Autorizado desde o fim de 2017, o concurso SEFAZ AC ainda aguarda a definição da banca examinadora para encaminhar seu edital.

Muito aguardada pelos concurseiros no Norte do país, a seleção deve oferecer mais de 100 vagas para carreiras administrativas e também para o cargo de Auditor Fiscal — com salário inicial de R$ 16.951,22 e exigência de formação de Nível Superior em qualquer área.

Segundo o governo do estado, será feito um investimento de cerca de R$ 1,8 milhão com a convocação dos novos profissionais para o órgão.

Está interessado no concurso SEFAZ AC 2018?

Então é hora de começar a se preparar!

Neste artigo você fica por dentro de tudo sobre as carreiras, salários, benefícios, chances de crescimento, conteúdo das provas, estilo das bancas e dicas para agilizar a aprovação.

Confira já!

Principais informações sobre o Concurso SEFAZ AC

 

Quais as carreiras e atribuições?

Espera-se que no concurso SEFAZ AC 2018 sejam oferecidas vagas para diversos cargos da área administrativa e para a carreira de Auditor Fiscal.

Veja quais as principais atribuições de técnicos e auditores da SEFAZ AC:

Auditor Fiscal: encargos relacionados à gestão tributária, auditoria fiscal e contábil em estabelecimentos; julgamento no processo administrativo tributário, vistoria e fiscalização de mercadorias em trânsito; instrução processual, orientação e supervisão em unidades descentralizadas.

Técnico Tributário: é responsável pelo apoio técnico e administrativo em atividades fazendária, fiscalização volante e atendimento ao contribuinte.

 

Qual o nível de formação exigido?

Para se candidatar a uma vaga tanto de Auditor Fiscal quanto Técnico Tributário da SEFAZ AC é preciso ter formação de nível superior em qualquer área (bacharelado ou licenciatura plena). Com diploma fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

 

Qual o período de inscrição e valor da taxa?

Ainda não se tem informações consolidadas sobre datas e valores no concurso SEFAZ AC.

 

Qual o salário?

O salário inicial de um auditor Fiscal da SEFAZ AC é de R$ 16.951,22.  No entanto, pode chegar a R$ 26.418,79, conforme tabela abaixo:

Os valores correspondem aos seguintes benefícios:

  • Adicional de Titulação: cumulativo para portadores de mais de uma titulação (no máximo 20%).
  • Gratificação de Sexta Parte: após 25 anos de efetivo exercício público estadual (Art. 73. LC 39).
  • Gratificação de Gerência: para titulares de cargos efetivos da SEFAZ, quando ocupantes dos cargos de: Chefe de Divisão (20%), Coordenador de Departamento (25%) ou Diretor, Secretário Adjunto ou Secretário da Fazenda (30%).
  • Aos servidores designados para o exercício de cargo de Diretor, Secretário Adjunto ou Secretário da Fazenda, fica assegurada a opção pela remuneração do cargo acrescida da gratificação prevista ou pelo subsídio.
  • Prêmio Anual de Valorização da Atividade Fazendária.

Já para um Técnico Tributário a remuneração base fica entre R$ 9.397,23, para servidores recém-nomeados, e R$ 15.375,51, no último nível da carreira.

 

Quais os benefícios?

Além da remuneração fixa mensal, os servidores públicos da SEFAZ AC têm direito a uma série de benefícios. Entre eles:

  • Auxílio-alimentação.
  • Auxílio-transporte.
  • Convênio médico.

 

Qual a lotação?

A lotação inicial dos candidatos aprovados no concurso SEFAZ do Acre se dará de acordo com a ordem de classificação em municípios do todo o estado, conforme demanda da autarquia. 

 

Qual a jornada de trabalho?

A jornada de trabalho dos servidores da SEFAZ AC é de 40 horas semanais em regime de dedicação exclusiva, podendo ser adotado o sistema de plantões, em rodízios de períodos diurnos e noturnos por conveniência administrativa.

 

Como é o dia a dia da função?

Os aprovados no concurso SEFAZ AC para o cargo de Auditor Fiscal são inscritos no Curso de Formação em tempo integral, com carga horária mínima de 200 horas, com atividades entre 7 horas e 18 horas, inclusive aos finais de semana e feriados.

Os servidores matriculados no Curso de Formação têm direito a:

  1. Salário: 100%;
  2. Gratificação de Atividade Tributária (GAT): 100%
  3. Gratificação de Produtividade Fiscal (GPF): 50%.

 

Quais as chances de crescimento na carreira?

Os servidores da SEFAZ AC têm um plano de carreira dividido em classes (I, II, III, IV e Especial) e referências (1, 2 e 3).

O desenvolvimento funcional se dá por meio de promoção ou progressão, sempre respeitando os critérios pré-estabelecidos e o período mínimo de permanência em cada etapa.

A progressão é a passagem do servidor de uma referência salarial para outra, imediatamente superior, dentro da mesma classe. A promoção é a elevação do servidor de uma classe para a primeira referência salarial da classe imediatamente superior.

 

Quantas são as vagas?

Estima-se que sejam oferecidas 144 vagas para cargos administrativos, como de Técnico Tributário, e para a carreira de Auditor Fiscal no concurso SEFAZ Acre 2018.

 

Como foi a concorrência do último concurso?

O último concurso da SEFAZ do Acre foi realizado em em 2009, quando foram ofertadas 20 vagas para o cargo de Fiscal da Receita Estadual. Na ocasião, houve um total de 4.078 inscritos. Ou seja, uma média de 203,9 candidatos por vaga.

No entanto, é importante você ter em mente que apenas cerca de 10% desse total representa a concorrência real. Isso porque a maioria das pessoas não se prepara adequadamente para concursos públicos, com dedicação e foco no edital.

Outros tantos, ainda, não vão comparecer no dia prova, entrando para o índice de abstenção, que, de maneira geral, fica em torno de 30%.

Então, não precisa se alarmar. É hora de apostar no que vai realmente fazer a diferença na caminhada até a aprovação: sua preparação!

É ela que vai lhe colocar, de fato, à frente dos demais candidatos.

 

Como são as provas?

No último concurso SEFAZ AC, em 2009, foram aplicadas duas provas objetivas com 60 questões de múltipla escolha (com quatro alternativas e apenas uma correta), divididas em 14 áreas de conhecimento.

Veja quais foram:

As provas foram aplicadas no mesmo dia, mas em horários diferentes, e os candidatos tiveram 4 horas para conclusão de cada uma delas. As avaliações foram realizadas nas cidades de Brasiléia, Cruzeiro do Sul, Feijó, Rio Branco, Sena Madureira e Tarauacá.

 

Qual o conteúdo programático?

Veja quais os conteúdos programáticos de cada uma das disciplinas solicitadas nas provas do último concurso SEFAZ AC para o cargo de Fiscal da Receita.

 

Língua Portuguesa

Compreensão e interpretação de textos. Tipologia textual. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Emprego das classes de palavras. Emprego do sinal indicativo de crase. Sintaxe da oração e do período. Pontuação. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Significação das palavras. Redação de correspondências oficiais.

 

Matemática Financeira

Conceito de juros e regimes de capitalizações. Capitalização simples: cálculo de juros e montantes. Valor atual e valor nominal. A operação de desconto simples: racional (por dentro), comercial (por fora) e bancário. Equivalência entre taxa de juro e taxa de desconto. Capitalização composta: cálculo de juros e montantes. Convenção linear e exponencial quando n é fracionário. Taxas equivalentes e efetivas. Influência da inflação: taxa real e taxa aparente. Desconto composto: racional e comercial. Equivalência financeira. Séries finitas e infinitas (ou perpétuas) de pagamentos: postecipadas, antecipadas e diferidas. Utilização de tabelas financeiras. Sistemas de amortização de empréstimos: Sistema Francês – tabela Price; Sistema de Amortização Constante (SAC) e Sistema Americano de Amortização a uma e a duas taxas (Sinking Fund).

 

Informática

Sistema operacional e ambiente Linux. Edição de textos, planilhas e apresentações em ambiente Linux. Sistema operacional e ambiente Windows. Edição de textos, planilhas e apresentações em ambiente Windows. Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet. Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Intranet. Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. Segurança da informação. Procedimentos de segurança. Noções de vírus e pragas virtuais. Noções de firewall. Aplicativos para segurança (antivírus, anti-spyware, etc). Procedimentos de backup.

 

História do Acre

O processo de ocupação das terras acreanas: a ocupação indígena, a imigração nordestina e a produção da borracha, a insurreição acreana e anexação do Acre ao Brasil. A chegada dos “paulistas”nas terras acreanas a partir dos anos 70 do século passado: êxodo rural, conflitos pela terra e invasões do espaço urbano. A evolução política do Acre: Território a Estado. Acre: desafios para um futuro sustentável.

 

Geografia do Acre

Aspectos geográficos e ecológicos da Amazônia e do Acre. Formação econômica do Acre. Processo de anexação do Acre ao Brasil: tratados e limites. Municípios e 14 populações do Acre: população e localização. Nova configuração do mapa. Microrregiões. Atuais municípios.  

 

Economia: I Macroeconomia.

Conceitos macroeconômicos básicos. Identidades macroeconômicas fundamentais. As funções consumo e poupança. A demanda por moeda e o equilíbrio no mercado monetário. Modelo de oferta e demanda agregada, inflação e desemprego. Efeitos da política monetária e fiscal no curto e longo prazo. Choques de oferta. Inflação e emprego. A rigidez dos reajustes de preços e salários. II

 

Políticas Públicas para a Sustentabilidade

Premissas da sustentabilidade. Sustentabilidade na perspectiva econômica. Política agrícola e industrial sustentável. Instrumentos econômicos para a sustentabilidade. Sustentabilidade na perspectiva política.

 

Finanças Públicas

Os princípios teóricos de tributação. Impostos, tarifas, contribuições fiscais e parafiscais: definições. Tipos de impostos. Progressivos, Regressivos, Proporcionais, Diretos e Indiretos. Impactos sobre o consumidor e a indústria de cada tipo de imposto.  Carga Fiscal Progressiva, Regressiva e Neutra. Carga Fiscal Ótima. Efeitos da ausência ou do excesso de cobrança de impostos. A curva reversa. O efeito de curto, médio e longo prazos da inflação e do crescimento econômico sobre a distribuição da carga fiscal. Lei de Responsabilidade Fiscal; Ajuste Fiscal; Contas Públicas – Déficit Público; Resultado nominal e operacional; Necessidades de financiamento do setor público. Sistema Tributário Brasileiro. Classificação da Receita Orçamentária.

 

Direito Administrativo

Conceito, fontes e princípios do Direito Administrativo. Administração Pública: Estrutura Administrativa – conceito, elementos, poderes, organização, órgãos públicos, agentes públicos; Atividades Administrativas – conceito, natureza, fins e princípios básicos. Poderes e deveres do administrador público. Uso e abuso do poder. Poderes Administrativos: Poder vinculado. Poder discricionário. Poder hierárquico. Poder disciplinar. Poder regulamentar. Poder de polícia. Atos administrativos. Conceito – elementos: competências, finalidade, forma, motivo, objeto. Atributos dos atos administrativos: presunção de legalidade, imperatividade, auto-executoriedade. Legalidade e mérito dos atos administrativos. Classificação dos atos administrativos: Espécies. Anulação e revogação dos atos administrativos: Efeitos. Controle judicial dos atos administrativos: mandado de segurança – ação popular. Organização Administrativa Brasileira: administração direta e indireta. Centralização e descentralização. Princípios da Administração Pública: legalidade, impessoalidade, moralidade e eficiência. A probidade na Administração Pública.  Atos de improbidade administrativa. Enriquecimento ilícito no exercício da função pública. Atos que causam prejuízo ao erário. Atos que atentam contra os princípios da Administração Pública. Pessoas alcançadas pela Lei da Improbidade Administrativa. Sanções cominadas (Lei n.º 8.429/1992, arts. 1º a 12). A responsabilidade do servidor público. Responsabilidade civil. Responsabilidade administrativa. Servidor Público (art. 39 a 41 da CF). Processo administrativo: princípios, fases, modalidades e sindicância. Bens Públicos.

 

Direito Empresarial

O estabelecimento: conceito e natureza, fundo de comércio e sucessão comercial. Nome empresarial: natureza e espécies. Registro de empresas. O Empresário: requisitos necessários, impedimentos, direitos e deveres em face da legislação vigente. Livros comerciais obrigatórios auxiliares: espécies e requisitos e valor probante dos livros comerciais. Contratos de Empresas: noções, requisitos, classificação, formação, meios de provas, contratos de compra e venda e de prestação de serviços, contratos de conta corrente, de abertura de crédito, de alienação e contrato de leasing. Sociedades Empresárias: classificação, características, distinções: sociedades não personificadas, sociedade em comum e em conta de participação; sociedades personificadas, sociedade simples, em nome coletivo, em comandita simples, limitada, anônima, em comandita por ações, cooperativa e coligadas – liquidação, transformação, incorporação, fusão e da cisão das sociedades dependente de autorização. Falência e Recuperação Judicial.

 

Contabilidade Geral

Conceito, objetivo e campo de atuação. Princípios Fundamentais de Contabilidade segundo Resoluções CFC 750/93, 774/94 e 900/01. Normas Brasileiras de Contabilidade: 15 Resolução CFC 751/93. Patrimônio: Componentes Patrimoniais: Ativo, Passivo e Patrimônio Líquido. Equação Fundamental do Patrimônio. Fatos Contábeis e respectivas Variações Patrimoniais. Conta: conceito, Débito, Crédito e Saldo – Teorias, Função e Estrutura das Contas – Contas Patrimoniais e de Resultados. Balanço Patrimonial. Apuração de Resultados. Sistema de Contas.  Elenco e Plano de Contas.

 

Contabilidade de Custos

Conceitos gerais. Custos diretos: definição, material direto, mão de obra direta. 3 Custos indiretos: definição e critérios de rateio. Custos fixos, lucro e margem de contribuição. 5 Apropriação dos custos diretos e indiretos.

 

Direito Constitucional

Os Poderes do Estado e as respectivas funções. Formas de Estado. Formas e sistemas de governo. Teoria Geral da Constituição. Controle de constitucionalidade no Direito Brasileiro. Princípios fundamentais da Constituição da República Federativa do Brasil. Direitos e Garantias Fundamentais. Organização do Estado Brasileiro. Organização dos Poderes. Finanças Públicas. Ordem econômica e financeira.

 

Direito Tributário

Sistema Constitucional Tributário. Disposições gerais. Competência. Limitações da competência tributária. Competência privativa da União, dos Estados e dos Municípios. Competência residual. Os princípios jurídicos da tributação. Legalidade. Anterioridade. Igualdade. Competência. Capacidade contributiva. Vedação do Confisco; liberdade de tráfego. O Direito Tributário. Conceito, denominações e finalidade. Natureza, posição e autonomia. Tributo: conceito e espécies. Classificação dos tributos: impostos, taxas, contribuições de melhoria, empréstimos compulsórios, contribuições sociais. Função dos tributos. Legislação tributária. Vigência e aplicação da legislação tributária. Interpretação e integração da legislação tributária.  Obrigação tributária: principal e acessória.

Fato gerador. Sujeito ativo. Sujeito passivo: solidariedade, capacidade tributária, domicílio tributário, responsabilidade tributária (responsabilidade dos sucessores, responsabilidade de terceiros, responsabilidade por infrações). Crédito tributário. Constituição: lançamento. Suspensão. Extinção.Exclusão. Garantias e privilégios. Administração tributária. Fiscalização: sigilo comercial, dever de informar e sigilo profissional, sigilo fiscal, auxílio da força pública, excesso de exação e responsabilidade pessoal do agente público. Dívida ativa (Lei n.º 6.830/80). Certidões negativas. Desconsideração do ato ou negócio jurídico. Processo Tributário Administrativo. Crimes contra a ordem tributária – Lei n.º 8.137/90. Sigilo Bancário.  Lei Complementar n.º 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF).

 

Legislação Tributária

Do Imposto Sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação. Da Incidência. Da Não Incidência. Das Isenções. Do Diferimento. Da Suspensão. Da Substituição Tributária. Das Disposições Gerais. Da Responsabilidade do Alienante ou Remetente da Mercadoria pelo Imposto Devido nas Operações Subsequentes. Da Responsabilidade do Alienante ou Remetente pelo Imposto Devido pelos Prestadores de Serviços de Transporte. Da Responsabilidade do Adquirente ou Destinatário da Mercadoria. Da Responsabilidade dos Prestadores de Serviços pelas Prestações Realizadas por Terceiros. Da Alíquota. Da Base de Cálculo. Do Sujeito Passivo. Do Contribuinte. Do Responsável. Do Estabelecimento e do Local da Operação ou da Prestação. Da Não Cumulatividade. Das Disposições Gerais. Do Crédito do Imposto. Da Vedação do Crédito. Do Estorno do Crédito. Do Crédito Presumido. Do Crédito Relativo às Devoluções, Trocas e Retornos de Mercadorias. Da Transferência de Crédito. Do Local, Forma e Prazo de Recolhimento e Do Pagamento Indevido. Das Obrigações do Contribuinte. Das Disposições Gerais. Do Cadastro de Contribuintes do ICMS e do Cadastro de Produtor Rural. Da Escrituração. Dos Documentos Fiscais. Dos Documentos em Espécie. Da Falsidade e Inidoneidade Documentais. Das Séries e Subséries. Das Disposições Comuns. Da Solicitação e da Autorização para Impressão de Documentos Fiscais. Dos Livros Fiscais. Dos 16 Procedimentos Especiais Relativos à Emissão e à Escrituração de Documentos e Livros Fiscais. Da Escrituração Fiscal por Processo Mecanográfico ou Datilográfico. Da Emissão de Documentos Fiscais por Equipamento Emissor de Cupom Fiscal. Da Emissão de Documentos Fiscais e da Escrituração Fiscal por Processamento Eletrônico de Dados. Da Transmissão de Documentos Fiscais, via Correio Eletrônico. Dos Regimes Especiais.  

 

Processo Administrativo Tributário

(Lei Complementar nº 07, de 30/12/82, e Decreto nº 462, de 11/7/87): Dos atos e termos processuais. Da formação do processo e prazos processuais. Do Procedimento. Da defesa. Da revelia e da intempestividade. Da decisão. Da Competência. Dos recursos voluntários. Segunda instância. Dos processos especiais. Do processo de consulta. Do processo de restituição. Do processo de parcelamento. Do regime especial.

 

Auditoria

Auditoria. Aspectos gerais. Normas Técnicas aplicáveis. Controle Interno. Técnicas de Auditoria. Testes de Auditoria. Papéis de Trabalho. Relatório de Auditoria. Aspectos Gerais; Normas de Auditoria. Ética profissional, Responsabilidade Legal, Objetivo, Controle de qualidade. Auditoria Interna Versus Auditoria Externa. Conceito, Objetivos, Responsabilidades, Funções, Atribuições. Desenvolvimento do Plano de Auditoria. Estratégia de auditoria, Sistema de informações, Controle interno, Risco de auditoria. Procedimentos de Auditoria: Inspeção, Observação, Investigação, Confirmação, Cálculo, Procedimentos analíticos.  

 

Qual a data da prova objetiva?

Ainda não se tem informações consolidadas sobre datas de provas no concurso SEFAZ AC.

 

Qual a banca?

Um dos passos mais importantes para o candidato durante a preparação é conhecer o perfil da banca examinadora. Isso porque não são todas iguais e cada uma tem suas particularidades. Estando por dentro do estilo da banca responsável pela prova do concurso que você vai participar é possível direcionar melhor seus estudos e torná-los mais efetivos.


O último concurso SEFAZ AC foi realizado em 2009, pela  Cespe/Cebraspe (quando ainda se chamava Cespe/UNB). No entanto, a banca da próxima seleção ainda não foi escolhida.

Para ler as análises completas das principais bancas de todo o país, clique no nome da instituição e saiba mais:

 

Como se preparar?

A preparação é a parte mais importante da jornada até a aprovação em um concurso público. É preciso ter em mente que são horas e mais horas de estudos, leituras, exercícios e revisão. Para obter bons resultados, só com muita disciplina e foco.

O primeiro passo, é obter todas as informações sobre o concurso (prazos, disciplinas pedidas, banca examinadora, etc) lendo com muita atenção o edital. Depois, é fundamental planejar seus estudos da forma que melhor funcione com você.

Para lhe ajudar nesse caminho, temos o post como montar um cronograma de estudos perfeito para sua rotina.

 

Quais as melhores apostilas?

Há pessoas que obtêm ótimos resultados estudando sozinhas, outras precisam de ajuda e investem em um curso preparatório. Se você optou por um voo solo, saiba que as apostilas serão suas melhores amigas. Por isso, é fundamental saber quais as mais conceituadas disponíveis no mercado. Se forem específicas para o concurso pretendido, tanto melhor!

Uma das mais completas é do Estratégia Concursos, que é também um dos melhores cursos do país. A apostila do Estratégia é direcionada para o, com todos os conteúdos solicitados em todas as disciplinas do concurso SEFAZ AC.

Outra ótima opção é o Gran Cursos Online. Igualmente, tem material vasto para download, totalmente direcionado para o concurso SEFAZ AC. No Gran você ainda pode contratar um plano de assinatura que dá acesso a todos os mais de 7 mil cursos disponíveis na plataforma.

Muitas pessoas acreditam que estudar por apostila não é tão efetivo, mas as que indicamos aqui são realmente boas. No entanto, claro, tudo vai depender do quanto você se dedicar aos estudos. Pode ser um desafio ainda maior, mas é possível ser aprovado estudando por apostilas!

Confira também nosso post completo sobre as melhores apostilas para concursos.

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. É sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a sua área de atuação.

O  Estratégia Concursos, por exemplo, tem um curso direcionado para o concurso SEFAZ AC. Além disso, o Estratégia tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, conta com um material de qualidade e professores renomados.

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. Da mesma forma, tem material completo, com videoaulas, e professores de primeira linha.

Ainda tem dúvidas? Aproveite para conferir nosso ranking completo com os melhores cursos preparatórios para concursos.

Curso Gran para concurso SEFAZ AC

 

Quais as melhores técnicas para estudar?

Há diversas técnicas que podem potencializar seu aprendizado, como a pomodoro e a de ciclo de estudos. Você também pode estudar com flash cards ou mapas mentais. O ideal é experimentar cada uma delas e ver com qual se adapta melhor.

Para lhe ajudar na escolha, reunimos todas as informações no post com as 16 melhores técnicas e métodos de estudos para concursos públicos.

 

Como estudar por questões?

De todas as técnicas, a mais utilizada pelos concurseiros é, com certeza, a de estudo por questões. O método ajuda revisar a matéria e fixar o conteúdo. Com isso, também torna o estudo mais efetivo e acelera a aprovação!

Para saber como funciona a técnica e aplicá-la na sua preparação, acesse o post completo que fizemos sobre o assunto.

Provas anteriores concurso SEFAZAC

Edital anterior concurso SEFAZ AC

 

Qual a previsão de próximo concurso?

Para acompanhar a evolução do edital do concurso SEFAZ AC, acesse nossa seção de concursos previstos. E para ler as notícias sobre os principais editais do país em andamento, fique de olho na seção de concursos abertos.

Não perca sua chance!

 

Checklist do candidato

Para saber se você tem mesmo o perfil do candidato para o concurso SEFAZ AC, faça uma rápida checklist:

  • Ter formação de Nível Superior.
  • Ter disponibilidade para mudar de cidade.
  • Ter empenho e determinação.
  • Buscar estabilidade financeira e profissional.

 

O concurso SEFAZ AC deve lançar seu edital em breve e é melhor você já turbinar os estudos para mandar bem nas provas. Precisa de dicas na preparação? Por aqui você encontra! Acesse redes sociais para não perder os posts: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

Conte com a gente e bons estudos!

[Total: 0    Média: 0/5]