Como começar a estudar para concursos é uma dúvida bem comum entre aqueles que decidem buscar uma vaga no serviço público.

Afinal, é começar do zero em uma grande empreitada.

O conteúdo é extenso, e muitas pessoas sequer já tiveram contato com algumas disciplinas. Ou seja, assusta mesmo e o início pode ser complicado.

Porém, há muito material e fontes de informação sérias na internet, há cursos preparatórios e até grupos de redes sociais que vão ser de grande ajuda. É preciso apenas ter paciência e organização. Pode não ser fácil, mas com certeza você dará conta.

Neste post reunimos as principais dicas sobre como começar a estudar para concursos: o que você precisa ter e saber para avançar da melhor forma. Dão dicas e orientações simples para você montar um plano de estudo que caiba na sua rotina e atenda suas necessidades.

 

Quer saber todos os detalhes para garantir um desempenho muito superior? Continue por aqui!

 

 

Como começar a estudar para concurso

 

 

Aqui somos muito honestos e sempre batemos na tecla de que não há mágica quando se trata de concurso público.  Não é apenas estudar, mas estudar muito. Além disso, há outros aspectos envolvidos, como a vida profissional (o trabalho mesmo, com expediente a ser cumprido) e a vida pessoal (esta envolve ainda terceiros, como família e amigos).

Toda a preparação é difícil, como se pode ver. Mas talvez o início seja a fase mais complicada. Afinal, o candidato ainda está engatinhando nessa nova rotina. Os erros vão ocorrer, é natural. Leva algum tempo até encontrar o ritmo mais acertado, com as ferramentas ideais e tudo mais.

Mas, há uma série de questionamentos a serem respondidos e decisões que podem ser tomadas já de saída para tornar esse momento menos dramático, digamos assim.

Separamos algumas provocações para que você analise e possa dar início a essa jornada de forma mais confiante.

 

Descubra suas motivações e sonhos 

 

sonho imaginar

Nada mais eficiente para seguir em frente do que ter certeza do que te motiva. Essa motivação pode vir de absolutamente todos os lugares. E pode ser mais de uma! Normalmente, as motivações estão relacionadas aos sonhos que alimentamos, desde os mais simples até aqueles que parecem distantes.

Por exemplo:

  • Você sonha em sair daquele empregado que te suga.
  • Você sonha em dar uma vida melhor para sua família.
  • Você sonha em comprar a casa própria.
  • Você sonha em ter emprego garantido após a faculdade.

 

Viu só? São os mais diversos! Mas, a pergunta é: qual o seu sonho?

 

Essa resposta é fundamental, pois é ela que vai ajudar você a vencer as dificuldades, deixar de lado as desculpas. É o sonho que vai te ajudar a não desistir quando você não entender aquele conteúdo supercomplexo. É ele que vai te manter firme e continuar estudando mesmo quando o resultado não for esperado.

Então, para começar a estudar para concurso público, o primeiro passo é descobrir qual é o seu sonho. O que você almeja quando passar? Como você imagina sua vida depois de ver seu nome na lista dos aprovados? O que você vai poder fazer que hoje não pode? Uma ferramenta simples que pode te ajudar a visualizar isso de maneira física, é o quadro dos sonhos.

 

Descubra se realmente quer prestar concurso público

 

 

Há muitos servidores públicos desmotivados, frustrados e vivendo uma vida profissional extremamente limitada simplesmente porque não fizeram essa reflexão. São pessoas que passaram muito tempo se preparando e quando alcançaram o tão sonhado cargo descobriram que não queriam aquilo para o resto da vida.

Ou seja, descobriram que a carreira pública era bem diferente do que eles imaginavam. Isso faz com que eles passem 8 horas diárias em um local que não dá prazer, não lhe traz qualquer satisfação. É complicado largar um emprego estável com um bom salário, e, assim, acabam se acomodando e levando uma vida sem graça.

Qualquer um pode prestar um concurso, mas esse tipo de carreira não é para todo mundo. As pessoas têm perfis variados, e não há problema algum nisso. Mas é importante não padecer com o autoengano e se perguntar se é isso mesmo que quer para sua vida.

 

Escolha uma carreira pública

 

 

 

Decidido que é mesmo no funcionalismo seu caminho, chegou a hora de decidir qual a carreira a ser seguida. Ou qual carreira será o primeiro degrau no seu plano de vida. Isso porque nada impede que você almeje um cargo em um concurso muito concorrido, mas se prepare para outros até conseguir chegar no objetivo principal.

Para isso, você deve buscar toda informação possível sobre as atividades desenvolvidas pelo cargo que almeja, como funciona o órgão empregador, como é estruturado o plano de carreira. Converse com servidores antigos, que possam lhe dar a real sobre o trabalho. E troque ideias também com outros candidatos que estejam nessa caminhada.

Mais adiante falaremos de forma complementar sobre os principais aspectos a se considerar na hora de escolher um concurso público. tudo aquilo é importante considerar nesta escolha.

 

Cuidar do emocional e físico

 

corpo atividade fisica exercicio

 

Esse é um ponto que deve ter sua atenção durante toda a preparação. Contudo, ao começar a estudar para concurso, você tem a chance de já construir uma rotina de cuidados e que somente irá ser aprimorada.   E aqui falamos tanto do físico quanto do emocional. Esses aspectos caminham juntos e devem ter toda a atenção.

Nesse sentido, é essencial alimentar-se bem, fazer exercícios e ter um sono de qualidade. Além disso, você pode testar técnicas de respiração e relaxamento para os momentos de maior tensão. Isso sem esquecer das pausas, que são essenciais. Aqueles momentos em que você vai tirar o concurso do foco e curtir seu lazer. Isso não é perda de tempo, mas investimento necessário em saúde mental.

 

Escolha um bom curso preparatório para concurso

 

Ninguém quer perder tempo e dinheiro, não é mesmo? Por isso, se deve ficar atento à qualidade do curso on-line que pretende contratar. A facilidade de acesso tornou a vida do concurseiro mais fácil, mas também deu espaço para muito picareta na internet.  Dessa forma, investigar é preciso!

O primeiro passo é descobrir os resultados obtidos pelo curso nos grandes concursos. Houve um bom número de aprovados? Os melhores cursos preparatórios compilam listas dos aprovados por concurso geralmente em uma sessão chamada resultados. Você também deve buscar dados sobre a confiabilidade e reputação da empresa em sites especializados, como Reclame Aqui, E-bit e Procon.

Outro fator a se considerar é o depoimento dos alunos e ex-alunos sobre a qualidade do serviço. Eles poderão dar a real sobre o material e os professores. Saiba mais sobre esse assunto:

 

Melhores Cursos Online para Agilizar sua Aprovação!

 

Aprenda boas técnicas de organização

 

De nada adianta ter disciplina sem organização. Você até pode criar um hábito de estudo de forma desorganizada, mas, perderá muito tempo e sua aprovação irá demorar mais. Nesse sentido, um cronograma bem estruturado é fundamental. Você pode usar, ainda, o método de ciclo de estudos ou pomodoro.

O estudo para concursos exige um bom método de controle, pois a quantidade de informação é imensa.  Você precisará anotar a última aula que parou, páginas de livros e apostilas, resumos, flash cards, a próxima revisão etc. São muitas coisas que facilmente você esquecerá se não tiver o mínimo de organização das matérias.

Confira o post para conhecer em detalhes cada uma das técnicas:

 

Dicas Fáceis de Como Organizar seus Estudos para Concursos

 

Aprenda a analisar o edital

 

O edital é o texto que traz todas as regras e orientações do concurso público. Ele é um documento oficial emitido pelo órgão que abre seleção para preenchimento do quadro de servidores e deve, obrigatoriamente, ser publicado em diversos meios de comunicação para fácil acesso dos candidatos.

No documento devem estar contidas absolutamente todas as informações sobre a seleção, desde a data de inscrição e os valores, até o número de vagas e detalhes de provas e conteúdos. Por isso, o edital de concurso é também uma publicação extensa e nem sempre simples de ser compreendida. De qualquer maneira, sua leitura é obrigatória para o candidato que quer se preparar bem e não ser pego de surpresa por alguma particularidade no dia da prova.

Para saber exatamente como realizar esse processo, acesse o post:

 

Edital de Concurso: Aprenda como analisar passo a passo!

 

Conheça bem as principais bancas

 

A banca examinadora é a empresa responsável pela organização e divulgação de um concurso público. A equipe da instituição, formada por professores qualificados e profissionais experientes na área de concursos, elabora as questões das provas para cada disciplina solicitada no edital, de acordo com instruções de quem contratou. Ela também analisa e julga os recursos de questões.

Cada banca tem suas particularidades e estilo, e entendê-los ajuda a direcionar melhor os estudos. Além disso, evita surpresas desagradáveis na hora da prova, quando não há mais como contornar o estrago.

Fizemos um apanhado com a análise aprofundada das principais bancas do país. Confira:

 

Saiba ainda como avaliar cada uma delas a partir do texto:

4 passos para conhecer bem a banca organizadora

 

Ler e estudar: entenda a diferença

 

Ler e estudar são coisas complementares, mas totalmente diferentes. Para quem vai estudar para concurso público, é essencial saber o que é um e o que é outro. E mais: entender se você anda apenas o material ou realmente está estudando. É importante se fazer essa pergunta e observar seu comportamento. Porque talvez seja esse detalhe que esteja atrapalhando seu aprendizado e lhe afastando da aprovação.


A diferença entre ler e estudar está, basicamente, no que você aprende quando faz uma coisa ou outra. Isso porque apenas ler um livro ou uma apostila não é garantia de que você realmente compreendeu aquele conteúdo. Que ele está claro ou faz sentido.

Ou seja, é um tipo de aprendizado passivo, sem muito esforço, mas também sem muita efetividade.

É provável que você tenha que voltar ao conteúdo lido várias e várias vezes, sempre que precisar utilizá-lo. E ainda assim pode ser que logo depois você acabe esquecendo-o completamente.

Quando você estuda de verdade, sua mente absorve conhecimento. E, com isso, consegue reter a informação de maneira mais fácil e fazer uso dela quando solicitado — na prova do concurso, por exemplo. Trata-se de um aprendizado ativo, no qual você se envolve, grifando, fazendo resumos, respondendo questões etc. Com isso, você exercita seu cérebro, potencializa sua memória e, por consequência, obtém mais e melhores resultados.

Ficou curioso? Para saber mais sobre o tema, acesse o post:

 

Ler e Estudar: Entenda a Diferença e Turbine seus Estudos para Concursos!

 

Quais os principais erros ao começar a estudar para concurso

 

Separamos aqui alguns dos principais erros ao começar a estudar para concurso público. É bem importante que você avalie se está cometendo algum deles. Caso esteja, é hora de mudar esse cenário o quanto antes para não ficar patinando na preparação.

 

Achar que concurso público é fácil

 

Não há um dado estatístico sobre isso, mas é provável que 90% dos que se inscrevem em concursos públicos se enquadrem nessa categoria. São pessoas que imaginam que é possível passar em concursos públicos com o “conhecimento da vida” ou “da faculdade”. Elas acreditam que uma rápida leitura de uma apostila ou até mesmo a compra de livros resumidos é suficiente para ter alguma chance.

Porém, a verdade é bem ao contrário.  Claro, qualquer tipo de conhecimento pode agregar, mas apenas isso não o torna apto a ser aprovado. É preciso aprofundamento nas disciplinas, mesmo as que você tenha visto no Ensino Superior, por exemplo. Isso porque as abordagens podem ser muito diferentes.  Ou seja, concurso público exige mesmo muito estudo e organização. Não tem como fugir dessa realidade.

 

Não ter foco e força de vontade

 

 

Também há aquele tipo de pessoas que até sabe que o concurso público exige muito esforço e sabem que precisam aprimorar suas técnicas de aprendizado. Contudo, não conseguem manter o foco e encontrar força de vontade suficiente para manter a rotina de estudos.

De maneira geral, quem se enquadra nessa categoria acaba prestando vários concursos sem nenhuma correlação lógica e sendo reprovado em todos. Consequentemente, acabam reprovando, desistindo e acham que passar é algo impossível, só para gênios — o que sabemos que não é real!

A aprovação em concursos públicos é possível e alcançável. Porém, além da técnica, você precisa manter o foco e ter muita força de vontade, pois é um caminho compensador, mas que precisa de mudanças de atitudes internas e externas.

 

Estudar da forma errada

 

Algumas pessoas estudaram durante vários anos, fizeram várias provas e não foram aprovadas. É comum você encontrá-los falando que estudaram 5 ou 10 anos e não conseguiram passar em nada. Porém, se alguém está estudando durante tanto tempo assim, prestando vários concursos e não está sendo aprovado, desconfie.

Certamente, essa pessoa está precisando de uma reavaliação, pois é muito provável que esteja estudando da forma errada. Para ser aprovado em concursos você precisa aplicar boas técnicas e estudar melhor, é preciso ver a evolução. O que diferencia os que são aprovados rapidamente em concursos dos que ficam anos sem resultados é o método de estudo.

 

Estar mal orientado

 

Infelizmente, muitas pessoas iniciam a trajetória sem uma noção clara de por onde e como começar a estudar para concurso público. Dessa maneira, acabam escolhendo cursos e apostilas de péssima qualidade. Isso faz com que percam tempo e motivação. E essa combinação acaba, quase sempre, fazendo com que a pessoa desista.

Felizmente, hoje há excelentes cursos preparatórios para concursos e até mesmo coach e consultorias para concursos que podem auxiliar nessa tarefa e na organização das matérias. Ou seja, nortear sua preparação de forma efetiva. E nem sempre o material é pago! Há muito conteúdo gratuito de fontes sérias na internet, basta fazer uma busca com critério.

 

Como começar a estudar para concursos sozinho

 

Estudar sozinho para concurso público exige muita disciplina e organização, além de uma constante autoavaliação de desempenho. Mas é perfeitamente possível.

Um bom material preparatório, como bons livros, apostilas ou cursos on-line é essencial para quem quer seguir esse caminho. Uma boa pedida, são os cursos preparatórios on-line, que se tornaram muito comuns nos últimos anos e podem auxiliá-lo no preparo de casa.

Separamos aqui algumas boas dicas para quem quer estudar sozinho para concurso e não sabe bem por onde começar.

 

Escolha um bom material preparatório para concurso

 

Muitos concurseiros, novatos e até os mais antigos, têm dúvidas sobre qual a maneira mais adequada de escolher seu material, quanto material é o ideal e até se determinado material é mesmo necessário. De maneira geral há dois tipos de materiais: os teóricos e os práticos. Entre eles, há uma série de possibilidades.

É bem importante ter uma base teórica forte para cada disciplina. Isso quer dizer que seu material precisa ser específico, com reforço em disciplinas em que você tem mais dificuldade. Também é uma boa opção variar o material mesmo em se tratando de teoria. Já utilizou videoaulas? São mais dinâmicas e podem ser ótimas opções.

 

Saiba mais sobre o assunto no post:

Como escolher o melhor material para concurso (incluindo os grátis)

 

Organize um cronograma de estudos

 

É bem assustador ter uma quantidade imensa de disciplinas para estudar e não ter a mínima ideia por onde começar ou terminar. E o pior: não saber como dividir o tempo que deve ser dedicado para cada disciplina. Dessa forma, para organização das matérias, um cronograma de estudos é fundamental.

O cronograma é um método muito simples e consiste em você dividir o que vai estudar e revisar durante a semana durante os dias da semana. É importante que você saiba o tempo que deverá gastar em cada disciplina.  Acesse o post sobre como montar um cronograma de estudos para não perder mais tempo e criar o plano perfeito para sua rotina.

 

Como montar um cronograma de estudos perfeito para sua rotina

 

Utilize boas técnicas de memorização 

 

Reter o aprendizado e ter a concentração necessária para lembrar todos os detalhes do conteúdo na hora da prova são requisitos básicos para obter bons resultados. Mas, nem sempre isso é uma tarefa simples. Afinal, o volume de leituras e exercícios do concurseiro é imenso. O cansaço e a frustração estão sempre à espreita.

Sendo assim, para dar conta de tudo e realmente internalizar o que leu, é vital desenvolver habilidades que otimizem o aprendizado. Nesse sentido, algumas técnicas de memorização são muito eficazes, se adaptando ao seu cronograma e fazendo com que você entenda como seu cérebro funciona melhor.

Saiba mais sobre o assunto no post Veja as sete melhores técnicas de memorização para concursos.

 

Veja as 7 melhores técnicas de memorização (análise completa)

 

Faça muitos simulados e resolução de questões de concursos anteriores

 

Uma das formas mais eficientes de acelerar o aprendizado na preparação é a resolução de questões de concursos anteriores. Isso porque é uma técnica muito simples e ajuda a reter a informação e revisar a matéria. Além disso, resolver exercícios garante maior agilidade na resposta na hora da prova.

Para ajudar nessa tarefa, felizmente, existem ótimas ferramentas e sites no mercado específicos para isso. Muitos deles têm até questionamentos comentados por especialistas. Para aqueles que estão com a grana curta, há plataformas gratuitas de questões de concursos.

Quer saber mais sobre o assunto? Acesse o post:

Como Acelerar sua Aprovação Estudando por Questões

 

Procure materiais complementares para tirar dúvidas

 

Além do material de apoio com todo o conteúdo, você vai precisar de ajuda na hora de acabar com as dúvidas. Para isso, fóruns e grupos nas redes sociais costumam ser ótimas opções. Trocando ideias com outros concurseiros, você pode obter boas informações e compartilhar conhecimento de forma simples e rápida.

E se você contratou um curso preparatório, haverá canais de contato com os professores. Use e abuse deles! Não deixe nada passar, acabe com todas as interrogações antes de avançar.

 

Constantemente avalie seu desempenho

 

É bem importante também verificar os avanços, especialmente para quem vai estudar sozinho ou começar do zero. Tanto para saber onde ainda precisa melhorar quanto para servir de estímulo, vendo de forma clara os progressos acontecerem.

Para isso, não há nada melhor que a revisão. Além de ajudar na fixação do conteúdo, a revisão vai monitorar seu desempenho. Além dos resumos, que são ferramentas essenciais e as mais comuns, há diversas técnicas que ajudam o estudante a revisar. Lembre-se que você deve testar e escolher aquela que melhor funciona no seu ritmo, na sua rotina.

Conheça as principais técnicas no post:

 

As 5 melhores dicas de revisão para concursos

 

Como criar o hábito de estudar todos os dias

 

tempo jornada relogio hora tempo jornada carga horaria concurso publico

 

Antes de começar a estudar para concurso, tenha em mente que você terá que se dedicar a isso com intensidade. Em um cenário ideal, você estudará todos os dias. De início, pode parecer um absurdo ou algo inalcançável. Entretanto, com esforço e disciplina, você encontrará uma maneira de tornar isso possível, sem que seja extremamente pesado.

Veja algumas orientações básicas para conseguir estudar todos os dias.

 

Avance de forma gradual

 

Uma primeira medida a se observar é o tempo dedicado aos estudos no início da preparação. O ideal é não começar com três ou quatro horas já de cara. Cerca de 30 ou 40 minutos por dia na primeira semana já serão suficientes.

Na segunda, aumente para uma hora. Na terceira, 2h. E assim por diante. Montando um cronograma de estudos gradual, considerando as horas que você tem disponível, será mais fácil criar o hábito de estudar todos os dias.

 

Crie gatilhos e recompensas

 

Outra questão a se considerar é como criar o seu gatilho, o seu “botão de liga”, a deixa para iniciar os estudos.  Normalmente, é um horário específico: quando chegar em casa, ao acordar, no fim do expediente. Mas pode também ser vinculado a um outro hábito, que já esteja bem internalizado, como, por exemplo, antes da academia, após o almoço.

Depois de criar o gatilho, pense também em uma recompensa mais imediata, que não seja ser aprovado no concurso, uma vez que isso ainda vai demorar um pouco.  Escolha algo rápido, que considere muito agradável. Após cumprir uma meta de estudos (de início, não se proponha objetivos muito difíceis), se dê essa recompensa de presente. Pode ser um episódio de 20 minutos da série favorita, um café com chocolate, uma volta no quarteirão com seu cachorro.

 

Deixe pronto seu local de estudo

 

Quando se decide começar a estudar para um concurso público, prova da OAB, ENEM, ou qualquer que seja o objetivo, é aconselhável buscar um local onde seja possível se dedicar ao aprendizado com tranquilidade.

O ideal, claro, é que seja na sua casa e este seja seu espaço seguro, bem iluminado e confortável, livre de interrupções e com todo seu material à mão (computador, papel, caneta, livros, apostilas, água ou café etc.). Sempre pronto para que você não perca tempo.

 

Marque os dias após cada aula

 

planejamento concurso publico

 

Um hábito bem simples que pode ser bastante eficiente é marcar o avanço nos estudos ao fim de cada aula. Tenha um calendário físico, onde você pode assinalar um X a cada dia de estudos vencido. Da mesma forma, marque os dias em que não estudou, com outro símbolo (pode ser um X de outra cor ou uma bolinha).

Esse registro funciona como uma motivação extra. Isso porque, ao ver seu êxito, com muitos X assinalados, você manda um recado ao cérebro de que está no caminho certo, de que fez a coisa certa.  E caso tenha poucos dias de estudo marcados, entenderá a razão de não estar obtendo os resultados esperados. Assim, para mudar esse cenário.

 

Como começar a estudar para concursos com pdf

 

Há uma infinidade de materiais disponíveis na internet quando se trata de preparação para concurso — alguns realmente bons, outros ruins, é preciso selecionar. Ao investir em apostilas em pdf, o ideal é que elas tenham sido elaboradas por empresas reconhecidas, com cursos preparatórios já consolidados. Isso porque o conteúdo será direcionado e atualizado, considerando, ainda, o estilo das bancas.

As apostilas em pdf levam a vantagem de serem práticas, pois podem ser acessadas de qualquer lugar, no tablet, computador ou até celular. Da mesma forma, podem abranger muito mais conteúdo e aprofundá-lo, uma vez que espaço não é problema.

 

Para avaliar qual o melhor material em pdf para você, acesse o post:

 

Melhores Apostilas para Concursos para GARANTIR Aprovação (2020)

 

Como começar a estudar para concurso com livro

 

Livros são ótimas fontes de informação, especialmente para algumas matérias mais teóricas, como as do Direito. Porém, um bom material de estudos tem um custo mais elevado. Assim, você não deve sair comprando tudo que encontra pela frente. Para quem está começando, é importante considerar que ainda não está familiarizado com termos e conceitos

Não invista, por exemplo, em livros pesados, com uma narrativa muito técnica. Isso pode acabar sendo um tiro pela culatra. Além disso, livros se desatualizam muito rápido, as leis e conceitos mudam e eles ficam obsoletos. Invista em obras com temas mais gerais.

 

 

Como começar a estudar para concursos trabalhando

 

Uma das missões mais complicadas para o concurseiro é conciliar trabalho e preparação. Há aqueles que também precisam achar a solução de como começar a estudar para concursos trabalhando e fazendo faculdade Afinal, nem todo mundo consegue se dedicar exclusivamente à preparação para as provas.

Essa rotina dupla ou tripla vai ser mesmo muito exaustiva, exigindo ainda mais foco e persistência, além de alguns sacrifícios. No entanto, embora o desafio seja maior, há muitas maneiras de organizar seu dia a dia para dar conta de tudo. Confira algumas dicas que vão facilitar sua vida nesse processo.

 

Combata a “síndrome de super-herói”

 

Uma das coisas mais importantes para quem estuda e trabalha ao mesmo tempo é não se deixar levar pela síndrome de super-herói. Ou seja, aquela ideia de que pode dar conta de tudo ao mesmo tempo, ou que precisa sempre fazer mais, ser o melhor.

Entenda que você é humano e, por isso, tem limitações, físicas e emocionais. Ninguém consegue estar 100% ligado e focado o tempo todo. Pior: se você entrar nesse ritmo, vai adoecer muito rápido.

Então, se você decidiu que fazer concurso é um objetivo de vida, é preciso priorizar os estudos, a preparação e ajustar todas as demais esferas. Vai precisar abrir mão de muita coisa por um tempo, com certeza, mas vai também garantir sanidade mental e física.

 

Tenha um bom planejamento

 

plan organização

 

É sempre bom reforçar que organização é a chave do sucesso quando falamos em conciliar trabalho e estudo para concurso. É fundamental que você prepare um cronograma realista, de acordo com seu tempo disponível e o volume de conteúdo. Tente montar uma planilha (física ou virtual) para visualizar todas as suas demandas do dia, da semana, no máximo.

Aqui, pensar a longo prazo pode não ser a melhor estratégia. Foque em curtas distâncias, ao menos no início. Dessa forma, com um panorama geral de atividades, você conseguirá nortear melhor sua preparação e otimizar seu tempo. Você pode, por exemplo, incluir alguns simulados na hora do almoço ou uma leitura no deslocamento para o trabalho.

 

Estude antes do expediente começar

 

Cada pessoa funciona de uma maneira, claro. Porém, de maneira geral, é muito mais efetivo estudar antes de sair para o trabalho que ao voltar.  Isso porque, depois do expediente, as chances de você estar exausto são maiores. E o aprendizado ficará comprometido.

Ao acordar, seu cérebro está “zerado” e pronto para assimilar informações, internalizar conteúdo.

Então, se tiver como, mude a rotina: vá dormir mais cedo e acorde duas ou três horas antes da hora de sair de casa. Outro ponto positivo é que, provavelmente, você será o único acordado em casa e tudo estará mais silencioso. No começo pode ser difícil, mas com o tempo ficará mais fácil e você pode ter melhores resultados. Faça o teste!

 

Estude nos intervalos e no deslocamento

 

Outro momento que pode ser melhor aproveitado é o intervalo do expediente. Da mesma forma, o deslocamento entre a sua casa e seu local de trabalho. Talvez você não consiga começar um conteúdo novo nesses períodos, mas pode fazer leituras rápidas, anotações, revisões.

Se estiver no transporte público, não esqueça os fones de ouvido, pois você pode assistir a uma videoaula, por exemplo. Se estiver dirigindo, um audiobook pode ser uma opção.

 

Elimine atividades desnecessárias

 

Nada mais importante que estar 100% focado no seu período de estudos. Como você precisa dividir seu dia em muitas atividades e o tempo para o aprendizado será menor, vai precisar de concentração redobrada para fazer suas leituras e exercícios renderem. Por isso, é preciso cortar tarefas desnecessárias do seu dia.

E por tarefas desnecessárias pode-se entender o tempo gasto nas redes sociais, aquela maratona da série que estreou nova temporada etc. Observe as suas tarefas diárias e monitore onde está aplicando um tempo que poderia ser dedicado aos estudos. Tenha em mente que esse período é sagrado e que cada minuto dedicado ao aprendizado é muito valioso. Ou seja, nada pode tirá-lo do caminho. Depois de aprovado você poderá se dedicar a essas atividades sem qualquer culpa.

 

Como começar a estudar para concursos com filho pequeno

 

mãe concurseira

 

Esta é uma questão que persiste para muitas mulheres: querem alavancar a carreira no setor público, porém são mães de filhos pequenos. A boa notícia é que é possível, sim! A não tão boa é que vai mesmo ser uma rotina difícil.

Porém, ser mãe já não é uma tarefa simples por si só e a concurseira vai dar conta. Mas, para ter sucesso nessa empreitada de estudar para concurso com filho pequeno, você vai precisar de toda ajuda disponível e muita persistência.

Falamos aqui de filhos pequenos especificamente pois, em tese, são os que mais demandam atenção da mãe, mesmo aqueles que vão para a escolinha. Até quando há rede de apoio, as tarefas e as responsabilidades são muitas.

As mães de bebês ficam noites sem dormir, amamentam, fazem o bebê dormir, preparam papinhas, trocam fraldas etc. As mães de filhos um pouquinho maiores se preocupam com as tarefas da escola, em cuidar dos conteúdos que o filho tem acesso, em manter uma alimentação saudável, manter a casa em ordem etc.

Além disso, sabemos que algumas mães ainda estão sozinhas para fazer tudo: trabalho, casa e filhos.

Realmente, pensar em estudar no meio de tantas atividades acaba sendo desmotivador.

Mas, acredite: você pode! E mais: foco no resultado. Agora pode parecer que você está sacrificando o tempo com o filho para estudar, mas, adiante, quando colher os frutos, verá que esta foi mesmo a melhor decisão.

 

Melhor decisão porque:

  1. Você vai estar satisfeita com sua vida profissional. Afinal, mães também têm seus anseios, ambições e sonhos;
  2. Você vai garantir melhores condições de vida para o(s) seu(s) filho(s);
  3. Você terá estabilidade e segurança, o que torna a vida de qualquer pessoa mais tranquila.

 

Mas, de forma prática, como começar a estudar para concursos com filho pequeno?

 

Bem, cada mãe sabe onde aperta o sapato. Porém, algumas dicas práticas podem ser muito úteis e se encaixarem em praticamente toda rotina. Confira algumas premissas básicas para estudar para concurso com filho pequeno:

 

Organização

A vida de uma mãe se torna um pouco mais fácil se ela for organizada. Claro, que alguns imprevistos acontecem. O filho pode ficar com febre ou a aula da escola pode ser cancelada. Mas, na maioria das vezes a organização e o planejamento é a melhor escolha. Então, organize a sua agenda e inclua um tempo para estudar. Mesmo que os imprevistos ocorram tente que a agenda se cumpra.

 

Rede de apoio

Você não está sozinha e não precisa estar. Para dar conta de tudo, vai precisar contar com a ajuda do seu parceiro, família ou amigos. Ou até mesmo ajuda paga, como uma babá ou ajudante, se tiver condições financeiras. Então, não fique tentando abraçar o mundo sozinha.

Para conseguir estudar, trabalhar e cuidar de todas as suas tarefas você vai precisar de uma rede de apoio, ela vai ser fundamental para você chegar até a aprovação. Assim, não tenha vergonha ou receio de chamar, de admitir que sozinha não consegue (spoiler: ninguém consegue!). E não espere chegar ao seu limite, converse hoje com quem pode te ajudar e comece a se preparar o mais rápido possível.

 

Concentração

Para você conseguir aprender mais em um tempo menor você vai precisar se concentrar. Parece óbvio, não é mesmo? Mas, para uma mãe isso pode ser algo bem difícil. Então, veja algumas dicas para ajudar na concentração:

  • Procure ficar sozinha no local de estudo;
  • Use fone de ouvido;
  • Deixe o telefone celular longe e, de preferência, sem conexão com a internet;
  • Tenha à mão papel e caneta: sempre que lembrar de alguma tarefa, anote para fazer depois.

 

Cursos on-line

Se você tem pouco tempo para estudar, fica mais difícil sair de casa para fazer um curso presencial.

Além do tempo de aula, você ainda vai perder tempo com deslocamento e intervalos. Por isso, uma boa opção é estudar de forma online. Dessa forma, você vai poder assistir as aulas de acordo com a sua disposição de tempo e sem precisar se locomover. Para as mães, isso já dá um tremendo alívio na carga diária com horários.

 

Definição de prioridades

Sabemos que as mães têm muitas tarefas importantes durante o dia e que, claro, os filhos são prioridade. Porém, será preciso, sim, renunciar a algumas atividades para conseguir chegar até a aprovação. Isso não fará de você uma mãe ruim. Ao contrário, lembre-se do foco: você está construindo um futuro melhor para a família.

Ou seja, talvez você fique algum tempo sem ler antes de dormir, ou brincar. Talvez a casa não fique tão limpa e organizada como você desejaria. Mas, para conseguir se preparar para o concurso público dos seus sonhos, tenha em mente que você vai precisar priorizar os estudos a maior parte do tempo.

 

Como começar a estudar para concursos com material grátis

 

Os principais cursos preparatórios também costumam ter materiais gratuitos, acessíveis a todos. São centenas de PDFs, videoaulas, e-books e exercícios que você pode consultar sem gastar um centavo. E isso com o aval dos professores mais destacados do país.

Confira uma seleção que fizemos de material para concurso gratuito:

 

Como escolher um concurso público?

 

Como se sabe, você vai dedicar muitas horas do seu tempo e disposição e é preciso ter certeza de que a carreira que escolheu é a mais acertada.

Claro, se você está pensando em ingressar na carreira pública é porque ela oferece muitas vantagens em relação à carreira privada. Na carreira pública você terá acesso a ótimos salários, estabilidade e benefícios, mas os órgãos que oferecem vagas são bem distintos entre si.

Além disso, há um número grande de cargos com várias funções totalmente diferentes e você vai precisar optar pelo que se encaixa melhor no seu perfil, anseios e necessidades.

 

Então, como escolher um concurso público?

 

Na Administração Pública (federal, estadual ou municipal) você poderá optar por uma carreira que não exija formação específica, seja de Nível Médio ou de Nível Superior. Mas também poderá escolher uma carreira direcionada a sua formação, como Engenharia, Nutrição, Veterinária, Psicologia, entre muitas outras.

Aqui vamos abordar as carreiras de forma mais ampla, divididas por áreas:

  •   Bancária;
  •   Segurança Pública;
  •   Fiscal;
  •   Jurídica;
  •   Diplomática.

 

O que é importante saber sobre as carreiras?

 

De saída, é fundamental se inteirar sobre requisitos e salários.

 

Requisitos

 

Os requisitos são importantes para saber se você cumpre todas as exigências do concurso.

Alguns requisitos são comuns a todos os concursos públicos, como:

 

  • Ser brasileiro
  • Ter, no mínimo, 18 anos
  • Estar em dia com obrigações eleitorais.
  • Estar em dia com obrigações militares (sexo masculino)
  • Ter aptidão física e mental para o cargo

 

Salário

 

Falamos muito em ter satisfação no trabalho, e isso passa também por ser bem remunerado. Ou ser remunerado de acordo com o que você acha que é justo. Assim, é um fator primordial a se considerar.

O salário, juntamente com os benefícios e a jornada de trabalho, pode definir o seu interesse pelo concurso. Alguns salários podem ser bem atrativos e outros nem tanto.

 

Quais são as carreiras?

 

Carreira bancária

Costuma ser muito atraente para candidatos de Nível Médio. Mas, você certamente encontrará alguns candidatos de Nível Superior concorrendo às vagas com requisito de Ensino Médio. Isso porque as provas não são tão complexas e os salários costumam ser melhores que outros concursos com as mesmas exigências.

Mas, não são somente vagas em nível médio que são oferecidas. Os bancos também oferecem algumas vagas para profissionais com curso superior, como advogados, engenheiros e médicos, por exemplo.

A remuneração nestas carreiras varia, de maneira geral, entre R$  2 e R$ 5 mil. Os principais concursos federais são Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco Central.

 

Carreira na Segurança Pública

Se você pensa em seguir uma carreira na área de Segurança Pública saiba que vai encontrar alguns diferenciais em relação a outros concursos.

  • Uniforme: o uniforme é um instrumento de proteção e identificação do servidor público.
  • Armas: podem ser de fogo, cassetetes, rádios e colete à prova de balas. Todo esse material está incluso na rotina de trabalho do policial.
  • Exame psicológico: mais que em outras carreiras, a área da segurança pública exige controle emocional para suportar grandes pressões e estresse.
  • Teste de Aptidão Física: todos os concursos da área envolvem provas físicas de avaliação da capacidade cardiorrespiratória e resistência muscular.

 

Os salários variam muito, conforme o piso regional e as melhores remunerações estão nas seleções federais. Os principais concursos são da Polícia Civil e Militar (estaduais), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Departamento Penitenciário Nacional.

 

Carreira Fiscal

O concurseiro que optar pela carreira fiscal irá trabalhar com a investigação de fraudes na arrecadação de impostos. Os órgãos oferecem vagas para níveis Médio e Superior. Os salários variam, em geral, entre R$ 7 e R$ 14 mil para graduados em qualquer área e R$ 7 mil para carreiras que exigem apenas o Ensino Médio.

 

Os principais concursos são: Receita Federal, Ministério do Trabalho e Emprego, Secretarias da Fazenda (estaduais e municipais) e Tribunal de Contas da União.

 

Carreira Jurídica

A carreira jurídica é a que abrange a maior parte das vagas dos concursos públicos. São muitos órgãos ofertando vagas com salários realmente atrativos, tanto para graduados em Direito, quanto para outras áreas e até Ensino Médio. As remunerações partem de R$ 4 mil e podem chegar até mais de R$ 25 mil.

 

Os principais concursos federais são do Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Justiça Federal, Justiça do Trabalho, Justiça Eleitoral e Ministério Público.

 

Carreira Diplomática

O diplomata representa o país no exterior, atua em negociações de acordos internacionais, promove o interesse dos brasileiros e estimula relações culturais e econômicas com outros países. É uma das carreiras mais concorridas, porém também uma das mais exigentes. Afinal, oferece salários de até R$ 27 mil para graduados em qualquer área, além de imunidade diplomática e a possibilidade de morar no exterior.

 

Veja outras no post:

 

Como escolher um concurso público?

 

Dicas de como escolher um concurso público

 

Confira os requisitos

 

Todo edital de concurso fornece os requisitos exigidos para cada cargo ofertado. Então, leia com atenção o edital e descubra se você se encaixa neles. Alguns cargos exigem apenas Nível Médio, enquanto outros exigem um curso técnico ou um diploma de graduação (em qualquer área ou área específica).

Além disso, alguns podem exigir comprovação de experiência, carteira nacional de habilitação, títulos ou até mesmo uma determinada faixa etária. Se você não se encaixa nos requisitos do cargo no qual se interessou, uma opção é tentar se qualificar e, assim, se encaixar no que é solicitado. Nunca é tarde!

 

Faça algo que goste

 

Com certeza os salários mais altos e muitos benefícios são muito atrativos. A tendência costuma ser o candidato se interessar por cargos que ofereçam uma boa remuneração. Mas, cuidado! Não procure um cargo somente pelo salário. Faça algo que você goste, ou que se aproxime ao máximo disso.

Dinheiro é ótimo, todo mundo gosta, mas lembre-se que essa será a sua rotina diária e se você odiar o que estiver fazendo poderá se sentir muito frustrado profissionalmente. A carreira pública é bem ampla e oferece cargos e funções variadas, procure algo de acordo com o seu perfil.

 

 

Analise seu perfil psicológico e emocional

 

Para isso você precisará ser bem sincero consigo mesmo, pois alguns cargos podem sofrer muita pressão psicológica e se você não for capaz de suportar poderá desistir depois de ter se esforçado tanto para conseguir.

Então, sem ideias erradas sobre você mesmo, responda às seguintes perguntas com muita honestidade, sem medo de ser vulnerável:

 

  •   Você é capaz de suportar a pressão do cargo?
  •   Você é capaz de correr algum risco pessoal?
  •   Você é capaz de manter seu posicionamento mesmo com pressões externas?
  •   Você é capaz de lidar com decisões que afetam a vida de outras pessoas?

 

É claro que para cargos que sobrecarregam o emocional do servidor é realizado um exame psicológico. No entanto, é melhor você encarar essas questões agora e ter certeza que está preparado para essas funções.

 

Avalie sua capacidade física

 

Você já deve ter ouvido falar no Teste de Aptidão Física, que é uma das etapas das provas de alguns concursos. Se pretende prestar concurso na área de Segurança Pública e Forças Armadas, ou até mesmo IBGE ou Correios, vai ter que passar por ele.

Então, avalie sua capacidade física e seu estado de saúde atual. Pois, se você for uma pessoa sedentária é muito provável que não consiga se encaixar nas exigências dos cargos. O lado bom é que, se fizer essa análise a tempo, poderá correr atrás do prejuízo.

 

Verifique a sua disponibilidade

 

Você estaria disponível para se mudar de cidade? E de estado? Ou ainda, estaria disponível para se mudar de cidade ou estado algumas vezes durante a sua carreira pública? Essas são perguntas que devem ser levadas em consideração.

Se você optar pelos concursos das Forças Armadas, por exemplo, poderá ter que trocar de cidade algumas vezes. Isso ocorre mais do que se imagina, também em outras seleções. Então, analise muito bem qual concurso irá prestar se não tiver a intenção de sair do lugar que mora ou se a sua família não tiver essa disponibilidade.

 

Confira o número de vagas

 

Alguns concursos são muito concorridos por terem muita procura e outros são muito concorridos por oferecerem poucas vagas. Em relação a isso você deverá observar se é muito concorrido e você não tem disponibilidade de se preparar de forma adequada e se oferece poucas vagas e os órgãos demoram a divulgar novos editais de abertura.

 

Você vai encontrar concursos com abertura de edital anual, outros a cada dois anos ou mais.  Então, pense se está disposto a esperar e se preparar por alguns anos até o concurso que considera ideal.

Ou se prefere estudar para aqueles com mais vagas, menos concorridos, que ocorrem mais seguido e, consequentemente, exigem menos preparação e em menor tempo.

 

Quais os melhores cursos preparatórios?

 

Se você tem como investir tempo e dinheiro em curso preparatório, é preciso pensar bem antes para escolher um que seja adequado às suas necessidades. Afinal, é sempre um diferencial apostar em um módulo específico para a área ou cargo pretendido.

 

Desse modo, veja algumas opções realmente boas:

 

O Gran Cursos Online também está muito bem avaliado. De fato, tem material completo com videoaulas, além de professores de primeira linha. Assim, se você quer um curso com bom histórico de aprovação, e a possibilidade de estudar para mais de um concurso, o Gran Cursos certamente é uma ótima opção.

 

Estratégia ConcursosO Estratégia Concursos tem ótimos índices de aprovação nos principais concursos do país, pois conta com um material de qualidade e professores renomados. Ou seja, se você quer ter a certeza que está estudando pelo melhor material e, além disso, não se importa em pagar pela qualidade, o Estratégia Concursos é, com efeito, sua melhor opção.

 

 

O Exponencial é mais uma excelente alternativa. Igualmente aos demais cursos, é voltado para o aprendizado acelerado, mas oferece ainda o interessante serviço de coaching 100% especializado.

 

Quer conhecer outras opções? Confira no link a seguir:

 

Melhores Cursos Online para Agilizar sua Aprovação!

 

 

Eu tenho um curso voltado para você que quer passar num concurso público e usufruir mais rapidamente da segurança e estabilidade que um cargo público pode te proporcionar. Basta acessar o link para Aprender a Aprender:

 

Método Aprovei – Juntos até a Aprovação

 

Tenha acesso a outros artigos. Curta nosso site no FacebookTwitterInstagram e Youtube!

 

Conte com a gente e bons estudos!!!

OFERTA ESPECIAL

40% DE DESCONTO NA ASSINATURA DO
GRAN CURSOS ONLINE
O CÓDIGO JÁ É APLICADO AUTOMATICAMENTE: BASTA CLICAR
close-link
NÃO SABE COMO ORGANIZAR OS ESTUDOS?