%

Está autorizado o próximo Concurso do Ministério Público do Estado de São Paulo (concurso MP SP) para o cargo de Promotor de Justiça Substituto.

Estão previstas 157 vagas imediatas para a classe inicial da carreira.

Neste artigo você vai encontrar todos os detalhes sobre o concurso MP SP: previsão de abertura, salários, benefícios, requisitos, lotações, chances de crescimento, conteúdo das provas e muito mais!

Confira agora!

 

Principais informações sobre o Concurso MP SP

 

O que é MP?

 

O Ministério Público (MP) é um órgão com total autonomia institucional e financeira que fiscaliza o poder público em todas as esferas: no Executivo, no Legislativo e no Judiciário. O MP atua em todas as unidades federativas do país.

O Ministério Público do Estado de São Paulo é o maior do país, com quase 2 mil membros e vários órgãos internos: Subprocuradoria Geral Institucional, Subprocuradoria Geral de Gestão, Subprocuradoria Geral Jurídica e Subprocuradoria Geral de Relações Externas, Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça, Conselho Superior, Corregedoria-Geral e Ouvidoria.

Além de atuar na área criminal, o MP age na defesa do patrimônio público e social, meio ambiente, habitação e urbanismo, infância e juventude, idosos, pessoas com deficiência, direitos humanos, saúde pública, educação, consumidor, etc.

 

Quais as carreiras e atribuições?

 

materiais tecnicas dicas

O próximo concurso MP SP deve ofertar vagas para o cargo de Promotor de Justiça Substituto.

Entre outras atribuições, o Promotor de Justiça deve:

  • Defender os interesses coletivos dos consumidores.
  • Combater crimes e contravenções penais, buscando a responsabilização penal dos autores, coautores e partícipes das infrações, respeitado o princípio constitucional da independência funcional.
  • Adotar medidas preventivas, no âmbito de suas atribuições, a fim de evitar ilícitos penais.
  • Fiscalizar a execução da sentença penal condenatória e realizar o controle externo da atividade policial.
  • Agir em defesa do idoso, da pessoa com deficiência, saúde pública e dentro desta o transtorno mental, inclusão social e o zelo pelo efetivo respeito dos poderes Públicos e dos serviços de relevância aos direitos assegurados na Constituição da República.
  • Defender e garantir os direitos de crianças e adolescentes.
  • Promover e defender os valores ambientais, urbanísticos, culturais e humanos.

 

Qual o nível de formação exigido?

 

nivel formaçao concurso publico

Para concorrer a uma vaga no concurso MP SP para Promotor de Justiça Substituto é necessário ter formação de Nível Superior em Direito e, no mínimo, três anos de atividade jurídica, cuja documentação deverá ser entregue na inscrição definitiva.

Podem ser consideradas atividades jurídicas:

  • Efetivo exercício da advocacia, com participação anual mínima em pelo menos 5 atos privativos de advogado, em causas ou questões distintas.
  • Exercício de cargo, emprego ou função que exija a utilização preponderante de conhecimentos jurídicos.
  • Exercício da função de conciliador junto ao Poder Judiciário de pelo menos 16 horas mensais por um ano.
  • Exercício de mediação ou arbitragem na composição de litígios, por 16 horas mensais por um ano.
  • Um ano para pós-graduação lato-sensu em Direito.
  • Dois anos para Mestrado em Direito.
  • Três anos para Doutorado em Direito.

 

Quais as demais exigências?

 

Além da formação, são exigidos outros pré-requisitos no concurso MP SP para Promotor de Justiça Substituto:

 

  • Ser brasileiro;
  • Estar quite com o serviço militar;
  • Estar no gozo dos direitos políticos;
  • Gozar de boa saúde física e mental;
  • Ter boa conduta social e não registrar antecedentes criminais incompatíveis com o exercício da função.

 

Qual o salário?

 

salario 2 money

O salário inicial para o cargo de Promotor de Justiça Substituto no concurso MP SP é de R$ 28.883,97.

 

Qual a lotação?

 

A lotação dos aprovados no concurso MP SP pode ser tanto na capital do estado quanto na Grande São Paulo, litoral e interior. Conforme demanda do órgão e classificação do candidato.

As 16 regionais do Ministério Público paulista cobrem todos os 645 municípios do estado e são as seguintes:

  • Araçatuba
  • Bauru
  • Campinas
  • Capital – Entrância Final
  • Franca
  • Grande São Paulo I
  • Grande São Paulo II
  • Grande São Paulo III
  • Piracicaba
  • Presidente Prudente
  • Ribeirão Preto
  • Santos
  • São José do Rio Preto
  • Sorocaba
  • Taubaté
  • Vale do Ribeira

 

Qual a jornada de trabalho?

 

Os aprovados no concurso MP SP terão jornada de trabalho de 40 horas semanais.

 

Quais as chances de crescimento na carreira?

 

Todos os servidores do MP SP têm um plano de carreira dividido por níveis (I, II e III), que contemplam classes (A, B e C) e referências (do 1 ao 15).

 

A progressão funcional se dá por avaliação de desempenho de uma referência para a imediatamente superior observando o prazo de um ano para a classe A, dois anos para a classe B e três anos para a classe C. A promoção funcional é referente à movimentação do último padrão de um classe para o primeiro da classe seguinte, respeitando os mesmos prazos.

 

Como foi a concorrência do último concurso?

 

 

O último concurso MP SP foi realizado em 2019 e ofertou 80 vagas para o cargo de Promotor Substituto. Na ocasião, houve cerca de 17 mil inscritos (média de 212,5 candidatos por vaga).

 

Quais as etapas do edital?

 

O concurso MP SP foi composto pelas seguintes etapas:

  • Prova preambular (eliminatória);
  • Prova escrita (eliminatória e classificatória);
  • Inscrição definitiva, exame psicotécnico e investigação social (eliminatórios);
  • Prova oral (eliminatória e classificatória);
  • Avaliação de títulos (classificatória).
  • Prova oral.

 

Como são as provas?

 

 

Confira como foram estruturadas as provas do último concurso MP SP.

 

Prova preambular

 

A prova preambular contou com 100 questões objetivas de múltipla escolha (cinco alternativas e apenas uma correta) versando sobre as seguintes disciplinas:

  • Direito Penal (15 questões).
  • Direito Processual Penal (12 questões).
  • Direito Civil (10 questões).
  • Direito Processual Civil (10 questões).
  • Direito Constitucional (12 questões).
  • Direito da Infância e da Juventude (6 questões).
  • Direito Comercial e Empresarial (4  questões).
  • Tutela de Interesses Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos (14 questões).
  • Direitos Humanos (4 questões).
  • Direito Administrativo (10 questões).
  • Direito Eleitoral (3 questões).

 

Prova escrita

 

Foi constituída de uma dissertação, uma peça prática e cinco questões discursivas, que valiam  três, dois e cinco pontos, respectivamente.

São elaboradas três versões de prova, que são sorteadas pelo Procurador Geral de Justiça antes da aplicação.

  • Versão I

Dissertação: Direito Penal.

Peça: Direito Processual Penal.

Pelo menos uma questão de Tutela de Interesses Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos .

  • Versão II

Dissertação: Direito Processual Penal.

Peça: Direito Penal.

Pelo menos uma questão de Tutela de Interesses Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos.

  • Versão III

Dissertação:  Tutela de Interesses Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos.

Peça: Direito  Processual Penal.

Pelo menos duas questões de  Direito Penal

As demais  questões de cada versão podem abordar outros  conteúdos do programa.

 

Prova oral

 

A prova oral, realizada em sessão pública, foi aplicada aos aprovados nas fases anteriores, consistindo na arguição pública dos candidatos pela comissão do concurso, com duração de 10 minutos por examinador (exceto o Procurador Geral, que não tem limite de tempo).

 

Provas anteriores

 Editais anteriores

 

Qual o conteúdo programático?

 

Confira o conteúdo programático exigido no último concurso MP SP para Promotor de Justiça Substituto.

 

DIREITO PENAL

A) Parte Geral e Parte Especial do Código Penal (exceção feita ao Título IV da Parte Especial –arts. 197 a 207) B) Lei de Contravenções Penais. C) Disposições penais em leis especiais.1. Crimes contra a Economia Popular.2. Crimes de responsabilidade de Prefeitos Municipais.3. Crimes eleitorais.4. Crimes referentes ao parcelamento do solo urbano.5. Crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor.6. Crimes contra pessoas com deficiência.7. Crimes relativos à Criança e ao Adolescente.8. Crimes hediondos.9.Crimes contra o consumidor.10. Crimes contra a ordem tributária e as relações de consumo.11. Crimes referentes a licitações e contratos administrativos.12. Crimes de tortura.13. Crimes de trânsito.14. Crimes contra o meio ambiente.15. Crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores.16. Crimes referentes ao idoso.17. Estatuto do Desarmamento.18. Crimes referentes à falência e à recuperação judicial ou extrajudicial.19. Crimes referentes a drogas.20. Crimes referentes ao abuso de autoridade.21. Crimes relativos à interceptação telefônica.22. Crime de organização criminosa.23. Tratamento jurídico do tráfico de pessoas (Lei n. 13.344/16)24. Tratamento jurídico da violência doméstica (Lei nº 11.340/06 e Lei 13.641/18).

 

DIREITO PROCESSUAL PENAL

 

Princípios que regem o processo penal.2. Aplicação e interpretação da lei processual.3. Inquérito policial, Investigação Criminal e Ação Penal.4. Jurisdição e Competência.5. Reparação do dano ex delicto. Ação civil e execução civil da sentença penal.6. Questões e processos incidentes.7. Prova.8. Sujeitos do processo.9. Prisão e medidas cautelares pessoais alternativas à prisão.10. Fatos e atos processuais. Citação, notificação e intimação.11. Sentença. Coisa Julgada.12. Interdição de direitos.13. Medida de segurança.14. Procedimento comum. 15. Procedimento nos processos de competência do Tribunal do Júri.16. Procedimentos especiais.16.1. Procedimento nos crimes falimentares.16.2. Procedimento nos crimes de responsabilidade de funcionários públicos.16.3. Procedimento nos crimes contra a honra.16.4. Procedimento nos crimes contra a propriedade imaterial.17. Lei dos Juizados especiais criminais.18. Nulidades.19. Recursos e outros meios de impugnação.19.1 Teoria Geral dos Recursos.19.2 Apelação. Recurso em sentido estrito. Embargos. Carta testemunhável.Correição parcial.20. Habeas corpus. Mandado de segurança em matéria criminal.21. Execução Penal.21.1. Objeto e aplicação da Lei de Execução Penal. 21.2. O condenado e o internado. Classificação. Assistência. Trabalho.21.3. Direitos e deveres do preso.21.4. Disciplina. Faltas e sanções disciplinares. Regime disciplinar diferenciado. Procedimento Disciplinar. 21.5. Órgãos da execução penal.21.6. Estabelecimentos penais.21.7. Execução das penas privativas de liberdade. Regimes. Autorizações de saída. Remição. Livramento condicional. Sursis.21.8. Execução das penas restritivas de direitos.21.9. Suspensão condicional da pena.21.10. Execução das penas de multa.21.11. Execução das medidas de segurança.21.12. Incidentes de execução. Conversões. Excesso ou desvio de execução. Anistia. Indulto.21.13. Procedimentos judiciais. Recursos.22. Disposições processuais penais em leis especiais.22.1. Prisão temporária.22.2. Crimes hediondos.22.3. Repressão aos crimes praticados por organizações criminosas.22.4. Crimes de trânsito.22.5. Crimes contra o meio ambiente.22.6. Crimes de lavagem de capitais.22.7. Proteção a vítimas e testemunhas ameaçadas e a réus colaboradores.22.8. Identificação criminal.22.9. Crimes referentes à falência e a recuperação judicial ou extrajudicial.22.10. Violência doméstica e familiar contra a mulher.22.11. Crimes de drogas.22.12. Interceptação (ou escuta) telefônica.22.13. Abuso de Autoridade.23. Procedimento investigatório criminal e acordo de não persecução penal (Resolução nº 181/17, CNMP).

 

DIREITO CIVIL

 

Lei de Introdução às normas do Direito Brasileiro.2. Das pessoas. Das pessoas naturais e jurídicas. Personalidade e da capacidade. Dos direitos da personalidade. Da ausência. 3. Das pessoas jurídicas. Disposições gerais. Constituição, extinção, responsabilidade. Associações, fundações e sociedades. Desconsideração da personalidade jurídica. 4. Do domicílio.5. Dos bens. Dos bens considerados em si mesmos (bens imóveis, móveis, fungíveis e consumíveis, divisíveis, singulares e coletivos). Dos bens reciprocamente considerados. Bens públicos e particulares. 6. Dos fatos jurídicos. Do negócio jurídico: modalidade, forma, defeitos e nulidades. Da representação. Da condição, do termo e do encargo. Dos defeitos do negócio jurídico. Da interpretação do negócio jurídico. Da invalidade e da ineficácia do negócio jurídico. Dos atos jurídicos lícitos. Dos atos ilícitos.7. Da prescrição e da decadência. Da forma e da prova.8. Do direito das obrigações. Das modalidades e efeitos. Adimplemento, extinção e inadimplemento das obrigações. Cláusula Penal e arras. Transferência das obrigações. 9. Responsabilidade civil: culpa,dano, nexo de causalidade e excludentes. Responsabilidade objetiva. Responsabilidade contratual e extracontratual. 10. Dos contratos em geral. Disposições gerais: Princípios, requisitos, formação, interpretação, classificação. Dos efeitos. Vícios redibitórios. Evicção. Da extinção do contrato. Das várias espécies de contrato.11. Do direito das coisas: Princípios. Da posse e de sua classificação. Da aquisição, efeitos e perda da posse. 12. Dos Direitos Reais. Da propriedade em geral. Histórico da propriedade e sua funcionalidade social. Da aquisição da propriedade imóvel e móvel. Usucapião constitucional urbana. Usucapião constitucional rural. Usucapião especial coletiva. Usucapião administrativa. Usucapião especial indígena.13. Da perda da propriedade. Das restrições ao direito da propriedade. Dos direitos de vizinhança. Do condomínio geral. Do condomínio necessário. Do condomínio edilício. Novas formas de propriedade condominial. Condomínios e incorporações. Da Propriedade resolúvel. Da propriedade fiduciária. Dos direitos reais sobre coisa alheia.Da superfície. Das servidões. Do usufruto e da administração dos bens de filhos menores. Do uso. Da habitação. Do direito do promitente comprador. Do penhor, da hipoteca e da anticrese. Incorporação. Parcelamento e Regularização do Solo Urbano. Estatuto da Cidade.14. Do direito de família. Do direito pessoal. Do casamento. Da capacidade matrimonial. Formalidades. Dos impedimentos. Das causas suspensivas. Do processo de habilitação. Da celebração do casamento. Das provas do casamento. Dos efeitos. Da eficácia do casamento. Da invalidade ou nulidade do casamento. Da dissolução da sociedade e do vínculo conjugal(manter apesar da discussão quanto à separação). Do direito assistencial. Da proteção da pessoa dos filhos. Da filiação: registral, biológica e socioafetiva. Do reconhecimento dos filhos. Da adoção. Do poder familiar. Do direito patrimonial. Do pacto antenupcial. Do regime de comunhão parcial. Do regime de comunhão universal. Do regime de participação final dos aquestos. Do regime de separação de bens. Da união estável. Da guarda, tutela, curatela e da interdição. Do bem de família. Alienação Parental. 15. Dos direitos das sucessões: Da sucessão em geral. Da sucessão legítima. Da sucessão testamentária. Do testamento em geral. Da capacidade de testar. Das formas ordinárias do testamento. Da revogação. Dos codicilos. Dos testamentos especiais. Das disposições testamentárias. Dos legados. Herdeiros necessários. Do direito de acrescer entre herdeiros e legatários. Das substituições. Da deserdação.16. Da redução das disposições testamentárias. Da revogação. Do rompimento do testamento. Do testamenteiro. 17. Do inventário e da partilha. 18.Registros Públicos. Registro de imóveis. Noções gerais. Princípios do Registro de Imóveis: Continuidade, Especialidade, Legalidade, Inscrição, Presunção e Fé Pública, Prioridade e Instância. Transcrição, inscrição e averbação. Procedimento de dúvida. Lei Federal nº 6.015/73.Lei Federal nº 4.591/64. 19. Registro Civil das Pessoas Naturais. Do Nascimento. Lei Federal 11.790/08. Do Registro Civil Fora do Prazo. Do Casamento. Do Registro do Casamento Religioso para Efeitos Civis. Da Conversão da União Estável em Casamento. Do Casamento ou Conversão da União Estável em Casamento de Pessoas do Mesmo Sexo. Do Óbito. Da Morte Presumida. Da Emancipação, da Interdição, da Ausência, da União Estável e da Adoção. Das Averbações em Geral e Específicas. Das Anotações em Geral e Específicas. Das Retificações, Restaurações e Suprimentos.Reconhecimento de Filhos.

 

DIREITO PROCESSUAL CIVIL

 

Normas processuais civis: normas (regras e princípios) fundamentais; interpretação e aplicação.2.Função Jurisdicional: jurisdição, limites e cooperação internacional.3.Competência interna: critérios determinativos. Competência absoluta e relativa. Modificação da competência. Incompetência. Cooperação nacional.4.Sujeitos do processo. Partes e Procuradores. Capacidade processual. Deveres das partes e dos procuradores. Responsabilidade por dano processual. Sucessão, substituição e representação.5.Despesas, honorários advocatícios e multas. Gratuidade da justiça.6.Litisconsórcio. Intervenção de terceiros. Intervenção voluntária e provocada. Assistência. Denunciação da lide. Chamamento ao processo. Incidente de desconsideração da personalidade jurídica. Amicus curiae.Outras intervenções.7.Juiz. Poderes, deveres e responsabilidades. Impedimentos e suspeição.8.Ministério Público. Perfil constitucional. Intervenção como parte. Intervenção como fiscal da ordem jurídica. Poderes investigatórios. Responsabilidades. Impedimentos e suspeição.9.Advocacia pública. Regime processual.10.Defensoria pública. Regime processual.11.Métodos de resolução dos litígios individuais e coletivos.12.Conciliação, mediação, negociação e formas alternativas de resolução dos litígios.13.Ação. Direito de ação. Teorias. Direito de defesa. Exceções e objeções materiais e processuais.14.Processo. Atos processuais. Forma, tempo e lugar. Atos das partes. Pronunciamentos do juiz. Prazos. Penalidades e preclusões. Comunicação dos atos processuais.15.Fatos jurídicos processuais. Atos, fatos e negócios processuais. 16.Pressupostos processuais. 17.Invalidades processuais.18.Tutela jurisdicional. Formas de tutela. Classificações. Tutela provisória. Tutela definitiva.19.Processo e procedimento. Procedimento comum e procedimentos especiais. Jurisdição contenciosa: Ações possessórias; Inventário e partilha; Embargos de terceiro; Habilitação; Ações de família; Processos contenciosos de divórcio, separação, reconhecimento e extinção de união estável, guarda, visitação, filiação e alimentos; Ação monitória. Jurisdição voluntária: Disposições gerais; alienações judiciais; divórcio, separação, extinção consensual de união estável e alteração do regime de bens do matrimônio; testamentos e codicilos; herança jacente; bens dos ausentes; coisas vagas; interdição, tutela e curatela e estatuto da pessoa com deficiência; Organização e fiscalização das fundações.20.Procedimento comum: petição inicial e seus requisitos, registro e distribuição, valor da causa, cumulação de pedidos; deferimento, indeferimento e emenda da inicial; improcedência liminar do pedido; audiência de conciliação ou mediação; transação e homologação; contestação e reconvenção; revelia e seus efeitos; providências preliminares e saneamento; julgamento conforme o estado do processo; saneamento e organização do processo; audiência de instrução e julgamento; provas; provas ilícitas.21.Sentença. Coisa julgada.22.Cumprimento provisório e definitivo da sentença.23.Processo de execução: execução em geral; partes; competência; requisitos; formação, suspensão e extinção da execução; responsabilidade patrimonial; fraudes; espécies de execução: para entrega de coisa, das obrigações de fazer ou de não fazer e por quantia certa; execução de alimentos; execução contra a Fazenda Pública.24.Oposição à execução: impugnação ao cumprimento de sentença; embargos à execução; defesa por simples petição.25.Recursos: disposições gerais; apelação; agravo de instrumento; agravo interno; embargos de declaração.26.Recursos para o Supremo Tribunal Federal e para o Superior Tribunal de Justiça. Recurso Ordinário Constitucional. Recurso Extraordinário. Recurso Especial. Embargos de Divergência. Noções gerais e hipóteses de cabimento. Repercussão Geral. Julgamento dos recursos repetitivos.27.Precedentes e julgados vinculantes. Precedente, jurisprudência e súmula. Efeito vinculante. Limites do efeito vinculante. Fundamentos relevantes. Distinção e superação.28.Incidente de resolução de demandas repetitivas. Incidente de assunção de competência.29.Ação de usucapião. Mandado de segurança individual e coletivo. Mandado de injunção. Habeas data. Ação Popular. Reclamação.

 

DIREITO CONSTITUCIONAL

 

Teoria da constituição.1.1. Constitucionalismo. Conceito e classificação das constituições.1.2. Poder constituinte: características, titularidade e classificação. Recepção, repristinação e desconstitucionalização.1.3. Princípios constitucionais. Interpretação constitucional. Eficácia das normas constitucionais.2. Direito constitucional brasileiro.2.1. Princípios fundamentais.2.2. Direitos e deveres individuais e coletivos. Direitos sociais. Ações Constitucionais.2.3. Nacionalidade e direitos políticos. Partidos políticos.2.4. Controle de constitucionalidade.2.5. Organização do Estado. Federalismo. Repartição de competências. Intervenção federal e estadual.2.6. Organização dos poderes.2.7. Ministério Público. Organização, princípios, funções, garantias e vedações. Lei Orgânica Nacional do Ministério Público. Lei Orgânica do Ministério Público do Estado de São Paulo.2.8. Tributação e orçamento. Sistema tributário nacional e finanças públicas.2.9.Ordem Econômica e Financeira. Dos princípios gerais da atividade econômica; da política urbana; da política agrícola e fundiária; da reforma agrária.2.10. Ordem Social.2.11. Saúde.2.12. Educação.2.13. Meio ambiente.2.14. Da família, da criança, do adolescente e do idoso.

 

DIREITO DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE

 

Criança e Adolescente. Princípios e direitos fundamentais do Estatuto da Criança e do Adolescente.2. Entidades de atendimento.3. Medidas de proteção.4. Prática de ato infracional.5. Medidas pertinentes aos pais ou responsável. Conselho tutelar. Processo Eleitoral.7. Acesso à Justiça. Princípios gerais. Competência. Representação processual. Serviços auxiliares.8. Procedimentos e recursos.9. Promotor de Justiça da Infância e da Juventude.10. Crimes e infrações administrativas.

 

DIREITO COMERCIAL E EMPRESARIAL

 

Direito de empresa. 2. Empresário. Caracterização, inscrição e capacidade. Os microempresários e empresários de pequeno porte. Registro público de empresa mercantis e atividades afins. As obrigações do empresário. A escrituração. Os prepostos do empresário. A Empresa Individual de Responsabilidade Limitada.3. Estabelecimento. 4. Nome empresarial.5. Teoria geral da concorrência e dos bens imateriais. Livre iniciativa e livre concorrência. Concorrência empresarial. Infrações da ordem econômica. 6. Propriedade industrial. Concorrência desleal.7. Empresário e Direito do Consumidor. 8. A desconsideração da personalidade jurídica no Direito Comercial e de Empresa.9. Sociedades. 9.1. Disposições gerais. 9.2. Sociedade não personificada. Sociedade em comum. Sociedade em conta de participação.9.3. Sociedade personificada. Sociedade simples. Sociedade empresária. 9.4. Tipos societários. Sociedade em nome coletivo. Sociedade em comandita simples. Sociedade limitada. Sociedade anônima. Sociedade em comandita por ações. Sociedade cooperativa. 9.5. Sociedades coligadas, controladas e de simples participação. Participações recíprocas de capital. Grupo de sociedades. Consórcios.9.6. Sociedades dependentes de autorização para funcionamento.9.10. Incorporação, fusão, cisão e transformação das sociedades.9.11. Dissolução, liquidação e extinção das sociedades.10. Mercados financeiros. Sistema Financeiro Nacional. Mercado de capitais. Regulação do mercado de capitais. Comissão de Valores Mobiliários. Valores mobiliários. Negócios relativos aos valores mobiliários. Fundos de investimentos. Ilícitos administrativos e penais no mercado de capitais. A proteção aos investidores no mercado de valores mobiliários.11. Contratos mercantis: Teoria geral dos contratos. Contratos em espécie: Compra e venda. Compra e venda internacional. Venda sob documentos. Contrato de fornecimento. Compromisso arbitral. Gestão de negócios. Locação, arrendamento e usufruto do estabelecimento. Transporte de coisas e de pessoas. Mandato mercantil. Fiança. Penhor industrial e mercantil. Penhor de direitos e de títulos de crédito. Agência e Distribuição. Corretagem. Representação Comercial. Comissão. Concessão mercantil. Franquia. Depósito mercantil. Contratos bancários. Conta corrente. Mútuo mercantil. Depósito pecuniário. Antecipação bancária. Desconto bancário. Contrato de abertura de crédito. Seguro. Contrato de cartão de crédito. Operações de custódia de valores e títulos. Contrato de câmbio. Alienação fiduciária em garantia de bens móveis e imóveis. Arrendamento mercantil ou “Leasing”. Contrato de garagem ou estacionamento. Faturização. Contratos de propriedade industrial. Transferência de tecnologia. Licença de “software”. Contratos de engenharia (“engineering”). Contratos do agronegócio.12. Títulos de crédito. Títulos de crédito no Código Civil e na legislação especial. Letra de câmbio. Nota Promissória. Cheque. Duplicatas mercantil e de serviços. Títulos de crédito rural. Títulos de crédito industrial. Títulos de financiamento comercial. Títulos de financiamento comercial. Títulos de garantia imobiliária. Conhecimento de depósito e Warrant.13. Recuperação de empresas e falência. 13.1. Sujeitos à lei de recuperações e falências. 13.2. Competência.13.3. Intervenção do Ministério Público. 13.4. Disposições comuns à recuperação e à falência. Verificação e habilitação dos créditos concursais. O Administrador Judicial. Comitê e Assembleia Geral de Credores.13.5 Modalidades de recuperação. Processo e procedimentos. 13.6. Decretação e convolação da recuperação em falência.13.7. Pedidos de falência.13.8. Sentença de falência e seus efeitos. Efeitos em relação aos credores. Efeitos em relação ao falido e aos administradores e liquidantes. Efeitos em relação aos bens do falido e dos sócios da sociedade falida. Efeitos em relação aos contratos. 13.9. Administração, arrecadação, realização do ativo e pagamento do passivo.13.10. Encerramento da falência.13.11. Extinção das obrigações do falido.13.12. Crimes nas recuperações judicial e extrajudicial e na falência. Procedimentos penais. 14. O regime de intervenção, o regime de administração especial temporária e a liquidação extrajudicial de instituições financeiras.

 

TUTELA DE INTERESSES DIFUSOS E COLETIVOS

 

Interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos. Defesa dos interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos em juízo: princípios gerais.2.Principais categorias e legislação respectiva:2.1Meio Ambiente e Urbanismo. Bem jurídico ambiental. Direito do Ambiente: conceito, princípios, objeto, instrumentos legais. Tutela constitucional do ambiente. Política Nacional do Meio Ambiente. Espaços ambientalmente protegidos. Sistema Nacional do Meio Ambiente. Tutela administrativa do ambiente: poder de polícia, competência, licenciamento, responsabilidade administrativa. Tutela e responsabilidade civil do ambiente. Participação popular na proteção do ambiente. Legislação ambiental, de parcelamento do solo e da cidade.2.2Patrimônio Público: Controle da Administração Pública. Tribunal de Contas. Mandado de segurança (individual e coletivo). Mandado de Injunção. Ação popular. Ação civil pública. Improbidade administrativa. Proteção ao patrimônio público e social. Processo Administrativo. Responsabilidade fiscal. Orçamento público.2.3.Idoso. Pessoa com deficiência. Inclusão social. Saúde Pública. Assistência Social. Educação. Serviços de relevância pública. Acessibilidade. Pessoas portadoras de transtornos mentais. Igualdade racial.2.4.Consumidor. A proteção e defesa do consumidor na Constituição Federal de 1988. Política nacional de relações de consumo. Direitos básicos do consumidor. Prevenção e reparação de danos. Desconsideração da personalidade jurídica. Práticas comerciais. Proteção contratual. Sanções administrativas. Defesa do consumidor em juízo. Ações coletivas. Sistema Nacional de Defesa do Consumidor.2.5.Infância e Juventude: Acesso à justiça. Ministério Público. Proteção Judicial dos Interesses Individuais, Difusos e Coletivos.3.Ação civil pública. Conceito e objeto. Tutela principal e provisória. Interesse de agir. Legitimação ativa e passiva. Litisconsórcio e assistência. Atuação do Ministério Público. Competência. Sentença. Multa diária e outras cominações. Liminar. Recursos. Coisa julgada. Cumprimento da sentença e fundo para reconstituição dos bens lesados.4.Inquérito civil. Natureza. Finalidade. Princípios. Instauração. Poderes instrutórios. Termo de ajustamento de conduta. Arquivamento e Desarquivamento. Controle. Recursos. Recomendações

 

DIREITOS HUMANOS

 

Direitos Humanos.1.1. Conceito e evolução histórica: as dimensões dos Direitos Humanos.1.2. Sistema Internacional de promoção e proteção dos Direitos Humanos. Sistema Interamericano.1.3Tratados e Convenções Internacionais sobre Direitos Humanos incorporados pelo ordenamento brasileiro. Conflito com as normas constitucionais.1.4.Ministério Público e a defesa dos Direitos Humanos.1.5.Sistema Único de Saúde.1.6.Sistema Único de Assistência Social.1.7.Direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais.1.8. Igualdade Racial.1.9. Pessoas com deficiência.1.10. População em situação de rua.1.11. Homofobia.

 

DIREITO ADMINISTRATIVO

 

Administração Pública. Descentralização e desconcentração administrativa.2. Atividade administrativa: polícia administrativa, prestação de serviços públicos, intervenção do Estado na ordem econômica e fomento de atividades privadas de interesse público.3. Regime jurídico administrativo e princípios da Administração Pública.4. Poderes administrativos.5. Agentes públicos. 6. Ato administrativo. 7. Processo administrativo.8. Licitação e contratos administrativos. Ajustes, parcerias, convênios e consórcios.9. Serviços públicos. Concessão e permissão de serviço público. Parcerias público-privadas.10. Bens públicos.11. Intervenção do Estado na propriedade.12. Responsabilidade civil do Estado.13. Controle da Administração Pública.14. Improbidade administrativa.15. Responsabilidade fiscal.16. Lei de Introdução às normas do Direito Brasileiro17. Solução alternativa de conflitos com o poder público.18. Fomento público. Terceiro setor.

 

DIREITO ELEITORAL

 

Direitos Políticos.1.1. Direitos fundamentais e direitos políticos;1.2. Privação dos direitos políticos.2. Direito Eleitoral.2.1. Conceito e fundamentos;2.2. Fontes do Direito Eleitoral;2.3. Princípios de Direito Eleitoral;2.4. Hermenêutica eleitoral.3. Poder representativo.3.1. Sufrágio;3.1.1. Natureza;3.1.2. Extensão do sufrágio;3.1.3. Valor do sufrágio;3.1.4. Modo de sufrágio. 3.1.5. Formas de sufrágio.4. Organização eleitoral.4.1. Distribuição territorial;4.2. Sistemas eleitorais.5. Justiça Eleitoral.5.1. Características institucionais;5.2. Órgãos e composição;5.3. Diversificação funcional das atividades da Justiça Eleitoral;5.4. Competências;5.5. Justiça Eleitoral e o controle da legalidade das eleições. 6. Ministério Público Eleitoral.6.1. Composição;6.2. Atribuições;6.3. Ministério Público Eleitoral e lisura do processo eleitoral.7. Capacidade eleitoral.7.1. Requisitos;7.2. Limitações decorrentes de descumprimento do dever eleitoral.8. Alistamento eleitoral.8.1. Ato de alistamento;8.2. Fases do alistamento;8.3. Efeitos do alistamento;8.4. Cancelamento e exclusão;8.5. Revisão do eleitorado.9. Elegibilidade.9.1. Registro de candidaturas;9.2. Convenção Partidária;9.3. Coligação Partidária;9.4. Processo de Registro de Candidatura.9.5. Impugnações ao Registro de Candidatura;9.6. Inelegibilidades;9.6.1. Inelegibilidades constitucionais;9.6.2. Inelegibilidades infraconstitucionais ou legais;9.6.3. Argüição judicial de inelegibilidade.10. Partidos políticos.10.1. Sistemas partidários;10.2. Criação, fusão e extinção dos partidos políticos;10.3. Órgãos partidários;10.4. Filiação partidária;10.5. Fidelidade partidária;10.6. Financiamento dos partidos políticos, controle de arrecadação e prestação de contas.11. Garantias eleitorais.11.1. Liberdade de escolha;11.2. Proteção jurisdicional contra a violência atentatória à liberdade de voto;11.3. Contenção ao poder econômico e ao desvio e abuso do poder político;11.4. Transporte de eleitores das zonas rurais.12. Campanha eleitoral.12.1. Financiamento de campanha eleitoral e prestação de contas;12.2. Modelo brasileiro de financiamento de campanha eleitoral;13. Propaganda eleitoral.13.1. Conceito;13.2. Pesquisas e testes pré-eleitorais;13.3. Propaganda eleitoral em geral;13.4. Propaganda eleitoral em outdoor;13.5. Propaganda eleitoral na internet;13.6. Propaganda eleitoral na imprensa;13.7. Propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão;13.8. Direito de resposta;13.9. Permissões e vedações no dia da eleição;13.10. Condutas vedadas aos agentes públicos em campanhas eleitorais;13.11. Captação irregular de sufrágio;13.12. Procedimento Preparatório Eleitoral.14. Atos preparatórios à votação. 15. Processo de votação.16. Apuração eleitoral.16.1. Diplomação;16.2. Recurso contra expedição de diploma. 16.3. Candidato eleito com pedido de registro sub judice e realização de eleição suplementar.17. Ações judiciais eleitorais.17.1. Ação de impugnação de registro de candidatura;17.2. Representações por propaganda ilícita ou irregular;17.3. Ação de Impugnação de registro ou divulgação de pesquisas eleitorais;17.4. Ação de investigação judicial eleitoral por abuso de poder de autoridade, político e econômico;17.5. Ação por captação ilícita de sufrágio;17.6. Ação por conduta vedada a agentes públicos;17.7. Ação por captação ou gasto ilícito de recursos para fins eleitorais;17.8. Ação de impugnação de mandato eletivo.17.9. Ação por doação acima dos limites legais.18. Recursos eleitorais.19. Perda do mandato eletivo e eleições suplementares.20. Crimes eleitorais. 20.1. Princípios constitucionais aplicáveis aos crimes eleitorais;20.2. Crimes eleitorais puros ou específicos;20.3. Crimes eleitorais acidentais;20.4. Crimes cometidos no alistamento eleitoral;20.5. Crimes cometidos no alistamento partidário;20.6. Crimes eleitorais em matéria de inelegibilidades;20.7. Crimes eleitorais na propaganda eleitoral;20.8. Corrupção eleitoral;20.9. Coação eleitoral;20.10. Crimes eleitorais na votação;20.11. Crimes eleitorais na apuração. 20.12. Crimes eleitorais no funcionamento do serviço eleitoral;20.13. Crimes eleitorais que podem ser cometidos em qualquer fase do processo eleitoral;20.14. Crimes eleitorais e sanções penais.21. Processo penal eleitoral.21.1. Prisão e período eleitoral;21.2. Competência, conexão e continência em matéria eleitoral;21.3. Medidas despenalizadoras;21.4. Ação penal eleitoral;21.5. Recursos.

 

Qual a banca?

 

O último concurso MP SP para promotor foi organizado pelo próprio Ministério Público. Os anteriores, pela Vunesp. Contudo, ainda não se tem informações sobre a contratação ou não de uma banca para a próxima seleção.

Aproveite para conferir as análises completas que fizemos das mais importantes instituições do país. Clique no nome de cada uma e saiba mais:

 

Checklist do candidato

 

Agora que você chegou ao fim do post, é hora de retomar alguns pontos e fazer uma checklist para confirmar se o concurso MP SP é mesmo para você:

  • Ter formação de Nível Superior em Direito;
  • Ter, no mínimo, três anos de prática jurídica comprovada;
  • Ter, no mínimo, 18 anos;
  • Ter dedicação e empenho;
  • Desejar estabilidade financeira e profissional.

 

Quais as melhores técnicas para estudar?

 

estudos Concurso MP SPA preparação para um concurso costuma ser exaustiva. Mas, para facilitar um pouco a sua vida, há técnicas que potencializam o aprendizado e podem agilizar a aprovação.

Entre as técnicas conhecidas estão a pomodoro e a de ciclo de estudos. Você também pode estudar com flash cards ou mapas mentais. No entanto, de todas as técnicas, a mais utilizada pelos concurseiros é, com certeza, a de estudo por questões.

O estudo por questões ajuda a reter a informações e revisar a matéria, tornando o processo de memorização do conteúdo mais simples e efetivo. Alguns cursinhos preparatórios oferecem material com questões comentadas pelos professores, o que facilita ainda mais.

No entanto, ressaltamos que o ideal é experimentar cada uma das técnicas e ver com qual você se adapta melhor. Por isso, confira também nosso post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

E se você está em busca de dicas que lhe ajudem a manter a energia em alta no período de preparação, não deixe de acessar nosso post com as 5 melhores técnicas de motivação.

 

Quer dicas para passar em Concurso Público?

 

Para otimizar ou iniciar sua preparação, indicamos a nossa Seção de Dicas para passar em Concurso Público. Nela você encontrará artigos com valiosas dicas para colocá-lo mais próximo da sua aprovação, como por exemplo:

 

Prefere dicas em vídeo? Acesse nossa seção com dicas de concursos, melhores cursos preparatórios, guia do primeiro concurso e muito mais!

 

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. Afinal, é sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a área ou cargo pretendido.

Desse modo, veja algumas opções realmente boas:

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. De fato, tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Assim, se você quer um curso com bom histórico de aprovação, e a possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 

Estratégia ConcursosO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, pois conta com um material de qualidade e professores renomados. Ou seja, se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e, além disso, não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é, com efeito, sua melhor opção.

 

O Exponencial é mais uma excelente alternativa. Igualmente aos demais cursos, é voltado para o aprendizado acelerado, mas oferece ainda o interessante serviço de coaching 100% especializado.

 

Quer conhecer outras opções? Confira no link a seguir:

 

Melhores Cursos Online para Agilizar sua Aprovação!

 

 

Acompanhe nossas redes sociais para saber as novidades, ler análises completas, e ter acesso a dicas de estudo para arrasar nas provas.

Estamos no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Conte com a gente e bons estudos!

 

You have Successfully Subscribed!