Ler e estudar são coisas complementares, mas totalmente diferentes. Você anda apenas lendo seu material para o concurso ou realmente está estudando? É importante se fazer essa pergunta e observar seu comportamento. Porque talvez seja esse detalhe que esteja atrapalhando seu aprendizado e lhe afastando da aprovação.

 

Por isso, é preciso saber qual a diferença entre ler e estudar e como tornar os seus estudos mais efetivos a partir disso. É provável que sejam necessárias algumas mudanças, alguns ajustes. Mas, logo você vai se adaptar e perceber que o seu rendimento pode ser muito superior.

 

Qual a diferença entre ler e estudar?

 

A diferença entre ler e estudar está, basicamente, no que você aprende quando faz uma coisa ou outra. Isso porque apenas ler um livro ou uma apostila não é garantia de que você realmente compreendeu aquele conteúdo. Que ele está claro ou faz sentido.

 

Ou seja, é um tipo de aprendizado passivo, sem muito esforço, mas também sem muita efetividade. É provável que você tenha que voltar ao conteúdo lido várias e várias vezes, sempre que precisar utilizá-lo. E ainda assim pode ser que logo depois você acabe esquecendo-o completamente.  

 

Quando você estuda de verdade, sua mente absorve conhecimento. E, com isso, consegue reter a informação de maneira mais fácil e fazer uso dela quando solicitado — na prova do concurso, por exemplo!

 

Trata-se de um aprendizado ativo, no qual você se envolve, grifando, fazendo resumos, respondendo questões, etc. Com isso, você exercita seu cérebro, potencializa sua memória e, por consequência, obtém mais e melhores resultados.

 

Como melhorar meus estudos?

 

Deixar de ser apenas um devorador de apostilas, e passar a ser um estudante de fato, não requer esforços ou sacrifícios imensos. Você apenas passará por um período de adaptação, para que o modelo de aprendizado efetivo se torne um hábito.

 

Ler e estudar: confira 5 dicas valiosas para obter os melhores resultados

 

1 – Pense sobre o que leu

 

Isso é falar o óbvio? Bom seria se fosse! Infelizmente muita gente não tem por hábito um momento de reflexão após a leitura. Acha que apenas quantidade interessa e consome centenas de páginas em poucas horas. Mas a qualidade da leitura é muito mais importante e paradas estratégicas para pensar no que foi visto fazem toda a diferença.

 

De nada adianta terminar uma pilha de livros em tempo recorde se, no fim, você não consegue formular um pensamento crítico sobre o conteúdo. Ou tem muita dificuldade em responder questões simples. Dessa maneira, é só tempo perdido!

 

2 – Teste novas técnicas

 

E para assimilar de verdade um conteúdo, há diversas técnicas muito boas que podem lhe ajudar. Mapas mentais, flashcards, resumos, pomodoro, estudo por questões, etc. O ideal é que você teste cada uma delas e encontre aquela a que melhor se adapta.

 

Investir tempo nesses métodos não gera atraso no cronograma. Ao contrário, como vão potencializar seus estudos, você não vai precisar retomar várias vezes um mesmo conteúdo e seu aprendizado vai ser muito mais ágil.

 

3 – Tenha regularidade no estudo

 

Fundamental também é encontrar o ritmo adequado de estudos para sua rotina. Procure manter a regularidade, em volume e tempo, para que seu cérebro se acostume àqueles momentos de aprendizado e ao processamento de informações.  

 

4 – Atente ao local de estudos

 

Se possível, estude sempre no mesmo lugar. Isso faz com que sua mente, ao estar naquele espaço, já se coloque em “modo estudo” e seja mais fácil manter o foco. Por isso também esse local precisa ser adequado ao momento: com boa iluminação, com todos os seus materiais à mão, sem circulação de pessoas, silencioso.

 

5 – Coloque em prática o que aprendeu

 

Quando trazemos o que aprendemos nos livros e apostilas para o nosso dia a dia, seja em uma conversa informal ou em um exemplo prático, estamos ajudando nosso cérebro a reter aquelas informações. Além de todas as técnicas que podemos utilizar para melhorar a fixação de conteúdos, é bem importante aplicar os conhecimentos adquiridos para que eles permaneçam com a gente.  

 

5 dicas para obter os melhores resultados nos estudos

 

  1. Pense sobre o que leu.
  2. Teste novas técnicas.
  3. Tenha regularidade no estudo.
  4. Atente ao local de estudo.
  5. Coloque em prática o que aprendeu.

 

Agora você já sabe a diferença entre ler e estudar e como a partir disso pode melhorar seus estudos e agilizar sua aprovação. Ficou com dúvidas? Deixe um comentário! Gostaria de indicar alguma técnica? Compartilhe com a gente!

 

Acesse também nossas redes sociais e fique por dentro de tudo sobre o mundo dos concursos. Estamos no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

 

Bons estudos!

Planilha de Estudos

Planilha de Estudos

Com essa planilha você vai poder calcular automaticamente seu tempo ideal de estudos.

Ela foi criada com base no Método PQF para calcular o quanto você tem que estudar, levando em conta o peso de cada matéria, quantidade de horas necessárias e facilidade que você tem sobre cada uma.

Parabéns! agora você tem acesso a Planilha de Estudos!