cansaço mental nos estudos para concursosSe tem algo que todo concurseiro precisa saber é que vai ser preciso lidar com o cansaço mental nos estudos para concursos públicos. Isso porque a preparação é, de fato, um período muito intenso, que exige dedicação máxima a apostilas, exercícios, videoaulas, etc.

São horas e mais horas sentados em frente ao computador ou lendo. E horas a menos de lazer e sono, uma vez que precisa conciliar os estudos com todas as demandas da vida, como família e trabalho.

Muitas vezes, o cansaço mental é pior que o cansaço físico, já que é mais difícil de detectar. Quando nosso corpo está exausto, percebemos mais facilmente seus sinais. Já quando é nossa mente que precisa de ajuda, nem sempre estamos atentos ou sabemos reconhecer o alarme vermelho.  

Por isso, é muito importante manter o equilíbrio e conhecer seus limites. Sem isso, em pouco tempo você pode acabar estressado e doente, colocando sua saúde, e também todo o seu esforço, em risco.

Para tanto, há uma série de dicas para seguir e bons hábitos para incluir na rotina. Eles vão lhe ajudar a ter melhores resultados e garantir a produtividade sem afetar a sua saúde mental.

Pronto para saber mais?

Descubra agora!

 

7 dicas para lidar com o cansaço mental nos estudos para concursos

 

1 – Durma bem

Essa é uma orientação de grande importância. Muitas pessoas têm a ideia errada de que dormir é perder tempo. Ao contrário, é durante o sono que nosso cérebro potencializa o aprendizado e a memória. Isso quem afirma é a Ciência, saiba mais sobre esse assunto clicando aqui.

Uma noite mal dormida pode derrubar qualquer pessoa, uma vez que no sono também recuperamos nossas energias e damos aquele descanso merecido ao nosso cérebro. Sem esse combustível, nosso corpo começa a falhar e a falta de concentração nos estudos é o primeiro indício de que algo vai mal.

Por isso, o ideal é dormir entre seis e oito horas por noite — esse período varia de organismo para organismo. E o mais importante é que seja um sono de qualidade. Se o seu travesseiro incomoda, troque por outro. Se tem acordado várias vezes durante a noite tente alguma técnica de relaxamento antes de deitar. E se tem enfrentado insônia, não perca tempo e procure a ajuda de um profissional da Saúde.

 

2 – Pratique exercícios físicos

Exercícios físicos são excelentes aliados dos concurseiros. Afinal, movimentar-se faz com que a pessoa fuja do sedentarismo (o que é ótimo para quem passa tanto tempo sentado), além de melhorar a cognição, aumentando a produção de novos neurônios e aumentando a atividade cerebral.

Com isso, a prática regular de uma atividade física ajuda na memorização do conteúdo, na disposição para enfrentar a maratona de estudos e é também uma válvula de escape para o estresse.

 

3 – Fique confortável

Nada pior do que não ter um local tranquilo e ergonomicamente adequado quando se passa muitas horas sentado. Se você não estiver confortável, não vai conseguir manter a concentração necessária, vai sentir dores e, assim, não vai evitar o cansaço mental nos estudos para concursos públicos.

Sendo assim, escolha um espaço no qual você possa se dedicar sem interrupções, que seja afastado dos barulhos. Adquira uma cadeira adequada, mantenha seu material à mão e organizado. Preste atenção também à luminosidade. Locais escuros acabam fazendo com que você tenha que forçar os olhos. E isso prejudica sua saúde e seu rendimento. Coloque sua mesa próxima da janela ou compre uma luminária.

 

4 – Faça pausas

Um bom planejamento é fundamental para evitar o cansaço mental nos estudos para concursos públicos. E todo bom cronograma prevê as horas de descanso. Afinal, sem pausas programadas, vai ser difícil manter a concentração e o bom rendimento nos estudos.

Não deixe sua mente chegar ao limite e o cansaço bater forte, quando sentir que seu foco está se desfazendo ou que sua mente está pesando, pare tudo e relaxe um pouco. Na maioria das vezes, depois desse tempo a pessoa retoma os estudos de forma mais vigorosa.

E aqui fala-se tanto de pausas curtas entre os estudos ao longo do dia quanto momentos mais prolongados de lazer, algo que quebre sua rotina. Permita-se ver um episódio da sua série favorita, vá ao cinema, saia para tomar um café com um amigo.  

 

5 – Varie o material de estudo

Aqui está algo que muitas pessoas ignoram, mas que faz bastante diferença. Sabemos que a repetição é importante para fixarmos o conteúdo. No entanto, sempre o mesmo material pode ter efeito contrário e ser tremendamente tedioso, afetando muito a concentração nos estudos.

Já que os temas se mantêm os mesmos, tente variar o tipo de material. Comece com apostilas, depois assista uma videoaula, faça exercícios, teste técnicas de concentração e memorização diferentes.

Da mesma forma, evite estudar a mesma disciplina por períodos muito longos.  Por exemplo: durante o dia, alterne entre os conteúdos. Estude Língua Portuguesa por duas horas. Faça uma pausa. Estude mais duas horas de Matemática. São matérias completamente diferentes e você vai sentir como se seu cérebro estivesse começando do zero.

 

6 – Atente às suas emoções

O cansaço mental nos estudos para concursos públicos, muitas vezes, está associado ao excesso de cobrança e expectativas. A preparação para as provas precisa de muita dedicação, mas é necessário que esse período seja o mais tranquilo possível emocionalmente. Sem isso, você não obterá bons resultados e, com certeza, vai adoecer.

Fique atento a sua saúde mental. Se for preciso, busque ajuda especializada para lidar com as cobranças internas e externas. Uma boa alternativa é meditar antes de estudar. Esse processo ajuda a “desligar” a mente e desenvolver sua autoconsciência. Fique de olho nos seus limites e aprenda a respeitá-los.   

 

7 – Pare de se comparar com os outros

A comparação é um verdadeiro veneno para a saúde mental de qualquer pessoa. Para um concurseiro, que já está em uma fase cansativa e intensa, pode ser ainda pior. Ao comparar seus resultados com o de outro alguém, você esquece de considerar algo muito importante: cada pessoa tem seu ritmo próprio e responde de maneira distinta aos estímulos.

Por isso, de nada adianta fazer como beltrano, que passa as noites estudando, ou fulano, que estuda 15 horas por dia, se você se sente exaurido, sem vontade, sem foco. Descubra qual o seu ritmo e busque dar o melhor dentro de suas limitações. Isso vai evitar que você chegue ao ponto de que cansado mental nos estudos para concursos lhe afaste do seu objetivo maior: ser aprovado.

 

7 dicas para lidar com o cansaço mental nos estudos para concursos

  1. Durma bem
  2. Pratique exercícios físicos
  3. Fique confortável
  4. Faça pausas
  5. Varie o material de estudo
  6. Atente às suas emoções
  7. Pare de se comparar com os outros

 

Como se preparar?

A preparação é a parte mais importante da jornada até a aprovação em um concurso público. É preciso ter em mente que são horas e mais horas de estudos, leituras, exercícios e revisão. Para obter bons resultados, só com muita disciplina e foco.

O primeiro passo, é obter todas as informações sobre o concurso (prazos, disciplinas pedidas, banca examinadora, etc) lendo com muita atenção o edital. Depois, é fundamental planejar seus estudos da forma que melhor funcione com você.

Para lhe ajudar nesse caminho, temos o post como montar um cronograma de estudos perfeito para sua rotina.

 

Quais as melhores apostilas?

Há pessoas que obtêm ótimos resultados estudando sozinhas, outras precisam de ajuda e investem em um curso preparatório. Se você optou por um voo solo, saiba que as apostilas serão suas melhores amigas. Por isso, é fundamental saber quais as mais conceituadas disponíveis no mercado. Se forem específicas para o concurso pretendido, tanto melhor!

Uma das mais completas é do Estratégia Concursos, que é também um dos melhores cursos do país. O material didático é sempre bem direcionado, feito por professores especialistas na área de concursos.  

Outra ótima opção é o Gran Cursos Online. Igualmente, tem material vasto para download. No Gran você ainda pode contratar um plano de assinatura que dá acesso a todos os mais de 7 mil cursos disponíveis na plataforma.

Muitas pessoas acreditam que estudar por apostila não é tão efetivo, mas as que indicamos aqui são realmente boas. No entanto, claro, tudo vai depender do quanto você se dedicar aos estudos. Pode ser um desafio ainda maior, mas é possível ser aprovado estudando por apostilas!

Confira também nosso post completo sobre as melhores apostilas para concursos.

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. É sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a sua área de atuação.

O  Estratégia Concursos, por exemplo, tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, conta com um material de qualidade e professores renomados. O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. Da mesma forma, tem material completo, com videoaulas, e professores de primeira linha.

Ainda tem dúvidas? Aproveite para conferir nosso ranking completo com os melhores cursos preparatórios para concursos.

Melhores cursos preparatórios para concursos

Quais as melhores técnicas para estudar?

Há diversas técnicas que podem potencializar seu aprendizado, como a pomodoro e a de ciclo de estudos. Você também pode estudar com flash cards ou mapas mentais. O ideal é experimentar cada uma delas e ver com qual se adapta melhor.

Para lhe ajudar na escolha, reunimos todas as informações no post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

Agora que você já sabe como driblar o cansaço mental nos estudos para concursos públicos, quer conhecer outas dicas que vão lhe ajudar a potencializar seu aprendizado? Acompanhe nossas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube. Por lá tem sempre conteúdo relevante, análises completas e notícias atualizadas do universo concurseiro. 

Conte com a gente e bons estudos!

 

Planilha de Estudos

Planilha de Estudos

Com essa planilha você vai poder calcular automaticamente seu tempo ideal de estudos.

Ela foi criada com base no Método PQF para calcular o quanto você tem que estudar, levando em conta o peso de cada matéria, quantidade de horas necessárias e facilidade que você tem sobre cada uma.

Parabéns! agora você tem acesso a Planilha de Estudos!