Se você é um estudante preocupado é muito provável que sofra de estresse e ansiedade.

Eu desconfio que você seja alguém que esteja lutando contra o estresse e ansiedade, afinal, está lendo um artigo com esse título.

Não é?

Tenho uma boa e uma má notícia.

  • Vamos começar pela má?

Não temos como fugir do estresse e ansiedade nos estudos.

Mas…

Vamos a boa notícia:

Com algumas dicas simples podemos minimizá-lo e enfrentar o grande vilão de todo estudante:

O ESGOTAMENTO MENTAL.

O estresse e a ansiedade levam a isso…. e já já explico como.

Mas antes tenho uma outra boa notícia:

Podemos também evitar o esgotamento mental…

As dicas que daremos a seguir servem para lutar contra tudo isso, mas vamos agora focar no monstro maior: o esgotamento mental!

 

Mas, afinal o que é um esgotamento mental?

 

O esgotamento mental acontece quando você por um longo período sente profundo cansaço e falta de motivação resultando numa queda de desempenho nos estudos.

É aquele momento em que…

  • Tudo que você faz é muito cansativo
  • Você não se importa com nada
  • Tudo é um saco

Você quer chutar tudo e começar a vender picolé na praia.

O esgotamento é um momento em que você está exausto, sem motivação para estudar ou fazer nada, frustrado e sem vontade de estudar.

Geralmente esse estado emocional acontece quando você lida com muito estresse, ansiedade e muitas tarefas por um grande período de tempo, o que infelizmente é muito comum para quem estuda para concursos.

É importante você  gravar que o esgotamento não acontece da noite para o dia, é algo que acontece quando você é exposto a essa demanda durante um longo período. …

Ou seja…

Se você chegou a esse ponto de esgotamento mental é muito provável que foi exposto a  uma carga emocional de estresse, ansiedade, tarefas e de estudo exaustivo durante muito tempo.

Mas, a parte boa é que…

Isso não precisa ser sempre assim.

Existem sinais que você emite quanto está prestes a ter esgotamento emocional.

Conhecendo esses sinais você pode tomar algumas atitudes prévias e evitar que o esgotamento aconteça.

O primeiro passo para prevenir o esgotamento é tentar descobrir a causa dele.

Afinal, sabendo as causas podemos ter um radar de esgotamento mental.

Bem, caso você prefira, fizemos também um vídeo sobre o assunto: veja só:

Quais são as causas do esgotamento mental em estudantes?

 

Um estudo de 2006 da University of Southern Maine entrevistou 354 estudantes para descobrir qual é a causa do esgotamento mental em estudantes.

Os resultados foram os seguintes:

  • 5% – problemas mentais e físicos causaram o esgotamento;
  • 5% – problemas relacionados aos professores;
  • 13% – falta de motivação pessoal no curso escolhido ou vida social intensa;
  • 24% – influências externas como família, finanças e administração do tempo;
  • 49% – sobrecarga de tarefas.

 

Você reconhecendo essas causas citadas acima poderá prevenir com antecedência o esgotamento.

Então, meu amigo:

Se você está percebendo os sintomas do esgotamento mental, encare a situação com seriedade e tome atitudes drásticas para prevenir.

Agora daremos 4 dicas simples para que você possa evitar ou se livrar do esgotamento mental.

Preparado?

Vamos lá:

 

[ 1 ] – Chute o perfeccionismo

 

Você percebeu que no resultado da pesquisa quase metade dos estudantes tiveram esgotamento mental pelo excesso de tarefas durante um longo período?

Então, meu amigo…

Chute o perfeccionismo e aceite suas limitações!

Precisamos de desafios, mas temos limitações. Eu tenho, você tem, o papa e até mesmo Jeff Bezos (ele eu não tenho certeza … kkk).

Por isso,

Você precisa descobrir com antecedência quais são suas limitações.

Se você extrapolar essas limitações por muito tempo, terá consequências, e não são consequências boas.

Não estude mais do que seu corpo e mente aguenta…

Não pegue tarefas extras fora do estudo que vão exigir esforço mental…

Lembre-se que os estudos são sua prioridade.

Você não tem que ser a pessoa mais perfeita do mundo ajudando os outros em mil coisas e ainda estudando.

Nosso corpo mostra sinais claros de esgotamento, e se seu corpo começar a demonstrar esses sinais pise no freio e diminua a velocidade.

Seu corpo e mente são suas melhores ferramentas, não as estrague!

 

[ 2 ] – Mens sana in corpore sano

 

Seu corpo é sua máquina de estudo.

Então, não cuidar bem de sua melhor ferramenta é sinal claro de “burrice”.

Dormir pouco, comer mal e não se exercitar são “burrices” bem comuns entre os estudantes.

Essas atitudes colocam seu corpo fora do melhor desempenho, e…

Como você sabe,

Você tem que estar no seu ponto ótimo de performance emocional e física para poder ser aprovado.

Além disso, se você estiver com seu corpo “fora dos eixos” você terá mais dificuldade de lidar com todas as causas do esgotamento.

Já pensou ter que lidar com professores complicados, família confusa, excesso de tarefas e um corpo desbalanceado?

Muitas das causas do esgotamento emocional você não tem influência sobre elas, mas estar preparado para enfrentar com um corpo equilibrado você consegue!

Então meu amigo, a receita clássica de bom sono, boa alimentação e exercícios físicos é válida para você também.

 

[ 3 ] – Seja organizado

 

Acredito que você já deve ter passado por momentos de desorganização.

Sabe aquelas situações que você não consegue diferenciar as tarefas importantes das que não são?

Aí você fica cheio de tarefas, a maioria sem serem cumpridas e tudo vira uma confusão?

Se você está totalmente desorganizado, bagunçado e perdido, minha sugestão é…

Tire uns dias de folga e não estude, apenas organize-se.

Organize seus livros, estudos, revisões, anotações, cadernos, arquivos, pdfs, resumos, apostilas e tudo mais.

Faça um plano de estudos atingível.

Aproveite o tempo e limpe suas tarefas, esquecendo-se daquelas que você já viu que não conseguirá fazer.

A organização externa acaba refletindo na interna, você perceberá que o esgotamento diminuirá e você conseguirá entender melhor o que é prioridade e o que não.

E o melhor de tudo…

Após tudo organizado, você terá aquela sensação incrível de dever cumprido.

Uma dica que eu dou é de um aplicativo que sou fã, é o Google Keep, mas existem diversos outros aplicativos para organizar-se nos estudos.

Olha aí o meu Keep:

organize se nos estudos

 

[ 4 ] – Shabat

 

Nós temos a ideia maluca de que o estudo contínuo é a melhor estratégia para aprendermos o mais rápido possível e que o descanso é “perda de tempo”.

Não é verdade!!!

Você precisa tirar regularmente um tempo para descansar, fugir dos estudos, descontrair, limpar a cabeça…

Tenha em mente que isso é uma faxina mental, um tipo de limpeza que vai aumentar seu desempenho.

Tire um tempo para relaxar.

Você precisa de um tempo de divertimento MESMO.

Esse momento de descanso não é para ficar no facebook, whatsapp, netflix ou algo assim…

Separe um tempo para você mesmo, agende um tempo especial para o seu descanso DE VERDADE.

É muito importante que nesse momento você não tenha distrações que vão tirá-lo desse descanso.

Então, minha sugestão é colocar o telefone no modo “não perturbar” e curtir esse momento sem culpa.

Além dos descansos por longos períodos, é importante que você tire pequenos períodos de descanso durante o dia e intervalos de estudos.

Se você entender a importância dos períodos sabáticos e experimentar esses momentos de descanso, perceberá que ao sair desse período retornará energizado e seu rendimento, memorização, raciocínio e entendimento dos conteúdos será muito melhor.

Ou seja, você não perde tempo, ganha capacidade mental.

Mas eu preciso fazer um alerta:

Cuidado com o “descanso da mídia”

Eu sei que você gosta de descansar vendo um seriado, jogando vídeo game ou passando um tempo no facebook.

Mas, infelizmente, esse descanso é bom por um período, mas não por muito tempo.

Então, pelo menos alguns “descansos” você deverá tirar para fazer atividades diferentes que não envolvam eletrônicos e telas.

Um dos principais motivos do estresse, ansiedade e esgotamento é o acúmulo de tarefas sem um bom descanso, pense nisso antes de virar um “Studaholic”.

 

[ 5 ] – Peça Ajuda

 

Minha última dica para lidar com esgotamento mental é:  peça ajuda!

Você não precisa lidar com isso tudo sozinho.

Você pode conversar com amigos e familiares sobre o que está te causando o esgotamento.

Se não for suficiente, existem diversos profissionais que podem ajudá-lo a enfrentar esse momento.

Não tenha vergonha de procurar um bom psicólogo ou psiquiatra.

Não tenha vergonha de procurar ajuda nesses momentos.

Lembre-se, o resultado (ser aprovado) será um fruto colhido para toda vida e toda ajuda no cultivo desse fruto é bem-vinda.

 

Como lidar com a ansiedade e estresse nos estudos?

 

Lembre-se, a ansiedade e o estresse por um longo período de tempo leva a um esgotamento mental.

Então, você precisa estar preparado para se prevenir e saber lidar com essas situações.

Se você percebeu um profundo cansaço, queda no desempenho e desmotivação, ligue o alerta, pois poderá estar entrando em um período de esgotamento.

Espero que você tenha gostado de nossas dicas, se você tiver alguma outra ideia de como lidar com o estresse e esgotamento mental compartilhe na mensagem abaixo e ajude outros a lidar com essa situação.

Lembre-se que o ProximosConcursos existe para que você possa conquistar seu sonho de ser aprovado, e o que precisar, conte conosco!

Abraço e bons estudos!

Wagner

Planilha de Estudos

Planilha de Estudos

Com essa planilha você vai poder calcular automaticamente seu tempo ideal de estudos.

Ela foi criada com base no Método PQF para calcular o quanto você tem que estudar, levando em conta o peso de cada matéria, quantidade de horas necessárias e facilidade que você tem sobre cada uma.

Parabéns! agora você tem acesso a Planilha de Estudos!

GRAN CURSOS

BLACK FRIDAY DA APROVAÇÃO

50% DE DESCONTO NA ASSINATURA ILIMITADA

Com a Assinatura Ilimitada e o Gran Sistema de Ensino, você vai mudar a sua vida com apenas R$ 5 reais por dia!

Promoção válida até às 23h59 do dia 23/11

CADASTRO REALIZADO COM SUCESSO