proximos concursos

Concurso TJ RN: FGV é a banca!

O Concurso do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (concurso TJ RN) já tem banca definida!

A  Fundação Getúlio Vargas (FGV) será responsável pela seleção, que irá ofertar 229 vagas para os cargos de Técnico Judiciário (Nível Médio) e Analista Judiciário (Nível Superior).

A previsão é de que as 229 vagas sejam distribuídas entre os seguintes cargos:

  • 160 vagas imediatas + cadastro reserva para o cargo de Técnico Judiciário
  • 35 vagas imediatas + cadastro reserva para o cargo de Analista Judiciário, Área Apoio Especializado, Especialidade Tecnologia de Informação – Análise de Sistemas e Tecnologia de Informação – Análise de Suporte
  • 34 vagas imediatas + cadastro reserva para o cargo de Analista Judiciário (apoio especializado)

Os salários inicias para os cargos previstos variam entre R$ 3.974,08 e R$ 7.301,18.

Atualmente o órgão possui 1.057 cargos vagos, sendo:

Cargos Vagos
Auxiliar Técnico 329
Técnico Judiciário 344
Oficial de Justiça 102
Analista Judiciário 74

 

Com a definição da banca, a expectativa é de que o edital seja publicado em breve.

 

Principais informações sobre o concurso TJ RN

 

Quais as carreiras e atribuições?

 

Confira a seguir as principais atribuições de cada uma das carreiras do concurso TJ RN.

 

Analista Judiciário

 

  • Datilografar ou digitar sentenças e despachos;
  • Arquivar resenhas, ofícios, Diário Oficial e registrar sentenças;
  • Cumprir os provimentos e as determinações do Juiz e do Diretor de secretaria;
  • Orientar e prestar informações sobre os processos;
  • Executar outras atribuições que lhe forem conferidas pelo Juiz;
  • Substituir o Diretor nas suas faltas e impedimentos.

 

Técnico Judiciário

 

  • Receber, registrar e autuar as petições e dar andamento aos processos;
  • Datilografar ou digitar os atos e termos processuais;
  • Informar sobre o andamento dos processos;
  • Executar outras atribuições que lhes forem conferidas pelo Juiz.

 

Analista de Suporte Pleno – Infraestrutura 

 

  • Assessorar o Departamento de Infraestrutura e Suporte em todas as atividades de planejamento;
  • Monitorar, continuamente, o andamento dos processos administrativos de seu interesse ou responsabilidade;
  • Responder diligências oriundas de outras unidades organizacionais, de acordo com os prazos estabelecidos por superior hierárquico;
  • Planejar, executar e monitorar projetos e atividades de conectividade das redes locais, de longa distância, de telefonia, wireless e de servidores de infraestrutura e de aplicação, de acordo com os prazos estabelecidos por superior hierárquico;
  • Auxiliar no estabelecimento de acordos de nível operacional e requisitos mínimos para os serviços de conectividade das redes locais, de longa distância, de telefonia e wireless do PJRN e de servidores de infraestrutura e de aplicação de acordo com as necessidades do negócio;
  • Atuar, prontamente, na superação de entraves à resolução de incidentes e problemas de conectividade das redes locais, de longa distância, de telefonia e wireless e de servidores de
  • infraestrutura e de aplicação de acordo com os requisitos mínimos de serviços e com os acordos de nível operacional estabelecidos;
  • Auxiliar na resolução de incidentes críticos, em reuniões entre fiscais de contratos e prepostos de empresas contratadas, de acordo com o impacto causado ao negócio;
  • Prestar suporte de 2º e 3º nível dos serviços de TIC aos usuários da instituição, de acordo com a área de infraestrutura;
  • Elaborar estudos técnicos visando a melhoria contínua dos serviços de infraestrutura, de acordo com os instrumentos de planejamento.

 

Coordenador Técnico de Atendimento e Suporte

 

  • Assessorar o Departamento de Infraestrutura e Suporte em todas as atividades de planejamento;
  • Monitorar, continuamente, o andamento dos processos administrativos de seu interesse ou responsabilidade;
  • Responder diligências oriundas de outras unidades organizacionais, de acordo com os prazos estabelecidos por superior hierárquico;
  • Responsabilizar-se pela operação do atendimento do suporte a sistemas judiciais;
  • Garantir que as atividades realizadas pelas equipes que coordena sejam executadas na forma e nos prazos estabelecidos pela Setic, com observância dos respectivos fluxos de processos definidos;
  • Coordenar a atuação das equipes, focando na qualidade do serviço prestado, bem como garantindo o alinhamento das atividades com os requisitos de negócio do TJ RN; Organizar e distribuir as tarefas diárias entre os técnicos de atendimento;
  • Verificar, continuamente, a necessidade de realização de treinamento dos profissionais que coordena;
  • Revisar e aperfeiçoar, continuamente, as instruções técnicas, os roteiros de atendimento (Scripts) relacionados aos atendimentos, bem como a base de conhecimento;
  • Zelar pela padronização das respostas dos profissionais de atendimento;
  • Controlar e administrar a frequência, escalas de trabalho, ausências, atestados e substituições dos profissionais alocados na prestação dos serviços.

 

Analista de Suporte Pleno – Banco de Dados

 

  • Assessorar o Departamento de Infraestrutura e Suporte em todas as atividades de planejamento;
  • Monitorar, continuamente, o andamento dos processos administrativos de seu interesse ou responsabilidade;
  • Responder diligências oriundas de outras unidades organizacionais, de acordo com os prazos estabelecidos por superior hierárquico;
  • Planejar, executar e monitorar projetos e atividades de administração de banco de dados e de sistemas de Business Intelligence – BI, de acordo com os prazos estabelecidos por superior hierárquico;
  • Atuar, prontamente, na superação de entraves à resolução de incidentes e problemas de administração de banco de dados e de sistemas de Business Intelligence – BI de acordo com os requisitos mínimos de serviços e com os acordos de nível operacional estabelecidos;
  • Auxiliar na resolução de incidentes críticos, em reuniões entre fiscais de contratos e prepostos de empresas contratadas, de acordo com o impacto causado ao negócio;
  • Prestar suporte de 2º e 3º nível dos serviços de TIC aos usuários da instituição, de acordo com a área de administração de banco de dados e de sistemas de Business Intelligence – BI;
  • Participar de análise, avaliações e projetos em conjunto com a Secretaria de Gestão Estratégica no tocante às estatísticas do judiciário.

 

Analista de Sistemas Sênior

 

  • Analisar as demandas apresentadas pelas áreas de negócio e propor alternativas de solução técnica e estratégia de desenvolvimento;
  • Elicitar requisitos e criar modelos de uso e de testes de sistemas; Elaborar projeto lógico e físico de dados e de sistemas;
  • Elaborar documentação relativa às etapas de desenvolvimento de sistemas; Planejar, elaborar e ministrar treinamentos relativos a sistemas de informação, ferramentas de acesso e manipulação de dados;
  • Selecionar, implementar e internalizar novas tecnologias de desenvolvimento;
  • Prestar assessoramento técnico no que se refere a prazos, recursos e alternativas de desenvolvimento de sistemas;
  • Especificar a manutenção de softwares e de sistemas;
  • Manter os sistemas em produção, avaliando seu desempenho e, quando necessário, propondo medidas de correção dos desvios;
  • Planejar e administrar componentes reusáveis e repositórios;
  • Certificar e inspecionar modelos e códigos de sistemas;
  • Desenvolver scripts, gatilhos (triggers), funções (functions) em bancos de dados para eventuais ajustes e evoluções;
  • Elaborar e gerenciar projetos de sistemas e software.

 

Administrador de Sites (Web Master)

 

  • Manter sites e aplicações web em produção, avaliando seu desempenho e, quando necessário, propondo medidas de correção dos desvios;
  • Desenvolver layout de telas e de relatórios, definindo os critérios ergonômicos de navegação, interface de comunicação e interatividade;
  • Configurar a estrutura de permissões dos usuários para publicar, compartilhar, gerenciar e conectar-se a fontes de dados e pastas de trabalho para conteúdos publicados no site;
  • Realizar e analisar testes de desempenho e de segurança em sites; Administrar o Portal do Tribunal de Justiça do Estado do RN e outros sites e aplicações web do Poder Judiciário, com a inserção de novas funcionalidades, novos conteúdos e em processos de mudanças;
  • Monitorar os indicadores e estatísticas de acesso aos sites e acompanhar o desempenho de cada ferramenta;
  • Realizar a manutenção da estrutura de sites e aplicações web;
  • Programar interfaces com o banco de dados para acesso e consulta a dados;
  • Elaborar modelagem de estruturas de bancos de dados;
  • Documentar e manter a atualização de estruturas desenvolvidas para sites e aplicações web;
  • Explorar ferramentas e recursos diferenciados para a melhoria da qualidade dos sites e aplicações web;
  • Efetuar a homologação de sites e aplicações web junto aos colaboradores e outras unidades competentes.

 

Técnico de Suporte Sênior

 

  • Monitorar, continuamente, o andamento dos processos administrativos de seu interesse ou responsabilidade;
  • Responder diligências oriundas de outras unidades organizacionais, de acordo com os prazos estabelecidos por superior hierárquico;
  • Identificar/analisar/corrigir chamados registrados errados ou incompletos;
  • Atender os chamados de acordo com as instruções técnicas de trabalho pré-definidas;
  • Escalonar/encaminhar os chamados de acordo com o fluxo de trabalho pré-definido;
  • Executar atividades de: suporte, manutenção e configuração de Sistemas Judiciários em equipamentos do parque do PJRN e de equipamentos pessoais de usuários autorizados para o trabalho;
  • Criar documentação de rotinas técnico-operacionais;
  • Procedimentos de monitoração;
  • Leitura de relatórios e isolamento das falhas;
  • Registrar no Sistema de Gerenciamento de Demandas detalhes do tratamento dado aos chamados de forma a manter um histórico que possa ser útil;
  • Registrar e notificar o usuário, quando da reclassificação de chamado que implique em alteração dos níveis de atendimento do mesmo;
  • Criar/manter/atualizar documentos de base de conhecimento, procedimentos de atendimento (Scripts/Instruções de trabalho), FAQ’s, etc.

 

Quantas são as vagas?

 

A previsão é de que as 229 vagas do concurso TJ RN sejam distribuídas entre os seguintes cargos:

 

  • 160 vagas imediatas + cadastro reserva para o cargo de Técnico Judiciário
  • 35 vagas imediatas + cadastro reserva para o cargo de Analista Judiciário, Área Apoio Especializado, Especialidade Tecnologia de Informação – Análise de Sistemas e Tecnologia de Informação – Análise de Suporte
  • 34 vagas imediatas + cadastro reserva para o cargo de Analista Judiciário (apoio especializado)

 

Atualmente o órgão tem 1.057 cargos vagos, sendo:

 

Cargos Vagos
Auxiliar Técnico 329
Técnico Judiciário 344
Oficial de Justiça 102
Analista Judiciário 74

 

Qual o nível de formação exigido?

 

A formação exigida para se candidatar a uma vaga no concurso TJ RN é:

 

  • Analista Judiciário: diploma de Nível Superior em qualquer área ou área específica indicado em edital.
  • Técnico Judiciário: certificado de Nível Médio ou Técnico em área específica indicado em edital.

 

Quais as demais exigências?

 

Os demais requisitos para concorrer a uma vaga no concurso TJ RN são:

 

  • Ter nacionalidade brasileira.
  • Estar em pleno exercício dos direitos civis e políticos
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também com as militares.
  • Ter comprovados bons antecedentes morais e sociais.
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.
  • Não registrar antecedentes criminais.
  • Não ter sofrido penalidade por prática de atos desabonadores no exercício profissional.
  • Ter, no mínimo, 18 anos de idade na data da inscrição.

 

Qual o salário?

 

Os salários-base iniciais do concurso TJ RN são os seguintes:

 

  • Analista Judiciário: R$ 6.637,44
  • Analista Judiciário (área de TI): R$ 7.301,18
  • Técnico Judiciário: R$ 3.974,08 

 

Quais os benefícios?

 

Além do salário-base, os aprovados no concurso TJ RN terão direito ao auxílio-alimentação no valor de R$ 1.700,00.

 

Qual a lotação?

 

Os aprovados no concurso TJ RN serão lotados em comarcas no estado do Rio Grande do Norte conforme demanda do órgão e classificação no concurso.

 

Qual a jornada de trabalho?

 

A jornada de trabalho dos aprovados no concurso TJ RN será de 40 horas semanais.

 

Quais as chances de crescimento na carreira?

 

Os aprovados no concurso TJ RN poderão se desenvolver na carreira em padrões (1 ao 10).

 

Essa movimentação ocorre por meio de progressão funcional, considerando competências e habilidades do servidor a partir de formação acadêmica e avaliação interna..

 

Como foi a concorrência do último concurso?

 

O último concurso TJ RN foi realizado em 2001, ou seja, há mais de 20 anos.

Contudo, em 2020 houve um processo seletivo simplificado, que teve como banca organizadora a Comperve.

Foram ofertadas 33 vagas para provimento de cargos de servidores temporários do quadro de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) distribuídas entre os seguintes cargos:

 

Os salários ofertados foram de:

  • Técnico de suporte sênior – R$ 2.676,61
  • Analista de suporte pleno – infraestrutura – R$ 5.142,80
  • Coordenador técnico de atendimento e suporte – R$ 4.811,28
  • Analista de suporte pleno – banco de dados – R$ 5.142,80
  • Analista de sistemas sênior – R$ 5.520,16
  • Administrador de Sites (Web Master) – R$ 5.520,16

 

O Processo Seletivo Simplificado teve um total de 1.549 inscritos. Ou seja, 46,9 candidatos por vaga na contagem geral.

 

Quais as etapas do edital?

 

O último edital do concurso TJ RN, realizado em 2001, contou com as seguintes etapas:

 

  • Prova objetiva;
  • Avaliação de títulos (apenas para cargos de Nível Superior).

 

O Processo Seletivo Simplificado, realizado em 2020, contou com as seguintes etapas:

  • Prova objetiva;
  • Análise profissional.

 

Como são as provas?

 

Confira a seguir como foram estruturadas as provas do último concurso TJ RN, realizado em 2001, e do último  Processo Seletivo Simplificado, de 2020.

 

Concurso 2001

 

Prova objetiva (100 questões de múltipla escolha)

 

Nível Superior

 

  • Português (20 questões);
  • Conhecimentos Gerais (10 questões);
  • Noções de Direito Constitucional (15 questões);
  • Noções de Processo Civil (15 questões);
  • Noções de Processo Penal (15 questões);
  •  Lei de Organização Judiciária do Estado do Rio Grande do Norte (15 questões);
  • Noções de Informática (10 questões).

 

Avaliação de títulos

 

GRUPO I – Total de 18 pontos

  • Título de Doutor (6 pontos);
  • Título de Conclusão e Aproveitamento de curso de preparação à carreira da Magistratura (5 pontos);
  • Exercício de cargo público obtido mediante concurso público, com exercício de pelo menos um ano (4 pontos);
  • Exercício da atividade de conciliador perante os Juizados Especiais, pelo período não inferior a um ano (3 pontos)

 

GRUPO II – Total de 14 pontos

  • Título de Mestre (5 pontos);
  • Título de Conclusão e Aproveitamento de curso de preparação à carreira do Ministério Público e da Escola de Advocacia, com pelo menos 360 horas-aulas (4 pontos);
  • Curso de Extensão ou Especialização, em qualquer área do ensino superior, com pelo menos 360 horas-aulas (3 pontos);
  • Aprovação em concurso público para cargo na administração pública ou nos Poderes Legislativo e Judiciário (2 pontos).

 

GRUPO III – Total de 8 pontos

  • Diploma de conclusão de curso acadêmico superior, quando não exigido para o cargo, participação e aproveitamento em curso de formação profissional (3 pontos);
  • Participação em congresso, seminários, simpósios, painéis ou outros eventos assemelhados (2 pontos);
  • Exercício de emprego público, obtido com ou sem concurso, atestado por documento autêntico e idôneo, pelo prazo mínimo de um ano (1,5 ponto);
  • Estágio na Magistratura, Ministério Público, Procuradorias e órgãos da administração direta e indireta pública, pelo prazo mínimo de um ano (1,5 ponto).

 

Nível Médio

 

  • Português (35 questões );
  • Conhecimentos Gerais (25 questões);
  • Lei de Organização Judiciária do Estado do Rio Grande do Norte (20 questões);
  • Noções de Informática (20 questões).

 

Processo Seletivo Simplificado 2019

 

Prova Objetiva (50 questões de múltipla escolha)

 

  • Português (10 questões);
  • Lei de Organização Judiciária (10 questões);
  • Conhecimentos Específicos (30 questões).

 

Qual o conteúdo programático?

 

Confira a seguir o conteúdo programático solicitado nas últimas seleções do TJ RN.

 

Concurso TJ RN 2001

 

Nível Superior

 

Português

Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Flexão nominal e verbal. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. Emprego de tempos e modos verbais. Vozes do verbo. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência de crase. Pontuação. Interpretação de texto.

 

Conhecimentos Gerais

O legado cultural das Civilizações Antigas ( orientais e clássicas ). Idade Média (476 d. C.- 1453 ) – Contribuições para a formação do Mundo Ocidental. O Islamísmo como fator de unidade do mundo árabe e sua projeção na atualidade. A transformação científica, artística, políticas, sociais e religiosas que marcaram o início dos tempos Modernos. As correntes do pensamento político e econômico dos séculos XVIII, XIX e XX. Os grandes acontecimentos que marcaram o século XX nos campos políticos, econômico, social, artístico e científico. O Brasil no contexto mundial nos períodos da Colônia, Império e República. Os principais acontecimentos da atualidade no Brasil. As manifestações artísticas e científicas no Brasil e no mundo que marcaram o século XX e o início do século XXI. A formação territorial e a produção do espaço norte-riograndense. Os principais acontecimentos da evolução política da capitania, da província e do Estado do Rio Grande do Norte.

 

Noções de Direito Constitucional

Dos Princípios Fundamentais. Dos Direitos Fundamentais. Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos. Dos Direitos Sociais. Da nacionalidade. Da Organização do Estado: A União. Os Estados-Membros. Os Municípios. O Distrito Federal. Os Territórios. A Administração Pública. Da Organização dos Poderes: Do Poder Executivo. Do Poder Legislativo. Do Poder Judiciário: disposições gerais. Dos Juizes e Tribunais. Das Funções Essenciais à Justiça. A Constituição do Rio Grande do Norte: noções gerais.

 

Noções de Processo Civil

Noções da Jurisdição e da Ação. Das Partes e dos Procuradores. Do Ministério Público. Do Juiz. Dos Auxiliares da Justiça. Dos Atos Processuais. Da formação, da suspensão e da extinção do processo. Do Procedimento Ordinário (Da Petição Inicial; da Resposta do Réu; Da reconvenção; Do julgamento conforme o estado do processo; Das provas; Da audiência; Da revelia; Da sentença e da coisa julgada) Dos Recursos. Dos Atos Processuais: Da Forma. Do Tempo e Do Lugar. Dos Prazos. Das Comunicações. Intimação, notificação e citação. Das Nulidades. Do Processo de Execução: Da Execução em Geral. Da Execução das obrigações de fazer. Da Execução por Quantia Certa contra o Devedor Solvente. Depositário. Praça e leilão. Arresto. Seqüestro. Busca e apreensão. Condução coercitiva. Ordem de nomeação de bens a penhora. Preferência. Anterioridade de penhora. Nova penhora. Substituição de penhora. Reforço de penhora. Aspectos de compatibilidade com a lei de execução fiscal. Diligências fora de hora. Juizado Especial Cível.

 

Noções de Processo Penal

Aplicação da Lei Processual no Tempo e no Espaço. Interpretação da Lei Penal. Inquérito Policial: Instauração e Procedimento. Arquivamento. Valor probatório. Princípios do Direito Processual Penal. A Ação penal: condições da ação. Ação penal pública condicionada e incondicionada. A ação penal privada. Denúncia e queixa. Representação. Jurisdição e Competência. Dos Atos Processuais: Da Forma. Do Tempo e Do Lugar. Dos Prazos. Das Comunicações. Intimação, notificação e citação. Das Nulidades. Sanabilidade dos atos processuais Da formação, da suspensão e da extinção do processo. Das provas. Da audiência. Da revelia. Da sentença e da coisa julgada. Dos Recursos. Da Execução. Juizado Especial Criminal.

 

Lei de Organização Judiciária do Estado do Rio Grande do Norte

Disposições preliminares. Divisão judiciária do território do Estado do Rio Grande do Norte. Da Organização judiciária: dos órgãos do Poder Judiciário. Dos Magistrados. Das funções essenciais à Justiça. Do Ministério Público. Dos Advogados e Estagiários. Dos órgãos e serviços auxiliares da Justiça. Do Conselho Penitenciário. Da Polícia Judiciária. Das Secretarias dos juízos. Dos Oficiais de justiça. Do Porteiro dos Auditórios. Da distribuição dos feitos. Dos Avaliadores e dos Depósitos judiciais. Dos serviços interprofissionais. Dos serviços extrajudiciais. Das disposições finais e transitórias.

 

Noções de Informática

Arquitetura dos computadores: componentes básicos do computador: processador central, placa-mãe, memória principal (RAM), memória auxiliar (meio magnético), memória somente para leitura (ROM), dispositivos de entrada e dispositivos de saída. Microsoft Windows 95/98/Millenium: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus e mini-aplicativos. Microsoft Word 97/2000: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, ortografia e gramática, controle de quebras, numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, caixas de texto. Microsoft Excel 97/2000: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas e funções, impressão, inserção de objetos, controle de quebras, numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação. Internet e Correio Eletrônico: navegador, navegação pela internet, URL, links, sites, impressão de páginas, e-mail (recebimento e envio de mensagens), e-commerce e e-learning.

 

Nível Médio

 

Português

Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Flexão nominal e verbal. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. Emprego de tempos e modos verbais. Vozes do verbo. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência de crase. Pontuação. Interpretação de texto.

 

Conhecimentos Gerais

O legado cultural das Civilizações Antigas ( orientais e clássicas ). Idade Média (476 d. C.- 1453 ) – Contribuições para a formação do Mundo Ocidental. O Islamísmo como fator de unidade do mundo árabe e sua projeção na atualidade. A transformação científica, artística, políticas, sociais e religiosas que marcaram o início dos tempos Modernos. As correntes do pensamento político e econômico dos séculos XVIII, XIX e XX. Os grandes acontecimentos que marcaram o século XX nos campos políticos, econômico, social, artístico e científico. O Brasil no contexto mundial nos períodos da Colônia, Império e República. Os principais acontecimentos da atualidade no Brasil. As manifestações artísticas e científicas no Brasil e no mundo que marcaram o século XX e o início do século XXI. A formação territorial e a produção do espaço norte-riograndense. Os principais acontecimentos da evolução política da capitania, da província e do Estado do Rio Grande do Norte.

 

Lei de Organização Judiciária do Estado do Rio Grande do Norte

Disposições preliminares. Divisão judiciária do território do Estado do Rio Grande do Norte. Da Organização judiciária: dos órgãos do Poder Judiciário. Dos Magistrados. Das funções essenciais à Justiça. Do Ministério Público. Dos Advogados e Estagiários. Dos órgãos e serviços auxiliares da Justiça. Do Conselho Penitenciário. Da Polícia Judiciária. Das Secretarias dos juízos. Dos Oficiais de justiça. Do Porteiro dos Auditórios. Da distribuição dos feitos. Dos Avaliadores e dos Depósitos judiciais. Dos serviços interprofissionais. Dos serviços extrajudiciais. Das disposições finais e transitórias.

 

Noções de Informática

Arquitetura dos computadores: componentes básicos do computador: processador central, placa-mãe, memória principal (RAM), memória auxiliar (meio magnético), memória somente para leitura (ROM), dispositivos de entrada e dispositivos de saída. Microsoft Windows 95/98/Millenium: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus e mini-aplicativos. Microsoft Word 97/2000: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, ortografia e gramática, controle de quebras, numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, caixas de texto. Microsoft Excel 97/2000: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas e funções, impressão, inserção de objetos, controle de quebras, numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação. Internet e Correio Eletrônico: navegador, navegação pela internet, URL, links, sites, impressão de páginas, e-mail (recebimento e envio de mensagens), e-commerce e e-learning.

 

Processo Seletivo Simplificado 2020

 

Todos os níveis

 

Conhecimentos Gerais

 

Português

1 Organização do texto. 1.1. Propósito comunicativo. 1.2. Tipos de texto (dialogal, descritivo, narrativo, injuntivo, explicativo e argumentativo). 1.3. Gêneros discursivos. 1.4. Mecanismos coesivos. 1.5. Fatores de coerência textual. 1.6. Progressão temática. 1.7. Paragrafação. 1.8. Citação do discurso alheio. 1.9. Informações implícitas. 1.10. Linguagem denotativa e linguagem conotativa. 2. Conhecimento linguístico. 2.1. Variação linguística. 2.2. Classes de palavras: usos e adequações. 2.3. Convenções da norma padrão (no âmbito da concordância, da regência, da ortografia e da acentuação gráfica). 2.4. Organização do período simples e do período composto. 2.5. Pontuação. 2.6. Relações semânticas entre palavras (sinonímia, antonímia, hiponímia e hiperonímia).

 

Lei de Organização Judiciária do Estado do Rio Grande do Norte

Disposições preliminares. Divisão judiciária do território do Estado do Rio Grande do Norte. Da Organização judiciária: dos órgãos do Poder Judiciário. Dos Magistrados. Das funções essenciais à Justiça. Do Ministério Público. Dos Advogados e Estagiários. Dos órgãos e serviços auxiliares da Justiça. Do Conselho Penitenciário. Da Polícia Judiciária. Das Secretarias dos juízos. Dos Oficiais de justiça. Do Porteiro dos Auditórios. Da distribuição dos feitos. Dos Avaliadores e dos Depósitos judiciais. Dos serviços interprofissionais. Dos serviços extrajudiciais. Das disposições finais e transitórias.

 

Conhecimentos Específicos

 

Nível Superior

 

Analista de Suporte Pleno – Infraestrutura 

Sistemas operacionais Linux e Windows Server; configuração de servidores de aplicação Jboss e Tomcat; redes LAN e WAN; protocolo TCP/IP; tecnologias de containers; regras de firewall; bibliotecas de infraestrutura ITIL e Cobit.

 

Coordenador Técnico de Atendimento e Suporte

Sistemas operacionais MS-Windows 7 e MS-Windows 10; framework ITIL; conceitos de service desk; central de serviços e atendimento técnico orientado a serviços; contratos baseados em acordos de níveis de serviço (SLA).

 

Analista de Suporte Pleno – Banco de Dados

Abordagem relacional; modelo entidade-relacionamento; normalização; sistemas gerenciadores de banco de dados (SGBD); Microsoft SQL Server versões 2008 e superiores; PostgreSQL versões 9 e superiores; modelagem multidimensional; bancos de dados multidimensionais; linguagens de definição e manipulação de dados Linguagem SQL (Structured Query Language); Big Data; conceitos de Business Intelligence: Modelo Dimensional, Fatos, Dimensões e Medidas, Processo de ETL, Cubos OLAP e Datawarehouse; Ferramentas de Business Intelligence: Pentaho Business Analytics, Pentaho Data Integration e Microsoft Power BI.

 

Analista de Sistemas Sênior

Linguagens Java e PHP; Framework Seam como diferencial; NodeJS + Express como diferencial; frameworks mobile ionic e react-native; ElasticSearch como diferencial; gerenciamentos de processos BPM; ferramentas de versionamento GIT e SVN; tecnologias de frontend como HTML, CSS, Javascript, Angular e VueJS como diferencial; SGBD SQL Server, PostgreSQL e Oracle; servidores de aplicação Tomcat e Jboss; metodologias Ágeis Scrum e XP.

 

Administrador de Sites (Web Master)

Habilidades e conhecimento em HTML5, CSS, SASS, JavaScript & jQuery Frameworks, XML, React, Web Design Responsivo, Cross Browser Compatibility, Java (Spring Framework), Banco de dados SQL/MySQL, Elasticsearch, REST APIs, Sistema de controle de versões (Git e SVN), PHP, CMS (Joomla), SEO (Search Engine Optimization), schema.org, Acessibilidade na Web.

 

Nível Médio

 

Técnico de Suporte Sênior

Sistemas operacionais MS-Windows 7 e MS-Windows 10; aplicativos MS-Office; microinformática; manutenção de computadores e hardware de PC básico; navegadores Chrome e Firefox; processo judicial eletrônico; conceitos de atendimento de service desk e escalonamento de chamados.

 

Conhece o perfil da FGV?

 

Um dos passos mais importantes para o candidato durante a preparação é conhecer o perfil da banca examinadora. Isso porque não são todas iguais e cada uma tem suas particularidades. Estando por dentro do estilo da banca responsável pela prova do concurso que você vai participar é possível direcionar melhor seus estudos e torná-los mais efetivos.

 

Preparamos um artigo com todas as características da FGV:

 

 

nivel formaçao concurso publico

 

Quer dicas para passar em Concurso Público?

 

Para otimizar ou iniciar sua preparação, indicamos a nossa Seção de Dicas para passar em Concurso Público. Nela você encontrará artigos com valiosas dicas para colocá-lo mais próximo da sua aprovação, como por exemplo:

 

Prefere dicas em vídeo? Acesse nossa seção com dicas de concursos, melhores cursos preparatórios, guia do primeiro concurso e muito mais!

 

 

Quais os melhores cursos para concursos?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades.

É sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a sua área de atuação. Veja algumas opções realmente boas:

 

Gran Cursos onlineO Gran Cursos Online está muito bem avaliado.

Tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha.

Se você quer um curso com bom histórico de aprovação, além da possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 

Concursos Estratégia

O Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, conta com um material de qualidade e professores renomados.

Se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é certamente sua melhor opção.

 

Concurso Exponencial

O Exponencial é mais uma excelente opção. O curso é voltado para o aprendizado acelerado e também oferece serviço de coaching 100% especializado.

 

Quer conhecer outras opções? Confira no link a seguir:

 

 

Tenha acesso a outras notícias e artigos. Curta nosso site no FacebookTwitterInstagram e Youtube!

Bons estudos!

Acompanhe o melhor canal com vídeos com dicas de estudos e notícias sobre concursos públicos.