dois concursos ao mesmo tempoUma dúvida bastante comum de quem está iniciando a vida de concurseiro é sobre como estudar para dois concursos ao mesmo tempo. Isso porque a maioria dos candidatos costuma mesmo querer aproveitar o tempo dedicado à preparação para avançar em várias frentes.

Nada de errado nisso, claro!

E é possível, sim, conciliar os estudos de duas seleções sem enlouquecer.

Entretanto, é preciso ficar atento a alguns importantes detalhes que irão tornar isso possível e farão toda a diferença na caminhada. Assim, o tempo investido não será perdido por querer “dar o passo maior que a perna”.

Não há mágica ou fórmula pronta, mas alguns cuidados vão facilitar a rotina de quem pretende prestar dois concursos ao mesmo tempo.

Saiba mais!

Principais informações sobre dois concursos ao mesmo tempo

 

É possível estudar para dois concursos ao mesmo tempo?

Como foi dito antes: sim, é possível estudar para dois concursos ao mesmo tempo. É difícil? Sim, também é, porque exige ainda mais dedicação e determinação, já que o volume de conteúdo será maior em um mesmo período.

Mas, muitos concurseiros acabam encarando o desafio duplo com sucesso. Pois mesmo tendo como meta principal uma determinada carreira,  sempre pode aparecer algum concurso interessante durante a preparação, que chama a atenção e pode ser um ótimo plano B.   

O mais importante é você refletir profundamente sobre essa decisão. E descobrir o que pretende ao estudar para dois concursos ao mesmo tempo. Pergunte-se se vale a pena para sua vida e se isso não irá, no fim das contas, atrapalhar seus objetivos futuros.

 

Como estudar para dois concursos ao mesmo tempo?

Um importante ponto a se pensar é que concursos na mesma área serão muito mais fáceis de administrar do que duas seleções em áreas totalmente distintas. A razão é simples: você vai poder aproveitar muitas disciplinas e poupar tempo.

Em concursos de tribunais, por exemplo, há poucas diferenças realmente relevantes entre os conteúdos solicitados. E algumas carreiras pedem sempre o mesmo tipo de matéria no edital. Ou seja, o candidato pode já esperar questões sobre as vertentes do Direito e Legislação. Essas, necessariamente terão que ser estudas e já representam uma grande parte das provas.

Então, estudando para um edital da área Jurídica, é bem provável que esteja avançando até 50% ou 70% de outro na mesma área e para uma carreira parecida.

Outra questão a se considerar é prestar concursos com níveis de dificuldade diferentes para o mesmo órgão. Um para uma vaga mais complexa e disputada; outro para um cargo com um grau de exigência menor. Um para Nível Superior; outro para Nível Médio. Isso faz até mesmo com que o candidato conheça melhor o estilo das provas do órgão e possa ter resultados ainda melhores mais adiante.

Nesses casos, o interessante é focar a preparação no concurso mais complexo, acrescentando as  matérias complementares do outro edital.

Claro, você pode concorrer a vagas em áreas bem diferentes, mas tenha em mente que pode ser um pouco caótico tentar organizar tanto conteúdo. Com isso, sua preparação certamente irá se estender e seus objetivos vão ficar ainda mais distantes.

 

Vale pena estudar para dois concursos ao mesmo tempo?

Essa é uma decisão bastante pessoal.

Dedicar-se exclusivamente a um concurso pode facilitar na questão de manter o foco e dar uma certa tranquilidade. Mas não é garantia absoluta de resultados positivos e rápidos.

Nesse sentido, participar de outras seleções pode ser uma alavanca para um objetivo maior mais adiante.

Ao participar de diversos concursos, independente da aprovação ou não, o candidato vai se melhorando, fixando conteúdos diversos, conhecendo as bancas examinadoras a fundo, ganhando experiência e segurança.

 

3 dicas para quem estudar para dois concursos ao mesmo tempo

 

1 – Confira as similaridades dos editais

O primeiro passo para quem vai encarar dois concursos ao mesmo tempo é verificar as similaridades dos editais. Ou seja, conferir quais as matérias e os conteúdos que constam em ambos. Essa etapa é muito importante para que o candidato tenha certeza de que vale a pena a escolha.

Algumas vezes, disciplinas com um mesmo nome trazem abordagens e tópicos completamente diferentes. Então, é preciso ficar atento a isso e, caso os concursos não tenham muitas semelhanças, avaliar até que ponto você consegue dar conta da dupla preparação.

A partir dessa etapa será possível também organizar melhor seu cronograma de estudos, sabendo exatamente o que deve ter maior atenção. No entanto, o ideal é não começar os estudos apenas depois do lançamento do edital. Até lá, você pode ir se preparando para as matérias básicas, que estão presentes em 99% dos editais, como Língua Portuguesa.

 

2 – Distribua seu tempo com coerência

A parte mais importante na preparação de quem vai prestar dois concursos ao mesmo tempo é a organização. Sem ela, nada feito! Por isso, é fundamental que você distribua seu tempo com coerência.

Defina quantas horas do seu dia irá se dedicar aos estudos e, dentro desse período, quais serão suas prioridades.

Uma boa ideia é começar pelas matérias em comum entre as duas seleções, com especial atenção às que estarão nas provas do primeiro concurso. Pois passada esta etapa você ainda terá tempo para se dedicar às disciplinas do segundo.

 

3 – Cuide de corpo e mente

Se estudar para apenas um concurso público já é uma jornada extenuante, preparar-se para encarar dois requer cuidados em dobro. Por isso, mais que nunca, fique de olho nos sinais do seu corpo e respeite seus limites.

Para estudar, escolha um local agradável e ergonômico. Programe pausas e momentos de lazer no seu cronograma. Durma bem, alimente-se adequadamente, pratique exercícios. Essas são regras de ouro para qualquer concurseiro e que devem ser levadas muito a sério para quem quer obter bons resultados.

Lembre-se que o cansaço mental é perigoso para o concurseiro, pois traz muitos prejuízos a sua saúde e pode afastá-lo do seu maior objetivo, que é a aprovação no serviço público.  

 

Como se preparar?

A preparação é a parte mais importante da jornada até a aprovação em um concurso público. Quando o desafio envolve dois editais, é preciso ter em mente que são horas e mais horas de estudos, leituras, exercícios e revisão. Para obter bons resultados, só com muita disciplina e foco.

O primeiro passo, é obter todas as informações sobre o concurso (prazos, disciplinas pedidas, banca examinadora, etc) lendo com muita atenção o edital. Depois, é fundamental planejar seus estudos da forma que melhor funcione com você.  Além disso, é imprescindível que seu material de estudo seja apropriado para os concursos dos quais vai participar para que você não perca tempo.

Para lhe ajudar nesse caminho, temos o post como montar um cronograma de estudos perfeito para sua rotina.

 

Quais as melhores apostilas?

Há pessoas que obtêm ótimos resultados estudando sozinhas, outras precisam de ajuda e investem em um curso preparatório. Se você optou por um voo solo, saiba que as apostilas serão suas melhores amigas. Por isso, é fundamental saber quais as mais conceituadas disponíveis no mercado. Se forem específicas para o concurso pretendido, tanto melhor!

Uma das mais completas é do Estratégia Concursos, que é também um dos melhores cursos do país, com todos os conteúdos solicitados em todas as disciplinas.

Outra ótima opção é o Gran Cursos Online. Igualmente, tem material vasto para download. No Gran você ainda pode contratar um plano de assinatura que dá acesso a todos os mais de 7 mil cursos disponíveis na plataforma.

Muitas pessoas acreditam que estudar por apostila não é tão efetivo, mas as que indicamos aqui são realmente boas. No entanto, claro, tudo vai depender do quanto você se dedicar aos estudos. Pode ser um desafio ainda maior, mas é possível ser aprovado estudando por apostilas!

Confira também nosso post completo sobre as melhores apostilas para concursos.

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. É sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a sua área de atuação.

O  Estratégia Concursos, por exemplo, tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, conta com um material de qualidade e professores renomados.

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. Da mesma forma, tem material completo, com videoaulas, e professores de primeira linha.

Ainda tem dúvidas? Aproveite para conferir nosso ranking completo com os melhores cursos preparatórios para concursos.

 

Quais as melhores técnicas para estudar?

Há diversas técnicas que podem potencializar seu aprendizado, como a pomodoro e a de ciclo de estudos. Você também pode estudar com flash cards ou mapas mentais. O ideal é experimentar cada uma delas e ver com qual se adapta melhor.

Para lhe ajudar na escolha, reunimos todas as informações no post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

 

3 dicas para quem estudar para dois concursos ao mesmo tempo

  1. Confira as similaridades dos editais
  2. Distribua seu tempo com coerência
  3. Cuide de corpo e mente

 

Gostou das dicas para estudar para dois concursos ao mesmo tempo? Tem alguma outra para indicar? Deixe seu comentário para a gente. Vamos gostar muito de trocar experiências com você.

E para não perder as notícias atualizadas do mundo do concursos, acesse também as nossas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Conte com a gente e bons estudos!

Planilha de Estudos

Planilha de Estudos

Com essa planilha você vai poder calcular automaticamente seu tempo ideal de estudos.

Ela foi criada com base no Método PQF para calcular o quanto você tem que estudar, levando em conta o peso de cada matéria, quantidade de horas necessárias e facilidade que você tem sobre cada uma.

Parabéns! agora você tem acesso a Planilha de Estudos!