Pela importância da autarquia na administração federal e por ser garantia de uma carreira estável e de sucesso, o concurso do DNIT é um dos mais conhecidos e disputados. Da mesma forma, é um dos mais exigentes. Como o DNIT é peça vital para funcionamento eficiente da malha viária e ferroviária de todo o Brasil, o concurso requer muito comprometimento e estudos dos candidatos.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) é uma autarquia federal brasileira vinculada ao Ministério dos Transportes. É responsável pela manutenção, ampliação, construção, fiscalização e elaboração de estudos técnicos para a resolução de problemas relacionados ao Sistema Federal de Viação.

concurso dnit 2019

Nesse artigo você fica por dentro de todas as informações sobre o concurso do DNIT: as vagas, os rendimentos, os benefícios oferecidos, as funções e a rotina de cada um dos cargos. Confira e prepare-se!

 

Clique direto no cargo sobre o qual você deseja informações:

 

Concurso do DNIT- Carreiras

 

Sendo um órgão público de âmbito federal, as vagas do concurso do DNIT são preenchidas por meio de certame público, oferecendo carreiras tanto para Ensino Médio, quanto para o Ensino Superior. Saiba quais são as principais carreiras dentro do DNIT, de acordo com o nível de formação exigido.

 

Nível Médio

 

Os principais cargos de nível médio no concurso do DNIT são as carreiras de Técnico Administrativo e Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes (Estradas), que têm remuneração base de R$ 3.545,88, (vencimento mensal). 

 

Nível Superior

 

Já as carreiras de nível superior no concurso do DNIT estão divididas em diversas especializações de Analista em Infraestrutura de Transportes e de Analista Administrativo.

Essas carreiras podem exigir formação superior em qualquer área ou formações específicas, tendo remuneração base de R$ 5.408,21 para Analista Administrativo e R$ 7.815,81 para Analista em Infraestrutura de Transportes (vencimento mensal). 

 

concurso dnit

 

Saiba mais sobre as carreiras de Nível Médio

 

As carreiras de nível médio dentro do concurso do DNIT englobam os cargos de Técnico Administrativo e Técnico em Suporte de Infraestrutura de Transportes. Cada uma das áreas de atuação tem requisitos, funções e rotinas distintas, de acordo com a formação exigida e também com a área de atuação do servidor.

Confira detalhes sobre a remuneração, a jornada de trabalho, os benefícios oferecidos, os requisitos de cada área de atuação e também as atribuições básicas para cada uma das carreiras de nível médio no concurso do DNIT.

 

Técnico Administrativo (Área Administrativa)

 

Requisitos e formação exigida: exige formação certificada no Ensino Médio ou equivalente.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração: base de R$ 2.507,30, correspondendo ao vencimento.

Atribuições básicas: execução de atividades administrativas e logísticas de nível intermediário relativas ao exercício das atribuições do DNIT, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Lotação: diversos estados da Federação.

 

Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes (Estradas)

 

Requisitos e formação exigida: exige formação certificada no Ensino Médio ou equivalente.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração:  base de R$ 3.545,88, correspondendo ao vencimento.

Atribuições básicas: execução de atividades de suporte e apoio técnico especializado às atividades de planejamento, gerenciamento, pesquisas e estudos; elaboração de projetos, acompanhamento de obras e fiscalização de contratos e convênios; operação e engenharia de tráfego, com vistas na construção, restauração, manutenção e operação da infraestrutura de transportes federal, rodoviária, ferroviária, portuária e hidroviária.

Lotação: diversos estados da Federação.

 

Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes (Laboratório)

 

Requisitos e formação exigida: exige formação certificada no Ensino Médio ou equivalente e diploma de curso técnico em Laboratório.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração: base de R$ 3.545,88, correspondendo ao vencimento mensal.

Atribuições básicas: execução de atividades de suporte e apoio técnico especializado às atividades de planejamento, gerenciamento, pesquisas e estudos; elaboração de projetos, acompanhamento de obras e fiscalização de contratos e convênios; operação e engenharia de tráfego, com vistas na construção, restauração, manutenção e operação da infraestrutura de transportes federal, rodoviária, ferroviária, portuária e hidroviária.

Lotação: diversos estados da Federação.

 

Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes (Topografia)

 

Requisitos e formação exigida: exige formação certificada no Ensino Médio ou equivalente e diploma de curso técnico em Topografia.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração: base de R$ 3.545,88, correspondendo ao vencimento mensal.

Atribuições básicas: execução de atividades de suporte e apoio técnico especializado às atividades de planejamento, gerenciamento, pesquisas e estudos; elaboração de projetos, acompanhamento de obras e fiscalização de contratos e convênios; operação e engenharia de tráfego, com vistas na construção, restauração; manutenção e operação da infraestrutura de transportes federal, rodoviária, ferroviária, portuária e hidroviária.

Lotação: diversos estados da Federação.

 

dnit concurso

Saiba mais sobre as carreiras de Nível Superior

 

Assim como acontece nas carreiras de nível médio dentro do concurso do DNIT, as carreiras de nível superior englobam os diversos cargos e especialidades na atuação de Analista em Infraestrutura de Transportes e de Analista Administrativo. Cada uma das áreas de atuação tem requisitos, funções e rotinas distintas, de acordo com a formação exigida e também com a área de atuação do servidor.

Confira  os detalhes sobre a remuneração, jornada de trabalho, benefícios oferecidos, requisitos de cada área de atuação e as atribuições básicas para cada uma das carreiras.

 

Analista em Infraestrutura de Transportes (Área Ambiental)

 

Requisitos e formação exigida: exige formação de nível superior em qualquer curso de graduação superior, exceto Licenciatura curta.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração: base de R$ 7.815,81, correspondendo ao vencimento mensal.

Atribuições básicas: execução de atividades de planejamento, gerenciamento, pesquisas e estudos; elaboração de projetos, acompanhamento de obras e fiscalização de contratos e convênios; operação e engenharia de tráfego, com vistas na construção, restauração, manutenção e operação da infraestrutura de transportes federal, rodoviária, ferroviária, portuária e hidroviária.

Lotação: diversos estados da Federação.

 

Analista em Infraestrutura de Transportes (Área de Geoprocessamento)

 

Requisitos e formação exigida: exige formação de nível superior em qualquer curso de graduação superior, exceto Licenciatura curta.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração: base de R$ 7.815,81,  correspondendo ao vencimento mensal.

Atribuições básicas: execução de atividades de planejamento, gerenciamento, pesquisas e estudos; elaboração de projetos, acompanhamento de obras e fiscalização de contratos e convênios; operação e engenharia de tráfego, com vistas na construção, restauração, manutenção e operação da infraestrutura de transportes federal, rodoviária, ferroviária, portuária e hidroviária.

Lotação: diversos estados da Federação.

 

Analista em Infraestrutura de Transportes (Área de Engenharia Civil)

 

Requisitos e formação exigida: exige formação de nível superior em Engenharia Civil e registro no CREA, na modalidade Engenheiro Civil.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração: base de R$ 7.815,81, correspondendo ao vencimento mensal.

Atribuições básicas: execução de atividades de planejamento, gerenciamento, pesquisas e estudos; elaboração de projetos, acompanhamento de obras e fiscalização de contratos e convênios; operação e engenharia de tráfego, com vistas na construção, restauração, manutenção e operação da infraestrutura de transportes federal, rodoviária, ferroviária, portuária e hidroviária.

Lotação: diversos estados da Federação.

 

Analista Administrativo (Contábil)

 

Requisitos e formação exigida: exige formação de nível superior em Contabilidade e registro no CRC, na modalidade Contador.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração: base de R$ 5.408,21, correspondendo ao vencimento mensal.

Atribuições básicas: execução de atividades administrativas e logísticas de nível superior relativas ao exercício das atribuições do DNIT, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades;

Lotação: diversos estados da Federação.

 

Analista Administrativo (Tecnologia da Informação)

 

Requisitos e formação exigida: exige formação de nível superior em Informática.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração:  base de R$ 5.408,21, correspondendo ao vencimento mensal.

Atribuições básicas: execução de atividades administrativas e logísticas de nível superior relativas ao exercício das atribuições do DNIT, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades;

Lotação: diversos estados da Federação.

 

Analista Administrativo (Área Administrativa)

 

Requisitos e formação exigida: exige formação de nível superior em qualquer curso de graduação superior, exceto Licenciatura curta.

Jornada de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, salvo disposição em lei específica.

Remuneração: base de R$ 5.408,21, correspondendo ao vencimento mensal.

Atribuições básicas: execução de atividades administrativas e logísticas de nível superior relativas ao exercício das atribuições do DNIT, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades;

Lotação: diversos estados da Federação.

 

Detalhes do Concurso do DNIT

 

Agora que já tratamos de forma detalhada das carreiras dentro do concurso do DNIT, vamos nos aprofundar nos detalhes do certame público. Abaixo você confere as informações sobre a realização das provas, número de vagas esperadas, número de candidatos e relação de candidatos por vaga dos últimos anos, além das matérias pedidas para cada cargo. 

 

Vagas disponíveis

 

As vagas do concurso estão distribuídas de acordo com as atribuições e buscam suprir vagas em aberto no momento da elaboração do edital e realizar a formação de cadastro de reserva.

Isso quer dizer que, apesar do número de vagas, os candidatos habilitados poderão ser chamados e empossados durante a vigência do concurso. O órgão costuma chamar um grande número de candidatos para o cargo ao longo da duração do concurso.

 

Detalhes das Provas 

 

Composição das provas de nível médio (Técnico)

concurso do dnit 2019

Composição das provas de Nível Superior

 

Analista Administrativo

concursos dnit 2019

 

Analista em Infraestrutura de Transportes

dnit concurso 2019

 

Banca Organizadora 

Um dos passos mais importantes para o candidato durante a preparação é conhecer o perfil da banca examinadora. Isso porque não são todas iguais e cada uma tem suas particularidades. Estando por dentro do estilo da banca responsável pela prova do concurso que você vai participar é possível direcionar melhor seus estudos e torná-los mais efetivos.

Os últimos concursos do DNIT foram realizados pela Escola de Administração Fazendária (ESAF), que é considerada de alta complexidade por parte de professores de cursos preparatórios, exigindo muito preparo e comprometimento do candidato para sua aprovação efetiva. 

No entanto, ainda não se sabe qual será a organizadora do próximo Concurso DNIT.

Para saber detalhes sobre as principais instituições de todo o país, clique no nome da banca:

 

 

Editais dos últimos concursos 

 

Os últimos editais dos concursos do DNIT estão disponíveis no site do órgão ou no link do Edital 2014.

 

Como me preparar para esse concurso?

 

A preparação é a parte mais importante da jornada até a aprovação em um concurso público. É preciso ter em mente que são horas e mais horas de estudos, leituras, exercícios e revisão. Para obter bons resultados, só com muita disciplina e foco.

O primeiro passo, é obter todas as informações sobre o concurso (prazos, disciplinas pedidas, banca examinadora, etc) lendo com muita atenção o edital. Depois, é fundamental planejar seus estudos da forma que melhor funcione com você.

 

Para lhe ajudar nesse caminho, temos o post como montar um cronograma de estudos perfeito para sua rotina.

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. É sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a sua área de atuação.

 

O  Estratégia Concursos, por exemplo, tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, conta com um material de qualidade e professores renomados.

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. Da mesma forma, tem material completo, com videoaulas, e professores de primeira linha.

Outra excelente opção é o Exponencial Concursos, que conta com esquemas, mapas mentais, aprendizado acelerado e acompanhamento individual.

 

Quais as melhores técnicas para estudar?

 

Há diversas técnicas que podem potencializar seu aprendizado, como a pomodoro e a de ciclo de estudos. Você também pode estudar com flash cards ou mapas mentais. O ideal é experimentar cada uma delas e ver com qual se adapta melhor.

Para lhe ajudar na escolha, reunimos todas as informações no post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

 

Como estudar por questões?

 

De todas a técnicas, a mais utilizada pelos concurseiros é, com certeza, a de estudo por questões. O método ajuda revisar a matéria e fixar o conteúdo. Com isso, também torna o estudo mais efetivo e acelera a aprovação!

Para saber mais, acesse o post completo que fizemos sobre o assunto.

 

Aproveite também para seguir o Próximos Concursos nas redes sociais:  Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.  Por lá você vai encontrar tudo sobre o universo concurseiro, discussões de qualidade, troca de experiências e dicas imbatíveis.

 

E lembre-se: conte com a gente na caminhada até a aprovação!

 

Bons estudos!

Gostou do artigo?
[Total: 5 Average: 3]

Planilha de Estudos

Inscreva-se agora para baixar gratuitamente a Planilha definitiva de Estudos!

Confirme seu e-mail e baixe a planilha!