferramentas para potencializar o aprendizado e ainda pode trocar informações com outros concurseiros.

Conte com a gente!

Bons estudos!

ASSINATURA ILIMITADA DO GRANCOM MAIS DE 80% DE DESCONTO
(pouco tempo!)

CLIQUE AQUI PARA PEGAR SEU CUPOM

Prontinho, agora você tem acesso a todo material grátis.