Com a economia em um momento de incertezas, o mercado de trabalho sente o impacto na falta de vagas.

Dessa forma, concursos acabam sendo uma opção muito atraente para diversas áreas.

Na área da Fisioterapia não é diferente.

Afinal, são muitos profissionais concorrendo a poucas vagas de emprego.

E, na rede privada, nem sempre os salários são compatíveis com a responsabilidade da profissão.

 

E se você pretende investir na carreira pública, precisa antes saber como funciona esse universo.

 

Por isso reunimos neste artigo Concurso Fisioterapia informações atualizadas sobre salários, benefícios, editais abertos e previstos, conteúdos relevantes e muito mais.

A grande maioria dos fisioterapeutas acabam optando por serem autônomos, mesmo aqueles que trabalham como empregados, pois assim conseguem aumentar o seu ganho financeiro.

Mas, para conseguir um bom retorno financeiro, é preciso muitas horas de trabalho e muitas vezes o fisioterapeuta acaba indo além do horário comercial e perdendo um tempo valioso com a família e amigos.

E, é claro, como todo serviço autônomo: não existe estabilidade.

 

A área da saúde é essencial, linda e compensadora.

Mas, pode ser muito cansativa também.

Uma ótima opção para conciliar bons salários, reconhecimento profissional e estabilidade é o concurso público.

 

Quer se preparar melhor para os concursos de Fisioterapia?

 

Veja os melhores cursos para concursos:

 

Melhores Cursos Preparatórios para Concursos

 

 

Carreiras – Concurso Fisioterapia

 

Para encontrar o concurso público perfeito para você é preciso descobrir qual área da fisioterapia você mais gosta.

 

Se você gosta de atendimento clínico

 

 

Para quem gosta de atendimento clínico, há ótimas opções de concursos.

Os que possuem salários mais altos são os mais concorridos.

Mas, com dedicação e empenho você pode fazer o que gosta e ainda ter estabilidade e um bom salário.

 

Veja uma lista de alguns concursos para quem gosta de atendimento clínico:

 

  • Senado Federal
  • Ministério da Saúde
  • Forças Armadas

 

Você também pode encontrar bons concursos nas prefeituras.

É claro, que nesse caso, você terá que avaliar muito bem os salários e carga horária.

Algumas prefeituras oferecem bons salários, em outras prefeituras não é bem assim.

A partir do edital você pode decidir se aquele concurso vale a pena, ou não.

Sempre levando em consideração a estabilidade e benefícios do concurso público.

 

Se você gosta de atendimento hospitalar

 

 

Para aqueles que preferem a área hospitalar também podem encontrar bons concursos públicos:

 

  • Ministério da Saúde
  • Forças Armadas
  • EBSERH

 

Se você gosta da área acadêmica

 

 

Nesse caso, os concursos de universidades federais e estaduais são os mais indicados para você.

Mas, é claro que os requisitos serão maiores.

Pois, na área acadêmica é mais comum a exigência de uma titulação maior, como mestrado e doutorado.

 

Se você gosta de saúde do trabalhador

 

 

Se esse for seu caso, você poderá ter uma ótima carreira no INSS.

Mas, você não irá trabalhar com o atendimento ao trabalhador e sim com a avaliação do seu potencial laborativo.

 

Salários – Concurso Fisioterapia

 

salario 2 money

 

Os salários de concursos para fisioterapeuta variam bastante e podem chegar até R$ 21 mil.

As melhores oportunidades estão em provas como a do Senado Federal e das Forças Armadas.

No entanto, a maioria das vagas em concursos para fisioterapeutas estão em prefeituras do interior.

Mas, os salários são menores.

E elas oferecem cargas horárias razoáveis, que variam de 20h a 40h por semana, e salários que vão até R$ 7 mil.

E para quem procura um concurso para uma vaga permanente no quadro de pessoal, os cargos técnicos administrativos para fisioterapeutas em universidades federais são uma boa pedida.

Nesse caso, o cargo é para atendimento clínico ou hospitalar e não para lecionar.

A remuneração deles supera R$ 4 mil.

Já os concursos para professores das universidades federais e estaduais podem ter um salário de mais de R$ 8 mil, mas exigem uma titulação mais robusta (pós, mestrado ou doutorado).

 

Benefícios – Concurso Fisioterapia

 

No geral, os benefícios para quem faz concurso para fisioterapeuta incluem auxílio-alimentação e plano de saúde.

No entanto, algumas vagas em universidades federais, por exemplo, também oferecem auxílio-creche e bônus (que vão depender do nível de qualificação do aprovado).

 

Lotações – Concurso Fisioterapia

 

Neste quesito, tudo depende do concurso que você escolher.

Em concursos menores, para prefeituras ou em municípios do interior, os aprovados são alocados na cidade que abriu o edital.

Em concursos de órgãos maiores é mais comum que o aprovado seja alocado em outras cidades e regiões, onde há necessidade de mão de obra.

 

Crescimento na carreira – Concurso Fisioterapia 

 

 

A maior parte dos concursos de Fisioterapia não tem um plano de carreira definido.

Quando você entra para o cargo, normalmente segue no mesmo nível de salário e atribuições.

Em alguns casos, você pode aumentar a remuneração de acordo com os títulos que for adquirindo.

No entanto, quem pretende participar das provas de Fisioterapia para o Exército, Marinha ou Forças Armadas, pode contar com boas chances de crescimento profissional e, de quebra, salários bastante altos.

Isso porque na carreira militar você pode avançar cargos – de tenente oficial, por exemplo, para capitão, e depois para outros postos hierárquicos ainda mais altos.

Para isso, é preciso muita dedicação, disciplina e, claro, aperfeiçoamento contínuo com os cursos propostos no regimento.

 

Como é o trabalho – Concurso Fisioterapia

 

 

O trabalho de um fisioterapeuta no serviço público não difere tanto assim da iniciativa privada.

Para começar, normalmente as atividades são desempenhadas em um consultório ou clínica convencional.

Ou seja, é uma função interna, que costuma ser muito tranquila e não envolve grandes riscos, até mesmo em órgãos militares.

Ou atividades hospitalares, em centros cirúrgicos, UTI’s, pediatrias, etc.

As principais atribuições de um fisioterapeuta na carreira pública são a avaliação do estado de saúde de acidentados ou doentes, realização de testes de reflexo, provas de esforços e a execução de tratamentos.

Também é muito comum que os servidores que trabalham com Fisioterapia controlem registros de pacientes e atuem junto com a equipe de Comunicação para pensar em estratégias informativas e preventivas relacionadas à área.

No caso de concurso para fisioterapeuta do Exército, Marinha ou Forças Armadas, o aprovado precisa, ainda, cumprir deveres militares.

O fisioterapeuta que quiser prestar concurso para o INSS não fará atendimento e sim avaliação do potencial laboral dos pacientes e encaminhamento para ações que resultem no retorno ao trabalho.

 

Periodicidade – Concursos Fisioterapia

 

Os editais para concursos de Fisioterapia costumam aparecer com alguma regularidade.

No entanto, tudo vai depender do tipo de prova que você pretende fazer.

Concursos com cargos de técnico administrativo na área e para postos de saúde são lançados quase todos os meses.

Basta ficar de olho e estar disposto a atuar em qualquer que seja o município.

No caso de concursos para cargos em universidades é um pouco mais complicado, porque as vagas dependem da falta de profissionais da instituição.

Ou seja, na maioria das vezes é preciso que um professor se aposente (ou saia por outra razão qualquer) para que seja aberto um concurso a fim de preencher o lugar vago.  

É comum, no entanto, haver concursos para a carreira acadêmica a cada dois anos (que é o período habitual de contratação de professores universitários substitutos).

Já o concurso de Fisioterapia das Forças Armadas tem uma constância na contratação de pessoal.

Em geral, quase todos os anos sai um edital para complementar a equipe de saúde da instituição.

 

Concurso Fisioterapia – Principais

 

Quem está esperando por boas oportunidades e remunerações atraentes deve conferir com frequência a lista com os concursos de Fisioterapia abertos para os próximos meses.

É a chance de começar a se preparar e se destacar da concorrência! 

 

Concursos abertos na área de Fisioterapia

 

Senado Federal

 

O Concurso do Senado Federal poderá ofertar vagas de fisioterapeutas, farmacêuticos, psicólogos, enfermeiros, médicos e nutricionistas.

O salário é um dos maiores atrativos, podendo chegar a mais de R$ 21 mil.

Infelizmente, o número de vagas geralmente não empolga muito, somente uma no último concurso.

Mas, é claro que se você se dedicar e se empenhar, você pode conseguir essa vaga.

Para participar da prova, basta apresentar um diploma de nível superior em.

O diploma deve ser emitido por uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e não é exigida pós-graduação.

 

Resumo

 

Salário: R$18.440,64

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Fisioterapia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC, e registro no respectivo órgão de fiscalização do exercício profissional.

Atribuições: Ao Analista Legislativo, Área de Saúde e Assistência Social, Especialidade Fisioterapia, compete atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução de métodos e técnicas fisioterápicos com a finalidade de restaurar, desenvolver e conservar a capacidade física do indivíduo, promover ações profissionais, de alcance individual e/ou coletivo, preventivas a intercorrência de processos cinesiopatológicos e perícia; e executar outras tarefas correlatas.

Clique aqui para conferir as principais informações do Concurso do Senado Federal.

 

Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH)

 

Um dos maiores concursos para fisioterapeutas e outros profissionais da Saúde, a prova do Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) é referência na hora de estudar para concursos da área, com remuneração que pode chegar a R$ 8 mil.

Essa empresa foi criada em 2011 para gerenciar os hospitais das universidades federais.

Esse é um dos principais concursos para profissionais de saúde.

Os salários são bons e a carga horária também.

No edital você vai poder conferir as cidades que as vagas estão sendo ofertadas.

Mas, não pense que por ser uma empresa de gestão hospitalar, que a única opção é trabalhar em hospitais.

Na verdade, a maioria das vagas é para atendimento hospitalar.

Mas, existem vagas para os ambulatórios ligados às universidades.

Clique aqui para conferir as principais informações do Concurso EBSERH.

 

Resumo

 

Salário: R$ 4.422,50

Requisitos:

Cargo Fisioterapeuta: diploma,  devidamente  registrado,  de  curso  de  graduação  em  Fisioterapia,  fornecido  por  instituição  de  ensino  superior  reconhecida  pelo  MEC,  e  registro  profissional  no  Conselho  Regional  de  Fisioterapia e Terapia Ocupacional.

Cargo Fisioterapeuta –  fisioterapia cardiovascular: diploma, devidamente registrado, de curso de graduação em Fisioterapia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de certificado em Residência em Fisioterapia Cardiovascular, reconhecido pelo MEC e(ou) pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, ou de título de especialista em Fisioterapia Cardiovascular, reconhecido pelo MEC e(ou) pelo Conselho Federal  de Fisioterapia.

Cargo Fisioterapeuta – fisioterapia neurofuncional: diploma,  devidamente  registrado,  de  curso  de  graduação  em  Fisioterapia,  fornecido  por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de certificado em Residência em Fisioterapia  Neurofuncional, reconhecido pelo MEC e(ou) pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional,  ou de título de especialista em Fisioterapia em Neurofuncional, reconhecido pelo MEC e(ou) pelo Conselho  Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, e registro profissional no Conselho Regional de Fisioterapia e  Terapia Ocupacional.

Cargo Fisioterapeuta – fisioterapia respiratória: diploma,  devidamente  registrado,  de  curso  de  graduação  em  Fisioterapia,  fornecido  por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de certificado em Residência em Fisioterapia  Respiratória, reconhecido pelo MEC e(ou) pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, ou  de título de especialista em Fisioterapia Respiratória, reconhecido pelo MEC e(ou) pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, e  registro  profissional  no Conselho  Regional  de Fisioterapia e Terapia  Ocupacional.

Cargo fisioterapeuta – terapia intensiva: diploma,  devidamente  registrado,  de  curso  de  graduação  em  Fisioterapia,  fornecido  por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de Residência em Fisioterapia Intensiva Geral,  reconhecido  pelo  MEC  e(ou)  Conselho  Federal  de  Fisioterapia  e Terapia  Ocupacional,  ou  de  título  de  especialista em Fisioterapia em Terapia Intensiva,  reconhecido pelo MEC e(ou)  pelo  Conselho Federal  de  Fisioterapia e Terapia Ocupacional.

 Cargo fisioterapeuta – terapia intensiva neonatal: diploma,  devidamente  registrado,  de  curso  de  graduação  em  Fisioterapia,  fornecido  por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de certificado em Residência em Fisioterapia  em  Terapia Intensiva,  com  área  de  abrangência  em  neonatologia, reconhecida  pelo MEC  e(ou)  Conselho  Federal  de  Fisioterapia  e  Terapia  Ocupacional,  ou  de  título  de  especialista  em  Fisioterapia  em  Terapia  Intensiva, com área de abrangência em neonatologia; ou acrescido de Residência em Fisioterapia Pediátrica  e Neonatal, ou de título de especialista em Fisioterapia Pediátrica e Neonatal, reconhecido pelo MEC e(ou)  Conselho  Federal  de  Fisioterapia  e  Terapia  Ocupacional;  e  registro  profissional  no  Conselho  Regional  de Fisioterapia e Terapia Ocupacional.

Cargo fisioterapeuta – terapia intensiva pediátrica: diploma,  devidamente  registrado,  de  curso  de  graduação  em  Fisioterapia,  fornecido  por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de certificado em Residência em Fisioterapia  em Terapia Intensiva, com área de abrangência em pediatria, reconhecido pelo MEC e(ou) pelo Conselho  Federal  de  Fisioterapia  e  Terapia  Ocupacional,  ou  de  título  de  especialista  em  Fisioterapia  em  Terapia Intensiva,  com área  de abrangência em  pediatria; acrescido  de  certificado em Residência em Fisioterapia  Pediátrica e Neonatal, ou de título de especialista em Fisioterapia Pediátrica e Neonatal, reconhecido pelo  MEC e(ou) pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, e registro profissional no Conselho  Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional.

Confira o edital do último concurso da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Aproveite também para saber como passar mais rápido na prova da EBSERH!

 

Ministério da Saúde

 

No último concurso realizado pelo Ministério da Saúde foram ofertadas mais de 100 vagas para o cargo de Analista Especializado em diversas áreas da Saúde.

Profissionais que esperam alguma ascensão profissional podem ter no concurso do Ministério uma grande oportunidade.

O salário dos analistas ultrapassa os R$ 6 mil, com direito a auxílio-alimentação.

Ainda não foi anunciado o número de vagas e nem os cargos que serão ocupados, porém, sabe-se que há uma demanda enorme de profissionais em hospitais federais.

 

Resumo

 

Salário: R$4.544,05 + R$ 937 (especialização) + R$ 1.825 (mestrado) + R$ 3.649 (doutorado)

Requisitos: 1-Diploma devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Fisioterapia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional no órgão de classe competente. Deve possuir ainda: 2-Especialização em pneumofuncional ou em oncologia ou em Fisioterapia Hospitalar ou Título de Especialista na área de Oncologia ou Pneumofuncional ou em área correlata e 3 (três) anos de experiência comprovada na área de atuação ou correlata ou Titulo de Mestre em Ciência de Reabilitação ou em área correlata.

Atribuições: Realizar atividades Assistenciais com foco na Integralidade do Cuidado de acordo com as Políticas de Saúde. Prestar assistência fisioterapêutica oncológica aos pacientes em tratamento cirúrgico, quimioterápico, radioterápico e em cuidados paliativos e suas intercorrências. Elaborar diagnóstico cinesiológico funcional. Planejar, prescrever e monitorar condutas respiratórias, vasculares ,neurológicas, ortopédicas e paliativas . Participar das Atividades de Ensino no âmbito da Política Institucional.

Confira o edital do último concurso do Ministério da Saúde, realizado em 2014.

Para acompanhar todas as novidades e ficar por dentro dos concursos previstos, por localização e área de atuação, acesse periodicamente a aba do nosso site sobre o assunto.

 

Forças Armadas

 

Os concursos das forças armadas são muito disputados.

A remuneração é muito boa e você pode crescer na carreira.

É uma excelente opção para aqueles que se interessam pela carreira militar.

Mas, esses concursos não contam somente com provas objetivas, dissertativas ou avaliação de títulos.

Existe também o famoso Teste de Aptidão Física.

Afinal, além de ser fisioterapeuta, você também será um militar e precisará cumprir o seu dever como o mesmo.

Então, é bom começar a se preparar para todas as etapas do concurso, inclusive a física.

 

Salários

 

  • Marinha do Brasil: R$6.993
  • Exército Brasileiro: R$8.913
  • Aeronáutica: R$7.796

 

INSS

 

No concurso do INSS o fisioterapeuta concorre ao cargo de Analista do Seguro Social.

É uma excelente opção para os fisioterapeutas que gostam da área da saúde do trabalhador.

Nesse cargo, o fisioterapeuta vai poder avaliar e interferir diretamente naquele paciente que não está apto ao trabalho.

É um concurso bem concorrido e que oferece ótimos salários, podendo chegar até R$7 mil.

 

Resumo

 

Salário: R$6.774,12

Requisitos: diploma ou certificado de conclusão de curso de nível superior em Fisioterapia devidamente registrado, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – CREFITO.

Atribuições: avaliar o potencial laborativo do segurado por meio da análise dos aspectos sócioprofissionais; realizar avaliação para estabelecer opções e perspectivas para o programa profissional do segurado; acompanhar o desenvolvimento da programação profissional do segurado; participar de Grupo Informativo; estabelecer contatos com a empresa de vínculo dos segurados em processo de reabilitação profissional; realizar atendimentos dos segurados em avaliação ou em programa de reabilitação profissional; avaliar, supervisionar e homologar os programas profissionais realizados por terceiros ou empresas conveniadas; realizar estudo de mercado de trabalho, visitar empresas para divulgação do programa, analisar funções, acompanhar e supervisionar a capacitação profissional do segurado; estabelecer contato com entidades e empresas públicas ou privadas objetivando a celebração de acordos e convênios; realizar entrevistas da pesquisa da fixação no mercado de trabalho, participar de equipes volantes; e as demais atividades definidas em normas pelo INSS.

 

Divergências entre o edital e a legislação

 

Muitos editais não cumprem a legislação aplicável a Fisioterapeutas, como a carga horária ou piso salarial.

Caso você perceba divergências entre o edital e as normas da carreira a recomendação é: tome posse no cargo e depois com o auxílio do sindicato de CREFITO tentar aplicar a legislação.

 

Análise de vagas – Concurso Fisioterapia

 

Não é comum que os concursos para fisioterapeutas tenham mais que 10 vagas, o que torna a disputa ainda mais acirrada e faz com que o candidato tenha que estar muito bem preparado para conseguir a aprovação.

Mas, nada de pânico!

É preciso investir tempo em um estudo eficiente, focando nas matérias mais cobradas durante as provas específicas.

Além disso, tenha em mente que apenas 10% de seus concorrentes estudam para a prova.

Ou seja, mesmo com o número baixo de vagas, é muito fácil se destacar da concorrência.

Uma dica é começar a fazer concursos de Fisioterapia menos concorridos, para prefeituras do interior.

Dessa maneira, você ganha alguma experiência e mais confiança na hora de encarar desafios maiores.

 

Provas – Concurso Fisioterapia 

 

prova teste exercicios concursos publicos

 

Os concursos para fisioterapeutas exigem, sobretudo, uma revisão de tudo que você viu durante a graduação.

Isso porque, além das matérias básicas que costumam cair na maioria dos concursos, as provas exigem conhecimentos específicos da área.

No geral, as provas são divididas em:

 

  • Conhecimentos Gerais
  • Conhecimentos Específicos

 

Língua Portuguesa, Atualidades e Conhecimentos Específicos são comuns a todos os concursos da área.

Por isso, é importante que estejam sempre no seu cronograma de estudos.

No entanto, tenha em mente que Conhecimentos Específicos é a disciplina que recebe maior pontuação na prova.

Sendo assim, seus esforços devem estar quase que exclusivamente na revisão do material que você já viu na graduação, mas pode não lembrar.

Dentro de Conhecimentos Específicos, os temas mais pedidos nas provas são Fisioterapia em Traumatologia e Fisioterapia Respiratória.

Esses dois assuntos juntos somam quase 50% da maioria das provas.

Além dessas temáticas, você deve estudar:

  • Fisioterapia Neurofuncional
  • Fisioterapia na Saúde do Trabalhador
  • Fisioterapia em Terapia Intensiva
  • Fisioterapia em Pediatria e Neonatologia
  • Fisioterapia na Saúde da Mulher
  • Fisioterapia Aquática
  • Fisioterapia Geral
  • Análise e Tratamento no Sistema Locomotor
  • Legislação Profissional
  • Fisioterapia Dermatofuncional
  • Fisioterapia em Oncologia
  • Semiologia Fisioterapêutica
  • Fisioterapia Traumato-ortopédica
  • Fisioterapia Esportiva
  • Fisioterapia Cardiovascular
  • Fisioterapia Respiratória

 

*Nem todos os concursos da área incluem essas matérias básicas, porém, Senado Federal e BNDES as cobram.

 

Bancas examinadoras – Concurso Fisioterapia

 

Cada banca examinadora tem suas particularidades – e até armadilhas!

Por isso, é muito importante conhecer a banca responsável pela prova do concurso que você vai participar a fim de direcionar melhor seus estudos e torná-los mais eficientes.

Reunimos aqui um resumo sobre as bancas examinadoras mais importantes, que normalmente estão a cargo dos maiores e mais disputados concursos do país.

Vale lembrar que concursos para prefeituras do interior costumam ter bancas examinadoras menores.

Dessa forma, é interessante também conhecê-las, buscar suas provas anteriores e se preparar de acordo.

Uma das formas de não perder tempo é olhando os editais dos últimos concursos.

Normalmente, as instituições repetem as bancas.

Quer saber mais sobre as bancas? É só seguir lendo o artigo e também clicar aqui.

 

FGV

 

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) é uma das bancas examinadoras mais difíceis do país.

É uma banca que costuma organizar os seguintes concursos:

 

  • Senado Federal
  • Exército Brasileiro
  • Marinha do Brasil

 

Por isso, se você pretende fazer o concurso de Fisioterapia para algum desses órgãos, estude com afinco as últimas provas realizadas pela banca.

Dessa forma, terá um exemplo mais claro de como são aplicadas e poderá se preparar melhor.

E fique atento: a ideia de que as provas da FGV têm um nível mais elevado que as outras bancas é verdade.

De qualquer maneira, apesar de mais complicada, não é nenhum bicho de sete cabeças.

Estude bastante, leia as provas antigas, destrinche os modelos de questões e, com certeza, você conseguirá se sair bem.

Preparamos um artigo com todas as características da FGV. Acesse:

 

Como passar nas provas da FGV

 

FGV

 

Cespe/Cebraspe

 

É também considerada uma banca difícil, porém em um nível menor que a FGV.

De qualquer maneira, o Cebraspe é famosa por organizar alguns dos principais concursos federais e por suas perguntas de verdadeiro ou falso, que desconta ponto se a resposta estiver errada.

Ela costuma ser contratada para concursos maiores.

Temos também um artigo com o perfil das provas do Cebraspe. Basta acessar:

 

Como passar nas provas do Cebraspe

 

Cebraspe

 

Idecan

 

Concursos que podem ser organizados por essa banca:

 

  • Ministério da Saúde
  • EBSERH

 

A principal característica dessa banca é seu estilo direto de desenvolver a prova, com enunciados curtos e respostas mais elaboradas, que pedem muito cuidado com os mínimos detalhes.

Para quem pretende participar do próximo concurso do Ministério da Saúde, saiba que será  novamente organizado pelo Idecan.

 

Como se preparar – Concurso Fisioterapia

 

Com certeza, a preparação é a parte mais importante da jornada até a aprovação em um concurso público.

São muitas horas de estudos, leituras e simulados, e é preciso disciplina e foco.

Todo esforço será recompensado quando você passar para a tão almejada vaga. Até lá, é mão na massa!

O primeiro passo é decidir para qual ou quais concursos você vai estudar.

A partir daí, é esmiuçar o concurso (prazos, disciplinas pedidas, banca examinadora, provas de concursos anteriores, etc).

Depois disso, é preciso montar um cronograma de estudos e, claro, descobrir o que funciona melhor com você.

Há pessoas que obtêm ótimos resultados estudando sozinhas, outras precisam de ajuda  e escolhem investir em um curso preparatório.

Para os concursos maiores, o melhor é encontrar ajuda de cursos preparatórios.

Assim, você vai acelerar os seus estudos e não perder tempo com matéria que não precisa ser estudada.

 

Melhores apostilas – Concurso Fisioterapia

 

 

Se você optou por estudar sozinho – por funcionar melhor nesse modelo ou por não ter como investir financeiramente em um curso preparatório -, as apostilas serão suas melhores amigas.

Por isso, é fundamental saber quais as mais conceituadas disponíveis no mercado.

Você pode optar por apostilas impressas ou em PDF.

As apostilas impressas são mais indicadas para concursos de prefeitura.

Entre as melhores estão:

 

Para os concursos maiores, são indicadas apostilas em PDF:

 

Confira também nosso post completo sobre as melhores apostilas para concursos.

 

Melhores cursos preparatórios – Concurso Fisioterapia

 

Se o seu objetivo são os concursos maiores e mais concorridos, como:

 

  • Senado Federal
  • Ministério da Saúde
  • INSS

 

O mais indicado é você fazer um curso preparatório.

Pois, há um volume expressivo de materiais para leitura e exercícios para simulados, às vezes é muito difícil saber por onde começar ou como se organizar.

E os estudos podem virar uma grande confusão, sem efetividade.

Então, se você tem tempo e dinheiro disponíveis para investir, um curso preparatório é a melhor opção.

O mais conhecido entre os concurseiros é o Estratégia Concursos, que tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país. Isso porque conta com um material de alta qualidade e uma equipe de professores renomados na área.

Gran Cursos também está muito bem avaliado. Da mesma forma, tem material completo, com as melhores vídeo-aulas, e professores de primeira linha.

Veja o ranking completo com os melhores cursos preparatórios para concursos.

 

 

Melhores técnicas para estudar 

 

Há técnicas famosas, como a pomodoro e a de ciclo de estudos. Você também pode estudar com flash cards ou mapas mentais.

O ideal é experimentar cada uma delas e ver com qual se adapta melhor.

No Próximos Concursos há uma aba com tudo que você precisa saber sobre sobre dicas, técnicas e cronogramas.

Não deixe de acessar!

 

Questões de concurso Fisioterapia

 

De todas as técnicas, a mais utilizada pelos concurseiros é, com certeza, a de estudo por questões. O método ajuda a reter a informações e revisar a matéria, turbinando o aprendizado e acelerando a caminhada até a aprovação.

Alguns cursinhos preparatórios oferecem material com questões comentadas pelos professores, o que facilita ainda mais. Para saber tudo sobre a técnica e começar a aplicá-la nos seus estudos, acesse o post especial que fizemos sobre o assunto aqui no Próximos Concursos.

E lembre-se: foco e disciplina.

A tão aguardada aprovação depende do seu esforço.

E o Próximos Concursos está aqui para lhe ajudar na concretização desse sonho.

Conte com a gente! Bons estudos!

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!