Edital do TCE SCUm novo edital do TCE SC está sendo muito aguardado e pode sair ainda este ano! Recentemente, o órgão nomeou uma comissão que está avaliando o quadro de servidores e possibilidade de realização de uma seleção.

 

 

 

A expectativa é que sejam ofertadas vagas para os cargos de Auditor (Conselheiro Substituto), Auditor Fiscal de Controle Externo e Técnico em Atividades Administrativas e de Controle Externo. Com ganhos de até R$ 31 mil.

 

 

 

Ficou interessado?

 

 

 

Conheça os detalhes dos últimos editais e começa já sua preparação para o próximo!

 

 

 

Principais informações sobre o concurso TCE SC

 

 

 

 

 

Quais as carreiras e atribuições?

 

 

O próximo concurso TCE SC deve oferecer vagas para as carreiras de Auditor (Conselheiro Substituto), Auditor Fiscal de Controle Externo e Técnico em Atividades Administrativas e de Controle Externo.

 

 

 

Saiba quais as principais atribuições de cada uma delas:

 

 

 

 

 

 

Auditor (Conselheiro Substituto)

 

 

Substituir o Conselheiro nas suas faltas e impedimentos, quando convocado pelo Presidente do Tribunal ou de suas Câmaras. Exercer, no caso de vacância, quando convocado pelo Presidente do Tribunal, as funções do cargo de Conselheiro até novo provimento. Compor quórum das sessões, observados os critérios estabelecidos no Regimento Interno do Tribunal. Atuar junto à Câmara do Tribunal para a qual for designado em caráter permanente, presidindo a instrução dos processos que lhe forem distribuídos e relatando-os com proposta de voto, por escrito, a ser apreciada pelos membros do respectivo colegiado. Emitir parecer conclusivo no processo de prestação de contas do Governador do Estado e, caso solicitado pelo Relator, nos processos de consulta. Desempenhar outras atribuições por determinação do Presidente ou do Tribunal Pleno.

 

 

 

 

 

 

Auditor Fiscal de Controle Externo

 

 

Desempenhar atividades relacionadas ao controle externo da competência do Tribunal de Contas, abrangendo: assessoria e consultoria técnicas relacionadas às competências constitucionais e legais do Tribunal de Contas; planejamento, coordenação e supervisão da fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial e de gestão; execução da fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial e de gestão; planejamento, coordenação e supervisão de auditorias e inspeções; realização de inspeções e auditorias; instrução de processos formalizados no âmbito do Tribunal de Contas; elaboração de estudos, pesquisas e pareceres sobre matéria relacionada ao controle externo; elaboração de relatórios, informações e pareceres em processos de auditorias, inspeções e outros relacionados ao controle externo; executar outras atividades correlatas inerentes às atribuições constitucionais e legais e de funcionamento do Tribunal de Contas.

 

 

 

 

Técnico em Atividades Administrativas e de Controle Externo.

 

 

Planejar,  organizar, executar  e controlar atividades específicas  de sua área de habilitação, relacionadas à administração  do Tribunal de Contas e ao apoio ao controle externo.  Planejar, organizar, executar e controlar atividades específicas  de sua área de habilitação, relacionadas ao atendimento dos programas de apoio ao corpo funcional do Tribunal de Contas. Prestar   assessoria, elaborar estudos, pesquisas, pareceres, relatórios e informações no campo de atuação funcional. Coordenar, acompanhar  e implementar ações e projetos relativos ao planejamento estratégico e ao atingimento de metas institucionais.

 

 

 

Planejar, organizar, coordenar, supervisionar, avaliar e  executar serviços e atividades com vistas à promoção e à preservação da saúde física, psíquica e alimentar, individual e coletiva de membros e servidores do Tribunal de Contas. Prestar assistência médica e odontológica e de serviços de  enfermagem; solicitação e análise de exames clínicos; avaliação, diagnóstico e tratamento, ou encaminhamento a atendimento especializado ou remoção para hospital. Elaborar laudos periciais e emitir pareceres em processos administrativos e,  quando solicitado, em processo de controle externo. Verificar a qualidade e higiene dos gêneros alimentícios adquiridos e estocados no Tribunal, propondo métodos e técnicas apropriadas para sua guarda e conservação. Elaborar e executar planos, programas e atividades na área assistencial. Desenvolver   atividades de aconselhamento e de orientação psicológica, acompanhamento e tratamento dessa natureza. Executar outras atividades correlatas.

 

 

Confira como passar mais rápido no Concurso TCE SC

 

 

 

 

 

Qual o nível de formação exigido?

 

 

 formaçaoPara os cargos de Auditor (Conselheiro Substituto) e Auditor Fiscal de Controle Externo é necessários ter formação de Nível Superior em áreas específicas, ainda não divulgadas.

 

 

 

Já para a carreira de Técnico em Atividades Administrativas e de Controle Externo é exigida formação de Nível Médio.

 

 

 

 

 

 

Qual o salário?

 

 

 salario money dinheiroSaiba quais os salários iniciais para cada uma das carreiras:

 

 

 

 

  • Auditor Substituto de Conselheiro: R$ 31.916,00;
  • Auditor Fiscal de Controle Externo: R$ 6.964,79;
  • Técnico de Atividades Administrativas e de Controle Externo: R$ 6.037,61.

 

 

 

 

 

Quais os benefícios?

 

 

Saiba quais os benefícios para cada uma das carreiras:

 

 

 

 

  • Auditor Substituto de Conselheiro: vale-alimentação de R$ 1.160,00;
  • Auditor Fiscal de Controle Externo: Gratificação de Representação no valor de R$ 5.895,02 + vale-alimentação de R$ 1.642,78;
  • Técnico de Atividades Administrativas e de Controle Externo: Gratificação de Representação no valor de R$ 5.895,02 + vale-alimentação de R$ 1.642,78.

 

 

 

 

 

Qual a lotação?

 

 

Os candidatos aprovados serão lotados no Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina por ordem de classificação e conforme demanda do órgão.

 

 

 

 

 

 

 

 

Qual a jornada de trabalho?

 

 

 time 2 jornada tempoA jornada de trabalho dos servidores do TCE SC é de 40 horas semanais (8 horas diárias).

 

 

 

 

 

 

Quais as chances de crescimento na carreira?

 

 

Os servidores do TCE SC podem subir na carreira em Níveis (1 ao 16) e Referências (A até I).

 

 

 

A movimentação se dá por progressão funcional, que é o deslocamento entre referências e níveis, no mesmo cargo, por antiguidade ou merecimento.

 

 

 

 

 

 

 

 

Como foi a concorrência do último concurso?

 

 

 concorrenciaO último concurso TCE SC foi realizado em 2016, quando ofertou 52 vagas para a carreira de Auditor Fiscal de Controle Externo, nas seguintes especialidades:

 

 

 

 

  • Administração (6 vagas);
  • Contabilidade (13 vagas);
  • Direito (10 vagas);
  • Economia (3 vagas);
  • Engenharia Civil (10 vagas)
  • Informática (10 vagas).

 

 

O número total de inscritos foi de 12.937, ou seja, uma média geral de 248,8 candidatos por vaga. A carreira mais disputada foi a de Auditor da área de Administração, com 2.649 inscritos e 441,5 candidatos por vaga.

 

 

 

Os números da concorrência são expressivos, contudo, é importante lembrar que apenas entre 8% e 10% dos inscritos em um concurso público estão realmente aptos a disputar uma vaga.

 

 

 

Isso porque a maioria não investiu na preparação de maneira adequada ou não irá comparecer no dia da prova, entrando para o índice de abstenção (que costuma chegar a 30%).

 

 

 

Sendo assim, o diferencial está no tempo e na qualidade do estudo. Com isso, você já sai na frente de grande parte dos candidatos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Como são as provas?

 

 

 Saiba agora como foram as provas dos últimos concursos TCE SC para as carreiras de Auditor Fiscal de Controle Externo, realizado em 2015, e Técnico em Atividades Administrativas e de Controle Externo, realizado em 2006):

 

 

 

 

 

 

Auditor Fiscal de Controle Externo

 

 

Prova objetiva

 

 

 

A prova objetiva para o cargo de Auditor Fiscal de Controle Externo teve 120 questões no modelo de “certo” ou “errado” no qual uma errada anulava uma certa. E foi dividida da seguinte maneira:

 

 

 

Conhecimentos Básicos (50 questões, peso 1, para todos os cargos).

 

 

 

 

  • Língua Portuguesa
  • Controle Externo da Administração Pública
  • Auditoria Governamental
  • Noções de Direito Constitucional (exceto para a especialidade Direito)
  • Noções de Direito Administrativo (exceto para a especialidade Direito)
  • Administração Financeira e Orçamentária e Orçamento Público (somente para a especialidade Direito)
  • Língua Inglesa (somente para a especialidade Informática)

 

 

Conhecimentos específicos (70 questões, peso 2).

 

 

 

Administração

 

 

 

 

  • Administração Pública
  • Administração Geral
  • Administração Financeira e Orçamentária e Orçamento Público
  • Matemática Financeira

 

 

Contabilidade

 

 

 

 

  • Contabilidade Geral
  • Análise das Demonstrações Contábeis
  • Contabilidade de Custos
  • Contabilidade Pública
  • Administração Financeira e Orçamentária e Orçamento Público

 

 

Direito

 

 

 

 

  • Direito Administrativo
  • Direito Constitucional
  • Direito Civil
  • Direito Processual Civil
  • Direito Penal
  • Direito Financeiro
  • Direito Tributário
  • Direito Previdenciário

 

 

Economia

 

 

 

 

  • Economia
  • Administração Financeira e Orçamentária e Orçamento Público
  • Matemática Financeira
  • Estatística

 

 

Engenharia Civil

 

 

 

 

  • Obras – planejamento, normas, fiscalização e legislação.
  • Auditoria de Obras de Edificações
  • Auditoria de Obras Rodoviárias
  • Auditoria de Obras de Saneamento Básico
  • Administração Financeira e Orçamentária e Orçamento Público

 

 

Informática

 

 

 

 

  • Engenharia de Software
  • Desenvolvimento de Sistemas
  • Infraestrutura de TI
  • Gestão e Governança de TI
  • Análise de Informações
  • Fiscalização de Contratos de TI
  • Administração Financeira e Orçamentária e Orçamento Público.

 

 

Houve, ainda, avaliação de títulos com a seguinte pontuação:

 

 

 

 

  • Graduação (outra, além da exigida para o cargo): 4,0 pontos;
  • Especialização (Lato Sensu): 1,0 pontos;
  • Mestrado: 2,0 pontos;
  • Doutorado: 3,0 pontos.

 

 

 

 

 

Técnico em Atividades Administrativas e Controle Externo

 

 

Prova objetiva

 

 

 

A prova objetiva para o cargo de Técnico em Atividades Administrativas e Controle Externo foi composta por 100 questões de múltipla escolha (cinco alternativas e apenas uma correta).

 

 

 

O conteúdo versava sobre as seguintes disciplinas:

 

 

 

Conhecimentos Gerais (40 questões para todos os cargos)

 

 

 

 

  • Língua Portuguesa (6 questões);
  • Realidade Socioeconômica de SC (17 questões);
  • Controle Externo da Administração Pública (17 questões);

 

 

Conhecimentos Específicos 

 

 

 

Jornalismo (60 questões)

 

 

 

 

  • Direito Constitucional (4 questões);
  • Direito Administrativo (5 questões);
  • Técnicas de Redação (15 questões);
  • Aspectos da Atividade (21 questões);
  • Aspectos profissionais (4 questões);
  • Responsabilidade Fiscal: Gestão Fiscal e Penalidades (2 questões);
  • Licitações e Contratos Administrativos (4 questões);
  • Auditoria (3 questões).

 

 

Biblioteconomia (60 questões)

 

 

 

 

  • Direito Constitucional (4 questões);
  • Direito Administrativo (5 questões);
  • Aspectos da Atividade (43 questões);
  • Aspectos profissionais (4 questões);
  • Licitações e Contratos Administrativos (4 questões).

 

 

Houve, ainda, avaliação de títulos com a seguinte pontuação:

 

 

 

 

  • Especialização (Lato Sensu): 4,0 pontos;
  • Mestrado: 7,0 pontos.
  • Doutorado: 10 pontos.

 

 

 

 

 

Provas anteriores Concurso TCE SC

 

 

 

Editais anteriores Concurso TCE SC

 

 

 

 

 

Qual a banca?

 

 

O último edital do concurso TCE SC, realizado em 2016, foi organizado pela Cespe/Cebraspe. Contudo, ainda não se sabe qual será a banca do próximo.

 

 

 

Aproveite para conferir as análises completas que fizemos das mais importantes instituições do país. Clique no nome de cada uma e saiba mais:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. Afinal, é sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a área ou cargo pretendido.

 

 

 

Desse modo, veja algumas opções realmente boas:

 

 

 

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. De fato, tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Assim, se você quer um curso com bom histórico de aprovação, e a possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 

Curso Gran – Concurso TCE SC

 

Estratégia ConcursosO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, pois conta com um material de qualidade e professores renomados. Ou seja, se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e, além disso, não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é, com efeito, sua melhor opção.

 

Curso Estratégia – Concurso TCE SC

 

O Exponencial é mais uma excelente alternativa. Igualmente aos demais cursos, é voltado para o aprendizado acelerado, mas oferece ainda o interessante serviço de coaching 100% especializado.

 

Clique aqui para conhecer o Exponencial Concursos

 

 

 

 

 

E não esqueça de conferir as novidades nas redes do Próximos concursos. Estamos no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

 

 

 

Bons estudos!

You have Successfully Subscribed!